História A Escolha - Capítulo 24


Escrita por: ~

Postado
Categorias ASTRO, Bangtan Boys (BTS), EXO, Got7, Lee Hyun Woo
Personagens Baekhyun, BamBam, Chanyeol, Eunwoo, Jackson, Jimin, Jin, Jinjin, Jungkook, Kai, Lee Hyun Woo, Mark, MJ, Moonbin, Personagens Originais, Rap Monster, Sanha, Sehun, Suga, V, Yugyeom
Tags Astro, Bts, Exo, Got7, Lee Hyun Woo, Sehun
Visualizações 36
Palavras 1.045
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Escolar, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Visual Novel, Yaoi
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Antes de começar o capitulo, queria perguntar se vocês gostariam que eu fizesse uma fic de outro tema e de outros grupos. Por isso, se quiserem, coloquem sugestões nos comentários. Agora sim, fiquem com o capitulo de hoje <3

Capítulo 24 - Why I Can't Have A Happy Ending?


Fanfic / Fanfiction A Escolha - Capítulo 24 - Why I Can't Have A Happy Ending?

Anteriormente...

 

S/N - Awwnn, você é tão fofo - Beijo o mesmo.

 

Lee Hyun Woo - Sou é? - Retribue o beijo e fala no meio do mesmo.

 

S/N - É e também é muito lindo - Aprofundo mais o beijo, enquanto o mesmo me deita na cama ficando por cima.

 

Lee Hyun Woo - Você tem certeza que quer isso? - Pergunta parando o beijo, segurando a barra de minha blusa.

 

Agora...

 

S/N - Me desculpa... - O empurro devagar e arrumo minha blusa.

 

Lee Hyun Woo - S/A... Por quê?

 

S/N - O que?

 

Lee Hyun Woo - Por quê você nunca aceita?

 

S/N - Não estou conseguindo te entender, Hyun Woo - Olho para ele confusa.

 

Lee Hyun Woo - Me poupe, S/N. Você consegue me entender perfeitamente bem. Eu te pedi em casamento e parece que nunca vamos...

 

S/N - Vamos o quê? 

 

Lee Hyun Woo - TRANSAR, nunca vamos transar, é isso.

 

S/N - Então quer dizer que só está comigo por conta disso? Anda Hyun, me responde

 

Lee Hyun Woo - Não foi isso que eu quis dizer - Ele diz aumentando o tom de voz.

 

S/N - O que você quis dizer, então?

 

Lee Hyun Woo - Sei lá, S/N. Todos os casais fazem isso - Diz gritando.

 

S/N - Abaixa esse seu tom de voz que eu não sou qualquer uma, pra escutar o que você diz calado - Falo no mesmo tom que Hyun.

 

Lee Hyun Woo - E por quê não tenta ser?

 

S/N - Porque se for pra ser assim, eu faço minhas malas agora mesmo e vou embora dessa casa - Pronuncio olhando em seus olhos gritando mais alto.

 

Lee Hyun Woo - Pode ir. Vai. Daqui a pouco você vai voltar. Elas sempre voltam. - O mesmo diz rindo da minha cara, sentando-se na cama.

 

S/N - Acontece, que eu não sou como "elas" - Faço aspas com os dedos, dando ênfase à palavra - E você vai ver o quão bem vou ficar longe de você.

 

Neste momento, peguei uma mala que havia em cima do guarda-roupa e joguei todas as minhas roupas dentro dela, enquanto Hyunnie apenas me olhava realizando o ato. Poucos minutos depois termino minha mala e percebo que o mais velho estava dormindo. Aproveito e desço as escadas com minhas coisas, de maneira extremamente silenciosa, para não acordar o maior.

 

(...)

 

Ao chegar no aeroporto liguei para a pessoa que sempre recorria em meus piores momentos... Jin. 

 

Ligação On:

 

Jin - S/A?

 

S/N - Não, não. Maria do Bairro...

