História A Guerra Mágica - Capítulo 18


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Kitsune, Magia
Visualizações 13
Palavras 1.651
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Magia, Romance e Novela, Violência
Avisos: Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


OI GENTEH!! Mais um cap pro cs :3 espero que gostem!! ^^

Capítulo 18 - Uma tempestade de sentimentos


Eu já estava no campo a espera de Iza. Ela estava demorando, será que eu havia chegado cedo de mais ? Ou ela que estava atrasada?

Quando estava prestes a voltar pra casa, vi duas estrelas caindo do céu.

-Ela.... tá caindo de novo ?

☆Yako: Só pode ser retardada.☆

Uma das estrelas estava mais próxima e logo pude ver Angélica.

Ela pousou ao meu lado de braços abertos para pegar a segunda estrela. Deve ser Iza.

-Oi Angel.- Cumprimentei, rindo.

-Eeeehhhh!!!- Iza gritava animada, enquanto caía. Ela carregava algo em seus braços.

-Oie.- Angel finalmente, me cumprimentou, sorrindo.

Logo Iza caiu no colo de Angel rindo e pedindo para pular do céu de novo.

Angel pôs Iza no chão e ela me cumprimentou, sorrindo.

-Oie!!.- Disse Iza botando a pessoa que abraçava no chão. Meus olhos se arregalaram e minha vontade era sair correndo dali.- Essa não é sua irmã?- Perguntou sorrindo.

Charlie olhou pra mim e logo seu rosto tomou uma expressão de incredulidade.

-O-o que... ela faz aqui ?- Perguntei assustada.

-Achei que gostaria de ver ela.- Explicou Iza, ainda abraçando Charlie, enquanto não tirava o sorriso do rosto.

-...... Voltou a falar com Anjos?.... vai joga-las no inferno também?- Charlie perguntou visivelmente magoada.

-N-não... e-eu não queria.... Você não me deu escolha... Não jogue a culpa em mim!- Pedi.

-Eu não gosto do inferno.....- Disse Iza com medo em sua voz, enquanto apertava Lie.

-Você não vai pra lá, Iza.- Afirmei.

-Promete ?- Perguntou ainda assustada.

-Eu prometo, nada de ruim vai acontecer com você.- Reafirmei passando confiança.

Iza sorriu com seu jeito infantil e inocente.

-Iza...- Chamou Angélica.- E-eu tenho que ir. Prometo que volto no final da tarde, me encontre aqui Ok?

-Claro.- Respondeu Iza.

Angélica beijou sua testa.- Te amo, querida.- E saiu voando.

-Também te amo, mãe!!- Acenou para Angel.

Charlie me olhava com raiva contida.

-Iza, que tal sairmos daqui ?- Charlie Sugeriu.

Iza brincava com as orelhas de Charlie, de forma curiosa e logo passava a Acaricia-las. Charlie mexia as orelhas, a fim de afastar as mãos de Iza.- Vamos pra onde ?.- Perguntou a “Criança grande”.

-Pra longe dela.- Lie apontou para mim.

-Da Hinami ?.- Iza perguntou, confusa, enquanto tentava pegar as orelhas de Lie que se mexiam e evitavam seus toques.

-Precisamente.- Afirmou.

-Não pode afasta-la de mim.- Briguei.

-Não só posso como vou.- Impôs, mas Iza quebrou totalmente sua postura de “durona” ao desistir das orelhas de lie e abraçar sua cauda.

-Fofinha.- Atestou Iza, abraçando a cauda de Lie, sentada no chão.

-Vamos Iza temos que ficar longe dela. Ela é um ser ruim.- Disse Charlie.

☆Yako: Ela esqueceu de contar a parte que ela tentou te matar antes, né?☆

-Por que?- Perguntou Iza.

-Porque ela é má, vamos logo.- E saiu andando.

Iza soltou sua cauda e cruzou os braços, fazendo biquinho.

-Iza vem, vamos logo.- Chamou mais uma vez.

-E-eu... Não quero!- Respondeu com voz de choro.

