História A Belieber - Capítulo 41


Escrita por: ~

Postado
Categorias Barbara Palvin, Justin Bieber
Personagens Justin Bieber
Visualizações 176
Palavras 4.067
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Festa, Mistério, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi mozis!!!
Tudo bem? Como está a semana? O coração? Espero que tudo bem!
Espero que gostem do capítulo.

NOTAS FINAIS!!!

Capítulo 41 - XL. Caribe


Fanfic / Fanfiction A Belieber - Capítulo 41 - XL. Caribe

Turks and Caicos — 31/12/2016  10:15

 

 

Acordei sentindo beijos na minha testa. Sorri e passei minha mão pela barriga de Justin que estava em pé a minha frente me lançando um sorriso sacana.
Desci meus dedos até o elástico de sua bermuda e ele riu gostoso me fazendo rir.

— Bom dia — sussurrei coçando meus olhos e o encarando que tinha uma bandeja de café em mãos.

— Hum — fecho os olhos apreciando o cheiro de ovos e bacon.

— Eu te amo — falo me sentando e ele gargalha pondo a bandeja na cama.

— Interesseira — brinca e eu lhe dou um tapa rindo.

— Deixa eu colocar uma roupa antes de comer — peço e ele nega me fazendo rir.

— Daqui a pouco você vai precisar tirar, então fica sem mesmo — reviro meus olhos e pego o copo de suco.

— Dormiu bem? — pergunta tirando uma mecha do meu cabelo do rosto e eu assinto sorrindo.

— E você? — Pergunto.

— Com essa bunda encostada em mim... Como não dormir bem?! — gargalho e ele dá de ombros.

— O que nós vamos fazer hoje? — Pergunto.

— Precisamos ir ao mercado comprar as coisas para mais tarde, eu dispensei a empregada depois do almoço para que ela fique com a família, então vamos ter que nos virar — assinto.

— Você sabe que eu sou uma péssima cozinheira, certo?! — Aviso e ele ri.

— Mad falou que vai colocar vocês três para trabalharem hoje — fala das meninas e eu assinto.

— Não me responsabilizo — assente e beija minha testa.

— Tirando cozinhar? — Pergunto e ele ri.

— Podemos ficar na praia, andar de jet-ski, o que você quiser, amor — sorriu e ele beija a minha mão.

— Eu te amo — fala.

— Eu te amo mais — lhe dou um selinho.

 

[...]

 

 

Eu e Madison estávamos no mercado mais próximo a ilha de Justin.
Nossos cabelos molhados pela recém saída do mar, a camiseta e, o short molhados pelo biquíni e eu consegui calçar apenas uma rasteirinha para não ficar tão maloqueira.

— O que nós vamos cozinhar? — Madison pergunta parando no corredor de congelados.

— Você está perguntando justo para mim? — rimos.

— Você e Justin estão tão bem, estou muito feliz por vocês — fala pegando alguns legumes e pondo em saquinhos.

— Eu estou com medo de voltar a realidade — admito pegando algumas coisas para abastecer a casa até o dia cinco.

— A ligação que vocês criaram ninguém vai poder tirar de vocês, Katie — fala e eu dou de ombros.

— Apenas confie nele e avalie as situações com a cabeça — assinto.

— Nada de ser impulsiva como em Paris — concordo e rimos.

— É nítido o amor que vocês sentem um pelo outro e tão bonito de ver — me abraça beijando minha testa.

— Nós estamos tão bem casadas — fala e nós rimos.

— Você pretende fazer sua cerimônia quando? — pergunto quando voltamos a andar.

— Em junho, na primavera — admite e eu sorriu.

— Esse ano ou 2018? — ela ri.

— Ryan ainda não consegue ficar 100% do tempo em LA e eu não posso me mudar para Toronto, então esse noivado vai durar mais um pouquinho — conta.

— Façam no momento certo, irmã — assente.

— Vou deixar que o glamour fique para Selena e você no ano que vem — rimos.

— Ela já te disse quando? — Pergunto.

