História 06 Reasons Why - Jikook -- Yoonseok -- Vkook -- Namjin - - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags 06 Reasons Why, Bts, Jikook, Namjin, Suícidio, Vkook, Yoonseok
Visualizações 199
Palavras 1.630
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa, Lemon, Mistério, Romance e Novela, Suspense, Terror e Horror, Violência, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Estupro, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Bom, eu já tinha essa fic em mente, calma, eu sei q eu demoro pra posta cap, "ai mas com uma fic já demora imagina duas" eu pretendo continuar com essa pelo menos, a outra eu não sei, talvez eu apague, mais vou parar de enrolação, BOA LEITURA.

Capítulo 1 - Jung Hoseok


Fanfic / Fanfiction 06 Reasons Why - Jikook -- Yoonseok -- Vkook -- Namjin - - Capítulo 1 - Jung Hoseok

                                                 P.O.V JUNGKOOK:

Eu estava deitado no sofá, vendo as fotos dele, Park Jimin, o garoto pelo qual já fui perdidamente apaixonado, até Kim Taehyung entrar em minha vida, então a campainha toca, levanto meio sonolento, vou até a porta, quando abro me deparo com uma caixa, escrito "para Jeon Jungkook", eu estranhei, afinal, quem me mandaria isso?

Fecho a porta, vou até a mesa, pego uma tesoura e abro a caixa,olha para seu interior e continha três fitas, com "A" e "B" escrito atrás das mesmas, eu não tinha um toca fitas, mas meu amigo Jung Hoseok tem.

Subo para meu quarto, separo minha roupa e tomo um banho, afinal, não iria para sua casa parecendo um porco, depois de sair do banho, me visto, uma calça jeans rasgada no joelho, uma box também preta, uma camisa branda escrito "LOVE YOURSELF" em preto, uma jaqueta de couro e minhas timberlands, pego minha bicicleta, coloco o capacete e vou, depois de uns cinco minutos pedalando eu chego em sua casa, eu toco a camainha e escuto um "já vai" de Hoseok, então ele abre a porta.

- Oi Kook, oque se quer? - ele pergunta me olhando.

- Oi Hobi, você pode me emprestar seu toca fitas? - eu pergunto e ele, abaixa a cabeça.

- Você recebeu as fitas né? - ele me pergunta meio... triste?

- Sim, porque? - eu pergunto com medo, como ele sabe disso?

- Nada, é... só  não fique com raiva de nós ok? - pera, raiva? e... nós?

- O-ok, eu acho... porque eu ficaria com raiva de você? opa, vocês... eu acho - eu pergunto meio desconfiado para o mesmo.

- Você vai descobrir, vou pegar o toca fitas - ele sai me deixando lá, com várias perguntas se passando em minha mente, quem me mandou as fitas? Porque eu ficaria com raiva de Hobi? Oque tá acontecendo com a minha vida... já não basta o Jiminnie se matar... ele era tão doce, tão lindo, gentil, oque aconteceu para ele fazer algo assim? Deve ter sido grave, pois ele era bem forte, acordo de meus pensamentos com Hobi me chamando.

- Tó o toca fitas - ele me entregou e eu agradeci, saindo de lá pensativo, subo em minha bicicleta e vou para casa, enquanto eu ia, dava pra ver as cerejeiras, rosadas, o Jiminnie amava a primavera, eu me lembro de quando nós nos sentavamos em baixo das árvores e ele me contava como tinha sido seu dia, isso me lembra a última vez que nós conversamos em baixo de uma.

                                                          FLASHBACK ON:

Era outono, as cerejeiras estavam alaranjadas, eu esperava Jimin com um sorriso no rosto, ele me disse que tinha algo importante para me dizer, logo eu vejo ele chegando, com seus cabelos rosados, ele tinha um sorriso contagiante no rosto, qualquer um que o visse iria sorrir junto com ele, ele me vê e vem correndo em minha direção, ele chega meio ofegante e fala

- K-kookie, eu preciso, falar c-com você - ele diz tentando acalmar sua respiração.

- Eu sei, vi sua mensagem, oque foi? - pergunto para ele que fica meio nervoso.

- Bem, é... como eu posso dizer isso? - ele pergunta mais para si mesmo doque para mim - Bom, Kook, quando eu te conheci eu não sabia que iria ter sentimentos tão fortes como os que eu tenho agora... bem, eu gostaria de te falar que eu te amo, não aquele amor de amigo, nem de irmão, um amor de namorado, então eu gostaria de saber, quer namorar comigo? - ele pergunta ancioso, na hora eu congelei, eu sentia o mesmo, mas eu não sou gay.

- Jiminnie, me desculpa, mais eu não sou gay - eu falo e ele abaixa a cabeça.

- Tudo bem... eu sei que mesmo se fosse não iria me amar dessa forma - ele fala e sai correndo, chorando, na hora eu me desesperei, congelei, fiquei ali, sem saber oque fazer, me sentindo um idiota, mas então eu volto para casa, pensando que tudo melhoraria com o tempo.

                                                                   FLASHBACK OFF:

Sem querer uma lágrima escapa, eu chego em casa, tiro meus sapatos e coloco pantufas de coelho, que o Jiminnie me deu no me aniverssário de 18 anos, ele me deu e falou "É que você parece um coelho, por isso das pantufas", eu sorri ao lembrar desse momento, então minha mãe chega.

- Jungkook, vem jantar filho, aonde você estava? Fiquei preocupada - ela fala me abraçando.

