História 50 dias com você - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Tags Bangtanboys, Bts, Drama, Kookv, Romance, Taekook, Vkook
Visualizações 19
Palavras 2.839
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Romance e Novela, Violência, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Por alguns problemas eu não consegui escrever ontem, então decidi fazer um capítulo um pouco maior para compensar ❤
Me desculpem pelos errinhos ortográficos ❤

Capítulo 2 - "Boa noite, meu amor"


Fanfic / Fanfiction 50 dias com você - Capítulo 2 - "Boa noite, meu amor"

{ 7:30 da manhã } - Segundo dia

Meu despertador tocou, fazendo um tremendo barulho. Sai da cama quase num pulo para pegar meu celular do outro lado do cômodo e em seguida ouvi alguem bater na porta. Abri devagar, era o Jimin.

- Bom dia, princeso - Ele disse empurrando a porta e entrando.

- Eu acabei de acordar, Jimin - Fechei a porta - Deixe-me ao menos me arrumar.

Ele me olhou de forma incrédula.

- Pode se arrumar, não estou te segurando - Ele se jogou na cama e agarrou meu travesseiro.

Eu sorri para ele. Quase num tom de risada e fui para o banheiro me arrumar.

{ Meia hora depois - 8:30 }

- Você demora igual mulher - Ele resmungou enquanto eu caminhava até minha mala.

- Eu não pedi para você vir - Retruquei enquanto guardava o perfume que havia pegado pouco tempo antes.

- Me respeita que eu sou o mais velho aqui - Ele sorriu.

- Okay, babá - Revirei os olhos e peguei meu celular em cima da cama.

- Eu te odeio - Ele se levantou, indo em direção a porta enquanto eu o seguia.

Ele abriu a porta e assim que colocou um pé para fora, esbarrou bruscamente em alguém. Sai logo em seguida e vi que ele havia esbarrado em Taehyung.

- Me desculpe...Jimin - Ele parou de falar ao me ver saindo do quarto e nesse momento vi o pequeno sorriso no rosto dele se fechar. Dei um leve empurrão em Jimin para que ele andasse.

- Bom dia, Taehyung - Disse enquanto trancava a porta.

- Desculpa, não te vi andando - Jimin desculpou-se tambem.

- Bom dia... Tenho que ir - Desta vez senti que sua voz soou de forma diferente. Ou talvez fosse minha imaginação me pregando peças.

Ele saiu andando pelo corredor, aparentemente sem pressa, o corredor de encontrava quase vazio. Talvez a maioria acordaria mais tarde.

- Vamos ao quarto do Yoongi agora - Jimin disse, me arrastando pelo braço.

Ao chegarmos eu dei leves batidas na porta. Depois de algum tempo a porta se abriu.

- Está afundando? - Ele nos perguntou, com cara de sono.

Eu e Jimin nos entreolhamos, quase rindo.

- Se for o seu cérebro afundando em paranóias, sim, está - Respondi e Jimin riu quase escandalosamente.

- O que vocês querem então? - Yoongi suspirou fundo.

- Viemos te buscar para dar uma volta, talvez um pulo na piscina... - Jimin explicou.

- Vocês me acordaram para isso? Desapareçam da minha frente antes que eu bata em vocês dois - Ele ameaçou, com um olhar de raiva.

Decidimos sair sem dizer nada. Devíamos ter adivinhado que Yoongi não aceitaria acordar cedo em plena as férias.

Mas estava tudo bem, eu e Jimin poderíamos sobreviver por algumas horas sem o Yoongi.

Fomos para a parte da frente, onde ficavam as piscinas. O olhar de Jimin quase brilhava ao ver o sol refletir na água da piscina. Ele amava nadar.

- Vai dar um mergulho? - Perguntei ainda com o meu olhar voltado para ele.

- Talvez mais tarde, não quero te deixar sozinho - Ele respondeu sem hesitar.

Jimin sempre foi um bom companheiro, um bom amigo. Sempre esteve ao meu lado quando precisei e eu consguia sentir a forte conexão que nós tinhamos.

- Eu me sento em uma dessas cadeiras e fico esperando você - Olhei para as cadeiras que estavam em volta da piscina e voltei meu olhar para Jimin, com um sorriso.

Sinceramente nunca fui muito chegado a esportes aquáticos, ou coisas do gênero. Portanto, me sentia melhor ficando apenas observando.

- Tem certeza? - Ele perguntou.

- Sim, pode ir - Disse me sentando na cadeira e me acomodando.

Ele sorriu como se tivesse ganhado um grande presente. Era realmente fácil deixar o Jimin feliz.

