História A Empregada - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink
Personagens Jennie, J-hope, Jimin, Jin, Jisoo, Jungkook, Lisa, Personagens Originais, Rap Monster, Rosé, V
Tags Blackpink, Bts, Chaelisa, Drama, Jensoo, Jikook, K-pop, Namjin, Romance, Sexo, Sexy, Triângulo Amoroso, Vhope
Visualizações 99
Palavras 982
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Hentai, Orange, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Espero que gostem da fanfic, boa leitura :) ❤

Capítulo 1 - I.


Fanfic / Fanfiction A Empregada - Capítulo 1 - I.

Noite de comemoração De Lalisa Manoban, 20:23


LISA ON


-AEEEEEE! - todos gritaram quando Namjoon abriu a garrafa de champanhe. Logo ele deu champanhe para cada um naquele lugar.


- Um brinde para nossa parceira de trabalho, Lalisa Manoban. Que agora é a dona desta empresa! - disse Namjoon feliz por mim, e todos ergueram os seus copos de vidro ( incluindo eu) para cima, e batemos com os mesmos.

- Finalmente minha empresária preferida, me superou! - disse meu chefe, Richard, e logo colocou sua mao em meu ombro. - Eu estou muito orgulhoso por você, Lisa. Tenho certeza que ira ser bem melhor do que eu nesta empresa. - eu sorrir com suas palavras.

- Obrigado, Senhor. Eu não irei te decepcionar... - digo.

- Está certo, mas agora e diante é só Richard. - diz ele.

- VAMOS COMEMORAR GALERA! - disse Jennie, minha melhor amiga. E o resto de meus colegas gritaram alegres.


- Lisa, você gostaria de dizer algo pela nossa empresa? - disse V, meu outro amigo de trabalho. Logo todos viraram os olhares para mim, e eu iria dizer minha satisfação.

- Bom... Prometo que não vou decepcionar ninguém desta empresa. Vamos esforçar bastante em nossas fotografia de moda, e logo logo, seremos a melhor empresa mais conhecida de Nova York! - eu erguir meu copo de vidro de champanhe pra cima, e bebi o mesmo. 

- É isso mesmo, que estou falando, moleque! - diz o V, e todos nós rimos, com seu jeito.

E continuamos lá ate tarde comemorando com champanhe música e etc...


[...]



Depois de tudo aquilo, eu estava completamente bêbada, e como eu tinha escutado, Jennie e Jisoo, elas duas me levaram para minha mansão de carro, com uma garota qualquer, que eu simplesmente não a conhecia, mas eu estava dando vários beijos nela sem parar.

- Tenha uma boa noite, chefa. - disse brincando Jennie,  me chamando de chefa. E eu estava saindo do carro, porem desajeitado pelo o jeito.

- Cuida bem dela, Ashley. - disse Jisoo. Quem é Ashley?

- Pode deixar, Jisoo. - disse a garota que eu estava dando amassos no carro. Ah ela que é a Ashley...


Entramos na minha casa, e eu já comecei a dar vários beijos no pescoço da mesma, e ela gemia baixinho...

- Vamos para seu quarto.. - disse a mesma, e eu assentir. E fomos rapidamente ao meu quarto, no andar de cima.

Quando chegamos lá, ela fechou a porta rapidamente, e me empurrou na cama, e tirou a sua blusa e a minha também. E se sentou no meu colo, e começou a chupar meu pescoço.

Eu gemia baixo, e eu aperta a sua bunda de leve, e ouvir ela gemer.

Joguei ela na cama, e comecei a beijar seu pescoço, ate a região de sua barriga. Tirei seu sutiã, e o resto de baixo. Acariciei seu seio direito, e chupei o esquerdo. E se ouvia ela gênero loucamente. 

- Aaaaah... - ela rodeou seu braço em minha nuca. E continuava a gemer.

Logo eu parei, e fui na parte de baixo, a mesma estava um pouco nervosa, mas estava indo com seu ritmo.

Eu beijei sua coxa ate em sua intimidade. E a mesma já começava a gemer baixo. Eu comecei a lamber seu clitóris no ritmo devagar, ela rodeou suas pernas em meu pescoço. E eu continua a lamber...

- M-Mais... Rápido... Lisa! - ela gemeu, e eu lambi mais rápido sua região...

Sem esperar, eu coloquei meu dedo em sua intimidade sem avisa-la. E ela gemeu alto...




[...]




LISA OFF

ROSÉ ON

8:27


Eu estava procurando algum emprego em todos os lugares, mas nenhum tinha mais vaga.

- Eu posso ser garchonete, que tal? - digo para um dono de uma lanchonete.

- Sinto muito, senhorita. Mas já tem garchonete nesse lugar. - disse ele.

- Tem certeza que não tem mais nenhum lugar? - digo nervosa.

- Desculpe, mas nao tem. - diz ele, e eu assentir, e sair daquele lugar.


Eu já tentei vários lugares, mas infelizmente não tinha para mim. Logo eu fui para casa, para ver como estava meu irmão...



- Cheguei! - digo ao entrar em casa. E lá estava ele, assistindo algo na televisão, no sofá.

- Oi, Rose. Como foi? Achou algum emprego? - pergunta ele.

- Infelizmente não... - digo acabada, e sentando ao seu lado. - Como esta se sentindo? 

- muito bem como antes. - diz ele, e eu sorrir.

- Desculpe por não esta sempre contigo, te cuidando. - digo.

- Não precisa se desculpar, eu entendo que você tenta encontrar qualquer emprego por ai, para me ajudar e ajudar as dívidas desta casa. Eu faria o mesmo por você. - diz ele, e me sentir bem com que ele tinha dito. - Olha falando em emprego, tem algumas pessoas por ai, procurando alguma empregada domestica, você poderia tentar esse. - diz ele.

- Você tem razão, eu vou tentar... - digo e logo saiu do sofá, e vou rapidamente no meu notebook, procuro por alguma casa que precisa de empregada. Logo achei um que chocaram meus olhos. E fui direto ao Jimin.

- Olha esse Jimin. - digo pra ele, e logo ver no notebook. Uma mansão rica, precisando de uma empregada, e o salário seria bem melhor do que as outras casas.

- Esse esta ótimo, Rosé! Tenta ligar pra lá. - diz Jimin, e logo disquei o numero que estava escrito no notebook.


Chamada


- Alô? - disse uma mulher na outra linha, com uma voz sonolenta.

- Com licença, é ai que esta precisando de empregada doméstica? - pergunto.

- Ah é sim. Você pode vim aqui para ver a casa daqui uma hora ta? - diz ela.

- Ok! Daqui uma hora estou ai! - digo quase feliz. E desligo.



- E então? - perguntou Jimin.

- É uma mulher, ela disse que daqui uma hora eu posso ir la para ver a casa. - digo feliz.

- Olha ai, parece que alguem arranjou finalmente um emprego. - diz Jimin rindo.

- Eu vou tomar um banho, porque estou fedida. - digo rapidamente e vou rapidamente para o banheiro.




Continua...



Notas Finais


:3 👌


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...