História A chave do destino - Capítulo 9


Escrita por: ~ e ~Claubelli

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags B-pop, Bts, Got7, K-pop, Mistério, Romance, Vampiro, Yaoi, Youtubers
Visualizações 1
Palavras 1.228
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Comédia, Famí­lia, Festa, Ficção, Ficção Científica, Magia, Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Visual Novel
Avisos: Heterossexualidade, Homossexualidade, Tortura
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Desculpem a demora para postar novos capítulos!

Esta história é escrita por duas pessoas ^^ Sendo elas Claubélli e Batata Bipolar .

Espero que tenham uma boa leitura ( desculpem os erros ).

Capítulo 9 - Please knock on the door


Alien – Certeza que gostou? – Preocupado.

Batata – S-Sim! Sim! Eu amei!! Está tudo bem! Eu entro no quarto observando tudo em volta. – Wowiee! – Meus olhos brilham e eu pulo na cama – Obrigada pelo quarto! Eu vou valorizá-lo! – Sorrio.

Alien – Fico feliz. – Ele solta um sorriso doce.

Batata – Se importaria se eu ficasse aqui por um momento? – Envergonhada com o acontecimento anterior.

Alien – Não, fique a vontade, vamos mostrar o quarto da sua amiga, até mais tarde... Quem sabe.

Ele fecha a porta devagar e se retira junto com os dois “caladões”.

Claubélli On

A porta do quarto da Batata se fechou na minha frente, depois de tanto tempo, teremos quartos separados, penso.

Alien – Vamos agora ver o da Claubélli. – Indo andando...

Eu fui deixada com estes dois... Ai deles se tentarem fazer algo... Tenho muita mais força do que eles podem imaginar, penso.

Water – É esse aqui. – Abrindo a porta.

Alien – Espero que goste! – Andou um passo para trás para eu ver o quarto.

Claubélli –...

Water – Você gostou? – Encara-me.

Claubélli – Posso trocar de quarto com a Batata? – Saio andando para o quarto da batata.

Batata On

Eu tinha acabado de separar minha roupa para ir dormir, quando ouço a porta se abrindo fortemente contra a parede.

Batata – Poderia bater na porta da proxim... – A olho fixamente.

Claubélli – Não! Não posso! Quero esse quarto! – Entrando no quarto.

Batata – Que aconteceu!? – Confusa.

Claubélli – Meu quarto tá todo zoado!!

Batata – Aigoo! Vamos! Deixe-me ver seu quarto...

Fomos para o quarto, onde o Water e o Alien estavam dentro.

Claubélli – Olha isso! – Fala apontando para o quarto.

Batata –...  – Começo a rir – Entendi o motivo.

Water – O que tem de errado!? – Faz carinha de quem estava se esforçando bastante.

Batata – Tadinho dele, Claubélli my friend, ele não sabia que você não gosta rosa.

O Water parecia realmente ter se esforçado e a Claubélli parecia querer esmagar ele.

Claubélli – Tadinho coisa nenhuma... Se quer saber de uma coisa, pelo menos dá para dormir! – Ela olhou para todos e colocou a mochila para dentro.

Batata – Que bom que tudo foi resolvido – Segurando o riso

Ela não parecia querer brigar neste horário, penso.

Alien – Então vamos nos retirar... – Saindo do quarto.

Water – Desculpa... – Se levantando da cama e indo até a saída.

Batata – Eu também vou indo, Até amanhã, my friend, durma bem. – Fechando a porta.

Em nenhum momento a Claubélli falou, ficou em silêncio.

Alien – Sua amiga tem um temperamento forte... – Sorrindo.

Batata – Eu que diga... – Eu ri um pouco envergonhada.

Water – Com licença, eu esqueci meu celular no quarto dela... – Ele parecia um pouco incomodado.

Batata – Quer que eu vá lá busca-lo? – Tentando ser amiga dele.

Water – Não tem necessidade... Mas, obrigado. – Indo em direção ao quarto da Claubélli.

Batata – Eu espero que eles se deem bem... – Sussurro – Fighting Water...

Alien – Não se preocupe, o Water tem uma grande paciência, bom... Bons sonhos. – Ele se retira.

Entrei no meu quarto e me arrumei para dormir, antes de deitar vi que a Claubélli tinha mandado uma mensagem.

Mensagem ON

Hey... A casa não parece ser muito segura, muito menos estes garotos... Tenha cuidado ok?

Bom, amanhã temos que ir ao estúdio fotográfico para marcar horário para os garotos, te passo o cronograma amanhã.

Obs. Não se esqueça de me acordar.

Mensagem Off

Wow esta mensagem foi mandada enquanto olhávamos os quartos, isso explica o silêncio da Claubélli, penso.

