História A Garota Nova (camren GP!) - Capítulo 13


Escrita por: ~

Postado
Categorias Austin Mahone, Camila Cabello, Candice Accola, Cara Delevingne, Demi Lovato, Fifth Harmony, Justin Bieber, Nina Dobrev, One Direction, Selena Gomez, Shawn Mendes, Taylor Lautner
Personagens Ally Brooke, Austin Mahone, Camila Cabello, Candice Accola, Cara Delevingne, Demi Lovato, Dinah Jane Hansen, Harry Styles, Jaxon Bieber, Jazmyn Bieber, Jeremy Bieber, Justin Bieber, Lauren Jauregui, Liam Payne, Louis Tomlinson, Niall Horan, Nina Dobrev, Normani Hamilton, Selena Gomez, Shawn Mendes, Taylor Lautner, Zayn Malik
Tags Camren, Colegial, Norminah, Semi
Visualizações 764
Palavras 1.689
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Esporte, Famí­lia, Luta, Mistério, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 13 - Não acredito


Fanfic / Fanfiction A Garota Nova (camren GP!) - Capítulo 13 - Não acredito

P.o.v Camila Cabello 


Levanto da cama. Sei que passei a noite em claro pensando nela e o quão confusa eu estava. Pensando na imensidão dos seus olhos verdes. Ouço e despertador tocar e num impulso jogo o mesmo longe. Pela primeira vez eu fico em dúvida se vou ou não para o colégio. Se olho nos seus olhos ou não. Como eu queria que a noite passada tivesse sido um sonho. Como eu queria fechar os meus olhos e não pensar na sua boca, nos seus lábios carnudos, nos seu olhos verdes incríveis, que são únicos e intensos, verdes que eu nunca vi em toda a minha vida. São lagos maravilhosos que hipnotizam a qualquer um.

Obrigada Lauren! Por vir aqui e fazer uma mega cena de filme e não sair mais da minha cabeça.
Levanto na cama na obrigação de querer ir, pois hoje é o grande jogo, mas também quero ir por ela. Quero ve-la, falar com ela, ter ela perto de mim. Uma grande necessidade nasce em mim. Não tinha Isso! Por que agora. A resposta sempre é a mesma para as pergunta a dos meu subconsciente. A resposta sempre vem composta com olhos verdes.

Vou até o banheiro e tomo logo um banho de água fria. Pois não consegui dormir a noite toda pensando nela.
Despois de banho tomado. Pego a roupa da torcida colocando na minha bolsa e visto meu uniforme, sem o terninho, pois vejo que está calor.

Assim que chego para tomar café. Vejo meu irmão já vestido também sem o terno. Apenas me sento pegando um prato de bacon e comendo. Loius me olha.

-O que aconteceu?

Engasco com o pedaço de bacon que estava na minha garganta e meu irmão me olha curioso.

-Não! Não aconteceu... nada... -Falo nervosa - Por que aconteceria?

Eu disse voltando ao normal, Loius me olhou desconfiado, ele sabia que alguma coisa estava acontecendo.

- Não sei, você está estranha, nem abriu a boca quando desceu e foi dormir cedo ontem.

Ele disse ainda desconfiado.

- Não aconteceu nada Loius me deixa!

Eu falei perdendo o controle e levantando indo em direção ao carro que já estava a minha espera. Me sentei no banco e Loius entra logo em seguida.

-Não precisava ter falado comigo daquele jeito eu em!

Ele falou nervoso. Logo passamos na casa de Dinah que entrou no carro sentando ao meu lado.

-Preciso falar contigo chee.

Eu falei baixo e a mesma assentiu me olhando.
Passamos na casa de ally que estava linda como sempre.

Assim que chegamos no colégio. Shawn veio logo me abraçar, retribui o abraço e o mesmo veio me beijar, no impulso virei meu rosto fazendo o mesmo beijar a minha bochecha.

-Que foi Camila? Estou com mal hálito?

Ele perguntou com a mão na boca, as vezes ele me irrita.

-Não Shawn, só não estou com cabeça, me deixa ok?

Eu disse e ele me olhou estranho. Sai dali caminhando até os bancos que tem no jardim do colégio. Estava na cara que as aulas começariam mais tarde por conta do jogo de hoje.

-Eu vi aquilo -Escutei a voz de Cris e olhei para o mesmo, se ele está aqui, ela também deve estar, tentei procurar em volta,mas nada dela-Problemas no paraíso?

Olhei para o mesmo agora prestando atenção.

-Só um pouco cansada, só isso.

Eu falei e Cris riu sentando na minha frente.

-Nunca achei que ele fosse para você. Na minha opinião você precisa de um cara mais maduro -Perdi completamente minha atenção nele ao ver ela saindo do seu carro mais uma vez -Um Jauregui por exemplo.

Não deixei de assentir ao ouvir essa parte olhando ela ajeitar a manga da blusa folgada no corpo. Com os botões incompletos em cima e os cabelos balançando de uma forma maravilhosa. Como o sol reflete em seu rosto. Só agora percebi o tamanho da sua beleza. Sabia que ela era linda, mas agora ela me surpreendeu. Estou percebendo bem seus traços, sua boca, seus lábios. E seus olhos maravilhosos que brilham ao me ver.
Ela se aproxima e me olha de uma forma completamente diferente, como ontem, com a mesma intensidade.

-Oi Camz.

Ela falou rindo, e que sorriso lindo. Camz? Não sabia que ela já tinha pego esse apelido.

-Oi lolo.

Sinto Cris nos olhar,olho para o mesmo que força um sorriso.

-Vocês duas?

Ele perguntou apontando para a gente, não consegui evitar corar.

-Não, claro que não.

