História A pessoa que eu amo - Capítulo 98


Escrita por: ~

Postado
Categorias Pokémon
Personagens Ash Ketchum, Cynthia, Dawn Hikari, Delia Ketchum, Drew, Gary Carvalho, Iris, May, Paul, Personagens Originais
Tags Ash, Brock, Dawn, Délia, Gate, Ketchum, May, Pão, Pokémon, Romance
Visualizações 53
Palavras 2.872
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Escolar, Esporte, Famí­lia, Festa, Hentai, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Terror e Horror, Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oi pessoal, estou aqui com mais um cap, e é isso mesmo, pois é, parece que no final as coisas vão voltando as origens, ou não :P

Aproveitem

Capítulo 98 - Cantoria



A festa ia rolando, o local estava cheio, havia algumas músicas que eram tocadas, uma atrás da outra.

Ash: Aqui realmente está animado. -De certa forma surpreso-

Yukki: Sim, ei mana, bora dançar?

Yuu: Ok.

Yukki Se levanta e Yuu também, ela pega na mão do irmão e vão para o meio e começam a dança entre eles.

Yukki: Acho que ainda não perdi a forma.

Yuu: Eu espero, pois se pisar no meu pé. -Faz cara ameaçadora-

Yukki: Medo. -Diz em tom de deboche-

Yuu: Idiota, vamos logo. -Faz biquinho-

Yukki: Tá bom irmãzinha. -Ri levemente-

Dawn escuta os dois e brinca.

Dawn: Mas até na hora de dançar, esses dois discutem. -Ri levemente-

Drew: Bom, são irmãos, normal. -Dá um leve sorriso-

May: Bom, eu só espero que vocês fiquem de olho neles, vai que né. -Dá um leve riso-

Dawn: Bom, eu não lembro de ter te chamado no assunto, então né. -Pisca o olho-

Drew: Aí... meu coração, alguém me ajude. -Fingindo passar mal-

Cynthia: Caramba. 

Ash: É, tudo bem Dawn? 

Dawn: Sim Ash, estou muito bem. -Diz irônica-

May: Que má. 

Dawn: Acho que as minhas próximas vítimas serão Drew e a Yuu haha. -Diz em tom de brincadeira-

Drew: Noza Dawn, mas o que fizemos? -Faz cara meio triste-

Dawn: Nada, é vontade mesmo. -Mostra língua-

Cynthia: -Dá uma leve risada

Dawn: Ah, desculpa, o que foi? -Força um sorriso-

Cynthia: Nada, é que a forma que vocês estão me lembra a minha adolescência, ah bons tempos.

May: E você está com quantos anos? -Curiosa-

Cynthia: Tenho 23 anos flor.

May: 23?! -Surpresa- Não sabia que o Paul tinha gosto por mais velhas.

Paul: Por mim tanto faz.

Dawn: Mas então, como está o namoro? O Paul já brincou com você? -Curiosa-

Cynthia: Quase não nos vemos, mas conversamos no pc e de vez em quando jogamos online. -Sorri-

Dawn: Entendo.

Drew: Aliás, eu fui jogar com Paul esses dias, e esse muleke tá viciado hein. -Faz cara de surpreso-

Paul: Só fiz 6 a 1 fora os ameaços. -Faz cara de “Sou fodão

Drew: Teve sorte também. 

Paul: Sem choro por favor, apenas aceite. -Dá uma leve risada

Drew: Ainda vai ter troco Paul, eu te convido a jogar FIFA, quero ver se nele você é bom tão quanto PES. 

Paul: FIFA eu jogo com os pés, mas enfim, eu aceito o desafio.

Paul aperta a mão de Drew, pois o mesmo havia estendido a mão.

Ash: Meio da festa e os dois se desafiando pra uma partida de futebol no videogame, dois viciados mesmo.

Paul: Falou o patinho. -Zomba-

Drew: É Ash, vai jogar sei lá... Barbie, você deve adorar. -Ri

Ash: -Mostra dedo do meio ao Drew- Você deve ter uma coleção de jogos da Barbie né? Você fica falando dessas coisas pra mim, sei não hein. 

