História A Nossa Historia VMin - Capítulo 14


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jimin, V
Tags Bangtan Boys
Visualizações 53
Palavras 711
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 10 ANOS
Gêneros: Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Gravidez Masculina (MPreg)
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


LEIAM AS NOTAS FINAIS
.
.
Bigada

Capítulo 14 - XIV


Fanfic / Fanfiction A Nossa Historia VMin - Capítulo 14 - XIV

PV JUNGKOOK

Estava indo para casa depois de passar no mercado pra comprar algo pra comer, e já estava tarde, mas como nunca aconteceu nada comigo nem me preocupei, mas quando passo por um carro preto assim como os vidros, sinto alguém me observar, então caminho mais rápido devido ao mau pressentimento, sinto ser seguido ate a esquina da minha casa e quando fui virar a mesma, os dois homens que me seguiram desde o mercado ate a esquina de casa me seguraram, me vendaram e taparam minha boca me jogando dentro do que eu acredito ser um carro que corre em alta velocidade. Estou com medo, faço tentativas inúteis de me soltar e de gritar, mas meus gritos não saiam som eu chorava a venda que cobria meus olhos já estava molhada com minhas lagrimas, o que vao fazer comigo? O que eu fiz pra merecer isso? Primeiro o Jimin e o Tae e agora isso, minha vida ta um inferno.  

So quero um abraço confortável, quero alguém para amar, será? Será Que essa é minha punição?

Continuo chorando desesperadamente, ate que alguém grita, mandando parar.

Xxx olha só JungKook todos te tratam como um “bebezinho” por ser o mais novo, mas você já parou para pensar que talvez te chamem assim por você ser um bebe, por exemplo você esta chorando igual um bebe , e você não sabe como eu odeio bebes chorando ou miando perto de mim- ele fala com voz demoníaca essa ultima frase, que foi o suficiente para fazer eu ficar em choque. O carro para e me tiram de dentro do mesmo, estava com medo, me jogaram numa cadeira me amarrando com correntes de ferro, minhas mãos suavam mais que um porco, meu coração estava disparado não consegui ver nada apenas o preto da venda que cobria meus olhos castanhos, minha boca estava seca, tentava não falar nem fazer qualquer barulho por não saber o que iria acontecer, estava tentando me manter calmo, mas não conseguia, então comecei a pensar naquela voz. Voltei aos tempos de minha infância onde eu brincava com meus amiguinhos na rua ate escurecer, lembrei-me de uma menina, uma psicopata, não consigo me lembrar de seu rosto, mas seu nome era Brenda, meus pensamentos foram interrompidos por aquela psicopata viciada em mim.

BR: Então bebe jungkookie...-ela fala se aproximando de meu corpo preso a cadeira e tirando a venda que cobria minha visão, assim consegui ver, e ela não tinha mudado nada, continuava feia e baixinha .- vamos nos divertir muito aqui, e você finalmente vai entender que você é só meu! Ela fala me olhando com seu olhar psicopata. Eu já tinha visto aquele olhar há teres anos, estava saindo com uma garota de olhos escuros e cabelos ruivos da cor do sol, ela era perfeita, nós estávamos caminhando pela cidade e já era noite, estávamos aproveitando as estrelas e a lua cheia, o céu estava lindo e iluminado, mas quando estávamos virando a esquina um ser baixinho com uma faca na mão voou em direção a menina que comigo estava, ela tirava e enfiava a faca em vários lugares do corpo da ruiva dizendo a seguinte frase “ele é meu!” eu não pensei em mais nada apenas corri para a delegacia de policia e a denunciei.

JK:era pra você estar presa, sua doida!!!-digo alto

BR:ora ora eu tenho meus contatos que me tiraram de lá em menos de dois meses, e é melhor você baixar seu tom de voz, porque se não terei que te castigar kookiezinho.- ela fala colocando uma faca em meu pescoço- sabia que essa foi a mesma faca que eu matei aquela sua amante, ahhh como eu amei a cara de pavor dela quando eu pulei nela, queria voltar a fazer isso...que tal fazer no seu ex-namorado o Jimin, apesar de ele merecer, ele te traiu com um amigo de vocês, certo?

JK: Jimin fez  uma escolha para a vida dele, mas eu não estou nos planos dele.

BR: e você não quer vingança? Não quer que ele pague pelo que fez com você meu príncipe?

JK:NÃO!!

BR:ok ok, se acalme amor. Vamos parar de pensar nisso. Que tal brincarmos um pouco ela fiz posicionando-se em meu colo com a faca no meu pescoço. 


Notas Finais


Foi curto eu sei me perdoem mas é que estou ficando sem ideias por favor me ajudem a nao deixar essa fic morrer vcs podem dar sugestoes do que pode acontecer, espero que tenham gostado bigada por lerem


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...