História A descoberta de uma paixão - Capítulo 6


Escrita por: ~ e ~BloodDemon

Postado
Categorias Naruto
Personagens Hana Inuzuka, Hanabi Hyuuga, Hinata Hyuuga, Hyuuga Hiashi, Ino Yamanaka, Jiraiya, Kakashi Hatake, Karin, Kiba Inuzuka, Killer Bee, Konan, Kurenai Yuuhi, Kushina Uzumaki, Maito Gai, Mei, Menma Uzumaki, Mikoto Uchiha, Minato "Yondaime" Namikaze, Nagato, Naruto Uzumaki, Neji Hyuuga, Rin Nohara, Rock Lee, Sai, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha, Shino Aburame, Shion, Shizune, Tayuya, Temari, TenTen Mitsashi, Toneri Otsutsuki, Yahiko, Yamato
Tags Arrependimento, Casais Surpresas, Drama, Naruto, Romance
Visualizações 239
Palavras 1.543
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Ecchi, Escolar, Famí­lia, Festa, Ficção, Harem, Hentai, Luta, Poesias, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Shounen, Violência, Visual Novel
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Espero que gostem! XD

Capítulo 6 - Pesadelo


Fanfic / Fanfiction A descoberta de uma paixão - Capítulo 6 - Pesadelo

Antes:

Sugiro que conte a verdade para suas amigas, que os pais de Naruto não são funcionários ou qualquer coisa dos Hyugas e lembre-se.. não diga o nome deles ou o próprio Naruto que irá resolver as coisas com você! – Neji disse do lado de fora do quarto.

 

A Hyuga não tirava de sua cabeça as palavras de seu primo, não sabia o que Naruto tanto fez para protege-la e isso a deixava tanto curiosa quanto irritada.

 

Não vou ficar perdendo meu tempo com pensamentos idiotas! – Hinata disse para si mesma enquanto ia se trocar.

Agora:

 

“Vem brincar comigo” – Era isso que Naruto escutava a noite toda, não conseguia entender se era um pesadelo ou o que, só sabia que a voz era extremamente sádica e cruel.

 

Minuto a minutos, hora a hora, Naruto escutava a todo momento essa voz, esse sussurro que se prolongava como ecos em um corredor vazio.

 

Naruto olhava por toda a extensão do local e podia perceber que tudo estava um breu, mal conseguia ver seu corpo naquela escuridão e por algum motivo seu corpo começou a andar involuntariamente em linha reta.

 

Sentia que o sussurro ficava mais alto a cada passo que ele dava, seu corpo não o respondia e seu sangue gelava com o que poderia vir a ocorrer.

 

Vem brincar comigo – Novamente a voz veio e era como se alguém estivesse nas suas costas sussurrando em seu ouvido, Naruto amaldiçoava completamente essa situação.

 

Não acreditava no sobrenatural, mas a frase dita era num tom rouco e sarcástico. Era diferente de qualquer voz já escutada antes e tornava tudo mais macabro... afim de fugir dessa situação, Naruto fechou os olhos com força e se concentrou em coisas boas na sua vida, sua família, sua mãe, sua irmã, seu pai, e independente do que tal pessoa fez, Menma também estava no meio dessas lembranças felizes.

 

Após se manter com os olhos fechados, Naruto finalmente deu indícios de que iria abri-los, vendo que tudo havia voltado ao normal, o garoto pode vislumbrar sua casa, o terreno da mansão, porem havia algo de errado.

 

A casa estava com todas as lâmpadas apagadas e era possível ver algo como uma chama ou talvez algumas velas acesas, Naruto não conseguia saber.

 

Afim de sanar suas dúvidas, com passos largos e silenciosos, Naruto caminhou pela casa tentando descobrir porque tudo estava com aquele clima estranho, seus pais não dormiam cedo e ninguém usava velas na casa.

