História 150 dias com eles - Capítulo 55


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Bts, Hoseok, Jeon Jungkook, Jimin, Kim Seokjin, Namjoon, Taehyung, Yoongi
Visualizações 64
Palavras 1.466
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ficção, Shoujo (Romântico)

Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 55 - Precisamos contar a eles


Fanfic / Fanfiction 150 dias com eles - Capítulo 55 - Precisamos contar a eles

 

Fui para casa, comi com os meninos em silêncio... A casa estava tão quieta, mesmo que Taehyung tivesse voltado, aquela atmosfera de hospital havia contaminado a casa. Agora estávamos todos tristes e preocupados. De repente Jimin começou a chorar.

- Jimin... O que foi ?

Perguntei colocando a mão em seu ombro, ele apenas apontou para o balcão, olhamos e entendi o motivo do choro... A câmera dela estava lá em cima. Meus olhos encheram de lágrimas de novo, Jin desabou sobre a mesa, e de repente todos estavam chorando.

- Nós precisamos ficar calmos.

Falei secando as bochechas.

- C-calmos ?! A nossa amiga tem chance de não acordar !! Você quer que mantenhamos a calma, é como pedir a um peixe que respire sem água.

- Eu sei que é difícil, mas lembre que acima de minha melhor amiga ela é minha namorada e para mim é algo complicado também...

- Acha que só porque namora com ela sua dor é diferente da nossa ?

Jeon falou sério.

- Não estou dizendo isso.

- Mas é o que parece. Eu só quero chorar ! Eu não sei o que fazer ! Eu não tenho paciência pra esperar eu posso pelo menos chorar ?

- Me desculpem...

Falei e abaixei a cabeça sobre a mesa.

- A gente tem que ir para a Bighit.

Nam falou.

- Então vamos.

- A-a gente podia evitar a rua do acidente ?

Tae perguntou levantando a mão.

- Claro. 

- Precisamos avisar a Sophia.

Hope comentou.

- Não acha que é cedo demais Hoseok ?

- Mas ela precisa saber. É a irmã dela. Eu iria querer saber o mais rápido possível caso a minha irmã ficasse no hospital.

- Okay. Mas quem vai ligar para ela ?

Perguntei, todos olhamos para Namjoon.

- Porque estão olhando pra mim ?

- Você liga.

- Ah galera...

- Namjoon por favor.

Ele desviou o olhar para o lado e pegou o celular.

- Okay... Sophi ? Oi...

Ele colocou no viva a voz.

- Oi Joon. Eu estou na empresa agora então espero que seja urgente, fala para a Katy, que ela tem que me mandar o vídeo de ontem, porque ela não atende minhas ligações ? eu já liguei dez vezes, cinco ontem e cinco hoje mas nenhuma ela atendeu. 

- Sophi... A Katy sofreu um acidente e ela está no hospital...

- COMO ASSIM NAMJOON ! EU TO SAINDO DAQUI AGORA ! 

- Mas você nem sabe em qual hosp... Desligou.

- Ela deve estar vindo pra cá.

Hoseok falou. Sammy pulou no colo de Taehyung.

- Oi garoto tava com saudade de mim ?

Sammy o lambia e abanava o rabinho. Ficamos conversando sobre a música nova, até que ouvimos batidas desesperadas na porta. Namjoon abriu.

- Em qual hospital ela está ?! É muito grave ?! Como ela está ?! Eu quero ver ela !!

- Calma... E-eu não quero voltar lá...

- Meu herói...

Ela disse revirando os olhos com os braços cruzados.

- Eu vou.

Falei levantando a mão.

- Eu vou com você.

Jin disse levantando.

- Tudo bem vamos.

Fomos, Jin eu e Sophia na van. Eu dirigindo, Sophia do lado de Jin na frente, ela não parava de mecher as mãos e levá-las a boca, estava nervosa. Chegamos e eu levei ela até o quarto depois de falar com a enfermeira.

- K-Katy...

Ela gaguejou abrindo a porta do quarto, ao ver a irmã naquela condição seus joelhos fraquejaram e ela poderia ter caído caso eu não a segurasse.

- Foi um carro...

- Sabe a placa do carro ? Eu vou achar aquele carro e quebrar ele com um pé de cabra !! 

- Ei, ei, não vamos quebrar nada, isso não vai resolver.

- Tem razão...

Ela suspirou.

- E quando ela acorda ?

- O médico não sabe se ela vai acordar.

Ela afundou as mãos nos cabelos e começou a andar pelo quarto, pegou o livro.

- Eu dei esse pra ela.

- Na verdade, o que você deu foi roubado quando levamos ela pela primeira vez em um fansing, eu comprei outro no aniversário dela, e pedi ela em namoro.

- Ela nem me falou ! Bom, pelo menos eu não lembro.

- Você devia estar bêbada.

Jin falou e nós rimos.

- Ela já deve ter lido várias vezes. Mas nunca se cansa da história.

- Ela é a nossa história então, a gente nunca se cansa dela.

Falei. 

- É verdade...

Fomos tomados novamente pela melancolia. Nos aproximamos mais da cama, Jin acariciou os cabelos dela.