- Segure minha camiseta então - Ele retirou a camisa e a entregou para mim.

O abdômen dele era definido, um pouco mais que o meu para falar a verdade, talvez por conta da quantidade de esportes que ele praticava por lazer.

{ 10 minutos depois }

Jimin ainda estava na piscina, parecia uma eternidade, a cada instante eu olhava para a porta, esperando que Yoongi aparecesse. Mas quem apareceu foi outra pessoa. Kim Taehyung. Ele estava com uma expressão feliz, eu diria.

Para aproveitar que ele estava sozinho, eu acenei para ele, o mesmo sorriu e começou a vir em minha direção.

- O que faz aqui sozinho? - Ele questionou, abaixando seu olhar para mim.

- Estou apenas observando em volta enquanto Jimin está nadando - Respondi inclinando a cabeça para mostrar onde Jimin estava.

- Quer ir pegar alguma coisa para beber? - Disse Taehyung após olhar para Jimin, que estava conversando com uma garota sentada na borda da piscina.

Assenti com a cabeça, coloquei a camisa do Jimin em meu ombro e fomos até o bar que ficava no salão principal, onde por sinal estava vazio por conta do horário.

- Eu deveria me desculpar por ontem - Ele disse, escorando no balcão e pegando uma bebida para mim e uma para ele.

Preferi não dizer nada, era melhor esperar que ele continuasse. Mas eu já sentia um frio gelado no meu estômago. Era uma sensação ótima, porém agonizante.

- Mas não me arrependo - Ele continuou e certamente me fez soltar um sorriso - O que devo fazer então?

Ele ficou esperando uma resposta minha, e sinceramente eu apenas queria tê-lo para mim, eu estava pouco me importando para o que ele deveria fazer. Oque realmente importava naquele momento, era que ele fazia meu coração acelerar de forma surpreendente. Eu encarava seus olhos sem disfarçar e ele sorria sem motivo aparente.

- Talvez eu saiba o que fazer - Ele respondeu deixando seu copo em cima do balcão e se aproximando de mim. Com um sorriso malicioso nos lábios ele passou seu braço pela minha cintura e a outra mão posicionou em meu rosto, alisando levemente o mesmo.

E finalmente pude sentir seu beijo novamente, pude ter a sensação de ser desejado por inteiro. Seu beijo feroz me fez arrepiar. Eu o puxava para mim cada vez mais, intensificando nosso beijo.

Ao se afastar ele depositou uma leve mordida em meu lábio, deixando uma vontade enorme de beija-lo novamente.

- Acertei? - Sua voz ecoou em meu ouvido como um leve sussurro.

- Sim, acertou em cheio - Respondi na forma de um sussuro quase sem voz.

De alguma forma, ele me fazia bem. Mesmo que não estivéssemos passado anos juntos, eu me sentia livre quando estava ao lado dele. Não precisava fingir ser quem não era.

- Vamos, não quero rouba-lo de seu amigo - Ele pegou o copo dele de volta e me puxou pela mão vazia de volta para perto da piscina.

Ele se sentou comigo desta vez, conversamos sobre vários assuntos, quase não percebi o tempo passar. Quando percebi eu já estava hipnotizado nos olhos dele enquanto ele contava algo sobre uma universidade de fotografia.

- Ainda está me ouvindo? - Ele segurou minha mão, me fazendo voltar ao mundo real.

- Si-Sim, eu estava apenas...refletindo - Dizer aquilo em voz alta realmente pareceu ridículo.

- Estou interrompendo? - Yoongi chegou, sentando-se ao meu lado. Ele estava aparentemente com sono e irritado.

Taehyung vagarosamente soltou minha mão e voltou a sua posição normal. Ele não estava mais inclinado em minha direção.

- Não, Yoongi - Sorri para ele.

Ele me olhou de forma estranha, não pude identificar aquele olhar, mas ele revezou o olhar entre mim e Tae. Antes que eu pudesse perguntar algo, ele se levantou.

- Vou ir comer alguma coisa - E saiu sem esperar uma resposta.

Taehyung o observou saindo.

- Ele está bem? - Taehyung me perguntou.

- Provavelmente sim - Respondi ainda vendo Yoongi caminhar para dentro do salão.

- Ele parece não gostar muito de mim - Taehyung disse suspirando fundo.

- Ele só deve estar com sono - Tentei amenizar a situação, eu também não havia entendido o porque daquele olhar.

Noite passada, no jantar o Yoongi mudou rapidamente de assunto quado Jimin e eu estávamos falando sobre Taehyung.

Jimin chegou, interrompendo meus pensamentos. Sem dizer nada ele apenas arrumava seu cabelo, que estava encharcado.