Dawn: Nó Drew, te zoou. -Ri-

Drew: Depois nos acertamos. 

Depois de algum tempo, apareceu Paul e Cynthia dançando, Paul até que dançava bem, Yuu dançando com Ash, Drew dançava com uma garota aí na festa, o que fazia Yuu olhar toda hora para ele e fazia Ash dizer.

Ash: Pra que tanta preocupação Yuu. -No meio da dança, forçando um sorriso-

Yuu: Nada, só pra vigiar mesmo. 

Ambos continuam dançando, Yukki se divertia com sua namorada, May que parecia solitária, começou a dançar com uma garota que chamou pra dançar, como ela estava sozinha, então tudo bem. 

Acham que faltou alguém nessa festa? 

Bom, já chegando as 0 horas, começou uma "disputa", para ver quem cantava melhor, um bocado de pessoas se inscreveram na hora, Yukki sabendo que Yuu gostava de cantar em seu quarto, disse.

Yukki: Ei Yuu, por que não canta? -Olhando para ela-

Yuu: Eu? 

Yukki: Sim você. -Sorri-

Yuu: Mas... e se.… não gostarem. -Fica sem jeito

Yukki: Ah, tudo bem, é só não ficar nervosa, pô, você canta todo dia no seu quarto.

Drew: Pera, ela canta? 

Yukki: Sim, você não sabia?

Drew: Não, ela nunca me contou.

Ash: Opa, Yuu cantora? 

May: Acho que vai ser bem legal, vai lá Yuu. 

Dawn: Sim, é normal o nervosismo no início, mas depois você vai se acostumando e quando menos percebe, está cantando em uma linda melodia. 

Paul: Estou curioso. 

Cynthia: Bom, eu sempre quis saber o que os herdeiros de Asuna e Hiroki são capazes de fazer, quem sabe a filha deles não seja uma bela cantora né? 

Cauã: -Aparecendo de repente- Alguém quer se inscrever? 

Yukki: Inscreve ela. -Aponta pra Yuu que estava toda sem jeito-

Cauã: Tem certeza? Você quer Yuu?

Yuu: A-ah? B-bom... -Virando o rosto- S-sim.. -Dizendo bem baixo-

Cauã: Oi, poderia repetir por favor? 

Yuu tinha dificuldade de falar a palavra “sim”, Cauã ia desistindo e saindo quando ela completou a palavra “Sim”, depois ele deu um leve sorriso e disse.

Cauã: Entendo, boa sorte Yuu.

Yuu: O-obrigada. “Droga, e agora? O que vai acontecer? Estou perdida”

Yukki nota o nervosismo de Yuu e diz.

Yukki: Calma Yuu, eu sei que está muito nervosa, mas vai ficar tudo bem ok?

Yuu: V-vocês me forçaram. -Olhando pro lado-

Yukki: Como assim?

Yuu: Com essas suas palavras... me forçaram a dizer sim.

Yukki: Não, a gente só te motivou, você que quis. 

Yuu: Não importa, eu estou certa, e agora...eu não sei o que fazer. -Suspira-

Yukki: Calma, escuta, vai dá tudo certo ok? Confie em si mesma que vai dá tudo certo.

Yuu: Mas... não é a mesma coisa como lá em casa, se eu errar tudo bem, mas nesse caso, e se eu errar? Eu não quero errar. -Olhando para ele

Yukki: Eu sei, mas assim, erros podem acontecer, é normal, é só ter calma ok, não ligue para o que os outros vão falar, apenas concentre em sua música e tudo vai dar certo, é só confiar em si. 

Yuu: Tá. -Escora nele-

Drew: -Coloca uma mão no ombro esquerdo dela- Vai dar tudo certo. -Sorri-

Yuu: -Dá um leve sorriso pro Drew- “Me deixaram mais calma, obrigada” 

No total foram 45 pessoas inscritas, poderiam cantar de 1 a 4 músicas, seja músicas criadas, ou músicas de cantores e cantoras, tanto faz, o que importava era cantar e seja o que Deus quiser. 