— Ela adoraria a sua data, mas ela sabe que é a casa da sua avó, então ela acha que no verão, em setembro — conta.

— Ela pode se casar no início de dezembro, eu não me importo — falo sincera.

— Ela precisa se casar logo, irmã, para que o vestido fique perfeito, logo a barriga vai crescer — fala e eu concordo.

— Se ela não se importar... Eu não me importaria se estivesse no lugar dela, casaria com barrigão com orgulho — admito e ela assente.

— Mas meio que tem aquela coisa de estar como uma princesa, então não sei — dou de ombros.

— Sempre quis casar, mas nunca foi meu sonhos, você sabe — assente pegando um peru e eu riu.

— Selena está viciada nisso, eu não sei o que René vai fazer depois que as festas passarem — gargalho.

Pegamos tudo de que precisaríamos e um carrinho não foi o suficiente.
Nós todos comíamos demais, principalmente bobagens e enfrentaríamos mais cinco dias.
Chego com o terceiro carrinho no corredor de bebidas e Madison ri.

— Espero não ter que fazer isso todo mês — admito e Mad ri.

— Você vai ter empregas para as qual lhe dará uma lista e ela chegará com as compras falando: “senhora Bieber, comprei tudo” — brinca e eu gargalho.

— Idiota! — Bato em seu braço e ela ri.

— É sério Katie, você que está vivendo não tem noção da proporção da fama que o casal de vocês tem. Vocês são como Brangelina — gargalho negando.

— Vamos nos concentrar em quantas caixas de cerveja vamos levar? — Pergunto e ela assente.

Enchemos o carrinho com Corona, vodka, whisky e tequila.
Pegamos alguns sacos de gelo e nos direcionamos ao caixa.
O mercado estava praticamente as moscas, quando chegamos ao caixa com três carrinhos enormes a garota quase teve um infarto.

Madison colocava tudo na esteira e eu ia empacotando, mas era péssima nisso.
A caixa tinha que parar para me ajudar se não ficaria soterrada por tantas coisas.

— 1.557, 89 dólares — arregalo meus olhos junto com Mad e rimos.

Pego meu cartão de crédito, mas Madison é mais rápida colocando um cartão na máquina.
Ela começa a colocar as sacolas no carrinho e eu a terminar de pôr em sacolas.

— Ponha a senha — manda e eu a olho confusa.

— É o cartão do Justin, ele mandou que passasse aqui, mas como você não pegaria ele deu para mim — reviro meus olhos e digito a senha.

— Olha como estão as coisas, eu não sei a senha do cartão de crédito do Ryan — brinca e eu riu.

— Eu compro roupas para ele, jóias, tudo do que ele precisa, é mais fácil que eu saia na rua do que ele as vezes — falo pegando a notinha que a caixa me estende agradecendo.

Quando conseguimos colocar todas as compras no porta malas e banco de trás saímos do estacionamento do mercado cantando algumas músicas da rádio local.

— Quero comprar um presente para o Justin — falo quando passamos perto de lojas.

— Agora?! — Assinto.

— Você sabe que ninguém da presente de ano novo, certo?! — Riu.

— Você pode comprar algo para o Ryan também, não seja rabugenta — reviro meus olhos e ela ri estacionando o carro.

Descemos do carro e entrelaçamos nossa mão como sempre tivemos o costume de fazer.
Arrasto Madison para uma Sexy shop, seus olhos se arregalam, suas bochechas ficam vermelhas e ela tenta me arrastar para longe.

— Calma! — falo arrastando ela para dentro.

Assim que entramos ela se choca com alguns consolos que tem espalhados pela loja me fazendo rir e ela me bate.
Madison é extremamente desbocada, mas quando as coisas se viram para esse lado, ela fica extremamente tímida.

— Você vai comprar uma lingerie bem bonita para usar para o Ryan hoje de noite — falo e ela nega.

— Eu tenho muitas calcinhas bonitas da marca dos nossos avós, pare com isso agora! — fala tentando sair e eu a agarro pelo braço.