 

Vem brincar comigo, OU IRÁ SE ARREPENDER! – Novamente a voz macabra surgiu, dessa vez ela terminou com um tom completamente doentio e sarcástico.

 

Temendo o pior, Naruto simplesmente entrou correndo na casa onde teve uma surpresa, não era sua casa aquilo, era como se fosse uma gaiola, uma gaiola repleta de correntes e no centro dela havia um corpo acorrentado com nove velas acesas a sua volta.

 

 

Porque não quis brincar comigo? – Para surpresa de Naruto, a voz veio de tal garoto que ergueu seu pescoço de forma macabra, que faria qualquer um ter pesadelo com tal cena.

 

Menma! - Naruto disse surpreso.

 

Não... Menma e os outros estão mortos! – O garoto disse enquanto encarava o loiro.

 

Mortos, que palhaçada é essa Menma! – Naruto gritou temendo o pior.

 

Você os matou! – O garoto que jazia acorrentado comentou de forma irônica.

 

Matou sua mãezinha querida, sua irmãzinha inocente, seu pai que se dizia poderoso e por fim aquele babaca do seu irmãozinho tolo! – O garoto disse enquanto tentava forçar as correntes.

 

Mentira, para de falar essas merdas! – Naruto gritou incrédulo com tudo que escutava.

 

Então olhe com atenção e me prove o contrário! – O garoto disse.

 

Antes que Naruto pudesse dizer algo, a realidade na qual estavam foi completamente distorcida e começou a voltar a ser sua casa, porem a cena que veio a seguir poderia deixar qualquer um traumatizado.

 

Sua mãe estava com a pele completamente queimada e uma de suas pernas estava decepada, seu pai tinha ambos os braços e pernas decepados e tentava de toda forma chegar até sua esposa, Menma estava com uma corrente no pescoço e varias estacas de madeira no peito, tudo isso enquanto tentava de todas as formas não morrer e por fim Naruto teve a pior visão que já pode ter, sua irmãzinha caçula estava sentada na escada com um grande buraco na cabeça enquanto tentava inutilmente colocar a pele de volta no lugar.

 

Foi mal galera, não sei se está horrível para vocês lerem isso, mas está sendo horrível para mim ter que escrever, não me dou bem com cenas macabras e tals.

 

Naruto não querendo acreditar na cena que via, caiu de joelhos no chão enquanto diversas lagrimas saiam de seus olhos, porem Naruto se levantou rapidamente ao perceber que estava tocando em uma enorme poça de sangue que saia dos membros de seu pai.

 

Sem saber o que fazer, Naruto olhou para todos os lados e foi aí que teve um vislumbre de sua aparência que refletia do espelho, ele estava mais alto, seus cabelos estavam muito compridos, as marquinhas que existiam em seu rosto, estavam sangrando incansavelmente e por fim pode perceber, estava com uma expressão completamente fria e de pura satisfação, não entendia o motivo disso e queria que parasse agora.

 

Naruto fechou seus olhos por minutos até que pode perceber que não havia mais nenhum ruído a sua volta, alertando que iria abri-los, Naruto pode perceber que estava de volta a cela do início.

 

Você os matou... você os matou! – Naruto sussurrava para si mesmo enquanto se encolhia no chão em puro pavor.

 

Não... você os matou! – O garoto que se parecia com Menma disse.

 

A escuridão predominou no local e logo um único oito se acendeu e no fundo o Uzumaki ouvia as vozes de suas vítimas... vozes conhecidas e logo o estado deformado das pessoas que fizeram parte de sua vida era visível.

 

Porque Musuko – Kushina dizia enquanto chorava devido a dor.

 

O que aconteceu com você filho – Minato falava enquanto desistia de tentar alcançar Kushina.

 

Eu te amava Nii-san - Shion o olhava de forma triste.

 

Posso ter tido vergonha de você, mas nunca o odiei para fazer algo assim comigo ou com todos nós! – Menma disse enquanto dava um último suspiro e se entregava para a morte.