As músicas que cantadas eram bem diferenciadas, com vários estilos diferentes, não só como pessoas cantando, como também, músicas tocadas em piano, violino também, e mais alguns outros instrumentos musicais, pessoas dançando, enfim, umas iam bem, outras iam mal, outros +-, tinha pessoas que saíam muito aplaudidas, outras nem tanto, de 37 pessoas, apenas 3 saíram vaiadas, enfim.

Mas, em um momento, estava sendo tocado uma música, o cara estava cantando, a música ia bem de boas, a melodia era uma das melhores, até que, alguém com o nome de Yukki Natsuno hackeou o som e colocou o áudio do Pai de Família... 


        Dá o cu pra mim não é? Ein safado? 
        Eu vou dá o cu pra você vai.
        VOU DEIXAR O OCO NESSE RABO


Após isso, ouviu-se gemidos de um cara dizendo “Ai que delícia, ai que gostoso” e nisso, ouviu-se muitas risadas, o cantor ficou sem graça no começo, mas por causa do áudio acabou rindo também, e isso durou até um pouco depois do áudio acabar, até mesmo o Paul tinha rido, ele acabou não aguentando...

Depois de todo ocorrido, a pessoa voltou a cantar e terminou sendo aplaudida, a 41ª pessoa era quem? 

Yuu Natsuno? NÃO, e sim, Paul Shinji, pois é, ele tinha ido pegar um pedaço de carne na hora da inscrição e acabou se inscrevendo, quando o nome dele foi falando, Ash e os outros ficaram surpresos, Dawn até perguntou. 

Dawn: Desde quando você se inscreveu? -Surpresa-

Paul: Quando eu fui pegar um pedaço de carne. 

Cynthia: Boa sorte mor. -Dá um sorriso pra ele-

Paul: -Retribui com um sorriso de canto- Pode deixar.

Paul foi se aproximando e subindo ao palco, ele viu o piano que estava um pouco ao fundo, pediu para ajudá-lo a arredá-lo para frente, depois disso tudo, ele se sentou no banco, estalou os dedos e começou a tocar, após alguns segundos começou....



        Imagine there's no heaven
        It's easy if you try
        No hell below us
        Above us only sky



        Imagine não haver o paraíso
        É fácil se você tentar
        Nenhum Inferno abaixo de nós
        Acima de nós, só o céu




A música foi sendo tocada de forma muito suave no piano, as pessoas paravam e olhavam e escutavam o piano ser tocado e também, Paul cantando, e chegou ao seu refrão.



        Imagine all the people
        Living for today



        Imagine todas as pessoas
        Vivendo o presente




As pessoas ficaram calmas e de certa forma, a música começou a tocar seus corações, todos começaram a ficar impressionados com a letra da música, claro, quem entendesse em inglês conseguia entender, mas mesmo quem não entendesse inglês, acabava se encantando com a linda música 



        Imagine there's no countries
        It isn't hard to do
        Nothing to kill or die for
        And no religion too

        Imagine all the people
        Living life in Peace

        You may say, I'm a dreamer
        But I'm not the only one
        I hope someday you'll join us
        And the world will be as one
        Imagine no possessions
        I wonder if you can
        No need for greed or hunger
        A Brotherhood of man
        Imagine all the people
        Sharing all the world



        Imagine que não houvesse nenhum país
        Não é difícil imaginar
        Nenhum motivo para matar ou morrer
        E nem religião, também

        Imagine todas as pessoas
        Vivendo a vida em paz
        Você pode dizer que eu sou um sonhador
        Mas eu não sou o único
        Espero que um dia você junte-se a nós
        E o mundo será como um só

        Imagine que não há posses
        Eu me pergunto se você pode
        Sem a necessidade de ganância ou fome
        Uma irmandade dos homens

        Imagine todas as pessoas
        Partilhando todo o mundo




Assim, as pessoas, foram ficando estáticas, apenas observando e escutando e isso fazia com que elas quisessem mais e mais, mas Paul só tinha essa música em sua mente. 