 

Jin - Noza. O que você quer, bb?

 

S/N - Omma, posso ficar na sua casa durante um tempo? Ou melhor, enquanto eu arranjo um lugar propriamente meu ai na Coréia? - Digo num tom um pouco triste.

 

Jin - Como assim aqui na Coréia, sendo que você ainda tá ai no Canadá? O que aconteceu, princess? - Pergunta preocupado.

 

S/N - Quando eu chegar eu te explico tudo, tá bom? 

 

Jin - Tá bom, mas me conta mesmo.

 

S/N - Ok, agora tenho que embarcar, tchau omma.

 

Jin - Tchau, more.

 

Ligação Off.

 

Sim, eu já comprei minha passagem de ida para a Coréia do Sul e não, não pretendo voltar a ver o Hyun Woo tão cedo. Fui burra de acreditar que ele realmente era diferente dos outros, de planejar uma vida ao lado dele. Mas a vida é assim, é quebrando a cara que aprendemos. Agora, a única coisa que não consigo entender é o porquê de eu nunca poder ser feliz. Não faz mal... Acho que um dia terei um bom final.

 

(...)

 

Durante toda a viagem fiquei pensando sobre o que Sehun tinha dito para mim. Não entendo, não entendo o motivo de eu ficar com suas palavras martelando em minha cabeça. Ao chegar de volta na Coréia, pego um táxi e dou o endereço para que eu fosse capaz de chegar na casa de Jin. E só dentro do carro que percebi o quanto Hyun Woo conseguiu me fazer tão bem e tão mal ao mesmk tempo.

 

(...)

 

Quando cheguei à casa do Jin, toquei a campainha e quem atendeu a porta foi Namjoon (não era de se esperar, esses dois já eram para estar juntos a muito tempo). O mesmo me convida pra entrar e na casa, vejo todos os meus amigos gritando "surpresa". Não vou mentir, não consegui segurar o choro. Logo corro para abraçar todos e ao olhar para o lado lá estava a minha queria "Omma Jin", que veio até mim e falou.

Jin - Explique-se.

 

S/N - Tá bom, vem comigo que eu te digo tudo o que aconteceu - Tendo dito isso peço licença aos meus amigos e subo com Jin para o quanrto.

 

No Quarto...

 

S/N - É melhor se sentar, porque a história é longa - Digo e o mesmo se senta comigo na cama.

 

S/N - Tudo isso começou quando eu estava no quarto com Hyun Woo, meu ex-noivo... - Conto a história inteira para ele.

 

Jin - Que pão no cool esse cara. Como ele conseguiu partir o coração da minha tão preciosa filha com o Nam.

 

S/N - Pois é né, vida que segue.

 

Jin - Vem cá, você não está magoada? 

 

S/N - Estou, mas não quero que se preocupem comigo. Tudo isso uma hora terá que passar.

 

Jin - Essa é minha garota. Agora me conta, como foi com o Sehunnie?

 

S/N - Brigamos feio, aliás, tudo isso com o Hyun aconteceu pouco tempo depois de eu mandar o Sehun embora.

 

Jin - Mentira... É uma pena. Escreve o que eu vou dizer, logo logo vocês vão estar juntos de novo. Ou isso acontece ou eu não me chamo mais Creudinha.

 

S/N - Mas você realmente não se chama Creudinha.

 

Jin - CALA A BOCA K7, agora vamos descer.

 

S/N - Misericórdia, vamo logo.

 

Ambos descemos e chegamos na sala. Não é possível, ele tá em todo canto? Por que GD? 

 

S/N - Você que convidou o Sehun, Jin?

 

Jin - Sim, se tivesse me contado antes da briga de vocês, juro que não teria convidado ele.

 

S/N - Ah não, Jin.

 

Jin sai de perto de mim, dando oportunidade para Sehun vir falar comigo.

 

Sehun - ...

 

Continua...

 


Notas Finais


Espero que tenham gostado e até o próximo capitulo <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...