História A Dream Inside of Me - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Gravidez Masculina, Hobi, Hope, Hoseok, Jhope, Mpreg, Tae, Taehyung, Taeseok, Taetae, Uva, Vhope
Visualizações 213
Palavras 1.376
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Famí­lia, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Álcool, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Yooo
Gente,foca aqui...isso sobre os cromossomos e tal,é falso PELO AMOR DE DEUS,eu tirei a ideia da Sindrome de Klinefelter,onde os garotos realmente tem os cromossomos XXY ao invés de XY,então aqui na fic,o utero seria do XX e o masculino do XY,se quiserem pesquisar sobre a Sindrome,eu recomendo...é algo bem interessante.Mas enfim,só queria avisar para depois não vir alguem falando "Ah não tem como".Até pq é ficção onde eu escrevo o que invento,né :')
Espero que me entendem,obrigada,de nada huhauas

Espero que curtam o cap!

~kissus

Capítulo 6 - 0.5-Desconfiando


            Kim Taehyung


-Quando ia me contar?-Hoseok perguntou mordendo o labio.

-Eu…eu…

-Você o quê?Estava esperando a criança nascer?

Ele levantou claramente nervoso e saiu do quarto de um jeito desconcertado,esbarrando em alguns moveis e até nas paredes.Eu entendo que foi um choque,não tiro o direito de susto do Hoseok,mas ele podia ter me ouvido no primeiro momento.Vesti o roupão,respirei fundo e caminhei lentamente até ele,que se encontrava sentado no sofá e com a cabeça baixa.

-Hobi…-Murmurei fazendo manha e me aproximei,pousando a mão em suas costas.

-Taehyung,eu não quero falar agora.

-Me deixa explicar.

Vi ele balançar a cabeça negativamente mas ignorei,sentei no braço do sofá.Deslisei os dedos da minha mao que já estava pousada em suas costas para fazer um carinho ali.Antes eu queria ignorá-lo,mas eu tive o Hoseok por um tempo e isso bastou para me fazer mudar de ideia.Me fez aceitar que eu e o bebê precisavamos dele por perto.Meu filho precisava do pai e eu tambem.

-Hoseok,eu achei que você não queria esse filho.

Ele me olhou como se não acreditasse no que eu dizia.-Eu nunca disse isso.

-M-mas você nunca deixou claro!E além disso,eu estava com raiva!Você…indo embora do nada,quem pensa que é para me abandonar?-Empurrei ele e levantei.Me deu muita raiva do nada,talvez a mudança de personalidade já tivesse começado a partir daí.

-Eu não te abandonei,para de falar isso!

-Me deixou sozinho!

-Eu te liguei!

-Não importa.Você foi e isso basta.

Hoseok se aproximou de mim,segurando em meus ombros.-Achei que tinhamos resolvido isso.

Lá vinha ele com aquele tom docil e calmo.Aquele idiota me deixava mais calmo apenas com isso,por que eu era tão facil?

-Agora….Vamos falar disso aqui.-Desceu a mão até minha barriga.-Quando eu fui para o Japão,você já sabia da gravidez?

-Descobri alguns dias depois.

-Você podia ter me ligado,eu sou o pai.

Fiquei aliviado ao ouvir seu reconhecimento de que era o pai,se ele dissesse o contrario eu não ficaria com ele nem recebendo barras de ouro como mesada.

-Hoseok,eu não sabia o que fazer….e eu estava com muita raiva.-Suspirei.-Mas eu ia te contar.

-Ia?

-Sim.

-Quando?

-Sei lá!O que você queria?Que você chegasse e eu jogasse "Oi Hoseok,nós vamos ter um filho"!

-Aigoo,calma!Não precisa gritar!-Falou mais baixo que eu.-Eu só acho que você deveria ter me contado,eu viria correndo do Japão.

-Eu estava esperando a hora certa,tá?Você chegou ontem e eu nem esperava….e alem do mais,isso não é coisa de se contar por telefone!

-Tae,não grita….se acalma.-Passou a mão em meu rosto mas eu empurrei.