— Agora! — ordeno e ela bufa.

— Vai ser legal, eu prometo— falo e ela anda procurando.

Ela passa a mão por uma peça muito bonita vermelha e eu a observo.
Sua cabeça nega e eu riu.
Ela pega uma peça branca e eu nego.

— Pega a vermelha — ela fica vermelha.

— Eu nem sei como vou aparecer na frente dele com isso — confidencia e eu riu.

— Nós vamos festejar muito hoje e depois você vai para seu quarto, tomar um bom banho, ficar bem cheirosa, vestir isso e matar o Ryan do coração, simples — ela fez cara de dúvida.

— Ouça a sua irmã — ela assente pegando a lingerie e eu faço uma dança da vitória.

— Você vai levar qual? — Pergunta e eu levanto uma preta.

— Por que não vermelha? — Riu.

— Justin gosta de peças pretas no meu corpo — conto e ela assente.

 

Andamos pelo centro da cidade, tomamos um sorvete e uma loja que vendia artigos em prata chamou a minha atenção um pouco antes de irmos embora.
Entro na loja atraindo a atenção de um homem atrás do balcão que sorri e se levanta vindo até mim.

— No que posso ajudar uma moça tão bonita? — O senhor pergunta e eu sorriu.

— Quero um presente para o meu noivo — falo olhando as peças expostas pelo vidro.

— O senhor quem faz estas peças? — Pergunto admirada e ele assente.

— Eu sou designe de joias, isso é incrível — elogio e ele sorri.

— Obrigado — agradece e eu assinto.

— O senhor tem duas peças com correntes de prata longas e me faz uma gravação? — Peço e ele assente.

— O que a senhorita gostaria de gravar? — Pergunta pegando um papel e opções de locais para gravar.

— JB ♡ KC 12/28/2016 — escolho a data do nosso casamento na gruta e ele assente.

 

[...]

 

Madison e eu passamos o resto do dia na cozinha fazendo o nosso jantar de ano novo.
O cheiro estava matador de tão bom, mas não sabíamos como estaria o gosto.

Fugi de Justin o dia todo para que nossa noite fosse realmente surpreendente. Eu quero o melhor sexo de início de ano que este mundo já viu.
Planejei para que tudo saia absolutamente perfeito.

Este será o melhor ano novo da vida de Justin Bieber.

Todas as mulheres se refugiaram no quarto de Selena para chocar quando saíssemos de lá.
René cansou de bater na porta, mas nós apenas começamos a ignorá-lo e ele desistiu.
Justin foi pior. Ele simplesmente aparecia na sacada do quarto e fazia cara de dó e eu apenas o ignorava.

— O que você vai fazer no cabelo? — Selena pergunta quando eu saio do banho.

Ponho um roupão branco e enrolo a toalha na cabeça.

— Você faria uma trança em mim? — Peço e ela assente.

Enquanto faço minha maquiagem Selena faz uma trança bagunçada em meu cabelo.
Depois ajudo ela a se arrumar e todas as outras.
Colocamos nossas roupas apenas em pouco antes de sair do quarto.

— Chaz! — Grito pela fresta da porta e logo ele aparece todo de branco.

— Você está igual um camarão — bato a mão na testa e ele ri.

— Vai ficar tudo bem, mamãe — fala e eu reviro meus olhos.

— Estão todos na sala? — Assente e eu sorriu.

— Então você vai fazer o seguinte...

 

 

Justin Bieber’s P.O.V

 

Estava concentrado em uma partida de poker com Ryan, René e Alfredo.
Za, Chris, Khalil, John, Sammy e Maejor sabiam apenas ficar enchendo a nossa cabeça com piadinhas, ou apenas roubando.
Chaz não estava em lugar nenhum e isso me preocupava.
Porque ele estava caído por aí ou pendurado em minha mulher e eu chuto a segunda opção. Talvez os dois estejam caídos juntos.

— Aonde está o Charles? — Pergunto quando Khalil põem um copo de vodka em minha mão.