 

Era horrível ficar vendo todos que amava dessa forma e a risada macabra que vinha do garoto não ajudava em nada.

 

Viu... se tivesse brincado comigo, eles estariam vivos! – O garoto disse enquanto forçava as correntes.

 

Quem é você porque está fazendo isso - Naruto perguntou em choque.

 

Eu... eu sou você, você é eu... quem liga para coisas tão triviais! – O garoto disse de forma cínica enquanto rompia as correntes e atacava Naruto.

 

E foi com isso que Naruto teve a sua visão apagada e soltou um alto grito estridente, tal grito que rompia o silencio na madrugada fria de Konoha, tinham sorte de morar em uma mansão e não ter casas perto, pois com toda certeza se assustariam com tal berro.

 

O que houve filho - Kushina perguntou enquanto adentrava o quarto às pressas, acompanhada de Minato, Menma e Shion.

 

Naruto nem pensou em mais nada, simplesmente abraçou com força todos os quatro, ninguém entendia nada, porem Naruto se mostrava completamente abalado.

 

Me perdoe... eu não queria oka-san, eu não queria matar foi ele que me obrigou – Naruto dizia enquanto chorava e deixava todos pasmos.

 

Shiiii... Calma musuko, foi apenas um pesadelo! – Kushina disse enquanto acariciava os cabelos loiros de seu filho.

 

Eu não sei o que está acontecendo comigo, mas me sinto diferente sempre que meu humor se altera! – Naruto disse tentando buscar respostas.

 

Eu sei... iremos dar um jeito nisso! – Minato disse enquanto tocava o ombro direito de Naruto.

 

Eu preciso falar com o Toneri, não imporá o que isso seja... ele deve saber como me ajudar! – Naruto disse enquanto deixava Kushina mais aliviada.

 

A ruiva conhecia a família de Toneri, mais especificamente a avo de Toneri e com toda certeza ela poderia ajudar seu filho com esse problema.

 

Por enquanto durma querido, resolvemos isso quando estivermos mais calmos! – Kushina disse enquanto dava um beijo na testa de Naruto e o deitava na cama.

 

Boa noite oni-chan! – Shion disse enquanto abraçava seu irmão.

 

Vê se melhora logo! – Menma disse dando um pequeno tapa no ombro de Naruto.

 

Todos os três já haviam saído do quarto e só restou Minato, que sem perder tempo disse...

 

Sabe filho, já vi um parente de sua mãe ter um problema quase igual ao seu, ele cometeu muitos erros e entrou em um caminho completamente errado... não deixe isso te controlar, controle essa coisa e se apoie em seus amigos e família, só assim poderá correr tudo bem! – Minato disse enquanto abraçava Naruto e saia do quarto.

 

Isso já está passando dos limites e pelo que parece, apenas uma pessoa entende o que está acontecendo! – Naruto pensou enquanto se deitava de lado e fechava os olhos.

 

E com isso dou fim a mais um capítulo, foi muito macabro ter que ler e reescrever tais cenas doentias, fiquei até meio estranho por escrever algo assim, porem, precisávamos dar um incentivo para Naruto controlar isso e lembrando, aqui não rola nada sobrenatural, o problema do Naruto é em sua mente, algo que pode ser tratado.


Notas Finais


Espero que estejam gostando e não se esqueçam de comentar! XD

Aparência do garoto acorrentado ou Naruto Dark = https://vignette1.wikia.nocookie.net/yakuza-mob-roleplay/images/4/44/Menma.%28Naruto.The.Movie-.Road.To.Ninja%29.600.1497911.jpg/revision/latest?cb=20150403030108

Aparência de Naruto ao se olhar no reflexo enquanto sua familia parecia estar morta = https://orig00.deviantart.net/0ce1/f/2011/147/5/a/naruto_akatsuki_by_uzumaki12365-d3hc9lw.jpg


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...