História A garota que ele zoava - Capítulo 1


Escrita por: ~ e ~AngelMih

Postado
Categorias Originais
Tags Drama, Romance
Visualizações 56
Palavras 809
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


nico nico nii

Capítulo 1 - ''A esquisitona''


Fanfic / Fanfiction A garota que ele zoava - Capítulo 1 - ''A esquisitona''

P.O.V Alice

Olá! Me chamo Alice mais pode me chamar de Lice, Ali ou Li, tenho 17 anos e estudo no colégio ''Mochi'' (;u; eu queria comer um Mochi nmrl) 
Não sou popular muito menos reconhecida, as condições financeiras da minha família é horrível, nós temos coisas suficiente pra poder viver.. mas.. podia ser melhor, claro, não reclamo do que tenho, afinal tem gente que nem isso tem.. me sinto triste por elas, mas não posso fazer nada..
Meu pai e minha mão vivem brigando, meu pai as vezes chega bêbado em casa e bate em mim e na minha mãe, eles tem sempre uma briga, e o pior é que meu pai não trabalha, passa o dia todo dormindo. 
E quando não está dormindo está fazendo coisas inúteis, nunca ajuda nas tarefas de casa e nunca se importou comigo.
Minha mãe me ajuda no que pode, e eu também a ajudo, afinal.. é difícil fazer tudo sozinho.. acredite.. sou a pessoa que mais sabe desse assunto...
Porque eu sei? Porque eu sou a ''Esquisitona'' tudo por causa do menino mais bobão da sala.. só porque ele é bonito rico e chama atenção por onde passa as pessoas me comparam com ele e me chamam de lixo e falam que eu não chego nem aos pés dele. 
Do que adianta ser isso tudo e ser tão burro?! Ele tire sempre as piores notas, mas sempre consegue passar de ano! Isso é chato e revoltante estar sempre na mesma classe que ele.. QUE ÓDIO!! Mas eu não vou me desprezar por causa de um riquinho metido a besta.. mesmo ele me chamando de esquisitona, nerd, bobona, quatro olhos e etc.. não ligo. 
Mesmo que eu não tenha amigos, eu não ligo. Não fui pra escola pra fazer amigos.. fui pra poder ter conhecimento.. mas eu admito.. acho ele muito bonito, e até já gostei dele.. mas.. ISSO JÁ PASSOU! 

Mãe: Filha! Vem o almoço já está pronto! 
Alice: Já estou indo mãe.. -- graças a deus fui tirada dos meus pensamentos horríveis pela minha mãe..

Depois que ela me chamou peguei os meus óculos que estavam na comoda e desci, fui até a cozinha e lá estava a minha mãe, servindo o almoço, eu admiro ela, mesmo tendo que trabalhar horas, suportar aquele estúpido do meu pai, ter que cuidar da casa e de mim, ela sempre tem um sorriso no rosto, disposição pra me ajudar e ajudar quem precisa.. ela é realmente uma mulher de ouro!

Mãe: Venha filha, sente-se, precisamos conversar.
Alice: Ta bom mãe, obrigada. -- sentei na mesa junto a ela -- o pai não ta em casa?
Mãe: Não, ele não está. -- ela falou isso tão contente.. -- Como vai indo na escola?
Alice: Estou indo bem mãe, minhas notas são ótimas.. mas como você sabe.. continuo sendo zoada..
Mãe: Não ligue pra isso Alice, eles não sabem a menina de ouro que estão perdendo! -- ela falou isso me dando o sorriso mais sincero que eu podia ver.
Alice: Obrigada mãe ! -- correspondi o sorriso e começamos a comer, eu comi rápido, tenho que sair uma hora pra ir a escola, e já são doze e meia, bom, mas eu já estava com tudo arrumado, bolsa, livro e meu uniforme escolar, então, decidi ajudar a minha mãe a lavar a louça pra poder passar o tempo mais rápido.

#QUEBRA DO TEMPO#

O tempo já tinha passado, e já estava dando a hora de ir pra escola, como eu moro um pouco longe da escola, decidi ir um pouco mais cedo..
Alice: Mãe, estou indo, tenha um bom dia! -- Falei isso e ela veio correndo pra porta
Mãe: Alice, esqueci de dizer, mas vou chegar tarde hoje.. uma amiga se machucou e eu fiquei de arrumar as coisas dela no trabalho, então por favor.. tenha cuidado com seu pai.. você sabe como ele é, eu vou talvez chegar de madrugada, então.. veja se você pode dormir na casa da Julia.. eu tenho medo..
Alice: Ta bom mãe. Vou tomar cuidado, e qualquer coisa, peço pra Julia.
Mãe: Que alivio, bom, tenha um bom dia minha flor! -- ela falou isso com um sorriso, depois eu fui andando e ela fechou a porta..

#QUEBRA DO TEMPO#

Cheguei na escola, eram uma e meia, bom, eu estava lá na hora certa, mas.. como sempre.. as pessoas costumavam a chegar tarde, então fiquei esperando na sala de aula, bom.. até o professor chegava tarde, não ligo.. da tempo pra ler meu livro.
Peguei meu livro da bolsa e comecei a ler ele, eu leio rápido, mas mesmo assim, não tenho noção do tempo que passa quando estou muito interessada em algo.
Sem me dar conta do que estava acontecendo ao meu redor, comecei a ler, bom, pelo menos até alguém entrar na sala de aula...


Notas Finais


Tinua?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...