História 5 desejos - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Ação, Amizade, Amor, Colegial, Crush, Desejos, Drama, Ficção, Irmãos, Magia, Mistério, Originais, Romance, Suspense
Visualizações 26
Palavras 927
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Festa, Ficção, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Oie pessoal
Tudo bem? Espero que sim
Espero que tenham gostado do primeiro capítulo.
Ainda a muita coisa pra acontecer nessa história então... Espero que gostem. ❤

Capítulo 2 - Vida nova, casa nova, pessoas novas


Fanfic / Fanfiction 5 desejos - Capítulo 2 - Vida nova, casa nova, pessoas novas

Rachel: Nada disso!! Você sabe ao menos a idade deles? Eles não são todos abaixo de 10 anos são?!

Mãe: Não querida, eles tem quase a sua idade,só o mais novo tem 11 anos.

Rachel: Ah, menos mal, não vou ter que lidar com crianças.

Mãe: Vocês vão se dar bem, eu sei disso.

Rachel: Mas o Oliver não mora em um apartamento mora?

Mãe: Filha ele mora em uma casa enorme. 

Rachel: E se eu convidar minhas amigas e ter esses garotos de olho nelas.

Mãe: Filha vai ter que se acostumar não tem jeito. Arrume suas coisas por favor.

Rachel: Aah.. Ok, mas gostaria que você tivesse me falado antes sabe.

Mãe: Prometo que não vai acontecer de novo.

Rachel: Eu espero mesmo. Mas me diz, ele mora perto da qui?

Mãe: Um pouco, fiquei sabendo que um deles estuda na mesma escola que você,e tem a sua idade, você até pode já conhecer ele.

Rachel: Eu acho que saberia se alguém da minha turma tivesse quatro irmãos.

Mãe: Todos temos segredos.

Rachel: Aé mãe?

Mãe: É sim Rach, fasa as malas vamo vamo.

Fui para o meu quarto arrumar as minhas coisas. Nem acredito que isso está acontecendo, é uma mudança completamente radical, se eu ao menos já tivesse conhecido esses cinco, mas não,vou direto morar com eles, minha mãe devia mesmo ter me dito antes que foi demitida, esses adultos de hoje em dia são um pórre.

Depois de algum tempo arrumei tudo o que devia, meu quarto estava sem nenhuma decoração, bem triste. Só restava minha cama, meus criado mudo, e meu roupeiro. 

Rachel: Mãe a senhora precisa de ajuda??

Mãe: Não Rach, já estou acabando aqui, você já terminou?

Rachel: Sim.

Mãe: Então vai na padaria do sr. Maurício e compra alguma coisa pra gente tomar café.

Rachel: Ta bom.

No dia seguinte..

Rachel: Você disse que era perto mãe.

Mãe: Mas é, já estamos chegando filha.

Rachel: Você disse isso 10 minutos atrás.

Mãe: Ta, pare de reclamar, chegamos.

Rachel: Mas isso não é uma casa!! É uma mansão! Dês de quando juiz ganha tanto dinheiro assim!?

Mãe: Se acalme menina, seja gentil com todos me ouviu?

Rachel: Claro mãe, você acha que eu sou quem? Oxi 

Descemos do carro e toquei a campainha, um garoto alto de cabelos louros e olhos claros atendeu a porta. Com um sorriso no rosto ele se apresentou.

Ian: Oh, Olá eu sou o Ian, Você deve ser a Rachel certo?

Rachel: Ah..sim eu mesma.

Me encantei pelo brilho de seus olhos.

Ian: Boa tarde senhora Sofia.

Mãe: Boa tarde Ian.

Ian: Podem entrar, o meu pai e meus irmãos estão na sala.

 Minha mãe entrou por primeiro e eu fui logo atrás o Ian estava atrás de mim. Parecia que minha mãe já conhecia a casa. 

Mãe: Olá meninos, essa é minha filha Rachel. 

Eles responderam educadamente, só um garoto que estava emburrado no canto do sofá ficou em silêncio.

Oliver: Somos muitos gratos por vocês aceitarem o convite de morar conosco. Rachel aposto que se dara muito bem com os garotos. 

Garoto: Menos com um.

Oliver: Henry se comporte.

Henry parecia ser o filho mais novo.

Oliver: Por que algum de vocês não vai mostrar o quarto da Rach para ela?

Não tinha percebido, tinha um garoto com capuz que não conseguia ver o seu rosto mas me parecia familiar...

Rachel: Ector?

Ele olhou pra mim e assim pude ver seu rosto. 

Ector: Rachel! 

Era meu melhor amigo de infância! Nunca pensei que iria velo novamente. Quando tive que me mudar lembro que sofri muito e acho que ele também.

Ele levantou e veio me abraçar. 

Rachel: Uau, como você cresceu! 

Ector: Achei que nunca mais ia ouvir essa voz.

Rachel: Bom acho que não tenho mais voz de criança mas tudo bem ahhsha.

Ector: Eu senti saudades..

Rachel: Eu também.

Mãe: Não lembro de ter te conhecido antes Ector.

Ector: Eu fui colega da Rach até o 3° ano, então é provável mesmo que nunca tenha me visto.

Oliver: Que ótima conhecidencia. Ector leve a Rach até o quarto dela.

Ector: Ta bom..

Ele me guiou até meu quarto.

Rachel: Uau, é lindo.

Ector: Temos tanta coisa pra conversar..

Rachel: É mesmo. 

Ector: Nem sei o que perguntar primeiro.

Rachel: Bom.. eu tenho 16 anos, faço curso de gastronomia, minha melhor amiga se chama Amélia, minha cor favorita é azul bebê, curto Shaw Mendes, Ed Sheeran, Justin Bieber, Ariana Grande, e ham.. Amo cachorros.

Ector: Uau hahahha agora pelo menos sei o básico. 

Rachel: E você quer seguir qual profissão?

Ector: Neuro cirurgião. 

Rachel: Nossa, nunca pensei que aquele menino que comida doce escondido comigo ia se tornar neuro cirurgião.

Ector: É as coisas mudam.

Rachel: Que bom que tenho alguém conhecido entre vocês cinco, acho que vai ser difícil me adaptar. 

Ector: pode contar com minha ajuda.

Rachel: E você é qual dos irmãos? Mais velho, do meio? 

Ector: O Henry tem 11, Joey 14, Eu 16, Brian 17, e Ian 19

Rachel: Nem pra ter uma menininha.

Ector: Eu acho melhor assim...

Rachel: Ah sei lá. Eu só achei o humm.. Acho que é Brian meio estranho.

Ector: Ele não é estanho, só revoltado.

Rachel: O Henry queria dizer que eu não ia me dar bem com ele?

Ector: Ele não se dá bem com garotas em geral.

Rachel: Por que?

Ector: Ele nunca falou o motivo pra ninguém.. 

Rachel: Ah..

Alguém bateu na porta

Henry: O café esta pronto, esqueci de falar, seja bem vinda maninha.

Rachel: Oh, obrigado Henry 

Fomos para cozinha, todos já estão sentados, esperei o Henry e o Ector sentar pra ver onde sentar. Só restava sentar no final da mesa ao lado do Brian, me senti desconfortável ao saber que ele não gosta de garotas, mas então será que ele é gay? Ele não parece ser..

Quando sentei percebi a mesa cheia de coisas maravilhosas, não lembro de um café tão recheado como esse.





Notas Finais


Eai gente gostarão?
Espero super que sim
Me digam suas opiniões nos comentários. :3
Aceito críticas construtivas ❤
E ideias
Até loguinho❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...