— No quarto com as meninas — fala com naturalidade.

— O quê? — Eu, Ryan, René e Za gritamos juntos tirando risos do resto.

— Chaz é o tipo de cara que come pelas beiradas — Alfredo fala e eu reviro meus olhos.

— Acho que vocês quatro vão embora sem mulher — Chris fala e eu me levanto jogando as cartas.

— Eu vou lá acabar com essa baixaria agora — falo decidido.

— Nós não podemos entrar no quarto e ele pode? — René fala irritado.

Os outros caras apenas riam da gente e eu estava a ponto de mandar Chaz para o hospital.
Independente de ser amigo da Katie, ela não pode achar que ele não tem um pau.
Porque se ela falar vem, eu corto meu pau que ele não vai.

— Charles! — Grito enfurecido e ouço a gargalhada de Katie.

Ele sai do quarto fechando a porta e ouço a mesma sendo trancada.
Seu rosto está cheio de marcas de batom de todas as cores.

— Eu vou matar você! — gritamos juntos indo pra cima dele e ele ri.

— Ei, ei, ei, eu apresento a vocês as senhoras: Lil Za — fala e Atifa sai do quarto dando uma voltinha e pulando nos braços de Za que sorri bobo.

— Senhora Ryan Butler — Madison sai do quarto sorrindo em seu longo vestido branco deixando Ryan estático.

— Senhora René Chermont — Selena sai do quarto correndo na direção de René que sorri bobo.

— Agora a princesa da casa, minha amiga mais que querida, lindíssima — enche meu saco enrolando e eu bufo.

— Senhora Justin Bieber — Katie põem primeiro só a perna para fora do quarto, recolhe, depois põem só seu braço com o anel de noivado e depois sai vestida como um anjo.

Seus longos cabelos castanhos estão em um trança despojada. Seus olhos brilham com alguma maquiagem que ela usou, seus cílios estão enormes, as bochechas rosadas pelo sol, os lábios em um rosado deslumbrante, mas a melhor parte vem a seguir.
Chaz pega sua mão a fazendo dar uma voltinha revelando todo seu longo vestido branco.
Suas costas estão expostas, lhe deixando extremamente sexy, o vestido marca seu corpo como se tivesse sido feito sob medida, um decote profundo emoldura seus seios e um colar como um fiozinho vem acompanhando o meio dos seus seios me deixando louco.
Ela está completamente deslumbrante!

O que me faz pensar como ela ficará no dia do nosso casamento.
Se ela se produz assim tão básica e já me encanta tão profundamente, imagina para o dia do nosso casamento... Acho que não vou aguentar!

Pisco algumas vezes acordando de meu transe e todos riem da minha cara de bobo.

— Katherine — sussurro com a boca seca e ela me lança um sorriso que faz meu pau endurecer na hora.

— Feliz ano novo gente, estamos indo para o quarto — falo e ela nega rindo.

— Não, não — fala com sua voz deliciosa aos meus ouvidos.

Impressionante como ficar sem ouvi-la por algumas horas já me faz sentir saudade.
Eu posso viver grudado nesta mulher, mas se ela sair por duas horas eu já vou ficar desnorteado, procurando por ela.

— Nós vamos jantar a comida maravilhosa que eu e, Maddie nos empenhamos tanto para fazer, depois vamos ver os fogos, vamos festejar e depois vamos para o quarto — toca a ponta do meu nariz e passa por mim rebolando a bunda maravilhosa.

John aplaude quando ela passa por ele e eu o olho feio revirando meus olhos.

— Cara, você pode ficar bravo, mas nós não vamos deixar de admirar mulheres bonitas e muito menos irritar você — Maejor dá o veredito e eu seguro a risada.

— Olhar não arranca pedaço — Sammy conclui e eu bufo.

— Mas eu arranco olhos — aviso e todos riem de mim.

— Uh, ele está agressivo, caras — Khalil fala e eu riu sem conseguir me segurar.

