História A maldição do amor - Capítulo 19


Escrita por: ~

Postado
Categorias A Bela e a Fera
Tags A Fera, Bela, Yaoi
Visualizações 19
Palavras 724
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Suspense, Violência, Yaoi
Avisos: Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Tenham uma boa leitura

Capítulo 19 - Caixinha de música


Fanfic / Fanfiction A maldição do amor - Capítulo 19 - Caixinha de música

Utsu acordou no dia seguinte desanimado, se levantou e tomou um banho bem demorado e depois se vestiu com o seu tipico casaco azul , bermuda marrom, meias 3/4 brancas e tênis pretos, ele desceu as escadas e encontrou seus pais tomando café da manhã, ele se aproximou dos dois calmamente e os cumprimentou.

- Bom dia mãe bom dia pai - falou dando um fraco sorriso

- Bom dia meu filho - falaram os dois ao mesmo tempo fazendo o menino rir

O café da manhã estava como de costume, sua mãe tinha feito panquecas de amora e um simples suco de laranja, assim que seu pai terminou o café se despediu dos dois e foi trabalha, a mãe do menino se sentou na cadeira a frente dele e ficou olhando para o seu filho com um olhar de curiosidade.

- O que foi mãe ? -perguntou comedo um pedaço de panqueca 

- Nada não só estou te achando meio distraído - falou bebendo um pouco de café 

- Distraído? como assim - perguntou confuso 

- Bom você não está sorrindo muita e também anda bem pensativo 

- Ata 

- Sera que você ...

- Que eu ?

- Que o meu garotinho está apaixonado ? - falou dando um sorriso discreto 

- C-claro que não estou - falou com o rosto todo corado , isso só fez a mulher dar um grande sorriso - e-eu já vou - falou se levantando e pegando a sua bolsa de lado rapidamente w indo em direção a porta - Tchau! - falou já abrindo a porta

- Tchau! - falou a mulher da cozinha

Ele saiu e pegou sua bicicleta e foi para o trabalho, pensando no que a sua mãe tinha falado, depois de uns quinze minutos Utsu chegou em frente a loja já aberta e entrou já esperando, ser ''esmurrando'' por várias perguntas que a Merlim iria fazer, ele deixou a sua bolsa de baixo do balcão do caixa e encontrou a mulher sentada, em uma cadeira de madeira em frente a vitrine da loja ,enquanto bebia um pouco de café, a mulher só olhou para ele e depois apontou para uma cadeira que tinha em sua frente. Utsu se sentou e contou tudo o que aconteceu durante a madrugada.

- Então quer dizer que o príncipe amaldiçoado existe! - falou dando um enorme sorriso 

- É - falou dando um grande suspiro 

Merlim olhou para o menino e deu um enorme sorriso malicioso 

- Será que você não está apaixonado por ele ?- falou ainda dando o mesmo sorriso 

Utsu apenas virou o rosto que tinha ficado todo corado, a mulher começou a rir sem parar por causa da expressão do menino depois de ficarem conversando por um tempo os dois foram trabalhar, Merlim foi para o caixa e Utsu foi arrumar uma prateleira. Enquanto limpava o menino se deparou com uma linda caixa de música de madeira com desenhos de rosas na tampa, na mesma hora ele se lembrou da rosa que tinha visto no castelo da fera, isso fez ele sentir muita saudades de lá, ele pegou a caixa e foi até a Merlim que fazia a embalagem de um presente.

- Senhorita Merlim quanto que é essa caixinha de música ?

- Ela é mais ou menos vinte reais porque ? - falou enquanto embalava para presente um porta joias antigo 

- É que eu vou levar - falou sorrindo 

- Posso ver a caixa - disse deixando o trabalho de lado

- Claro - o menino a colocou em cima do balcão e Merlim ficou vendo a caixa 

- Já sei porque você gostou dessa caixinha de música - falou com um sorriso travesso 

- S-sabe? - falou ficando um pouco corado 

- Sim porque ela te fez lembrar dele- disse dando risada 

- C-claro que não ! - respondeu com o rosto completamente corado 

Utsu comprou a caixinha de música e quando deu o horário de ir embora se despediu da senhorita Merlim e foi direto para a sua casa, chegando lá não tinha ninguém pois seus pais ainda estavam no trabalho, então foi direto para o quarto e colocou a caixinha em cima da escrivaninha de seu quarto e ela começou a tocar sozinha uma bela canção que fez o menino cair em um sono profundo...


Notas Finais


Espero que tenham gostado


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...