História A Arma de Amar.-(Imagine Jungkook Hot) - Capítulo 21


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Arma De Amar, Hot, Imagine Jungkook
Visualizações 372
Palavras 1.169
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Escolar, Festa, Hentai, Mistério, Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


GENTE ACHEI Q NAO IA CONSEGUIR POSTAR HOJE MEU JINSUS.
Boa leitura!!

Capítulo 21 - Inimiga.


Fanfic / Fanfiction A Arma de Amar.-(Imagine Jungkook Hot) - Capítulo 21 - Inimiga.

Gukkie se debate tentando tirar ela mas eu levanto e a tiro puxando ela por aquela juba que ela chama de cabelo. Essa cadela resolveu entar no cio perto do meu homem?
Já disse que Jungkook é MEU??

—Escuta aqui cadela, quem você pensa que é pra agarrar meu homem assim hein? Você quer perder esse balão de vento que você chama de cabeça? Que morrer vadia??—Digo empurrando ela para trás quando sinto Jungkook me segurar.

—Cala a boca ridícula! Eu sou a Choi Min-Ji e eu sou a ex namorada do Coelhinho.

QUÊ??? O QUE ESSA VADIA FALOU??

—O QUE VOCÊ TÁ FALANDO GAROTA? SE TOCA! COELHINHO?

—Ex namorada... Ah! Min Ji Me lembrei de você.—Gukkie fica com uma Expressão desconfortável.—Não sabia que ainda morava aqui.—Ele fala sem muito interesse. Mas ele vai mesmo conversar normalmente com essa puta, na minha frente?

—Quanto tempo Jeonnie, desde 15 anos. Você mudou muito oppa.—Ela diz animada e eu dou um tapa na cara dela.

—Não chama ele de oppa vagabunda. Quem é essa vadia? Por que você já não deu um "chega pra lá" nela Gukkie?

—Ela é minha ex namorada. Min-ji. Min-Ji, essa é a S/N.— Ele diz.

—Prazer S/N. Você deveria se acalmar, estresse da rugas no rosto!—Ela diz "inocente". Aish que raiva.

—Foi um desprazer conhecer você. Gukkie, vamos oppa??

—Ah não se precuoe, S/... S/N. Eu tenho namorado.—Ela diz e logo chega un coreano alto, magro e com os cabelos azuis.—Esse é o Hae TaeShin.

—Prazer.—Ele diz e aperta a Mão do Gukkie. Mas o tal de TaeShin fica encarando o Kookie de forma estranha.—Eu... Conheço você de algum lugar...—Min Ji arregala os olhos.

—Não conhece não, Jeonnie deve ser parecido com alguém que você conhece.

—Deve ser.E quem é a moça?—Ele pergunta e beija minha mão. Eu sorrio só por educação mesmo e vejo Jungkook o encarar mortal.

—Sou a S/N.—Digo seca.

—E seu sobrenome?—Ele pergunta. Eu fico confusa e um branco aparece em minha mente, quase fiquei  apavorada.


Jungkook franze o cenho.

—Bom, temos que ir. Até.

—Ah, Por favor Jeon, vamos tomar um sorvete como um encontro de casais.—TaeShin convida.

—Conhecmos uma ótima sorveteria, poderíamos conversar melhor e descutir nossas diferenças, já percebi que S/N não foi com minha cara.


Eu fico pensativa enquanto Gukkie me olha esperando uma resposta. Encontro de casais.. mas eu e Gukkie nem somos namorados...

—Nos vamos.—Gukkie diz simples.

Gukkie pega firmemente em  minha mão E  vamos até a dita sorveteria.


—Então, vocês moram aqui?—Pergunta a vaca da Min Ji.

—Sim. Mas não nesse bairro, é um pouco longe.—Jungkok diz.

—Ah entendo. Moram a quanto tempo aqui??

—Viemos hoje de madrugada.

Ela apenas concordou e chegamos na sorveteria. Eu obviamente sentei ao lado do Kook, e Min Ji ao lado do TaeShin.

Jungkook e TaeShin conversavam animadamente sobre vários assuntos, e Min Ji participava menos eu.

Ela estava me encarando muito, acho que é porque eu estava Abraçada com o Kook e ainda de mãos entrelaçadas.

Ela parecia bem desconfortável, e eu apenas estava confusa. Se ela namora por que se incomoda comigo e com Kook??

—S/N! Vamos ali escolher nossos sabores e pros meninos??—Ela diz e eu arregalo os olhos.