- Sinceramente, acho melhor você ir falar com ele - Taehyung disse se levantando e no mesmo instante eu me levantei tambem.

Não pude deixar de perceber o sorriso do Jimin ao perceber meu olhar sobre Taehyung.

- Vocês estão juntos? - Jimin perguntou para Taehyung, que no mesmo instante olhou para mim, provavelmente esperando uma resposta.

- O que foi? Eu quero saber - Jimin continuou e eu já sentia meu rosto ficando vermelho.

Kim Taehyung se aproximou de mim e passou sua mão pela minha cintura, me fazendo arrepiar por inteiro.

- Sim, estamos - Ele respondeu, fazendo um sorriso se estampar no rosto de Jimin.

Eu não estava esperando aquela resposta. Mas um sorriso se estampou em meu rosto tambem.

- Me encontre depois, Jeongguk - Taehyung disse e logo após depositou um selinho em meus lábios.

Ele saiu, caminhando para um corredor que levava para a parte de trás do navio. E Jimin praticamente dava pulinhos.

- Me conta tudo que aconteceu - Jimin começou a me empurrar para dentro do salão.

- Eu não sei o que aconteceu - Ri da minha própria resposta.

Jimin olhou para mim de forma divertida e continuou me empurrando, até chegarmos onde Yoongi estava.

- Bom dia, Yoongi - Arrisquei falar com ele, mas o mesmo nem olhou para mim.

- Bom dia - Ele respondeu baixo.

- Por que saiu de perto de mim, lá na piscina? - Perguntei.

- Eu precisava comer - Ele respondeu frio.

- Mas você está bebendo, não comendo -Jimin disse confuso.

Yoongi se levantou, olhando Jimin olhos desta vez e se aproximando dele.

- Por que você não cuida da sua vida? - Ele perguntou baixo, podia perceber sua raiva no tom de sua voz.

- Calma, Yoongi - Afastei ele de Jimin, antes que os dois saíssem no tapa.

- Não encoste em mim, Jeongguk.

O que estava acontecendo? Por que ele estava agindo desta forma? Yoongi era extremamente importante, eu odiava ve-lo assim.

- Se acalma, por favor - Olhei para ele, tentando fazer com que ele visse o quão preocupado eu estava.

- Me deixem em paz - Ele pegou o copo dele e saiu, deixando eu e Jimin a sós.

Jimin parecia ter se estressado com Yoongi, o sorriso no rosto dele havia sumido.

- Não ouse ir atras dele - Jimin sussurrou com raiva - a escolha de não querer conversar foi dele.

Eu nunca havia presenciado qualquer tipo de briga entre os dois. Eles eram como limão e mel. Uma combinação perfeita e estavam sempre em sinfonia.

- O que aconteceu? - Perguntei me virando para Jimin.

Ele parecia chateado, mas ao mesmo tempo com raiva.

- Eu me cansei da bipolaridade dele - Ele respondeu-me.

Nós fomos para o dormitório de Jimin, para que ele trocasse de roupa e arrumasse seu cabelo.

{ Duas horas depois - 18: 02 }

Acabamos ficando um tempo conversando, afinal conversar com Jimin era sempre bom e me fazia bem. Ele acabou me contando que talvez Yoongi estivesse com ciúmes de mim com Taehyung. Eu infelizmente quase não tive argumentos para discordar.

Procuramos Yoongi por todo o navio, e acabamos vendo ele deitado em um banco, olhando para as estrelas que estavam começando a aparecer.

- Yoongi? - Disse baixo ao chegarmos perto dele.

- Me desculpa, Jeongguk... E Jimin - A voz dele parecia mais calma.

- Por que você estava com tanta raiva? - Jimin peeguntou.

Eu me sentei no chão, em frente ao banco, virado para Yoongi.

- Eu não sei, apenas me irritou o fato de ver Jeongguk com aquele rapaz - Ele disse enquanto ainda obeservava o céu.

Jimin olhou para mim e coçou a cabeça.

- Mas não tem nada entre eles - Jimin explicou.

Olhei para Jimin no mesmo momento. O que ele estava fazendo? Como eu explicaria aquilo para Taehyung? Jimin havia levado aquilo na brincadeira?

- Você diz isso por que não viu a forma como eles se olhavam - Yoongi mudou seu tom de voz.

- E por que você se importa com isso? - Perguntei confuso.

- É diferente agora. Você faria tudo por Kim Taehyung, é possível perceber no seu olhar, e ele faria o mesmo por você - Ele respondeu.

- Jeongguk sempre será o mesmo, estando com Taehyung ou não - Jimin respondeu antes de mim.

