História A noiva incomum - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Diabolik Lovers
Personagens Ayato Sakamaki, Azusa Mukami, Carla Tsukinami, Kanato Sakamaki, Kou Mukami, Laito Sakamaki, Personagens Originais, Reiji Sakamaki, Richter, Ruki Mukami, Seiji Komori, Shin Tsukinami, Shu Sakamaki, Subaru Sakamaki, Tougo Sakamaki "Karlheinz", Yui Komori, Yuma Mukami
Tags Atitude, Girlpower, Romance
Visualizações 55
Palavras 1.158
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Ecchi, Famí­lia, Fantasia, Harem, Hentai, Romance e Novela, Sobrenatural, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Vamos focar em Laito Sakamaki 😉

Capítulo 6 - Garoto indecente


Fanfic / Fanfiction A noiva incomum - Capítulo 6 - Garoto indecente

Laito - você não me escapa bicht-chan two 

Evelin - veremos - sorri desafiadora 

Laito segurou a minha cintura e mordeu o meu onbro, depois de um minuto ele afasta suas presas 

Laito - seu sangue é muito bom, talvez seja até melhor que o sangue da yuie 

Evelin - já me disseram isso 

Laito - você vai ser minha bicht-chan two 

Evelin - pera ai, você não ta pensando em me marcar não é? 

Laito - estou porque? 

Evelin - porque ja fizeram isso 

Retirei o curativo do meu pescoço e mostrei a ferida para Laito 

Laito - que pena o Shuu chegou primeiro 

Evelin - é agora você pode me largar? 

Laito me soutou, deixei a toalha de lado e fui até o banheiro e me vesti 

Quando voltei ele estava de baixo das cobertas 

Evelin - *suspiro* eu mereso 

Me deitei do lado do Laito qua me abraçou 

Evelin - eu juro que se você tentar alguma coisa eu te mato - disse séria 

Laito - que agressividade bicht-chan two 

Depois disso eu adormeci 

~NO DIA SEGUINTE~

acordei cedo, aparentemente eu nem estava com tanto sono, olhei em volta do quarto ainda com a cabeça deitada no travesseiro não sei o porque mais eu quis olhar para baixo e ai meu Deus o Laito....

Esta dormindo com as duas mãos nós meus ceios abraçado comigo! Ah! Seu! Tarado, mulherengo, ridículo, duas caras!

*Paft!*

Laito - Ai, mais oque é isso - acordou surpreso 

Evelin - EU DISSE QUE SE VOCÊ TENTASE ALGUMA COISA EU TE MATARIA - disse cheia de raiva 

Laito - mais eu não fiz nada! 

Evelin - sai daqui seu aproveitador!

Começei a tacar as almofadas encima de Laito que estava agachado indo em direção a porta 

Evelin - NUNCA MAIS ENTRE NO MEU QUARTO DE NOVO! 

Taquei uma última almofada mas Laito fechou a porta no último estante 

Evelin - tarado ridículo!

~AYATO ON~

Eu e os outros estávamos na sala de estar quando escutamos a voz da cabeça com molas gritando 

Evelin - EU DISSE QUE SE VOCÊ TENTASE ALGUMA COISA EU TE MATARIA! 

Ayato - hum, parece que o Laito está aprontando de novo 

Kanato - *suspiro* ele nunca aprende, não é teddy?

Subaru - tsc ele me irrita! - disse aborrecido 

Evelin - NUNCA MAIS ENTRE NO MEU QUARTO DE NOVO! 

Laito aparece no alto das escadas 

Laito - nossa como ela é difícil só me estimula mais 

Ayato - tsc... baka!

~AYATO OFF~

Evelin - idiota, idiota, idiota!

Evelin - como eu fui burra de deixar ele durmir aqui ontem 

Lembrei do Laito me abraçando ontem, nem parecia a peste pervertida que é 

*sorri*

Evelin - para Evelin!, ai no que eu to pensando 

Sacanagem eu vo gostar logo do mulherengo? 