- Incrível como ela está tão linda.

Sophia falou segurando a mão dela.

- Pra mim ela sempre é ... Desde quando eu quase bati nela correndo na primeira vez que ela pisou em casa.

Eles riram.

- Talvez ela quisesse ter me matado na hora.

Eu sorri.

- Veremos quando ela acordar. Se acordar.

Sophia disse suspirando.

- Ela vai.

- Min...

- Ela vai acordar !! 

Repeti com raiva.

- Falem baixo, estão em um hospital e não em uma balada.

Uma enfermeira disse ao passar pelo quarto. 

- Yoongi, tem que aceitar o fato de que a chance é mínima.

Jin falou.

- Jin eu gosto de você e você sabe, mas escuta aqui - peguei ele pela gola da camiseta e o encostei na parede com força, suas costas bateram com um baque surdo - Eu sei o que eu estou falando, ela vai acordar, e se continuar discordando de mim eu não sei se vou conseguir conter a minha vontade de socar a sua cara.

Jin ficou quieto.

- Min Yoongi solta ele !

Sophia falou alto, porém não gritando, o soltei.

- Eu gostaria de ficar sozinho com ela.

Falei.

- Como quiser.

Ela falou e saiu puxando Jin. Sentei na poltrona marrom descascada do quarto, era bem próxima a cama, de forma que se eu esticasse o braço tocava a mão de Katherine.

- Se você estivesse aqui teria me batido quando eu segurei Jin daquele jeito, eu sei. Mas ele falou que as chances eram mínimas de você acordar, como se você não fosse acordar. Mas eu sei que vai.

Silêncio.

- Será que você está sonhando ? Estar em coma é como dormir ? Você sonha com o acidente ou com a vida normal ? Tenho que lembrar de te perguntar isso depois. Idiota ? Talvez. Não me julgue Katy.

Havia uma enfermeira me olhando como se eu estivesse louco. Quando ela percebeu que eu estava olhando para ela, rapidamente saiu. 

- Que idiota, não posso nem mais conversar com você. A propósito, a música vai ficar muito boa. Eu só tenho que pensar no nome.

Segurei a mão dela, estava com sono...

- Hey. Bobão.

Alguém chacoalhava meus ombros. Abri os olhos e olhei para trás.

- Seu tonto, vai ficar parado aí ? Vamos brincar ! Tá com você !

Era Katherine, ela vestia um vestido branco, alças finas e decote sereia, o abdômen era coberto por um tecido como se ela estivesse usando um espartilho antigo branco e logo em baixo uma saia branca enorme, estava descalça, as unhas sem nenhuma tinta. Nós estávamos no hospital, olhei para a cama e não havia ninguém. Os lençóis estavam bagunçados como se quem estivesse dormindo acabasse de levantar apressado.

- Eu estou sonhando.

- Você está é muito estranho. Parece até que está vendo um fantasma.

Ela segurou minha mão e me puxou. 

- Eu disse. que está com você ! Quando vai começar a correr ?

Ela riu, de repente estávamos na praia, na beira do mar.

- Você. não. me. pega ! Lá lá lá lá lá !!

Ela começou a correr.

- Min Yoongi ! Essa é uma brincadeira que não pode brincar sozinho. Você vai correr ou não ? DASHI RUN RUN RUN !!

Ela riu, eu sorri e comecei a correr atrás dela. 

- Aaah !

Ela gritou rindo.

- Eu te peguei !

Disse quando a agarrei e nós caímos na areia.

- Peguei você ! 

Falei a abraçando.

- Eu quero ficar aqui pra sempre..

- Mas não pode.

- Por que não ? Você está aqui comigo. 

- Mas e Taehyung ? Jimin ? Jin ? Hoseok? Eles precisam de você agora.

Ela disse e sentou na areia, sentei de frente para ela.

- E-eu sei.

- Você tem pessoas para cuidar lá fora.

- Mas e você ?

- Eu vou ficar bem aqui.

- Mas eu quero ficar com você !

- Eu sei que quer. Eu também quero. Mas... Se não der. Quero que você cuide dos meninos. Cuide de todos. Sophia e Sammy estão nessa lista. 

Uma lágrima cruzou meu rosto.

- Vou cuidar... Mas volte para mim.

Ela me deu um selinho, com as duas mãos em meu rosto.

- Min...

- O que ?

- Eu te amo.

Ela sorriu e me deu outro beijo.

- Yoongi ! Yoongi !

Abri os olhos.

- Você estava dormindo. Precisamos ir. 

- Ir aonde Jin ?

- Bighit ! Íamos para lá antes.

- Ah, okay.

Levantei e abracei ele.

- Ué...

- Desculpa ter batido você na parede.

- Tudo bem.

Ele retribuiu o abraço. Abaixei perto do ouvido de Katherine.

- Katy... Eu também te amo... 

Beijei a bochecha dela. Saímos, os meninos estavam do lado de fora encostados na van.

- Vai ficar tudo bem Suga.

Taehyung disse pousando a mão em meu ombro.

- Valeu. Eu sei que vai.

- Precisamos contar para meus pais.

Sophia falou.

- Sim... Eu vou.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...