-Ai!Cale a boca!Você está me irritando muito!-Bati o pé,quase berrando de raiva.Não sei o motivo de tanta raiva,mas eu estava muito irritado e queria bater no Hoseok.

-Aish…-Me olhou serio e deslizou a mão da barriga até a cintura,me puxando para colar nossos corpos.Ficamso tão proximos que perdi as palavras,até a raiva evaporou quando sua respiração bateu contra a minha.-Eu te amo,e amo nosso bebê.

Foram as ultimas palavras que ouvi antes de ser puxado para um beijo ridiculamente bom.Como você sente raiva da pessoa e ainda consegue beijá-la?Amor ou Demencia?

-….hum…-Hoseok se afastou dando um sorriso bobo.Seus olhos brilhavam,mas não era para mim..-Eu vou ser pai!

-Ei…para de ser fofo,assim não consigo ter raiva de você.

Mas Hoseok continuava com aquele sorriso idiota sem poder se segurar.Se ajoelhou na minha frente e desamarrou meu roupão.

-Oi filho,é o papai.

Como eu não ia sorrir?Eu tentei mas não deu,era muito fofo.Hoseok enxugou as lagrimas enquanto falava com minha barriga….Ah,esse chorão.

-Ele nunca mexeu antes….foi a primeira vez,quando você tocou.-Murmurei.

-S-Serio?Você acha….acha que ele reconheceu?Ele sabe que sou eu?

-Bom,algum motivo ele deve ter para reagir a você.

Deu um beijo em minha barriga e levantou,voltando a me encarar.

-Então…você está fazendo o acompanhamento?

Assenti com a cabeça.

-Em qual clinica?

-Na que sempre planejamos que eu fizesse,a melhor.

-Quando é a proxima consulta?

-Eu fui ontem com o Jimin,então só proximo mês agora.

-O Jimin?Então,todo mundo já sabe…exceto eu,que sou o pai?

-Hoseok…

-Tá,vou esquecer isso.Ou tentar.-Suspirou.

-Preciso tomar banho agora.

-Eu vou junto.-Jung sorriu e me roubou um selinho.-Já faz tempo que tomamos banho juntos.

-Hum…não sei,e se fazer mal ao bebê?

-No que você está pensando?Eu só quero tomar banho.

Aigoo,idiota.

Depois de um longo banho(lê-se:"Horas falando besteira e alguns minutos abraçados embaixo do chuveiro),fomos comer.Era estranho um café da manhã tão simples com ele,tinha pão e bolo na mesa,e só,bem diferente de quando eu tomava café naquela mesa enorme e farta,sozinho porque o Hoseok já estava no trabalho quando eu acordava.

-O que foi?-Fui tirado das tristes lembranças pela doce voz do meu marido ao meu lado,com um pão paralisado no meio do caminho à sua boca.

-Hã?O quê?

-Você estava aereo,não sei.Algum problema?

-Ah não,nada.-Balancei a cabeça pegando um pouco de café.-Só estava lembrando umas coisas.

-Mas coma,você tem que se alimentar bem.

-Aigoo,não seja chato…já basta o Jungkook.-Puxei a manteiga para perto de mim.

-O Jungkook estava fazendo isso?Sobre você se alimentar?

-Sim.

-Hum…mas agora será pior,porque eu estou aqui.

Revirei os olhos.Ainda faltava muito para parar de comer aquelas comidas horriveis.

-Estou imaginando um quarto todo bonitinho…vai ser um lindo menino.-Disse pegando a manteiga e colocando do outro lado da mesa.

-Não imagine coisas,pode ser uma menina.-Peguei a manteiga de volta.

-É mais dificil.

-É a mesma coisa.

-Somos dois homens,então…

-Você sabe que não funciona assim,não é?-Perguntei mesmo sabendo que ele não esqueceria uma coisa tao importante.-Lembra que tenho os cromossomos femininos tambem?

-Tá,mas se há os masculinos em você e em mim?

-E se for um dos meus X e o seu X?É menina Hoseok.

-Bem mais dificil.

-Mas não é impossivel.