        You may say, I'm a dreamer
        But I'm not the only one
        I hope someday you'll join us
        And the world will live as one



        Você pode dizer que eu sou um sonhador
        Mas eu não sou o único
        Espero que um dia você junte-se a nós
        E o mundo viverá como um só




Paul terminou de cantar e ficou mais alguns segundos tocando no piano e assim, terminando a música, quando terminou, foi muito aplaudido, e a galera pedia por mais músicas, ele disse.

Paul: Obrigado, mas é só isso mesmo. 

Disse friamente, do jeito dele, se levantou da cadeira e foi saindo, chegou até seu grupo com eles sorrindo e aplaudindo ele.

Ash: Impressionante.

Dawn: Nossa, foi fantástico. 

Cynthia: -Dá um selinho nele- Amei. -Dá um leve sorriso e cochicha no ouvido dele- Hoje tem. -Dá um sorriso maldoso

Paul: Sua indecente. -Cochichando no ouvido dela

Paul foi bem elogiado, até May perguntou se ele fazia um curso ou algo assim, ele disse que gosta de tocar e cantar, mas não tem muito interesse em futuramente montar uma banda ou tocar para o mundo ouvir...

Foi mais uma pessoa e chegou a vez de Yuu, ela era a 43ª pessoa e antepenúltima a cantar, ao contrário de Paul, Yuu foi bem insegura por dentro, ela chegou, e foi em busca do violão, ela o pegou e foi se ajeitando, ao ver tantas pessoas, ela começou a ficar com um pouco de receio, por dentro ela estava quase desesperada, mas ao lembrar das palavras de seu irmão, seu namorado e seus amigos, ela começou a tranquilizar aos poucos, ouve um pouco de demora mas nada que fosse exagerado, ela respirou fundo, começou a tocar no violão e alguns segundos depois, foi até o microfone que estava no pedestal e começou a cantar...



        We were lovers for the first time
        Running all the red lights
        The middle finger was our peace sign, yeah
        We were sipping on emotions

        Smoking and inhaling every moment
        It was reckless and we owned it, yeah, yeah




        Nós éramos amantes pela primeira vez
        Ultrapassando todos os sinais vermelhos
        O dedo do meio era o nosso sinal de paz, sim
        Estávamos bebendo emoções
        Fumando e inalando cada momento
        Foi imprudente e nós aproveitamos tudo, sim, sim




Yukki foi entendendo a letra da música, pelo jeito em que era tocada, já dava para saber que tipo de música era. Drew com o pouco do inglês que aprendeu, tentava prestar atenção na música, mas, ele sofria um pouco para traduzia as partes, então, preferiu esquecer isso e aproveitar a música.



        We were high and we were sober
        We were under, we were over
        We were young and now I'm older
        I'd do it all again

        Getting drunk on a train track
        Way back, when we tried our first cigarettes, oh
        Ten dollars was a fat stack
        I'd do it all again, ooh
        Bought my jacket and a snapback
        Your dad's black Honda was a Maybach, oh
        Re: Stacks on the playback
        I'd do it all again, ooh 

        I’d do it all again, ooh

        I’d do it all again

        We were lovers on a wild ride
        Speeding for the finish line
        Come until the end of our time, yeah
        Started off as a wildfire
        Burning down the bridges to our empire
        Our love was something they could admire, yeah, yeah



        Ficávamos chapados e ficávamos sóbrios
        Ficávamos por baixo, ficávamos por cima
        Nós éramos jovens e agora estou mais velha
        Mas eu faria tudo de novo

        Ficar bêbados nos trilhos do trem
        Há muito tempo, quando experimentamos nossos primeiros cigarros, oh
        Dez dólares era bastante dinheiro
        Eu faria tudo de novo, ooh
        Comprei minha jaqueta e meu boné de aba reta
        O Honda preto do seu pai era um Maybach, oh
        Re: Stacks tocando ao fundo
        Eu faria tudo de novo, ooh