Claubélli (on)

Finalmente posso dormir, mesmo que seja nesse quarto rosa, penso.

As luzes já estavam apagadas, quando ouço alguém abrindo a porta do meu quarto... Podia ouvir o ruído dos passos da pessoa em direção a onde eu estava deitada...

Water – Hey... – Sussurrando – Só vim pegar uma coisa, não se preocupe, ok!? – Continua andando devagar.

Claubélli – Não! Não saia daqui! – Acabo pulando da cama indo na direção dele o jogando contra a parede – O que você quer aqui!? – Digo num tom de raiva.

Water – O meu celular, eu vim pega-lo de volta... – Fala calmamente com um olhar de frieza.

Ele está usando mais força para reverter à situação, deixando-me contra parede no seu lugar.

Claubélli – Bata na porta se quer alguma coisa! – Fiz mais força para sair da parede...

Water – Você não precisa usar a força. – Ele solta meus braços que estavam na parede. – Eu realmente só quero o meu celular. – Solta um sorriso, depois tenta fazer cafuné em mim.

Claubélli – Então, pegue ele e saia daqui, agora!! – Eu bato na mão dele irritada.

Que raiva!! De tanto quarto para ele deixar o celular, o lugar tinha que ser aqui? Penso.

Ele vai em direção da minha cama e pega o celular se retirando da sala calmamente.Assim que ele sai eu tranco a porta para mais nenhum imprevisto acontecer.

Depois de me acalmar, eu vou dormir.

Batata On

Eram em torno das 6h, estava com dificuldades para dormir, não parava de pensar na atitude do Alien... O porquê ele fez aquilo, eu não entendo.

Eu troco de roupa e resolvo sair para comer alguma coisa, já que está cedo demais para acordar a Claubélli.

Ao sair do quarto, percebo que não sei onde fica a cozinha ou qualquer outro lugar, eu resolvo ver se tem alguém acordado há essa hora.

Começo a vasculhar essa casa, procurando por pessoas, não durou muito tempo quando eu esbarro em alguém.

Batata – Itai... – Estava caída no chão.

Alien – Você está bem? – Ele estende a mão para eu levantar.

Batata – S-Sim, o-obrigada. – Eu segurei a mão dele corada.

Isso me fez lembrar a cena de ontem!! Ah! Ottoke?! Penso.

Ele me puxa com muita força para eu levantar não conseguindo me equilibrar, eu fechei os olhos com medo de cair novamente.

Alien – hm...?

Eu acabo ficando apoiada no peitoral dele, como se fosse um abraço.

Batata – D-D-Desculpa!! – Fico envergonhada com a situação.

Alien – N-Não tem problema. – Ele sorri corado.

Eu me afasto com o coração acelerado – Sinto muito. – Fico olhando para meus pés.

Alien – Não se preocupe, não foi nada demais. – Ele faz cafuné em mim. – Você estava procurando alguma coisa? – Sorri gentilmente.

Batata – S-Sim... – O observo corada – Estava vendo se havia alguém acordado a essa hora da manhã. – Digo sem graça.

Alien – Normalmente nós acordamos essa hora para ensaiar.

Batata – Ah! Entendi...

De repente o clima ficou tenso, quando.

Alien – Normalmente aqui de manhã não tem o que fazer, sugiro você ir fazer alguma coisa no seu quarto, se estiver com fome é só falar. – Sorri.

Batata – Ah! Entendi, obrigada. – Eu sorri um pouco corada.

Alien – Verdade... Por que você sempre está vermelha... Por acaso está doente? – Preocupado.

Batata – N-Não! Acho que é o calor.

Alien – Mas, agora é inverno. – Diz confuso.

Batata – Não sei por que... – Tentando pensar em alguma desculpa.

Alien – Hm... – Ele coloca a mão na minha testa.

Batata – Eh?! – Fico tão surpreendida que meu coração começa a bater mais forte.

Alien – Você está tão quente, tem certeza que está bem? – Olhando nos meus olhos.

Batata – Eu acho que sim... – Corando.

O que está acontecendo com meu corpo...? Penso.

Alien – Oh! Você está ficando vermelha... Espere aqui. – Ele sai rapidamente.

Batata – Hm...?? – Confusa.

Depois de alguns minutos ele reaparece com um paninho molhado.

Alien – Venha aqui, por favor. – Ele segura meu pulso me guiando ao meu quarto. – Deite-se na sua cama.

Batata – Hm...? – Ainda mais confusa.

Alien – Só se deite e se encubra com o edredom.

Eu acabei fazendo o que ele disse um pouco hesitante.

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...