História A garota que ele zoava - Capítulo 2


Escrita por: ~ e ~AngelMih

Postado
Categorias Originais
Tags Drama, Romance
Visualizações 50
Palavras 1.496
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


(\__\|/__/)
( ❤ - ❤ )
(O ||| )O Esse é o Kasuma <--------- 'u' ele ta um amozin né?

Capítulo 2 - Você não cansa disso?


Fanfic / Fanfiction A garota que ele zoava - Capítulo 2 - Você não cansa disso?

P.O.V Alice

Eu estava fingindo ler o livro, enquanto a porta se abria devagar eu espiava pelo canto do olho, quase nem dava pra perceber.. mas quando eu vi quem era.. Desejei nunca ter olhado pra porta.
Sim.. era ele.. Victor! o riquinho metido a besta! Tenho raiva só de olhar.. não sou besta.. voltei a ler meu livro e o ignorei.

Victor: EI BOBONA! -- eu o ignorei.
Victor: é com você mesmo Alice quatro olhos, não ta me ouvindo nerd?
Alice: O que você quer? -- falei em um tom frio, eu mesma me impressionei. 
Victor: Não cansa não? -- ele falou com um olhar de nervoso.. 
Alice: do que?
Victor: De ser tão anti-social, esquisita e nerd. Ta sempre lendo um livro, passa o dia todo com a cara enfiada nos livros, você devia ser igual as outras meninas, deveria me querer. -- ele falou isso com um tom de deboche.
Alice: Não sou estúpida, posso passar o dia todo com a cara nos livros, mas sei oque faço. As que correm atrás de você são só umas cegas por dinheiro, não me surpreende que você não nota isso.
Victor: Hahaha -- ele riu nervoso -- uma bobona como você querendo falar sobre minha vida!
Alice: Só vê quem quer..--- Voltei a ler meu livro, não quero ficar perdendo meu tempo com pessoas cega como ele, ele se acha o melhor, mas nem ele consegue perceber que as meninas que o amam são tudo um bando de interesseiras, não posso andar um passo que tem uma menina falando sobre o dinheiro e beleza dele, bom, não faço questão de me intrometer nisso, se ele quiser ser um iludido que seja.

P.O.V Victor

Que menina esquisita, porque ela não me ama? Porque ela não corre atrás de mim e faz declarações de amor? Ela é a única que não quer saber de mim, menininha chata, aposto que não consegue perceber oque é gente boa! 
Mas.. não posso negar.. ela é.. tão.. bonita quando está lendo.. PERA! QUE PENSAMENTO É ESSE VICTOR?! Eu não posso chamar uma bobona nerd como ela de bonita, ela é feia, estranha, esquisita e nerd! Nunca vou gostar dela, tenho as meninas mais lindas e populares perto de mim e todas estão querendo ser minhas namoradas, não tenho nada que pensar nessa nerdzinha.

#QUEBRA DO TEMPO#

P.O.V Alice

Continuei lendo meu livro, até o professor chegar na sala, estava todo mundo em seus lugares, fechei meu livro e comecei a prestar atenção no que o professor falava, bom, como sempre ele começava desejando um bom dia, depois conversava um pouco sobre como foi o dia de cada um, e por último, vinha alguma notícia.. bom.. as notícias são sempre sobre algum trabalho, feriado ou sobre coisas da escola, já estou acostumada..

Prof: Alunos! Bom dia, hoje, não tenho tempo pra conversar sobre o dia de vocês mas, vou ser bem direto, vou fazer um trabalho de equipes valendo nota.
Vitória: Vamos poder escolher com quem ficar? -- Ela falou isso olhando pro Victor, seus olhos brilhavam.
Prof: Vitória, desculpe, mas não. Eu vou escolher as equipes, se não vão escolher o amigo que gostam de conversar, e no final, não vai ter trabalho nenhum! 
Turma toda menos eu: Aff professor..
Prof: Não adianta reclamar, fiquem atentos as equipes, vou forma-las agora, e quero silêncio.

EQUIPES:
Luana e Laura
Jessica e Vitória
Carla e Luan
Min_Ojo e Ciaheron
Misanyan e Mathew (Mathew = Autor = Eu! 'u')
Carol e Caio
Leonardo e Thais
José e Armando
Jimin e Jungkook (desculpa é porq eu amo jikook mesmo ;u;)
Karine e Josué 
e por último
VICTOR E ALICE.


P.O.V Alice

Eu estava atenta ouvindo as equipes, e nem acreditei, quando o professor falou ''VICTOR E ALICE''
Nunca fiquei tão confusa na minha vida! Porque tinha que ser ele? Pior é que eu tenho certeza que as pessoas vão me odiar mais do que antes, quando o professor falou Victor e Alice, as meninas que não ficaram com ele que no caso são as que adoram ''ele'' deram um suspiro e me olharam com um olhar de raiva, eu fiquei arrepiada, essas meninas são tão paranoicas que podem arrancar meus cabelos T ^ T''

Victor: Professor! Eu não quero ficar com a Alice!
Prof: Victor, VOCÊ sabe qual a sua situação! Você tem as piores notas! A Alice pode ti ajudar com isso, ela é a menina mais inteligente.
Victor: Mas..
Prof: Nada de Mas Victor, ou é ela, ou você vai fazer sozinho e sem ajuda! 
Victor: TÁ! -- ele lançou um olhar de desprezo pra mim e pro professor..