*suspiro*

Entre seis irmãos eu escolho logo o mais mulherengo, pervertido, sadista e imoral aiai meu cupido sempre foi gari 

Evelin - hahaha 

Mais ele tem outro lado também ele foi bem fofo depois que eu enganei ele, mais é melhor eu não botar muita fé. Ah deicha pra lá

*toc toc* 

Alguém bateu na porta 

Evelin - pode entrar 

Yuie - ohayo Eve-chan 

Evelin - ohayo Yuie-chan 

Yuie - o Reiji pediu para cozinharmos hoje

Fiz uma cara feia, Yuie ficou confusa 

Evelin - eu não sei cozinhar 

Yuie deu um sorriso gentil 

Yuie - você tem sorte Eve-chan porque eu sei que muito bem 

Evelin - que bom eu ja estava pensando que estava ferrada hoje 

Yuie e eu fomos até a cozinha e preparamos o café da manhã, era uma comida bem esquesita depois disso comemos e eu fui para o meu quarto e fiquei entediada 

Evelin - talvez o Reiji possa me emprestar um livro 

Me levantarei e fui procurar o escritório do Reiji, depois de alguns minutos perambulando eu achei 

*toc toc* 

Dei duas batidas na porta 

Reiji - pode entrar 

Entrei, nossa aqui é tão grande 

Reiji - oque quer? 

Evelin - queria saber se poderia me emprestar um livro 

Reiji - eu não tenho nenhum romance bobo se quer saber 

Evelin - romance não, romance é meloso de mais, eu gosto mais de aventura 

Reiji - fique a vontade para procurar 

Ele estendeu a mão para uma prateleira enorme ai fiquei até com brilho nos olhos 

Depois de procurar um pouco eu achei um livro chamado "viagem ao outro mundo" parece ser bem interessante 

Evelin - vou pegar esse aqui 

Virei as costas para ir em bora 

Reiji - vai sair assim sem mais nem menos? 

Me virei de volta para olhar o mesmo 

Evelin - ah, me desculpe, toma 

Estendi o pulso para Reiji que me olhou surpreso mais se recompôs e bebeu o sangue do mesmo 

Depois de uns dois minutos ele largou o meu polso 

Evelin - obrigada pelo livro - disse com um sorriso genil 

Reiji - de nada - disse sério 

Sai do escritório de Reiji e fui para o meu quarto para ler o livro 

Me deitei no meio da cama recostada na cabeceira e comecei a ler, a história do protagonista é bem parecida com a minha, ele também viaja para um outro mundo do nada sem nem saber como ou porque 

As vezes eu esqueço que essa não é a minha realidade 

Sinto o colchão afundar intão abaixo o livro e vejo Laito engatinhando em minha direção 

Evelin - eu não te disse para não vir mais aqui? 

Laito - eu estou entediado bicht-chan two, e você não manda em mim 

Evelin - *suspiro* deita ai e não me perturba porque eu to lendo 

Laito - uhum 

Laito Tirou o seu chapéu  se deitou em cima da minha barriga, voltei a ler o livro realmente era bem interessante, tanto que eu li umas 15 páginas, depois eu desviei o olhar do livro e olhei para Laito ele dormia serenamente 

Evelin - *sorriso* ( nem parece a peste pervertida que é )

Laito - sei que sou bonito mais se continuar encarando vai fazer furos - disse abrindo os olhos e me olhando com um sorriso 

Evelin - a-ah, você tava acordado - disse sem graça 

Laito - eu estava durmindo mais senti você me olhando

Laito levantou a cabeça para me olhar, sem graça coloquei o livro na frente do rosto 

Evelin - sei que sou bonita mais se continuar encarando vai fazer furos - disse brincalhona 

Abaixei o livro para olhar seu rosto, Laito ficou vermelho, wow que fofo 

Laito - humf... convencida - disse virando o rosto para outro lado envergonhado 

As vezes ele é tão fofo que parece até miragem 

Laito voltou a olhar o meu rosto mais dessa vez parece que ele voltou ao normal porque ele está com aquele olhar pervertido de novo 

Laito - que tal nos divertimos um pouco bicht-chan two? - disse aproximando seu rosto do meu 

Evelin - E-e...

Meu Deus!, oque ta acontecendo comigo as palavras simplesmente não saem 

Eu demorei demais para falar e Laito me beijou, meu Deus o meu coração vai explodir!

Porque ele faz isso comigo?









Notas Finais


Mais um mine infarto pra quem chippa 😋


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...