História A Crush da Minha Crush ( Satzu ) - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias TWICE
Personagens Chaeyoung, Dahyun, Jihyo, Jungyeon, Mina, Momo, Nayeon, Personagens Originais, Sana, Tzuyu
Tags Chou Tzuyu, Minatozaki Sana, Sana, Satzu, Twice, Tzuyu
Visualizações 90
Palavras 1.373
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Bishoujo, Colegial, Comédia, Escolar, Orange, Romance e Novela, Shoujo-Ai, Yuri
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Hellou pessoa

Tudo baum ?

Se quiserem ler um Imagine da Momo, o link de do imagine que estou fazendo está nas notas finais.

Boa leitura

Capítulo 4 - Chapter Three



Eu já vou começando te dando dicas de como viver bem.

Bom, primeiro: não more com Chou Tzuyu, é perigoso. Segundo: não tem segundo, a primeira já é tudo.

— Sana, está na hora — Tzuyu me chama — Vem logo, eu não vou dizer de novo !

E aí está o demônio.

— Tô indo ! Demônio — Falo a última parte baixo — Até mais, mãe e senhora Chou.

— Até — As duas falam em uníssono.

E a hora que eu mais odeio no dia, ir a escola com o demônio – vulgo, Chou Tzuyu.

— Finalmente ! Demora três dias só para comer uma maçã — O demônio diz.

Eu não estou exagerando, mas os olhos de Tzuyu estão transbordando raiva.

— Calma, estressadinha. Não posso demorar cinco minutos e você já me metralha — Digo.

— So vamos logo — Ela vira as costas — Como está a procura do meu Crush ? — Ela pergunta ainda de costas.

— Mal. Quero dizer, eu já anotei uma pessoa; o problema é que essa pessoa sou eu — Digo envergonhada. Afinal, eu sou a primeira pessoa suspeita de Crush do demônio.

Deu para ver que eu odeio Chou Tzuyu, não é ?

— Hm… Interessante.

Demônio do capeta, não me atrapalha na descoberta.

— Cala a boca, demônio ! Você não sabe do que gosta.

— Na verdade eu sei. Você que não sabe — Ela diz seca. Já disse que ela sempre fala assim quando está certa ? Agora já sabe.

— Que raiva de você — Digo quase rosnando para ela, mas eu me segurei.

— Olha quem é a estressadinha — Ela diz virando e mostrando o sorriso cínico que tinha em seus lábios — Boa sorte, anjo — Disse com aspas no dedo quando foi falar "anjo".

— Obrigado, demônio — Digo — Ah, e por sinal, se gostar mesmo de mim, boa sorte.

— Não preciso de sorte. Eu sei do seu crush na Nayeon, e sei do dela em mim. Não me diga que acreditou quando ela falou que era a Jeongyeon ? Credo, Sana.

— O que ? Como você sabe dessas coisas, idiota ? 

— Me poupe, Sana — Não — Eu escutei do outro lado da porta, assim como Jeongyeon também escutou e agora deve estar se iludindo ou tentando não se iludir para não te magoar. 

— Tzuyu, já disse que eu não acredito em você ? Você deve estar falando isso para me magoar.

— Acredite no que quiser.

— Acredito que você vai fazer ela me rejeitar se eu te rejeitar — Digo incrédula.

— Não. Você não sabe o que eu quis dizer com isso, mas um dia, você vai saber.

Eu tenho ódio de Chou Tzuyu. Já falei isso várias vezes, não foi ? É porque é a verdade ! Essa menina faz a minha paciência ir dar uma volta no inferno e nunca mais voltar.

— Eu te odeio, Chou Tzuyu — Digo, o que foi totalmente ignorada por Tzuyu. Eu a magooei ? Se eu tiver a magoado, que bom — Tzuyu ? 

— Eu não ligo para sua relação comigo. Eu ligo para sua lista de suspeitos — Ela diz assim que eu a chamo.

— Isso afeta sua relação comigo — Ela me olha com fogo nos olhos — Quero dizer, se for eu, poderá afetar sua relação comigo. 

Você deve estar tipo "o que a Sana está dizendo ?" E eu respondo a você meu caro amigo, eu vou iludir Chou Tzuyu. Eu não sei se sou ou não a crush dela, mas se eu for, eu vou ter o prazer de iludi-la. E se caso não for eu, uso isso contra ela.

— Você está dizendo que gosta de mim, Sana ? 

— Não. Estou dizendo que você poderá ter chance se eu for sua crush — Digo sorrindo.

Óbvio que meu sorriso é falso. Me poupe, se poupe, não poupe Chou Tzuyu.

— Wow. Você está estranha — Ela diz desconfiada — Você está bem ?

