História A Lie - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias 1PUNCH, Wanna One
Personagens Daehwi, Punch (Samuel)
Tags Daehwi, Damuel, Era Para Ser Uma Xiuho, Experiencia Própria, Produce 101, Samhwi, Samhwi Never Dies, Samuel, Tá Doendo
Visualizações 21
Palavras 595
Terminada Sim
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Crossover, Drabble, Drama (Tragédia), Slash
Avisos: Homossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Eu só queria dizer que tá doendo, e que eu vou ficar ouvindo a noite toda A Lie e All Alone do Day6, porque A Lie define tudo, e All Alone é bem como eu fiquei me sentindo agora.

É bem pessoal tudo que eu escrevi, e eu só não coloquei no outro couple, para não ficar tão escancarado, por mais que eu queira que a pessoa leia. E se eu mudei para o feminino sem querer, me desculpa, eu não consegui reler sem chorar.

Eu tô tipo o Muel na capa, só segurando o choro -qqq

Capítulo 1 - Era uma mentira, eu ainda lhe queria aqui.


Eu queria poder dizer para você esquecer, para nós voltarmos no tempo, e eu fazer algo diferente, nem que fosse mudar toda a nossa história, ou simplesmente lhe fazer nunca ter me conhecido.

 

Eu não sei como tudo chegou a esse nível, eu nem sequer sei me expressar quando o assunto é você, não sei o que estou tentando fazer enquanto escrevo essas palavras, e molho essas folhas com minhas lágrimas.

 

Mas acho que eu estava esperando isso, eu quebrar a cara um pouco mais, eu lembrar um pouco mais de você, eu ouvir de novo aquela música, e tudo desmoronar em forma de lágrimas.

 

Não me culpe por estar tentando seguir em frente, eu prometi para mim mesmo nunca morrer por causa de um amor, e eu só estou fazendo aquilo que acho que você gostaria; que eu ficasse bem.

 

Eu sei que você acha que tudo foi apenas um mero agrado meu, que tudo sempre era sobre mim, mas você sabia, a gente já tinha um fim. Desculpa não te segurar um pouco mais, eu não tinha forças para levar algo para frente, eu não queria te machucar, eu não queria me machucar, a rachadura entre nós surgiu, e eu tive que aceitar.

 

Eu tentei fazer isso para o seu bem, eu tentei lhe deixar ir, porque você estava ficando cada vez mais doente, ou era isso que você mostrava para mim, e imaginar a visão de você sofrendo nunca foi um objetivo meu.

 

Eu sei, não parece, mas eu te amei. Amei tudo que a gente criou, e não foi por mero capricho, você sabe, eu pedi, eu pedi para criarmos aquele mini universo.

 

Odeio não ter te deixado ir, mas você tem que saber, quando eu disse para você ir; era uma mentira, era uma grande mentira, eu queria dizer para você ficar e não desistir, mas seria tão egoísta da minha parte. Eu sei que você não queria mais, não acreditava mais, na verdade, não sei, presumo, igual faço com tudo que você está envolvido, peço que faça o mesmo quando o assunto for sobre mim, presuma, não afirme.

 

Não consigo lembrar de certas coisas, porque elas me lembram você, e eu não estou pronto, eu não estou pronto para lembrar de você. Não ache que eu guarde ódio, muito pelo contrário, eu guardo saudades, muitas saudades.

Eu te deixei ir, e não tem mais volta, então eu peço que você seja feliz, não sei pelo o que está passando, mas eu quero que sorria, como um último pedido meu; sorria e ria, bem alto, e lembre que sua risada é linda, e quando você sorri, as coisas podem melhorar.

Eu sei, pareço muito miserável agora, não é? Por lhe dizer todas essas coisas, mas não ir atrás de você, mas eu prometi para mim que deixaria você ir, acredite, é para o seu bem, garoto, você sabe, não poderíamos deixar as coisas irem além, iria deixar tudo isso acontecer até aonde? Até nós odiarmos? Porque eu não conseguiria te odiar, nem no meu pior pesadelo.

 

Mas agora você sabe, eu só estou tentando seguir em frente, porque seguir com você não é uma opção, eu me viro para todas as suas memórias e começo mais um dia, como se nada estivesse errado, como se a sua falta não me afetasse.

Tento lhe esquecer, porque acredito que não tenho maturidade o suficiente para lembrar de você sem meu peito doer.

Mas saiba, eu te amei… E era uma mentira quando eu disse para você desistir de tudo de uma vez.


Notas Finais


Queria me desculpar com quem está ao meu lado, mas parece que eu simplesmente não dou valor, eu só sou meio instável.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...