— Foi apenas um momento de raiva, já passou — Chaz se engancha em mim e eu me esquivo.

— Nosso papo nem começou ainda — falo bravo e ele ri.

— Vai lavar essa cara, se você não quiser que eu quebre ela — aviso e ele ri mais.

— Justin! — Katie grita.

— Já vou, amor — falo e todos os solteiros riem da minha cara.

Riam o quanto quiserem, só eu tenho uma mulher maravilhosa assim.

 

Katherine Chermont’s P.O.V

 

Justin ficou comicamente encantado quando sai do quarto.
O que é absolutamente fofo. Afinal nesta altura alguns homens já teriam perdido completamente o encanto por suas mulheres.
Mas essa é a nossa diferença: não deixamos de nos surpreender, de sermos amigos e nem a paixão apagar. Um relacionamento não sobrevive apenas de amor, tem que ser uma junção de coisas.

— O que eu ganho por ter ajudado você a pôr a mesa? — Pergunta e eu riu.

— Hum, temos um interesseiro aqui?! — Debocho tirando uma assadeira quente do forno.

— Deixa que eu faço isso, tenho medo que você se machuque — fala preocupado quando a ponho sob a pia para montar uma travessa bonita.

— Amor, eu com certeza tenho mais jeito para tirar coisas do forno que você — falo e ele dá de ombros.

— Nós dois somos uma negação da cozinha — informa e rimos.

— Precisamos fazer uma aula de culinária — falo pensativa e ele sorri.

— O que foi? — Pergunto divertida.

— Eu amo quando você faz planos para a gente — riu.

— Amor, nós estamos noivos, vamos ficar juntos pelo resto da vida, preciso fazer muitos planos com você — informo e quando ele tenta se aproximar ponho a travessa entre nós mandando que ele leve para a mesa.

— Você está tão fodida hoje à noite — avisa e eu gargalho.

— Estou ansiosa por esse momento — pisco e ele sorri malicioso.

 

Depois de jantarmos — Madison e eu ficamos aliviadas por tudo ter ficado realmente delicioso — nos dirigimos para a área externa da casa.
Maejor ficou de nos mostrar músicas brasileiras e quando ele traduzia para a gente o que as músicas dizíamos ficávamos um pouco chocados, nem o rap americano ia tão longe. Mas a batida é totalmente envolvente e faz termos vontade de dançar, mas eu não fazia ideia de como dançar essas músicas.
As brasileiras são realmente muito boas em mexer a bunda.

Quando a meia noite começou a se aproximar eu me afastei para ligar para as pessoas que eu amava.
Minha família, equipe, amigos e por último para a minha princesinha . Eu não posso deixar de falar com ela.
Já estou com tanta saudade.

Tata — grita animada e eu riu.

— Feliz ano novo, amor da minha vida — desejo e ela ri.

— Que seu ano seja maravilhoso. Que você aprenda muitas coisas, brinque, se divirta e que possamos passar vários momentos bem grudadinhas. Eu te amo demais, minha filha que não saiu da minha barriga — rimos.

Eu te amo, Tata. Estou com muita saudade. Feliz ano novo! — deseja e eu sorriu.

— Obrigada, princesa — ela ri.

Quando você chega? Eu posso ir ficar uns dias com você e o tio Justin? Cadê ele? Eu quero falar com ele — riu por tantas perguntas.

— Eu chego sexta, dia seis. Claro que você pode, vou pedir para o jatinho passar em NY para te apanhar e depois vamos para LA, vou falar com o seu pai — grita animada e eu afasto o celular da olha rindo.

— Justin — chamo e ele se aproxima correndo.

— Sua sobrinha quer falar com você — ele ri pegando meu celular e pondo na orelha.

— Olá princesinha do titio — fala e eu sorriu.

— Ah, vai?! — pergunta animado me olhando.

— Vou planejar várias coisas divertidas para fazermos, está bem?! — o sorriso não sai do meu rosto.

