História A Filha de Kakashi Hatake - Capítulo 5


Escrita por: ~

Visualizações 74
Palavras 2.209
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Bishoujo, Bishounen, Drama (Tragédia), Ecchi, Ficção, Fluffy, Hentai, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Survival, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 5 - Oficialmente ninjas


Fanfic / Fanfiction A Filha de Kakashi Hatake - Capítulo 5 - Oficialmente ninjas

Narradora On

Sasuke- fala sério quando diz que iria comigo por um caminho que considera errado?

Emi- se for para te fazer enxergar, eu te seguiria até no inferno Sasuke-kun, você tem olhos bons, mas mesmo assim não pode ver -Ela suspira- não ainda...

Sasuke- as vezes é difícil te entender, antes havia dito que seus olhos não são tão bons quanto os meus. Isso faz você se contradizer!

Emi- eu disse que são mais fortes, a verdade não pode ser vista com o sharingan porque ele é uma arma de guerra. A verdade vemos com algo que fica aqui -Ela tocou com o dedo indicador no lado esquerdo do peitoral do amigo

Sasuke- se quiser me seguir, faça, mas eu não garanto que vou te ouvir sempre. -Ele disse e logo após engoliu seco, o tom de voz dá garota do modo carinhoso que foi feito... Lembrava muito alguém

Emi- você ainda vai aprender a confiar em mim Sasuke-kun, não precisa me escutar sempre afinal eu não sou sabia como o meu pai. Sou uma mera garota preocupada com um igual -Ela ainda falava em seu tom de voz doce, suave e calmo. Mesmo com Sasuke a contestando a mesma não perdia a calma muito menos a boa vontade para com o mesmo.

Sasuke- tsc... E por que se preocupa?

Emi- alguém especial me protegeu e disse que sempre me protegeria, ele com certeza me ganhou com essas palavras. Meu pai demorou mais para me conquistar do que a pessoa que me dirigiu estás palavras doces mesmo sendo ditas em um tom ríspido. -Ela agora sorria- o que importa não é a maneira que as coisas são ditas o que importa é o que vemos nas entrelinhas e o que essas coisas significam. Se é bom ou não quem decide somos nós!

Sasuke-andar com você é a mesma coisa de pôr um demônio ao lado de um anjo, a combinação mais incompatível possível! -Ele disse fingindo não se importar com o que acabará de ouvir

Emi- você pode até evitar minhas palavras Sasuke-kun, mas não pode evitar que elas cheguem até o seu coração!

Sasuke- que coração?

Emi- acha que não tem coração?

Sasuke- não há muito tempo

A grisalha encostou sua cabeça no peito do moreno e pode ouvir o ritmo cardíaco do moreno, a grisalha fechou seus olhos por um momento quando sentiu o perfume do amigo, era um aroma amadeirado e agradável para a grisalha. Ela sorriu internamente por ouvir o coração do mesmo acelerar, porém não demonstrou felicidade e apenas se afastou com naturalidade é encontrou um Sasuke um pouco corado

Emi- Eu ouvi um coração bem acelerado batendo e aliás eu gostei do perfume! -Disse a grisalha gentil como sempre

Sasuke- eu não passei perfume hoje -Ele disse corando mais

Emi- então esse é o cheiro do seu corpo? -A mesma corou por ter gostado e ainda mencionado.

Sasuke- É esse é o cheiro do meu corpo... -Agora ele sorriu de lado pois agora quem estava tímido não era ele e sim ela. - Não te julgo por gostar afinal você tem cheiro de flores do campo e framboesa! -Assim que o moreno disse isso pode ver a Hatake corar violentamente e se sentia vingado por todos os comentários dela, mas não era mentira; ele realmente havia notado o perfume da amiga.

Após esse episódio constrangedor os amigos não ficaram muito tempo a mais juntos, o Uchiha acompanhou a Hatake até sua residência e ela se despediu com um breve abraço e entrou em sua casa sem olhar para trás.

Ao entrar a Hatake percebeu que seu pai ainda não havia chegado e suspiro em alívio pois teria tempo de cozinhar ainda.

A grisalha colocou um avental e foi preparar uma sopa de tomates para o pai e enquanto cozinhava só tinha duas pessoas impregnadas em sua mente. Ambos morenos, bonitos, reclamões e que a fazem sorrir; Shikamaru e Sasuke, a mesma suspirou pensando nos amigos então se tocou que não deveria pensar tanto assim em dois amigos.

Após sair de seu transe voltou a cozinhar e no momento exato que acabou seu pai passa pela porta um pouco manco e sangrando um pouco

Emi- Otou-san o que houve? -correr socorrer o pai e o ajudou a sentar no sofá

Kakashi- alguns imprevistos pequena, não se preocupe

Emi- me preocupo sim! Agora tira essa camisa que eu vou pegar os curativos e ai do senhor se reclamar certo?

