História A filha do dono do morro - Capítulo 34


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 46
Palavras 420
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Mistério, Musical (Songfic), Poesias, Policial, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 34 - 34


Fanfic / Fanfiction A filha do dono do morro - Capítulo 34 - 34

Oi sou Gabriel me mudei a pouco tempo pro morro minha mae morreu meu pai foi morar com a minha tia e eu vim junto com ele pra ca, tenho 17 anos estudo aqui na escola do morro mesmo, desde quando vim pra to de olho na amiga da filha do ph ela é linda

******************************

Oi sou felipe primo do Pietro, moro no morro meus pais sao do corre vida loka mesmo crisce no meio disso tenho 16 anos

*********************************

Deu a hora da saida fiquei na sala beijando Pietro ja sabia que o meu pai ia vim me buscar, sai e ele estava la ja ate tinha saido do carro fui ate ele que me olhou bravo 

pai- nao gosta de vim pra escola e demora tanto pra sair

eu- eu tava conversando 

entramos no carro e seguimos pra casa no caminho recebi uma mensagem da ana falando que o Gabriel chamou ela pra sai ela ia pro cinema com ele e depois ia passar na minha casa, respondi ela e comecei a rir com meus pensamentos meu pai pegou o celular da minha mão ainda bem que eu apaguei as outras mensagens ele leu e me devolveu, chegamos em casa fui direto pra cozinha o almoço ja estava pronto, lavei a mao e fui comer, terminei e me joguei no sofá fiquei conversando com a Ana 

mae- Fernanda vai se arrumar pra gente ir no medico

eu- pra que medico?

mae- utra som pra ver o bebe 

dei tchau pra Ana e subi pro meu quarto tomei banho e me vesti fui de chinelo mesmo, desci e ela ja estava pronta me esperando, liguei o som do carro no ultimo volume na musica (chama no probleminha) fui cantando junto com a minha mae, chegamos no medico ela avisou pra mulher e assim que a outra saiu da sala ela entrou, ela deitou na maca e levantou a blusa, fiquei me perguntando como o meu pai nao tem ciumes desse medico por que ele é um gato e tem cara de novinho, ele passou um bagulho na barriga dela apareceu uma imagem na tela na hora em que ele passou o aparelho eu via tudo preto só um borrão branco que ele disse que era o bebe logo a sala foi invadida por um som alto os batimentos do bebe estavam bem acerelados, ela esta de 2 meses e uma semana ele passou uma vitamina e remarcou a consulta sai da sala dele e seguimos pra casa, cheguei tirei a roupa e dormi 


Notas Finais


Comentem


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...