-Ela não quer ir.- Fiz uma falsa cara triste e fui até o lado de Iza.- Vai obriga-la ?- Perguntei provocando, Charlie.

Charlie bufou e revirou os olhos.- Se nós não vamos, você vai.- Respondeu se aproximando de mim.

O sorriso presunçoso logo saiu de meu rosto.- É o que ?...

Charlie me pegou pela gola da blusa e foi me arrastando pra ponta do penhasco.

-Ou! Ou! Ou! Ou! Me solta!!.- Pedi, já estávamos na ponta do penhasco ela estava em terra e eu não teria onde pisar se ela me soltasse.

-Uma péssima escolha de palavras.- Avisou pronta pra me soltar.

Olhei para Iza e via lágrimas escorrendo.

-Não....- Disse a “Criança” baixinho. Logo ela começou a chorar de verdade, aquele choro que dói na alma.- Não!!.

Charlie olhou para Iza.- Por que se importa com essa coisa ?- Perguntou com pura amargura e ódio em sua voz.

-Minha a-amiga não é uma co-coisa!!- Iza gritou batendo as mãos no chão, causando tremores.

O tempo começou a fechar com grandes nuvens negras de chuva, carregadas de raiva.

O tempo piorava cada vez mais, conforme o choro da Iza.

Charlie olhou em volta e raciocinou. Ela revirou os olhos e me jogou no chão, ao seu lado.- Ela está bem, viu ? Pode parar de chorar...

Me sentei no chão, limpando a terra e um pouco de sangue do meu rosto. Graças ao impacto com o chão, agora tinha pequenos arranhões pelo meu rosto.

Iza não parava de chorar por nada. Começou a chover. Gotas de água como adagas caídas do céu, raios e trovões indicando que só vai piorar.

Charlie correu até Iza e a abraçou, enquanto fazia carinho.- Está tudo bem, Ok ? Já passou, ela está bem.

Iza Retribuiu o abraço de Charlie, quase a esmagando de tão apertado. Suas lágrimas ainda escorriam, enquanto ela me olhava com medo e tristeza, uma mistura de sentimentos que fazia o tempo piorar mais ainda.

Me aproximei da Iza.- Calma, Está tudo bem.- pus a mão no ombro dela.

Iza acabou me puxando pro abraço também.

O tempo passou, e ela finalmente se acalmou, fazendo tudo voltar ao normal.

Era a cena mais normal possível. Três garotas, encharcadas, no meio de um campo.

-De-desculpa.- Pediu Iza, em meio a algumas fungadas e soluços.

-Tá tudo bem.- Dissemos eu e minha irmã ao mesmo tempo.

Iza nos soltou e logo eu e Lie nos entre olhamos. Em meio a seus olhos azuis pude ver Ódio e Mágoa. O máximo que ela poderia ver em meus olhos prateados era Arrependimento.

Iza, numa tentativa de se esconder pelo que fez, se encolheu abraçando joelhos. Sua asa morta se envolveu ao seu redor, algumas penas caindo por conta da água, tornando bem exposto os ferimentos que teve em sua asa, cortes, queimaduras, cicatrizes, entre milhares de ferimentos espalhados.

-Iza, não fica assim.- Pedi de forma acolhedora, sorrindo.

-Não foi sua culpa.- Charlie me ajudou, também sorrindo.

-E-eu sou um anjo ruim.

-Claro que não, você é boa, é um ótimo anjo.- Retrucou minha irmã.

Iza fechou sua asa deformada com uma visível dificuldade.

-Ahm.... er.... que tal ir conhecer os humanos ?- Sugeri meio incerta se ela aceitaria.

Mas em segundos ela levantou a cabeça e sorriu animada.- Humanos ?- Perguntou com um grande sorriso.

-Não!! Tá maluca ?!- Charlie me deu um soco no ombro.- É perigoso!

Iza deu um soco no ar, aparentemente tentando imitar Charlie.

Lie deu um sorriso suspeito e virou Iza para mim, e em seguida deu outro soco no meu ombro.