Kakashi por um minuto viu uma ruiva esposa se seu Sensei Minato falando e sorriu assentindo, sua filha acabará de agir como Kushina e isso o fez ter boas lembranças de épocas mais felizes quando Obito ainda estava junto a ele. Não demorou até a grisalha aparecer com água oxigenada, umas faixas e algodão

O mais velho retirou sua blusa e a filha cuidadosamente cuidou dás feridas do pai que não teve coragem de dizer “ai” perante à reencarnação de Kushina. Quando a grisalha acabou de "concertar" O pai ela buscou outra blusa para o mesmo e foi buscar a sopa para o mesmo e o entregou no sofá, essa é a primeira vez que a grisalha não exigia que ele comesse na mesa junto a ela.

Quando acabaram a refeição a mesma lavo a louça e Kakashi que se sentia bem subiu para seu quarto. O mesmo tomou um banho quente e vestiu uma calça moletom cinza e uma regata masculina branca e ao se deitar estava lendo até começar a sentir sono então vou uma figura entrar em seu quarto a pagar o abajur e lhe dar um beijo na testa

Emi- hora de dormir papai, amanhã o senhor sai cedo e eu já preparei sua bolsa. Uma semana fora certo?

Kakashi agora via a mãe da pequena nela, sempre organizada e adiantada calculando sempre quando as coisas deveriam acontecer.

Kakashi- Hai pequena, obrigado por cuidar do velhote aqui!

Emi- você não pode cuidar de mim quando eu era menor pai, mas agora um cuida do outro certo? - ela estendeu o dedo mindinho- sempre e para sempre certo?

Kakashi - Sempre e para sempre! -Ele sorriu para a filha e aceitou o selo do acordo sugerido pela mais nova, após isso ela se retirou e o mesmo adormeceu.

A mais nova foi para o banheiro onde tomou um banho quente e logo após fez suas higienes noturnas vestiu um short azul bebê e uma regata branca e, pois, suas meias de coelhinhos, prendeu seus cabelos grisalhos em um coque solto e bagunçado se jogou em sua cama e fitou a janela olhando o céu estrelado até adormecer.

De manhã quando se levantou percebeu que seu pai já havia ido para a missão e ela nem pode se despedir, uma semana sozinha em casa não seria nada difícil de sobreviver pois ela quem mantinha a casa em ordem, porém não fazia a mínima ideia de quão ruim será ficar sozinha novamente.

A grisalha tomou seu banho matinal e fez suas higienes e então logo após se vestiu, usava um short mínimo de colton e uma blusa que o cobria, porém não deixava suas pernas a mostra usando suas rotineiras meias 7/8 pretas e calçou coturnos pretos. Soltou os cabelos grisalhos longos e espirrou seu perfume adocicado que realmente lembrava framboesas e pôr fim a menina ajeitou os cílios com rímel e passou seu rotineiro gloss de framboesa para manter a boca sempre hidratada e não por vaidade.

A mesma passou pela cozinha e apenas pegou uma bandeja de morangos que iria comer a caminho da Academia.

Não demorou até o Nara bater em sua porta para irem juntos e a mesma como sempre o recebeu com um beijo na bochecha e um sorriso

Emi- quer morango? -ela disse enquanto mordia a ponta de uma fruta que segurava

Shikamaru- Ah melhor não, já comi hoje de manhã.

Emi- hoje eu nem fiz café, fazia apenas para o meu pai começar o dia saudável, mas agora eu vou comer apenas frutas de manhã até ele chegar.

Shikamaru- Deve ser legal ficar sozinha em casa por um tempo

Emi- se você já foi sozinho antes nunca mais vai querer soltar quem está ao seu redor.

Shikamaru- então é por isso que você está agarrada no meu braço dês dá hora que a gente saiu?

A grisalha não perceberá que havia agarrado o braço do amigo como se estivesse com medo de perde-lo de vista então ela riu sem graça e o soltou

Emi- desculpa eu nem tinha percebido

Shikamaru- De boa

Os dois caminharam até a academia e ao chegarem Shikamaru foi falar com os meninos -Naruto e Kiba- e Emi foi procurar alguém para conversar, pensava em Ino, Hinata ou Sakura já que são suas amigas então a grisalha começou a andar pela Escola procurando uma das três.

A grisalha andava procurando as amigas quando ouviu um barulho vindo da sala do zelador. A porta estava entreaberta e a menina foi espiar então se surpreendeu com a cena que vira, sua amiga Hinata sentada em uma das prateleiras e beijando o primo -gostoso, gato, maravilhoso, divo, rei e dono do meu ser- a mesma coroa violentamente por presenciar um beijo desses, não imaginava que alguém tão tímida como Hinata seria assim tão cheia de luxúria ao beijar o primo.

