História A Garota Sagrada - Interativa - Capítulo 4


Escrita por: ~

Visualizações 42
Palavras 565
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Linguagem Imprópria
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 4 - Calmaria


Fanfic / Fanfiction A Garota Sagrada - Interativa - Capítulo 4 - Calmaria

Alice brincava com as correntes enquanto estava dentada na cela, quando ouve passos do lado de fora. Porém, passos diferentes dos passos pesados de um guarda, eram leves. A porta de abriu quase em silêncio, com uma garota entrando quieta.

— Quem é você? 

— Ondina. — diz — Soube que é espiã? O que fazia? 

A outra ficou em silêncio. Ondina então resolveu usar magia de telepatia, ficando com os olhos verdes e forçando a outra a falar.

— O que fazia?

— Paguei um assassino de aluguel.

— Para a princesa? 

— Não, para uma…..sacerdotisa.

— Qual?

— N-Não posso falar. — resiste.

— Por que? Quem pagou você? — força. 

Porém antes que ela falasse, ouvem um barulho na porta e Ondina se esconde nas sombras num canto.

— Como eu disse — Luccio entra — Prisão reduzida por ajudar. Levanta, vamos te levar à uma cela com cama e iluminação decentes. — ele e Frey a levam.

Ondina suspira aliviada, saindo. Queria mais informações que isso… Bom, pelo menos não a perturbariam na saída, pois era uma guarda apesar de seu território ser o mar.

Após realojar a garota, Frey e Luccio conversavam no caminho de volta ao quartel.

— Ouviu os boatos? — o albino observa Luccio.

— Não sei que resposta espera de mim. Se ela não liga, não há porque se irritar.

— Tá dizendo que concorda com os boatos? — Frey encara.

— Se a carapuça serve….mas acho que não, não insistiriam tanto esforço se ela fosse realmente a errada. Só não é sua...melhor encarnação. — Luccio dá de ombros.

Era uma pena ser humano, não veria a próxima encarnação ainda em vida para saber se seria outra pirralha ou melhor.

— De qualquer forma, planos pro baile de aniversário dela? — Luccio o olha — Vai convidar a nephillin pra dançar? — olha mais malicioso.

— Não sei, digo… A Naomi até tem belos seios…. — pensa levando uma pancada na cabeça. 

— Só pensa nisso? — o encara.

— Não disse que era a única coisa bonita nela…

— Mas é a primeira coisa que lembra.

— Sempre! — sorri maroto, levando outra pancada.


Dear treinava com Liankata. Ele era bom e sabia lutar corpo à corpo, mas Lian era muito competitivo e sempre vencia. 

— Ah, assim não vale Kata! — resmunga por ter perdido — Como é tão bom? — se levanta do chão, já animado como sempre.

— Fazer o que, sou o melhor. — sorri metido. 

— Sei….Ainda não lutou com a Meladriel pra sabermos qual dos dois é melhor. — o desafia.

Lian chega a sentir um arrepio. Odiava a ruiva.

— Eu...prefiro não irritar ela. — diz.

— Tá com medo de uma mulher? — ele segura a risada. 

— Não….mais ou menos, dá pra trocar o assunto? Só não bato em mulher e pronto. — mente. 

— Sei, não foi o que disse quando treinou comigo. — Marília andava pelo quartel, acabando por ouvir a conversa — Do jeito que evita ela ainda casa com a mesma. — brinca, ainda com o ar calmo.

Liankata pragueja algo, saindo odioso. Os dois tinham tocado num assunto que conseguia o incomodar, jamais admitiria o medo de Meladriel. 

— Brigou com alguém de novo? — Meladriel o encara. 

Ele fica pálido.

— Briguei não. — some, deixando ela confusa, mas interessada em perturbar mais.



— E então? Aceita o serviço? — alguém com capuz perguntava. 

— Estará morta ao amanhecer do baile. — diz o homem, sumindo nas sombras.




Notas Finais


◆Irá convidar um par para o baile? Quem? E quem quer que convide você? (Se resolvam nos comentários)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...