•••

              Jung Hoseok


Então eu ia ser pai.

Eu estava surtando por dentro,por que ele não me avisou?Ok,ele se explicou mas…eu ia ser pai!Sabe,uma criança estava dentro da barriga do Taehyung e foi gerada por mim,vocês tem noção disso?É uma vida!

Depois do café,Taehyung falou que ia caminhar na praia como sempre fez,então aproveitei para me reunir com uns amigos na praia também.Assim eu poderia vê-lo caminhar e ainda colocar o papo em dia com o pessoal.

-Parabéns,Hoseok!-Namjoon me deu um tapa nas costas.Ele era meu chefe mas nós tinhamos uma relação próxima fora da empresa.

-Mas o filho é seu mesmo,não é?-Yoongi perguntou me olhando com desconfiança.

-Claro que sim,que pergunta…-Respondi meios em jeito.Que raios de pergunta foi essa?

-Ignora o Yoongi,Hoseok…ele está amargurado por ainda ser solteiro e sozinho.-Nam resmungou.

-Você também é solteiro.

-Mas não sou sozinho.-Piscou o olho.E nem precisava falar nada,todos sabiam que ele tinha um caso com o secretario.

-As paredes da sua sala que o diga…e da minha tambem.-Falei rindo.A sala dela era ao lado da minha e digamos que dava para ouvir muita coisa.

-Eu não ligo para isso de ser sozinho ou sei lá,eu só queria casar com alguem que eu goste.-Yoongi murmurou,depois dando uns goles na sua cerveja.

-No caso,ninguém.-Namjoon riu.-Mas enfim,como está sendo a vida de Futuro-Pai,Hoseok?

-Eu descobri que vou ser pai ontem…e foi a primeira vez que o bebê mexeu,como se ele me reconhecesse.

-Tsc…Isso é impossivel.-Meu colega de escritorio,Yoongi riu sarcastico.-Fala como foi a viagem,fez muitos negocios?

-Ah,não!-Nam empurrou o Yoongi.-Nada de assuntos de trabalho hoje!Ele vai me passar o relatorio depois.

Eu não conseguia entender o mau humor do Yoongi.Ele era meu amigo há pouco tempo mas eu esperava um pouco mais de consideração.

Passamos um tempo em silencio,até que Jin apareceu.

-Olá.-Nos cumprimentou.-Parabens Hoseok,espero que seu filho venha saudavel.

-Obrigada!-Sorri.-Não quer se juntar a nós?

-Ah…é que eu estou acompanhado.-Falou baixinho olhando para o Namjoon,que fez uma cara horrivel ao ouvir a frase.Eu podia apostar que tinham brigado,mas é assunto deles e não meu.

Não demorou muito,Namjoon saiu.Me deixando a sós com o Yoongi no bar e eu estava bem desconfortavel com ele…eu só sabia falar da gravidez e ele não parecia querer ouvir sobre aquilo.

-Olha,eu vou ser direto.

Medo.

-Eu não acho que ele filho seja seu.-Disse batendo as maos na mesa.

-Por que?

-Jimin dormia quase sempre com ele,e os dois andando para lá e para cá o tempo todo…

-Jimin e Taehyung são melhores amigos desde o colegio,eles nunca ficariam juntos.

-Nunca se sabe,Hoseok…eles podiam ter ficado antes.-Deu ombros.

-Yoongi,você está sabendo de algo que eu não sei?

-Não,é só…sei lá,abre o olho.

Quem o Yoongi achava que era para falar mal do Taehyung daquela forma na minha cara?

-Se você não sabe nada então fica calado.-Cuspi as palavras e levantei,pronto para ir embora e ainda deixei a conta para ele pagar sozinho.No mesmo momento em que me virei,Taehyung andava na minha direção sorrindo.

Tão lindo.Seus cabelos sendo levados pelo vento e seus passos pesados lutando contra a força do vento que lhe puxava para tras.

-Vamos?-Sorri ao parar em sua frente.

-Eu estava indo ate lá te buscar.-Respondeu tambem sorrindo.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...