A grisalha se retirou dali como um corredor tentando alcançar a linha de chegada e só parou de correr quando passou por Ino então recuperou o fôlego e foi até a amiga loira

Emi- yo Ino

Ino- yo Emi, por que estava correndo?

Emi- ah exercício -mentiu- e você por que está aqui atrás? Esperando alguém?! -sorriu com malícia

Ino- exercício, sei -Riu- na verdade estou sim... Ele é loiro e tem olhos azuis -Disse com seus olhos azuis brilhando em pensar no tal garoto

Emi- Seria o Naruto?!

Ino- Fala baixo louça!

Emi- Não creio, todo mundo de melação hoje -riu- não quero atrapalhar nada então cadê a Sakura?

Ino- já viu se ela não está com o Sasuke ou procurando o Sasuke?

Emi- Boa sugestão, bye Ino -A grisalha saiu correndo novamente

A grisalha fez como a loira sugeriu e logo encontrou Sakura dando encima de Sasuke, essa paixão é realmente fofa! A grisalha sorriu como sempre e foi até os amigos

Emi- Por favor me digam que vocês também não vão se engolir, hoje todo mundo resolveu ficar junto do namorado.

Sakura- eu e Sasuke somos apenas amigos, para com isso Emi

Sasuke apenas revirou os olhos, aquela situação era incomoda para o moreno.

Emi- Ah, se é assim não se incomodam se eu ficar?

Sakura- Não

Sasuke- tsc... Tanto faz

A grisalha conversava com a rosada fazendo a mesma perder um pouco o foco de Sasuke o que fez o moreno se sentir menos sufocado.

Após um tempinho tiveram de entrar na sala e hoje eles receberiam suas bandanas. É uma pena o pai da Hatake não a ver chegar em casa com o acessório.

Eles ouviram suas notas e receberam suas bandanas, Emi colocou a sua amarrada rente à garganta fazendo virar uma gargantilha e os outros acharam um jeito de aderir o acessório assim como a grisalha.

Iruka- iremos dividir os times e como temos uma aluna sobrando um dos times terá quatro integrantes.

Todos- Hai!

Iruka foi falando os times e as equipes ficaram assim:

Kurenai sensei

Shino, Hinata e Kiba

Asuma sensei

Shikamaru, Ino e Chouji

Kakashi sensei

Naruto, Sakura, Sasuke e Emi

Guy

Neji, Tenten e Rock Lee

E etc... -Só mencionei os que terão aparição importante- após isso todos foram dispensados e saíram da sala indo para o pátio onde se encontrava uma grisalha feliz e triste ao mesmo tempo pois não teria Shikamaru ao seu lado em suas missões, mas por outro lado teria Sakura, Sasuke, Naruto e ainda seu pai.

Emi- argh! -chutou a terra por estar irritada em seu primeiro dia como ninja, ela sabia que deveria se sentir feliz e honrada, mas não era o caso.

Shikamaru- irritada pequena? – disse o moreno que acabara de chegar por trás da grisalha que se encontrava deveras mente irritada.

Emi- Ah?! Esta aí dês de quando Shika? – disse a mesma se virando e vendo o amigo preguiçoso próximo a si

Shikamaru- Ah faz um tempinho - agora ele dava um belo sorrisinho de lado

Emi- me assustou! Eu só estava irritada pelo meu pai não estar aqui hoje, era importante para mim... – ela suspira- mas eu sei que ele deve proteger as pessoas para que eu também esteja protegida, certo?

Shikamaru- é você está certa pequena!

Emi- ah fiquei triste por não sermos do mesmo time afinal você pode ser considera o meu melhor amigo! -A grisalha sorria para o moreno e o sorriso foi reciproco

Shikamaru- ainda somos vizinhos, nada vai te manter longe o suficiente, mas eu confesso que também fiquei triste, Sasuke tem mais sorte que eu! – ele riu e a grisalha também

Emi- lembra que eu estava devendo um jantar à sua mãe?

Shikamaru- sim, ela vive pedindo para eu te levar lá em casa – ele revira os olhos ao se lembrar da insistência da mãe e a grisalha riu baixo

Emi- pergunte a ela se ela não quer que eu faça o jantar que prometi hoje a noite, afinal hoje é um dia muito importante certo?

Shikamaru- okay, mas ela vai ficar animada ao extremo. Confesso que tenho medo!


Notas Finais


Cap novinho com carinho, sorry pelos erros de ortografia 🍅❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...