História A Catastrophic Night - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Itachi Uchiha, Menma Uzumaki, Naruto Uzumaki
Tags Itanaru, Naruita, Shikaneji
Visualizações 45
Palavras 2.184
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Romance e Novela, Shonen-Ai, Yaoi
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Mais um Cap bosta, porém espero que curtam ^^
Boa leitura!

Capítulo 5 - Capítulo 4


  Naruto entrou no quarto, encontrando seu irmão sentado na cama, enquanto lia uma livro. O loiro sorriu correndo até o moreno, colocou as duas mãozinhas em cima da cama e olhou o irmão com os olhos brilhando.

Menma parou de ler, fechou o livro e sorriu para o loiro. Fez um gesto para Naruto subi na cama, logo tendo uma cabeça encostada gentilmente em seu ombro. Levou uma de suas mãos até os fios loiros, sentindo a macidez em seus dedos.

- Onii-chan... - chamou Naruto entrelaçando seus dedos aos do moreno.

- O que quer me perguntar, Naru? - Menma continha um sorriso nos belos lábios. Seu rosto sereno, seus movimentos calmos, e sua voz doce.

- O que é sexo? - Perguntou fazendo Menma arregalar os olhos e o olhar surpreso.

- Onde você ouviu essa palavra, Naruto? - continuou calmo.

- Eu ouvir de Jiraya-san. - respondeu inocentemente.

- Aquele velho pervertido! - murmurou Menma, agora irritado - Naruto pare de andar com ele. Você ainda é uma criança. Não precisa pensa sobre essas coisas.

- Eu não sou criança. E você tem a mesma idade que eu, Baka!

- Mas eu nasci primeiro, ou seja, sou o mais velho. Pare de andar com esse pervertido. - Menma avisou, sério - Você não precisa se poluir tão cedo.

- Poluir? Você fala coisas muito estranhas, Onii-chan. - Naruto riu se aconchegando ainda mais no irmão. - Mas eu gosto de você. E seu corpo é quentinho. - murmurava enquanto sentia os dedos gentis em seu cabelo - Ler uma historinha pra mim?

- Hai hai... - sorriu o mais velho dos gêmeos, começando a ler o livro favorito do irmão.

Seus olhos se abriram lentamente, encontrando seu reflexo no espelho. Se assustou, porém logo bufou irritado; não conseguia se acostumar com aquilo. Era inacreditável, onde já se viu um espelho no teto? Menma tinha alguma coisa na cabeça? Não era possível que ele fosse tão estranho, a ponto de colocar algo tão estúpido no teto de seu quarto.

Fazia uns dias que Naruto havia reparado no espelho, até então nem se dera conta de tal. Lembrava que havia acordado um pouco cedo no dia, encontrando Itachi ainda adormecido ao seu lado. Ficou surpreso, afinal Itachi era o primeiro a acorda. Porém tratou de ignorar rapidamente tais pensamentos, sorriu e se aproximou mais do corpo alheio.

Tinha até virado costume observar Itachi, enquanto o mesmo dormia serenamente; poderia dizer que era seu mais novo hobbie. Sabia que era estranho - oras, um cara te observando enquanto dorme? Nada normal -, contudo o Uchiha tinha algo que prendia completamente a atenção de Naruto; talvez fosse os longos fios negros caindo pelo seu rosto, ou as bochechas levemente coradas, ou até mesmo o sorriso que aparecia quando o Uzumaki passava gentilmente os dedos pelos seus lábios. Naruto não sabia.

Depois de ficar minutos - ou até mesmo horas - observando o ser adormecido se virou de barriga para cima. Seus olhos piscaram algumas vezes - talvez estivesse vendo coisa -, porém ao ser da conta que não era uma miragem louca da sua cabeça, um alto e estranho som saiu de sua boca, fazendo seu corpo ir de encontro ao chão gelado.

Apesar de Naruto ter ficado com um galo na cabeça e com uma vergonha enorme, foi otimo ouvir, pela primeira vez, a gargalhada de Itachi soar pelo cômodo. Seu coração nunca tinha batido tão rápido como daquela vez.

Ja havia passado cinco semanas desde que trocara de lugar com Menma. As coisas estavam indo muito bem; Itachi já não o ignorava, até falava um "Boa noite" assim que chegava do trabalho ou na maioria das vezes acenava com a cabeça timidamente; tinha se tornado ainda mais próximo de Deidara, deixando um Sasori bastante irritado; seus amigos o visitava praticamente todos os dias, fazendo com que seus dias ficassem ainda melhor; passava o dia ao lado de Yumi e Hinata, ajudando as duas na cozinha ou apenas comendo feito mendigo.