- Só fui pegar uma coisa na casa do Hobi - eu falo e ela concorda com a cabeça, me sento na mesa e começo a comer meu amado kimchi, minha mãe faz o melhor kimchi, sem brincadeira, nós comemos em silêncio, um silêncio confortavel, quando eu acabo coloco o prato na pia e subo para meu quarto, separo meu pijama para dormir, uma camiseta branca, uma box tamabém branca e um short azul claro, vou para o banheiro e tomo um banho rápido, saio com a toalha na cintura, afinal, tinha esquecido as roupas na cama, me visto e pego a primeira  fita, como eu sabia qual era a primeira? estava escrito em seu lado "1", pego meus fones e coloco a fita dentro do toca fitas, dou o play e começa.

                                                       FITA 1 LADO A ON:

~~Oi, meu nome é Jimin, Park Jimin, acomode-se, hoje eu vou contar a história da minha vida, mais especificamente, como ela acabou. Se você recebeu isso, você é um dos motivos.~~

Eu gelei na hora que ouvi esse nome, Jiminnie, meu Jiminnie, oque eu fiz? Só de pensar que eu ajudei você a fazer isso me da nos nervos Jiminnie.

~~Bem, vamos começar, eu recomendo você ouvir as três fitas, lado "A"  e "B" de cada, se acalme, que sua hora chegará, mas vamos para a pessoa desta fita, vamos começar com Jung Hoseok, o começo dos motivos~~

quando eu ouvi "Jung Hoseok" eu fiquei com raiva, muita raiva.

~~Então, Hoseok, ou você que ainda está por vir, saiba que aqui, à vários tipos de dor, física e mentalmente, agora podemos começar, Hoseok, lembra da festa? A, a famosa festa... onde tudo começou, era a festa de Min Yoongi, ele, pederia se considerar meu amigo nessa época, KK~~

A Jiminnie, como eu senti saldades da sua risada, da sua voz, de você Jiminnie, eu queria acordar e saber que tudo foi um pesadelo, chegar na escola e tr abraçar Jiminnie, eu acabo deixando uma lágrima escapar.

~~Então, lá estava eu, terminando de me arrumar, nossa, eu lembro que eu demorei duas horas pra isso, KK, eu me arrumei mutiro, passei maquiagem, coloquei minha melhor roupa, era uma calça de couro justa, e uma camisa social branca, com dois botões abertos, é, eu me lembro até da roupa, também, como não lembrar, me lempro até de como ela ficou vermelha sangue, mas então, voltando ao assunto, lá estava eu, chegando na festa, eu avistei você Hoseok, a pessoa que eu pensava ser meu amigo, hoje eu vejo que fui BEM enganado, quando eu cheguei você me arrastou para dentro, até a pista de dança, e começou a chamar a atenção de todos, falando como eu estava bonito, primeiro eu pensei que só estivesse me elogiando, mas então você começou a falar, "Tudo isso para ver o Yoongi?", e as pessoas já riam, "Nossa Jiminnie, eu não sabia que você era uma putinha que sai por ai com essa calça colada, para mostrar a bunda, se quer mostrar a bunda tira a calça aí!", você falava, e nesse momento, meus olhos já eram cachoeiras, eu nunca pensei que meu "melhor amigo" falaria isso para mim, minha maquiagem já borrava, eu apenas abaixei a cabeça e me preparava para ir embora, mas algo aconteceu, você me bateu hyung, você me bateu... nessa hora, por mais incrivel que paressa, a raiva me tomou conta e eu comecei a falar, ninguém conseguia me parar, por nada, então eu falei exatamente assim, "Nossa Hoseok, eu pensei que os boatos que as pessoas espalham sobre você eram falsos, realmente, os boatos não são falsos, você é! Eu te dei uma chance hyung, e você acabou com ela, bebado em uma festa", você apenas ria de mim, assim como as algumas poucas pessoas, já o resto, estava impressionado, pois eu tinha respondido, o garoto "tímido" tinha respondido, mas logo depois, eu vi que você se tocou doque eu tinha falado, você fechou a cara, e veio em minha direção, me prensou na parede, e começou a me bater, foi ai hyung, foi ai que a minha camisa favorita se machou de vermelho sangue, você só parou quando ele, uma pessoa que será citada mais para frente~~

Eu lembro, foi eu, era eu... eu serei citado... foi ai que eu desabei...

~~Te parou, se não fosse por ele eu teria morrido por alguém, não é hyung? Depois de me bater, você me olhou com desprezo, a pessoa me salvou, ele me levou para fora da festa e perguntou onde era minha casa, eu apenas apontei para a direção, ele me levou, não trocamos uma palavra, afinal, nem nos conheciamos, e eu não tinha forças para falar, ele falou que quando eu estivesse perto da minha casa era para faver alguma coisa, quando cheguei em minha casa me movimentei para o lado, ele entendeu e me levo para a porta, tocou a campainha e minha mãe veio atender, assim que viu meu estado ela se desesperou, me levou para dentro e lhe agradeceu, ele foi embora e ela tratou de cuidar de meus ferimentos, então eu não fui à escola por uma semana, mal conseguia comer, imagina ir à escola... enfim, foi isso, fim da fita 1 lado A, até mais.

 


Notas Finais


Bom, foi isso, espero que gostem, pode não parecer nada o que o Hobi fez ao Jimin, mas vocês verão nas outras fitas, obrigado por ler e desculpa os erros de ortografia, bj amo vocês.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...