Eu falei e Lauren sentou próxima a mim me fazendo sentir seu cheiro maravilhoso. Seu cheiro único que só ela tem.

-Ainda não.

Ela disse agora só para mim ouvir; o sorriso que se forma sai sem eu conseguir evitar.
Escuto barulho do sinal e me levanto sabendo que agora tem aula de química. Pego minha bolsa e caminho até a sala. Sinto um braço ao redor do meu pescoço. Olho para Lauren que tem um sorriso lindo.

-O que está fazendo?

Eu perguntei rindo quando a mesma me sacudiu.

-Quero ser aquelas amigas grude.

Ela disse rindo. Nao consegui evitar rir também. Chegamos no corredor e o povo olhava de forma curiosa. Lauren simplesmente ignorava, algumas líderes de torcida me olhavam com raiva e Shawn estava a poucos metros nossos.
Ele me olhava de forma terrivelmente dolorosa. Assim que entramos na sala as pessoas olhavam interessadas.

Fui para o meu lugar com Lauren ao meu lado. E então o professor entrou explicando.
Até que Lauren colocou uma bolinha de papel na mesa. Peguei a mesma e olhei.

Está linda com esse lacinho

Dizia no papel não consegui evitar um sorriso de orelha a orelha que apareceu.


A aula acabou e como despedida Lauren beijou a minha bochecha e saiu da sala primeiro. Me levantei e fui para o vestiário me arrumar para o último ensaio.

Assim que chego no ensaio, algumas meninas me olham com raiva, acho que sei qual é o motivo disso. Acho que não tenho culpa se a garota mais terrível do colégio está interessada em mim.

-Atenção meninas! Hoje é o grande dia meninas. Apesar de termos pouco tempo, o treino resultou em uma coisa boa.

-Se a nossa capitã não estivesse com um e outro por aí.

Escutei uma menina falar baixo e fui em direção a mesma.

-O que você disse?

Eu falei completamente nervosa e com meu melhor olhar matador,.

- Eu... Eu disse que se você não estivesse com um e com outro por aí, nossa coreografia teria ficado melhor.

Ela falou certa do que estava dizendo.

-Olha meu amor, presta atenção em uma coisa. O que eu faço ou deixo de fazer fora dessa escola não te diz respeito. E se não estiver satisfeita com o jeito como eu lídero as meninas, você pode sair da torcida. Eu não irei ligar, alguém liga?

Perguntei as meninas se mantiveram caladas.

-Desculpe.

Ela falou e um sorriso de orelha a orelha que apareceu na hora foi épico.

-Assim está melhor -Digo voltando para frente -Quero os mesmos passos que ensaiamos ao longo da semana!

As meninas começaram a fazer os passos e estavam todas certas em sintonia.
Respirei fundo vendo Shawn entrar para o treino de futebol, estavam ele e Justin conversando. Digamos que Justin é o garota mais desprezível que tem. Imaginem uma Lauren, só que cruel.

Shawn se aproxima e me beija. Dessa vez eu retribuo.

-Sabe que na quarta faremos Um ano de namoro né?

Eu assenti, nem estava me lembrando disso. O pior era que eu não sentia nada. Nada mais por ele. Aquele sentimento de borboletas na barriga que eu tinha e a empolgação foram para o espaço.

Eu só tinha olhos para uma pessoa. E ela vem correndo agora com o irmão. A mesma está com a roupa do time de futebol.

-Ela vai jogar hoje?

Eu perguntei e Shawn me olhou com uma cara de poucos amigos.

-Estavam tão amiguinhas e ela não te contou -Olhei para o mesmo. Ele sabia que eu odiava ironias- Ok amor; essa excrota vai jogar sim, mas só se alguém se machucar feio.

Ele falou com um olhar malicioso. Ela olha para mim e para Shawn e automáticamente faz uma cara de nojo é pisca para mim. Sou obrigada a rir.

O ensaio de líderes acaba e Dinah se aproxima de mim.

-O que queria conversar?


Ela pergunta. Me solto de Shawn que volta para o campo e vou para arquibancada com Dinah.


-Se a pessoa mais canalha que você conhece fosse na sua casa aleatoriamente e te pedisse uma chance, o que você faria?


Eu falei e Dinah arregalou os olhos.

-A Jauregui foi na sua casa?

Como ela? Mas o Que?


-Foi sim, mas como adivinhou tão rápido?

Ela riu negando.

-É que tipo, fora a Mani, só tem mais duas cafajestes e uma já foi fisgada, então nos sobra a Lauren. Mas me conta essa história direito!

Eu ri com a sua empolgação.

-Bem aconteceu que eu estava perto da piscina olhando as estrelas como sempre ou quase sempre faço -Dinah revirou os olhos com certeza lembrando de quando a chamei para fazer isso -E ela chegou do nada me perguntando por que eu não queria ficar com ela -dinah me olhou chocada -Ela me disse que nunca tinha conhecido uma garota que dissesse não para ela, e que se encantou comigo; eu não sei dinah. Só sei que acredito nela, não ache que sou ingênua ou trouxa, mas Lauren me olhava de uma forma completamente diferente, como se eu fosse a coisa mais preciosa para ela. Ela me disse que iria esperar eu estar pronta para ela.

Dinah deu um grito rindo e pulando feito uma idiota.

-Noticia do século! Jauregui apaixonada, e pela camilinha, nossa Mila, não sabia que você era fatal a esse ponto. Bateu recorde agora, até a pior das cafajestes caiu nos seu encantos.


-É, mas ela não foi a única.

Eu falei e Dinah me olhou esperançosa, assenti e mais um grito foi ouvido.

-Ai meu Deus, Camila que épico; alguém fora o Chão conseguiu te conquistar! E logo a garota que você mais detestava.





Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...