Descobriu que Menma e Hinata ja tiveram algo no passado, porém não durou muito tempo. Hinata comentou que não aguentava o jeito metido dele na época e por isso terminou, além de que ele já era noivo de Itachi. Naruto, logicamente, não soube como reagir, ficou olhando a morena por segundos, tentando achar algum tipo de ironia naquilo tudo; não era possível, era?

Sem graça, ele apenas sorriu, pedindo desculpas por ter sido tão idiota no passado - apesar que ele nem sabia do que a Hyuga estava dizendo.

Naruto adorava receber seus amigos, sempre ganhando um abraço apertado da loira e um tapa nas costas de Shikamaru. Falavam sobre diversas coisas, até os mais idiotas dos assuntos.

Ino, surpreendentemente, estava solteira e tinha mudado de escola para uma mais perto de seu apartamento; ganhando em dobro do que ganhava. Comentou que no momento estava atrás de um relacionamento sério e de um cara que a tratasse com respeito e carinho; deixando os dois amigos surpresos com sua mudança repentina.

Shikamaru tinha convidado Neji para sair, alegando que não gostava de rodeios e que o primo de Hinata fazia o seu tipo. Claro que Neji ficou pasmo, receber um convite de alguém que nem ao menos conhecia e que ainda era amigo de Menma? Não era lá uma boa ideia. Porém depois de tanta insistência por parte do mais novo, resolveu aceitar, acabando por perder um dia de trabalho e quase ter sido demitido.

Naruto riu com o rosto sério e envergonhado de Neji, quando mesmo tentou explicar a Itachi sobre o porque de não ter comparecido a reunião naquela tarde. O Uchiha ficou confuso, não entendendo do porque do nervosismo alheio, nem mesmo tinha perguntado ou falado algo. O loiro como uma boa pessoa que era, ajudou Neji, dizendo para ele que estava tudo bem e que podia volta ao que fazia.

Levantou-se ainda meio grogue, caminhando até o banheiro. Fazia um tempo que começou à sonhar com seu irmão; sempre momentos engraçados ou fofos, ao quais passaram juntos. Não sabia do porque do sonho, talvez fosse por causa dos últimos acontecimentos, porém tinha um mal pressentimento sobre aquilo.

Depois de fazer suas higienes matinais, trocou rapidamente de roupa, descendo logo em seguida. Encontrou Sasuke jogando, emquanto Itachi lia um livro. O loiro arqueou as sobrancelhas. Itachi estava em casa numa sexta?

- Não foi trabalhar? - acabou perguntando, chamando a atenção dos dois Uchihas.

- Se ele está aqui, a resposta é óbvia ne Dobe. - Sasuke revirou os olhos, ainda concentrado eu seu jogo.

- Então Itachi, estatudo bem? - Naruto fingiu não ter ouvido o outro, voltando seu olhar ao Uchiha mais velho.

- Sim. - respondeu o moreno, deixando o loiro sem jeito; era difícil puxar assunto com ele. Realmente difícil.

- Oh... - se inclinou levemente antes de sair do cômodo; estava muito envergonhado e a risada de Sasuke so piora sua situação constrangedora.

- E você? - Naruto parou surpreso, se virando para olhar o mais velho. - Está bem?

- Oh, sim. Estou sim, obrigado por perguntar. - sorriu o loiro, aproximando mais do outro. Esticou-se sobre o encostar do sofa e prendeu a cabeca no ombro de Itachi - O que está lendo?

Itachi o olhou pelos cantos dos olhos, engolindo em seco com a proximidade alheia. Tratou de responder, sentindo sua voz falhar um pouco por conta do nervosismo. Seu coração batia rápido, suas pernas tremiam e suas mãos não paravam de suar. Droga! Ele estava fudido.

Naruto sorriu mais uma vez, tocando suavemente o ombro do Uchiha. Virou o rosto na direção do moreno, passando seu nariz pelo pescoço do mesmo, inalando o delicioso perfume que ele usava. Era a primeira vez que fazia aquilo em um homem, ainda mais no marido de seu irmão, porém o cheiro de Itachi viciava. Na verdade, o mais velho era viciante; Naruto admitia.

Sasuke riu com a cena, levantando-se do sofá e caminhando para fora da sala. Não era obrigado a ficar de vela.

O loiro não sabia se tinha algo na cabeça ou se estava realmente ficando maluco. Quando foi que começou a se interessar tanto por Itachi? Porque, naquele momento, não conseguia simplesmente se afastar e acabar com aquilo?

É, ele estava louco... Ou talvez estivesse mesmo gostando do moreno; assim como Ino supôs. Talvez ele estivesse...

Não! Naruto recomponha-se! Gostando de um cara? Definitivamente não. Era impossível.

Afastou-se com rapidez, pedindo desculpas e saindo da sala com o rosto pintado de vermelho. Ele precisava beber água urgentemente. Dirigiu-se até a cozinha, abrindo a porta da geladeira com força e pegou uma garrafa de água.