Opa ! Terei que anotar isso. Obrigado – ou não – Chou Tzuyu.

— Estou melhor agora — Caralho, eu sou uma cobra ! — Sabe, você poderia ser mais preocupada com os outros de vez em quando. 

Eu sou muito cobra. Caralho. 

— Eu não sou assim — Ela diz. 

A pessoa é tão burra assim para acreditar ?

— Devia tentar ser.

Se ela mudar, vai ser mais pontinhos para meu nome do meu caderninho que eu chamo de caderno da morte.

— Hm... Vou pensar no seu caso.

Vou considerar isso um meio ponto.

Não pense que eu quero pontinhos no meu nome porque eu gosto dela. Pense que eu quero pontos para magoa-la profundamente.

— Nossa, que pessoa mais gentil você é, Tzu.

A chamei pelo apelido de infância. Se ela reagir da maneira que eu quero... Pontinho no meu nome ! 

— Tzu ? Esse é meu apelido de infância. Nem mesmo Nayeon me chama assim. Por que está me chamando assim, Sana ? 

Nossas quanta pergunta em só quatro segundos. 

— 'Ué ? Eu só senti falta de falar ele. Na verdade, eu sinto falta de quando nós nos tapeavamos por brincadeira.

Isso era verdade. Na verdade, foi a única verdade que eu já contei para a Tzuyu hoje. 

— Isso é estranho da sua parte — Ela diz — Você que começava a me tapear ! Eu nunca te bati sem motivo.

— Vai começar isso de novo, Tzuyu ? 

Imagine duas pessoas rindo das besteiras que faziam na infância. Imaginou ? Essa sou eu e Tzuyu rindo de quando eramos retardadas. Quero dizer, ela era. Eu só melhorei, mas continuo a mesma retardada e ainda por cima, azarada por ter uma Crush que gosta de Chou Tzuyu ou Yoo Jeongyeon.

Espera, Tzuyu já sabia que Nayeon gostava dela ?

— Você sabia que Nayeon gostava de você e não ficou com ela ? Que merda tem na sua cabeça para você ser burra desse jeito, Tzuyu ? 

Ela me olha assustada, mas depois sai do "transe", bota a mão no meu ombro e diz:

— Eu não sou você para me iludir com quem não me ama.

Essa doeu no fundo da minha alma. Mas pelo menos...:

— Então você ama alguém que te ama ? — Meus olhos provavelmente está arregalado e eu estou de boca aberta.

Como alguém ama um demônio ? Só se for a Nayeon.

Olha que voltou para a lista ! Im Nayeon.

— Quase isso. Eu não posso te dizer. Vou facilitar muito e eu quero que sua procura dure um tempo — Ela diz sorrindo cinicamente. Espera, o sorriso é cínico ? 

— Que sorriso é esse ? 

— Hm ? Eu não estou sorrindo — Ela desfaz o sorriso rapidamente — Olha seu crush falando com a crush falsa dela.

Que ódio.

— Como você sabe ? Ouviu uma conversa dentro de um banheiro. Você nem viu as expressões dela — Digo.

— Você por acaso, viu ? — Fico calada — Foi o que eu pensei — Já disse e vou repetir mais vezes. Que ódio — Mas já que quer ir por expressões, olha como ela olha para Jeongyeon e depois, como olha para mim.

Ela se afastou de mim e foi para perto de Nayeon e Jeongyeon. Nesse tempo eu olhei para como Nayeon olhava para Jeongyeon e como olhava para Tzuyu.

— Oi, Nayeon — Tzuyu diz olhando discretamente para mim.

É, ela estava certa. Nayeon voltou mesmo para a lista.

— Oi, Tzuyu. Oi, Sana — Nayeon responde animada — Enfim, eu e Jeongyeon queremos ir no cinema com vocês. Aceitam ?

Olho para Tzuyu que está esperando minha resposta fingindo estar pensando.

— Vou — Digo.

— Hm... Vou ver se eu vou. Se eu for, eu chego com Sana.

Filha da... Essa fingiu melhor que uma atriz profissional.

— Okay, até mais.

(...)

Já deu para saber que Tzuyu veio comigo não é ? Pois é.

— Que filme ? — Pergunto.

— Um filme de zumbi — Jeongyeon diz — Relaxa, não é tão assustador assim.

— Você tem medo ? — Nayeon pergunta e eu aceno a cabeça positivamente — Não se preocupa, ele não é tão assustador assim e dá para curtir. 

Jeongyeon já disse isso mas okay. Crush pode.


Entramo na sala depois de um tempo e eu sinto uma mão na minha coxa. 

Droga, Tzuyu. 

Aqui não ! 

Não que tenha lugar para fazer isso mas ela não pode fazer bem no cinema !








Continua...







Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...