— Feliz ano novo para você também, meu amor! Também estou morrendo de saudades! Não vejo a hora de apertar essa sua barriga — ri me fazendo rir também.

— Sua tata está chorando aqui, ela é uma boba — beija minha testa e eu seco as lágrimas.

— Ela disse que te ama — fala beijando meus cabelos.

— Eu a amo mais — beijo seu queixo.

Eles conversam por mais alguns minutos e ela precisa desligar.
Justin me abraça apertado e eu riu beijando seu peito exposto.

— Nosso ano vai ser do caralho! — Fala animado.

— Vai ser o melhor ano de toda nossa existência — beijo seus lábios.

— Nossa aliança de casamento — estendo a caixinha para ele que me olha confuso.

Assim que a abre ele sorri bobo puxando uma das correntes e pendurando em meu pescoço. Pego a outra e faço o mesmo deixando um beijo em seu pescoço.

— Casados, hum?! — aperta minha cintura e eu riu.

— Daqui pouco menos de um ano — mexo as sobrancelhas e ele ri.

— Posso aguentar um ano — fala pensativo e eu riu.

— Vamos começar a acender as lanternas e jogar os pedidos? — Sammy se aproxima perguntando e assentimos.

Justin havia preparado uma cerimônia como na Tailândia. As lanternas são soltas em homenagem a Buda e, o objetivo simbólico é se livrar de todos os problemas pessoais e más vibrações.
Meu sonho é conhecer esse local encantado, quem sabe na minha lua de mel.
Mas Justin por saber como amo Buda, se preocupou em preparar algo que fizesse com que eu me sentisse bem e liberasse todos os maus fluidos das nossas vidas.

Justin acendeu as lanternas de todos presentes. Os casais tinham uma individual e uma para ambos.

Segurei a minha lanterna individual com muita força.
Coloquei nela todas as minhas frustações com a minha doença, com Bella, com a mídia, comigo mesma.

— Que em 2017 todo mal suma da minha vida. Que seja um ano abençoado. Repleto de coisas positivas. Repleto de amor! — Sussurro ainda de olhos fechados e a solto.

Justin se aproxima depois de soltar sua lanterna e, seguramos a nossa juntos, abraçados.

— Peço que todos os nossos erros como casal fiquem em 2016! Que em 2017 reine o amor, a confiança, a paz e o companheirismo — pede e eu sorriu.

— Peço que nada atrapalhe nosso amor, nossos planos, nossa vida como casal e nem pessoal. Que tudo que é mau fique em 2016 — peço fechando meus olhos com força.

— Eu te amo — beija meu rosto.

— Eu te amo — lhe dou um selinho e soltamos a lanterna juntos.

— 10 — Madison grita.

— 9, 8, 7, 6, 5, 4, 3, 2, 1 — gritamos juntos.

— Feliz ano novo! — falamos juntos e nos abraçamos todos juntos.

— Que esse seja o nosso ano! — Justin grita animada nos fazendo gritar em concordância.

Abraço Madison apertado, sentindo as lágrimas já caírem dos meus olhos. Quando nos olhamos ela também chora nos arrancando risos.

— Eu te amo, irmã! — damos um selinho e nos abraçamos apertado novamente.

— Que esse ano nada te atrapalhe, que você possa viver seu sonho plenamente, Katie! Eu te desejo toda felicidade do mundo! — Beija a minha testa e eu choro mais.

— Eu te amo demais! — Repito.

— Você é tudo para mim — fala me fazendo soltar um soluço.

— Você é tudo para mim — repito a apertando em meus braços.

Nos soltamos e eu pulo no colo de René arrancando risadas dele que me aperta forte.

— Feliz ano novo, meu eterno bebê! Que seu ano seja muito feliz. Eu te amo demais — beija minha bochecha e eu choro mais.

— Feliz ano novo! Que você tenha muita sabedoria para ser o melhor pai e marido deste mundo. Eu te amo mais que tudo — aperto meus braços em volta dele que ri.

Desço de seu colo e, beijo a barriga de Selena, depois a pontinha de seu nariz lhe dando um abraço apertado.