Olho para Kook que sorria.

—Vai S/A, de uma chance a ela. Acho que ela deve ter mudado..—Ele diz e eu fico incrédula. Estão mesmo me empurrando pra fazer amizade com Alguém que eu não quero? Mas que porra, o que deu Kookie??

—Tá bom. —Me levanto e acompanho Min Ji até o balcão de pedidos.

—Que sabor vai pedir?—Pergunta ela.

—Pra mim um sorvete de kinder ovo e ovomaltine... E pro kook... Aish esqueci de perguntar..—Ela ri debochada, como se tivesse mudado da água pro vinho.

—É serio garota? Você namora com ele mas nem sabe o sabor preferido de sorvete dele?—Ela diz e eu começo a perder a paciência.

—Nós não...—Eu digo mas logo me calo e ela ri discretamente.

—Ah, ele não quis te assumir? Garanto Que ele não te ama o suficiente prs isso. Típico dele. Não teve ninguém depois de mim. Pobre coelhinho.—Ela diz maléfica.—Ele gosta de baunilha e chocolate belga, garota. Vê se te enxerga, você não dá nem a metade do tipo ideial do Jungkook. Sinceramente, ele decaiu muito.—Ela diz com nojo e eu me controlo pra não socar a cara dela.

—Cala a boca MiJi, não vê que você só está sendo mais invejosa do que já é? TaeShin não deve ser nem a metade do Jungkook, e você nem precisou decair, pois já está no fundo do poço.—Nos encaramos com raiva e fizemos nossos pedidos.

—Vê se para de querer dar a Jungkook o que não pode. Saia do meu caminho ou  faço você sair do meu. Agora que eu reencontrei ele, nem uma vadiazinha como você nem nenhuma gangue de seis paspalhos vai me impedir de ficar com ele. Fica ligada.—Ela da um peteleco na minha testa e eu quase jogo aquele sorvete na cara dela.

Que garota insuportável! Essa vadia vai ver só, vou arrancar aquele sorriso falso dela, oh se vou.
Quem ela pensa que é pra falar assim comigo???

Volto pra mesa tentando parecer bem, mas, mesmo não querendo as palavras dela me atingiram.

Sento e Jungkook me da um Selinho.

—Ai Jungkook, quanto grude!—Digo lhe entregando o sorvete.

—Tanto grude sendo que nem namorados são.—Aquela vagabunda abre a boca pra falar merda mais uma vez. A fuzilo com o olhar.

—Vocês não namoram?—TaeShin pergunta sem entender.

—É... Não..—Junglook diz com vergonha.

—Por que ainda não pediu ela em namoro, cara?— TaeShin novamente fala.

Jungkook fica envergonhado e sem palavras, e de sua boca não saia nenhum som sequer.

—Bem...—Min Ji o interrompem

—Advinha que sabor que é teu sorvete, Coelho.—Sinto Jungkook apertar minha mão quando escutou o apelido "coelho". Por que?

—Hum... Qual?

—Baunilha e Chocolate belga. Seu sabor favorito! Eu que pedi.—Ela diz com um sorriso vitorioso.

—Ah, obrigado. Mas eu amo os sabores favoritos de S/N, e sinceramente, enjoei de Baunilha e Chocolate belga.—Ele diz dando os ombros e eu mordo os lábios vitoriosa. Isso ai Gukkie, detona a piranha. Jungkook e TaeShin parecem não cansar de tanto falarem. Quanto assunto meu deus!
Jungkook de vez em quando lambia meu sorvete de jeito safado, e no fundo eu sabia que ele havia notado minha rivalidade com a Min Ji e queria entar no meu time. Ele estava com a mão dele na minha coxa, o que me arrepiou pelo contato da sua mão grande e gélida em minha coxa quente.

Ele ameaçava subir mas eu não deixava. Eu ainda estava com uma pomtada de desconfiança por parte de Jungkook. Será que ele não me ama o suficiente pra me assumir? Por que diabos eu me sinto tao mal assim??

—Bom, A conversa está boa mas precisamos ir. Tchau.—Jungkook diz fazendo reverência e eu faço o mesmo, só que em silêncio. Min Ji me olhou raivosa, como se isso me causasse medo.


Coitada, mal sabe que é ela que deve me temer.

Notas Finais


EAEAEAI?
O que acharam??
Gostaram da Min Ji kkkkKKK Sqn
Desculpem qualquer erro!
Ate o próximo capitulo!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...