Aff, ele podia ter escolhido fazer sozinho e sem ajuda né? Droga.. não quero ficar com ele, só falta o professor falar que vamos ter que ir pra casa de algum da equipe pra fazer o trabalho! Eu realmente já não quero ele, imagina ter que ir pra casa dele, ou ele vir pra minha? AA!!

Prof: Alunos, e, já que eu sei, e conversei com a mãe de vocês, hoje a aula está encerrada, porque precisamos do trabalho pra próxima semana, e o assunto é bem grande, por isso, vão pra casa de um da equipe, tomem cuidado! Se um errar, a dupla leva o peso, entendido? E não quero ouvir reclamações. 

AAAAA!! Ele só pode estar lendo minha mente, como?! Porque eu gsus, porque?! Não quero que ele vá pra minha casa, e eu muito menos quero ir pra casa dele. Chatice! O pior de tudo vai ser falar com ele, se eu pudesse pelo menos fazer o trabalho sozinha, mas eu também não quero servir de empregada desse estúpido, que seja, ele pode até me odiar, mas nem vem piorar minhas notas! Isso é a única coisa que tenho! E é uma das coisas que minha mãe mais tem orgulho. 

#QUEBRA DO TEMPO#

P.O.V Victor

Já tinha quase todos os alunos saído do colégio, ficou eu, a Alice e algumas meninas que me ''admiram'' e que me ''amam'' bom, trabalho é trabalho.. por mais que eu a deteste não posso fazer nada, ta valendo a minha e a nota dela, posso até zoar ela, mas também não sou tão babaca.. eu acho..

Victor: Ei nerd, vem, vamos pra minha casa. -- falei isso indo na direção dela
Alice: Você que sabe. -- ela pegou suas coisas e levantou -- vai na frente..
Victor: Não quer andar do meu lado? Pra ver se consegue algum amigo? -- falei isso debochando dela.
Alice: Não quero amigos.. -- ela falou isso e deu pra perceber sua tristeza.. eu quase me senti mau por falar isso..
Victor: Você que sabe.

Fui andando pela escola até chegar ao portão, e como sempre, tinha umas 30 meninas esperando pra voltar pra casa comigo, já estou acostumado, não adianta falar um ''não quero'' elas me seguem, tenho até pena da Nerdzona que vai vir atrás de mim, vai acabar se perdendo nesse multidão de meninas.
Comecei a andar e as meninas me seguiam, as vezes eu olhava pra trás pra ver se a Alice estava mesmo conseguindo me acompanhar, e sempre via o mesmo, ela andava pra onde eu ia, mas sempre olhando pro chão com uma cara de tristeza, eu me sentia culpado por isso.. mas não vou dar uma de garotinho apaixonado e pedir desculpas, ela que se vire. Ninguém mandou ser tão anti-social.

Meninas: Victor, podemos dormir na sua casa?
Victor: Já falei que não gosto de ter meninas dormindo na minha casa. -- falei isso em um tom frio.
Meninas: Você fala todo dia, e nós ti perguntamos todo dia, até quando vai se fazer de difícil? 
Victor: Até quando eu quiser.
Meninas: Uii, como você é macho, você é tão lindo e rico Victor, gostaria de sair com alguma de nós?
Victor: Sim.
Meninas: QUEM?! -- Elas falaram isso em um tom de surpresa.
Victor: Aquela ali -- apontei pra Alice e elas a olharam com um olhar de nojo
Meninas: ELA?! Porque quer sair com essa boboca?!
Victor: Porque elas não enchem o saco! -- me meti na multidão de meninas e puxei a Alice, comecei a correr, e a multidão de meninas me seguiam, sério, eu adoro isso, mas isso enche o saco as vezes.
Corri até um beco onde consegui que despistar todas as meninas

Victor: Desculpa nerd, mas você é tão idiota que tive minhas dúvidas se iria conseguir escapar delas.
Alice: Normal.. -- ela falou isso ainda olhando pras coisas com um olhar triste -- vamos..
Victor: Ta.. -- falei isso com minha respiração ofegante.

Começamos a andar de novo, nós chegamos na minha casa em pouco tempo, bom, minha mãe e meu pai não estavam em casa, entrei e pedi pra ela entrar também, mas a coisa que mais me surpreendia era como ela continuava com aquele olhar triste..
Bom.. não sou disso.. mas.. vou perguntar pra ela.. quero ajuda-la.. sinto necessidade disso.. eu.. não sei..


Notas Finais


Tinua?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...