Iza novamente a copiou e deu um soco no meu ombro. Eu quase morri do coração achando que seria o soco mais poderoso do mundo, mas foi bem fraco.

-Ah..... achei que seria mais forte.- Charlie lamentou.

-Trouxa.- Ri de minha irmã e logo recebi um soco muito Mais forte do que antes. Muito mais forte MESMO.

-Forte.- Ouvi Iza dizer de forma inocente antes de voar longe em direção a floresta e dar de cara numa árvore.

☆Yako: Na mosca.- Yako ria de mim.☆

☆Zenko: Tudo bem Hina?- Perguntou preocupada.☆

☆..... Tô ótima....☆

-Muita bem Iza. Se vir uma criatura ruim como a Hinami, é exatamente o que tem que fazer.- Escutei minha irmã explicar.

-Ruim.- ouvi a voizinha de Iza e logo alguns passos em minha direção.

Eu estava jogada no chão, depois dessa bela porrada.

Iza me levantou.- Iza sente muito.- Disse com lágrimas em seus olhos.

Cuspi um dente e em seguida limpei o sangue que escorria de meu nariz.

A menina me abraçou e logo senti pequenas lágrimas caindo em meu rosto. Tais lágrimas curavam meus ferimentos de forma instantânea.- Iza ruim...

-Não, não, não.- A contrariei. Charlie apenas observava, atenta.- Iza é boa, foi apenas uma brincadeira, não é?- Sorri, sentindo o dente que caiu, se regenerar aos poucos.

-... brin..brincadei-deira...- Iza tentava pronunciar a palavra e parecia não saber seu significado.

-Sim, você fez sem querer, não queria me machucar.- Expliquei.

-Brincadeira.- Ela repetiu sorrindo.- Hinami?.- Me chamou.

-Sim?- Sorri.

-Iza quer ver humanos.- Explicou.

Charlie veio até nós.- Iza, não podemos, é perigoso.

-Você disse que a Hinami era ruim....ela não é ruim, ela é minha amiga.- Iza desmentiu.- Você mentiu... está mentindo sobre lá Também?...

☆Yako: Olha a treta.- Disse enquanto comia pipoca.☆

☆Zenko: Pobrezinhas, brigas são ruins.- Disse a pequena, com a voz chorosa.☆

Charlie olhou para mim e eu tinha meu típico sorriso debochado.

-..... Olha Iza, você não a conhece como eu conheço, ela é má e só liga pra ela mesma! Quando desci dos céus pela primeira vez ela também foi boa comigo e depois me traiu!

-Eu te traí?! Você tentou me matar!

-E você se lembra porque estávamos naquela briga?

Fiquei calada e desviei o olhar.

Iza me soltou. Olhei pra ela e vi medo.

-Iza eu não sou mais daquele jeito, eu mudei, não vou te machucar.... Você....Você mesma disse que todos merecem uma segunda chance...

-... promete não me ma-machucar?- Perguntou a menina.

-Prome....

Charlie me cortou.

-Se eu fosse você não confiaria nela.

Iza tinha uma feição confusa. Ela estava entre eu e Charlie, tentando decidir em quem confiar.

Olhou para Lie, e depois para Mim. ficou nos entre olhando trocando olhares entre nós duas procurando alguma que lhe trouxesse a confiança que procurava- ... E-eu...

Pus minhas orelhas pra baixo.- .... Não.... eramos amigas ?

-Somos amigas.- Ela afirmou.

-Se fez o que fez com sua irmã, imagina com uma “amiga” ....

-Você não me deu escolha...... ou eu morria ou você morria..

Iza continuava confusa.- ... hum... .- soltou um gemido triste como de cachorro, procurando uma luz de confiança mas não encontra nada.- O-o que você fez?...

E ela fez. Fez a pergunta que eu mais temia responder.

Engoli em seco e cortei nosso contato visual, desviando o olhar.

Charlie tinha um sorriso convencido em seu rosto.- Conte a ela. Conte o que fez.


Notas Finais


E então? O que acharam? :3
Sim, eu sou má :v fiquem aí nesse suspense
Até o próximo cap ^^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...