Yoongi conseguiu sorri, ele sabia que era verdade. Eu nunca faria algo que decepcionasse eles.

No fim de tudo, conseguimos nos resolver. Yoongi parecia mais calmo e Jimin havia voltado a sorri e acima de nós, as estrelas brilhavam intensamente. Lembrei-me de Taehyung, o brilho das estrelas me lembravam o olhar dele.

{ 20:40 }

Haviamos nos divertido bastante, jogado algumas pedrinhas no mar, vendo a de quem iria mais longe. Yoongi ganhou várias vezes.

O jantar já havia sido servido quando estramos. Comemos alguns pesticos e pegamos alguns copos de whisky cada um. Ficamos no meio do salão, conversando sobre coisas aleatórias e rindo. Talvez já estivessemos ficando bebados.

- Se esqueceu de mim? - Ouvi a voz de Taehyung em meu ouvido e rapidamente me virei.

- Nem se eu quisesse - Sorri.

- Posso roubar ele de vocês um pouco? - Taehyung perguntou para Jimin e Yoongi, e confesso que senti medo da reação de Yoongi, mas o mesmo sorriu e disse que podia.

Taehyung me puxou para a frente do navio, não tinha muita gente, pois já estava de noite. Era por volta de 21:30.

- Eu tenho uma ideia - Peguei na mão de Tae e o puxei para o 3° andar, onde apenas funcionários eram permitidos. Mas a vista era mais completa de lá.

Taehyung me olhou de forma risonha. Provavelmente ele me achava louco, mas eu não me importava, sinceramente.

- Podemos ficar aqui? - Ele me perguntou.

- Isso importa? - Respondi olhando para cima. Para as estrelas.

Ele as observou também, mas revezava seu olhar entre as estrelas e eu. Quase sentia vergonha por ser obervado de forma tão instensa.

- O que foi? - Perguntei após ele sorrir para mim.

- Você é tão incrível.

- Eu sei - Respondi da boca para fora.

Seu comentário me causou um arrepio gostoso que veio junto com uma brisa do mar. A mesma brisa que fez meus cabelos se bagunçarem e se misturarem, trazendo algums fios para cima de meus olhos.

- Vocês não podem ficar aqui - Um funcionário nos interrompeu.

Rapidamente eu tossi, fingindo um engasgamento.

- Ele estava um pouco enjoado, decidi trazê-lo aqui para que ele melhorasse - Taehyung mentiu descaradamente, quase me fazendo rir.

Taehyung passou meu braço pelo seu ombro e começou a me carregar de volta para baixo antes que o funcionário falasse mais algo. Antes de terminarmos de descer já estávamos rindo da mentira contada por ele.

- E depois sou eu quem não sabe mentir - Ri enquanto tentava enchergar os degrais abaixo de meus pés.

- O que eu deveria ter falado? - Ele ria junto comigo.

Taehyung terminou de me carregar para baixo e me soltou.

- Mas estava muito bom lá em cima - Taehyung olhou para cima, de onde o funcionario havia nos expulsado.

- Qualquer lugar vai ser bom se eu estiver com você - Completei após terminar de beber o Whisky em meu copo.

Ele me olhou e riu. Quase descaradamente.

- Você já está bebado, vou te levar para o quarto - Ele disse, passando meu braço por seu pescoço novamente.

- Nossa, seu safado! - Olhei para ele e começei a rir.

Ele riu junto comigo.

- Não, vou apenas te colocar para dormir - Explicou ele.

Alguns minutos de silêncio predominaram, sinceramente eu estava quase dormindo enquanto andava.

- Você esta a falando serio quando disse que estávamos juntos? - Perguntei baixo.

- Você queria que fosse brincadeira? - Ele respondeu minha pergunta com outra pergunta.

- Não, com certeza não - Soltei um suspiro junto com um sorriso.

Chegamos em frente ao meu quarto e entreguei a chave para que Taehyung abrisse.

Após abrir a porta ele me levou até a cama - não que fosse necessário - e pegou o copo que estava em minha mão, deixando em cima da mesinha ao lado.

- Boa noite, meu amor - Ele depositou um beijo em minha testa e me cobriu com o cobertor que estava em cima da minha cama.

- Boa noite... - Sussurei quase sem voz e sorri para ele após ele me chamar de "meu amor".

Pude ver ele saindo do quarto e trancando a porta, logo em seguida ouvi a chave passando por debaixo da porta. Em poucos segundos eu dormi.



Notas Finais


Espero que tenham gostado ❤
Não deixe de comentar e favoritar, isso motiva bastante ❤
Até logo ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...