— Feliz ano novo, meu amor! Obrigada por trazer tanto brilho para a vida do meu irmão. Que esse ano seja muito especial para vocês, com muito amor e só coisas boas — beijo sua testa e ela ri entre lágrimas.

— Eu te amo, Katie — me abraça apertado e eu riu.

— Eu te amo, cunhada irmã — rimos.

Depois de abraças todos e desejar o melhor que o ano de 2017 pudesse trazer, só faltou o meu loirinho que estava um pouco emburrado por ter ficado por último.

— Justin?! — Chamo e ele me olha.

— Feliz ano novo! — Desejo e ele assente.

— Eu deixei você por último, porque é o mais especial e provavelmente porque eu vou chorar e não vou conseguir parar — ri me fazendo saber que a braveza passou.

Ele me abraça apertado e eu já sinto o nó em minha garganta.

— A quase um ano atrás eu ganhei o concurso para viajar com o meu ídolo. Acredite, eu “namoro” ele desde os meus 16 anos. A cada segundo que nos aproximávamos eu só pensava como eu vou fazer para não me apaixonar por ele, como eu vou fazer depois que essa turnê acabar? Você foi se tornando tudo para mim, Justin Bieber. Você é o amor da minha vida. Cada demonstração de amor, cada gesto pensando em mim ou no nosso futuro me faz te amar mais, não que isso não aconteça cada vez que você sorri... Eu nem sei onde vou colocar tanto amor, mas acho que podemos começar nos casando e tendo bebês. Eu desejo que nosso ano seja o mais bonito de todos, mas não só esse, na verdade eu desejo que todos os nossos dias sejam bonitas, não importa se com amor ou com novas lições sobre nós mesmos com uma briga boba, mas eu quero crescer ao seu lado, quero viver ao seu lado e terminar os meus dias perto de você. Não vejo a hora para que esse ano acabe para sermos um do outro para sempre oficialmente — falo chorando e ele me olha com lágrimas nos olhos também.

— Feliz ano novo, vida! — Lhe dou um beijo com todo meu amor.

— Ele só é feliz porque eu tenho você ao meu lado e vai ser feliz todos os dias exatamente por este motivo! Eu te amo para sempre Katherine Bieber — sorriu.

 

Continua... 

 

NOTAS FINAIS!!!! (SUA CHANCE DE TER SEU SPOILER) 


Notas Finais


Look Ano novo: https://www.polyvore.com/turks_caicos_part/set?id=230125295

COMO ELES SÃO LINDOS!!! PQPPPP
Será que esse ano vai ser tão top assim? Perfeito? Com um casamento dos sonhos? Tenho até medo de tanta alegria!
O que vocês acharam do capítulo? Comenta aí pra titia mari saber!!
Amo vocês.

(TEM FIC NOVA A CAMINHO)

Vou propor uma "brincadeira":
Façam perguntas para quem quiserem da história que eles mesmos virão responder vocês sobre tudo o que vocês quiserem saber.
Só deixar a pergunta e para quem é nos comentários que eu postarei um capítulo especial com os queridinhos de vocês os respondendo.
O que acham?
(PRECISAMOS TER PELO MENOS 15 PERGUNTAS PARA FICAR POSTAVEL, PODEM PERGUNTAR QUALQUER COISA MESSSMO E OS PERSONAGENS VÃO SER O MAIS HONESTOS POSSÍVEL)


Twitter: @Aphrodit3s
Instagram pessoal: @fernandesmariana_
Instagram da fic: @fanficsmari (O QUE VOCÊS GOSTARIAM DE VER LÁ? DEEM DICAS! Tipo ficha técnica dos personagens? Interação? Spoiler? Falarmos sobre a fic?)
Facebook: https://www.facebook.com/mariana.monteirofernandes.5
Grupo da fic no facebook: https://www.facebook.com/groups/424346807724932/
Grupo da fic no WhatsApp: 11#99522-9194#

Beijocas <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...