História )) Magcon: Matthew espinosa (( - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Magcon, Matthew Espinosa, One Direction, Originais
Personagens Aaron Carpenter, Cameron Dallas, Carter Reynolds, Hayes Grier, Jack and Jack, Jacob Whitesides, Mahogany LOX, Matthew Espinosa, Nash Grier, Nate Maloley, Personagens Originais, Sammy Wilkinson, Shawn Mendes, Taylor Caniff
Visualizações 39
Palavras 1.114
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa, Mistério, Romance e Novela, Saga, Survival, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 3 - Conhecendo o gato ops matthew


Fanfic / Fanfiction )) Magcon: Matthew espinosa (( - Capítulo 3 - Conhecendo o gato ops matthew

( samanta )

Matthew: me segue por favor!

Samanta: mais que droga.

Ele pegou na minha mão e subimos a escada e ele me levou para a última porta do corredor quanto ele abriu a porta eu vi que era a porta do quarto dele ótimo agora só falta ele me estrupar, ele encostou a porta e apontou para uma cadeira.

Matthew: senta aí. 

Eu sentei na cadeira e ele começou a andar de um lado para o outro depois pegou outro cadeira e colocou na frente da minha e me encarou por alguns minutos.

Matthew: eu tenho muitas perguntas para te fazer e nem sei por onde eu posso começar.

Samanta: que tal começar do começo.

Nos demos sorrisos e ficamos nos encarando como se já nos conhecêssemos a anos mas nos conhecemos a apenas minutos.

Matthew: por que você faz isso com você mesma?

Eu a olhei com cara de interrogação ele queria mesmo saber o por que eu faço isso sério que ele não vai me xingar e nem rir da minha cara.

Samanta: bom...Por varios motivos...Mas...Mais recentemente por que a minha...m-mãe m-morreu a uma...semana.

Uma lágrima escorreu passeando pelo o meu rosto e quando eu fui limpar a mão dele já estava a limpando.

Matthew: ah me desculpe eu não sabia eu sinto muito.

Samanta: não tudo bem não tem problema daqui uns dias eu esqueço disso.

Matthew: e o São os outros motivos.

Eu pensei um pouco e o que ele tem a haver com a minha vida se eu não quiser eu não falo ue ele não manda em mim.

Samanta: O QUE VOCÊ TEM A VER COM A MINHA VIDA EU ACABEI DE TE CONHECER EU NÃO SOU OBRIGADA A TE DIZER NADA você não é meu pai.

A última parte eu disse baixo pensando no que eu tinha acabado de dizer e quando olhei pra frente de novo ele estava com uma cara muito triste e do nada ele me abraçou só que eu não recuei nem nada.

Matthew: eu tinha uma irmã que ela era muito depressiva só que ela não se cortava nem nada ela só era assim por que minha mãe colocava muita pressão nas costas dela minhá irmã tinha que limpar toda a casa tirar nota 10 em tudo e ela fazia tudo isso e mais um pouco só que minha mãe nunca dava os créditos para ela...

Ainda estávamos abraçados e isso já estava um pouco estranho aí eu senti uma lágrima pingando eme meu ombro aí o apertei mais forte.

Samanta: e o que aconteceu depois? Não precisa contar se não quiser.

Matthew: não eu quero, até...Até um dia amanhecer e minha irmã não acordar mais ela nem se mexia mais ela já estava branca demais e muito gelada...E...e quando meu pai ficou sabendo disso ele culpou a minha mãe e ele saiu de casa muito perturbado e...acabou batendo o carro e morrendo na hora.

Meu Deus por que raios eu reclamo tanto da minha vida a vida dele é tão complicada.

Samanta: mais e sua mãe você mora com ela não é.

Matthew: ata antes fosse aquela coisa me abandonou assim que enterramos meu pai e minha irmã e eu só tinha 14 anos e eu tive que ir morar com minha tia e minha tia sim é uma mãe de verdade para mim e não aquela mulher.

Ficamos um tempo sem dizer nada apenas nos separamos e ficamos nos encarando.

Samanta: me desculpe me exaltar tanto naquela hora eu não fazia idéia do que você já passou.

Matthew: que nada mais agora você pode me contar o resto dos seus motivos.

Nos demos risadas por breves segundos.

Samanta: tá bom kkk, então o pai do meu irmão e infelizmente o meu também conheceu a minha mãe ele vai ao Brasil a trabalho só que acabou tendo um rolo lá com minha mãe e ela engravidou de mim e depois do meu pai ficar sabendo que eu iria nascer ele voltou para a casa dele em Londres e deixou minha mãe sofrendo no Brasil sozinha...

Matthew: CARALHO desculpa dizer mais seu pai é um monstro.

Samanta: desculpa nada você não disse nenhuma mentira meu pai é a pior pessoa que eu conheço.

Matthew: foi mal de interromper pode continuar.

Samanta: bom quando eu nasci meu pai nem se deu ao trabalho de ir me visitar e ele só mandava dinheiro e quando a minha mãe adoeceu eu que tive que trabalhar e pagar o tratamento dela e aí ela morreu e eu me mudei pra cá e estou morando com o meu irmão.

Matthew: nossa que difícil se eu te mostrar uma coisa jura que não conta pra ninguém?

Samanta: só se você prometer não contar nada disso para ninguém.

Falei apontando para o braço.

Matthew: então feito.

Samanta: tá agora me fala.

Ele começou a tirar a blusa e eu fiquei sem entender nada aí ele virou de lado e eu vi várias linhas de cortes profundos na sua barriga.

Samanta: meu deus  você pode cortar algum órgão e morrer se louco.

Matthew: e você pode acertar uma veia.

Samanta: então estamos quites.

Matthew: ah meu nome é Matthew espinosa mais pode me chamar de Matt ou Matthew.

Samanta: humm meu nome é samanta tomlinson mais pode me chamar de Sam ou só samanta.

Matthew: tá bom então sam.

Samanta: tá bom então Matt.

Ele abriu a porta pra mim nos saímos do quarto dele saímos descemos a escada e ele me levou para falar com os meninos.

???: nossa Matt demorou tanto tava dando um trato nela.

Matthew: fica quieto Taylor que ela não é as putas que você pega e larga.

Taylor: nossa pegou pesado em amigo.

Matthew: bom meninos essa é a samanta, samanta esses são Taylor, aaron, nash, Jack j, Jack g, shawn, hayes, Cameron, carter a lox e o Jacob mais eles sairam.

Samanta: prazer meninos.

Carter: prazer é só na cama.

Eu ri e o nash deu um tapa na cabeça dele.

Samanta: bom meninos eu tenho que ir mas foi muito bom conhecer vocês.

Eu estava indo em direção a porta junto com o Matthew e só conseguir escutar alguém gritar no fundo.

Cameron: com certeza você gostou mais de conhecer o matt do que a gente.

E todos nós demos risada e só aí eu descobri que a risada do Matt é muito escandalosa.

Aí ele abriu a porta para mim e eu sai dei um beijo na bochecha dele ele deu um beijo na minha bochecha e nos abraçamos.

Matthew: tenta não se cortar por favor.

Samanta: eu digo o mesmo para você os seus cortes são mais fundos que o meu.

Matthew: tá bom Tchau sam.

Samanta: Tchau Matt. 

Matthew: sam espera eu esqueci de trocar nossos números de telefone.

Samanta: ah é mesmo.

Nos trocamos os números de telefone.

Matthew: agora sim Tchau. 

Samanta: Tchau. 

Na hora que fui dar um beijo na sua bochecha eu acabei dando um beijo no canto da sua boca e depois sai andando rapidinho pra minha casa.


Continua...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...