Bebia com pressa, derramando algumas gotas em sua blusa branca. Colocou a garrafa, ja vazia, em cima da mesa e respirou fundo. No que diabos ele estava pensando?

- Menma-Kun? - Ouviu uma voz lhe chamar. - Está tudo bem?

- E quando o Menma está bem, Hinata? - Perguntou Yumi brincalhona, deixando Naruto com um biquinho fofo nos labios.

- Não tem graça, Yu-chan. - Exclamou secando a boca com a costa da mão. - Estou bem sim, Hinata. Obrigado.

- Sim, quer algo para comer?

- Não, estou sem fome.

- Isso sim é novidade. - Yumi abriu a boca surpresa. - Está com febre?

- Acho que sim. - ele sussurrou lembrando as cenas de minutos atrás. Ainda podia sentir o cheiro de Itachi em sua roupa. - Estou ficando doido.

- Enfim você percebeu. - Hinata riu. - Quer que eu ligue para o hospício?

- Hoje vocês tão que tão em. - O loiro bufou. - E eu nem acordei direito. Meu Deus, não mereço sofrer tão cedo.

- Nem te contei, seu amigo está aí. Veio fala com o Neji. - Hinata sorriu maliciosamente.

- O Shikamaru esta aqui? Sério? Nossa! Estou surpreso. - O loiro colocou a mão no peito. - Ele nunca foi de acordar cedom.

- As pessoas mudam não é mesmo? - Yumi provocou.

- Oh, sim. - Naruto entrou na brincadeira.

{...}

Neji sentiu duas mãos em sua cintura, lhe fazendo parar de digitar para olhar o indivíduo que estava o perturbado logo cedo. Revirou os olhos, e voltou ao que fazia; não dando a mínima para o outro.

Shikamaru riu, levando uma de suas mãos ao notebook e o fechando, obtendo total atenção do Hyuga.

- O que quer?

- Você!

- Então perdeu seu tempo. Vaze. - Tirou a mão do rapaz de sua cintura e abriu o computador.

- Vai falar que não gostou da nossa noite? - Shikamaru levou seus lábios até o pescoço alvo, dando leves mordidas na região.

- Não! Saia daqui seu pervetido. - Neji bateu na cabeça, tentando controlar seus instintos. - Shikamaru! Pare!

- Você quer mesmo que eu pare?

- Sim, aqui não é lugar e nem hora para isso.

- Interessante! - Shikamaru parou com as mordidas, logo um sorriso malicioso apareceu em sua face - Hoje a noite na minha casa. Passo pra te pega.

- O QUE!? Não pera ai... Não foi o que eu... - O Hyuga suspirou, deitando a cabeça na mesa, derrotado. Tinha se entregado mais uma vez.

{...}

O moreno tinha passado a tarde toda tentando ligar para ele e nada. Pegou novamente o telefone em mãos e discou o número já conhecido. Depois de tanto chamar, enfim o indivíduo atendeu, fazendo um sorriso aparecer em seu rosto.

- Sasuke! - exclamou - Como esta ai?

- Bem... - A voz do outro lado era baixa - Você não deveria esta ligado para mim, Menma.

- Ai, relaxa gatinho. Esta tudo tranquilo. - Falou, deixando o outro irritado - Como anda o meu irmãozinho?

- Ele está bem. - respondeu - Ele e o meu irmão estavam no maior love.

- Oi? Como assim? Desde quando meu irmão virou gay?- ficou surpreso - Quero dizer, ta certo que quando ele está bêbado ele invoca o espírito gay, mas isso é outra história.

- Ele não é gay?

- Hum... Não. Até pouco tempo atrás ele tinha uma namorada, mas ela terminou com ele.

- Oh... - Sasuke disse - Não sabia.

- Ele estando bem é o que importa. - Menma comentou se esticando na cama - Itachi esta bem?

- Menma! - a voz grave do Uchiha fez Menma estremecer - Não finja se importar com ele agora. Olha o que estamos fazendo, escondendo algo tão sério dele.

- Eu me importo com o Itachi. Apenas não gosto dele. É diferente Sasuke. - Retrucou irritado - E eu so nao conto nada porque isso é coisa seria.

- Você está se arriscando demais. Seu irmão pode ir preso.

- Eu sei. Mas eu preciso fazer isso ok? Pensei que me entendesse.

- Eu te entendo. Mas estamos colacando muita coisa em jogo. - Sasuke continuava com o tom baixo - So estou fazendo isso por você.

- Eu sei. Eu também te amo. - Menma sussurrou - Preciso desligar, tchau. Cuide do meu irmão.

  - Ok, tchau. Se cuida.


Notas Finais


Espero que tenham gostado e desculpe os erros!
Até o próximo ^^ Bye ♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...