        Eu faria tudo de novo, ooh

        Eu faria tudo de novo

        Éramos amantes em um passeio selvagem
        Acelerando até a linha de chegada
        Venha até o final do nosso tempo, sim
        Começou como um incêndio
        Queimando as pontes para o nosso império
        Nosso amor era algo a se admirar, sim, sim




As pessoas escutavam, Yuu não mandava mal, mandava até muito bem para quem no início estava muito nervosa e com muito receio, mas está conseguindo se virar muito bem, talvez o peso por ser um Natsuno não fosse tão grande naquele momento, pois muitos ali sabiam dos dois, Yuu também tinha medo de errar e acabar sendo vaiada, já por exemplo em relação ao Paul, talvez a pressão não fosse muito grande por ser um “desconhecido” digamos assim. Mas Yuu era diferente, como era filha de um de Hiroki e Asuna, uma das pessoas mais consagradas do planeta, então era bem provável que um ou outro iria exigir algo excelente dela, bom, pelo menos é o que dá para pensar, ao menos até o momento, as pessoas estão gostando do que ela está apresentando.



        We were high and we were sober
        We were under, we were over
        We were young and now I'm older
        I'd do it all again

        Getting drunk on a train track
        Way back, when we tried our first cigarettes, oh
        Ten dollars was a fat stack
        I'd do it all again, ooh
        Bought my jacket and a snapback
        Your dad's black Honda was a Maybach, oh
        Re: Stacks on the playback
        I'd do it all again, ooh 

        I’d do it all again, ooh

        I’d do it all again

        I’d do it all again

        I’d do it all again

        I’d do it all again

        I’D DO IT ALL AGAIN!!! 





        I’d do it all again…




        Ficávamos chapados e ficávamos sóbrios
        Ficávamos por baixo, ficávamos por cima
        Nós éramos jovens e agora estou mais velha
        Mas eu faria tudo de novo

        Ficar bêbados nos trilhos do trem
        Há muito tempo, quando experimentamos nossos primeiros cigarros, oh
        Dez dólares era bastante dinheiro
        Eu faria tudo de novo, ooh
        Comprei minha jaqueta e meu boné de aba reta
        O Honda preto do seu pai era um Maybach, oh
        Re: Stacks tocando ao fundo
        Eu faria tudo de novo, ooh

        Eu faria tudo de novo, ooh

        Eu faria tudo de novo

        Eu faria tudo de novo

        Eu faria tudo de novo

        Eu faria tudo de novo

        EU FARIA TUDO DE NOVO!!!





        Eu faria tudo de novo...




Ao terminar a música, ela respirou fundo e se sentiu libertada, finalmente tudo, toda aquela tensão, tudo de ruim que a cercava foi embora, sendo preenchida por alívio e tranquilidade, e também por felicidade ao escutar todos batendo palmas, ela foi mais uma a passar na avaliação do pessoal, por dentro ela ficou muito feliz e isso acabou mudando sua expressão, de receosa e nervosa para feliz e contente, dando até um sorriso para o pessoal, um sorriso bem tímido e ao mesmo tempo, bem fofo, e depois, foi elogiada e abraçada por teu irmão que disse que tudo daria certo e ela concordou, seus amigos, seu namorado e seu irmão a elogiaram, é, parece que temos possíveis duas pessoas desenhando seu futuro, o homem de gelo Paul, e a tímida Yuu.

    -To be continued- 
    


Notas Finais


O que acharam? (To cansado bicho, deu mó trabalho kkkk)

Músicas:
John Lennon - Imagine: https://www.youtube.com/watch?v=YkgkThdzX-8

Tem um cover que eu particularmente gostei muito dessa música, que é essa:
https://www.youtube.com/watch?v=qrpvq6xef2A (Piano Acoustic Cover By: Boyce Avenue) (Ah, eu me baseei nesse cover)

Kygo & Ellie Goulding - First Time: https://www.youtube.com/watch?v=YkgkThdzX-8

Me baseei em outro cover também, dessa vez, da Nightcore:
https://www.youtube.com/watch?v=Fkh8P63iJkc

Até mais


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...