História A prisioneira - Capítulo 29


Escrita por: ~

Postado
Categorias Once Upon a Time
Personagens Emma Swan, Regina Mills (Rainha Malvada)
Tags Drama
Visualizações 123
Palavras 1.554
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Mistério
Avisos: Álcool, Drogas, Incesto, Insinuação de sexo, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Desejo a todos os meu leitores Panda, uma boa leitura.
Contêm cenas de sexo, não recomendado para menores de 18 anos.

Capítulo 29 - Uma segunda Chance


Fanfic / Fanfiction A prisioneira - Capítulo 29 - Uma segunda Chance

- Uma semana havia se passado, Emma ficou na casa de Ruby fazendo companhia para Regina. Nesse tempo, pensou em cada palavra da conversa que teve com a morena, e a frase de Regina “me reconquiste”, não saia da cabeça de  Emma.    – Observou que Regina passava todos os dias trancados dentro do quarto, mal saia no jardim. As vezes pegava a morena olhando pela janela, com um olhar distante e triste.  - Os enjôos de Regina era constantes, a morena mal se alimentava, muitas vezes comia de tanto que Emma falava em sua cabeça.

 - Nesta semana, Emma preparou uma grande surpresa para Regina. Tudo para o final de semana, ligou para Whale e perguntou se a morena poderia viajar, e ficar alguns dias fora. Whale informou como Regina estava de Sete meses, teria que tomar muito cuidado. Nada de esforços, e principalmente sexo violento. O médico é amigo de Emma, conhece muito bem a amiga e sabe  de seus gostos e desejos por sexo ao estilo de BDSM. -  Como era Sábado, Emma resolveu acordar Regina cedo com uma surpresa,  onde preparou uma deliciosa bandeja de café da manhã, com tudo o que a morena gosta. E no centro da bandeja, coloca um girassol a flor que Regina adora.E para ficar mais completa a bandeja, coloca um pequeno ursinho de pelúcia. Depois de tudo preparado, sobe para o quarto de Regina onde encontra a morena deitada na cama dormindo serenamente. - Regina está linda, como uma camisola de sede cinza de alcinha, seus cabelos estão bagunçados e seus lábios um rosado natural, o que ressalta a cicatriz acima dos lábios. – Emma coloca a bandeja no criado mudo, e vai até Regina onde começa a beijar o pescoço da Bela Adormecida. Que acorda sentindo o hálito quente da loira em seu pescoço. Sua reação é falar uma frase, que logo é impedida com um shiiiii. Onde ouve a voz sensual de Emma Swan. - Calma babby!  - Emma sela os lábios com o de Regina, e para apenas em busca de ar para ambos os pulmões.  É um beijo cheio de amor, desejo e saudade, que é correspondido de ambas as parte. Com toda a rapidez e agilidade, Emma desliza sua mão até a intimidade de Regina, e consta que a morena está sem calcinha e toda molhadinha.  Neste momento o rosto de Regina fica vermelho, onde cobre seus olhos com as mãos palmas de sua palma. O que deixa a morena mais sensual.  – Emma começa a fazer movimentos circulares com o dedo no clitóris de Regina, que geme.  Somente de sentir o contato do dedo de Emma com o clitóris inchado de Regina, a morena geme e segura o lençol.   - Emma aproveita que Regina está totalmente entrega ao prazer e ao amor, que abre bem as pernas da morena num ângulo de 90 º graus e começa a passar sua língua, revezando entre chupadas, lambidas e mordidas no clitóris inchado e pulsante  de Regina Mills que geme descontroladamente, sentindo a boca quente e macia de Emma em seu ponto sensível, não demora muito para Regina ter o seu primeiro orgasmo em plena 8 :00 horas da manhã.  - Emma aproveita e passa sua língua por todo o sexo de Regina, limpando com a própria língua, faz tempo que não sente o gosto da mulher que ama.  -  Mal Regina se recupera do primeiro orgasmo, onde seu corpo está tremulo e suado. Sua respiração é acelerado/ofegante. E tem um grande sorriso nos lábios.   - Emma em questão de segundos,  volta a passar sua língua na vagina de Regina que lateja, pode ver como o local está sensível e vermelho. – Como castigo, para de lamber a vagina de Regina, onde recebe um gemido em frustasão e ouve a voz rouca da morena.

 - E-Emma ... Por que parou ?  - Pergunta Regina gaguejando e com a voz ofegante. – Conti ....  – Antes de terminar a frase, Emma penetra um dedo dentro de Regina sentindo a morena se contrair e apertar seu dedo com suas paredes internas. Enquanto um dedo se movimentava dentro de Regina, a outra mão de Emma, percorre os seios da morena, que geme descontroladamente. Depois de brincar dentro de Regina com seu dedo, Emma volta a trabalhar com sua língua na vagina da morena, chupando e mordendo varias vezes. Os gemidos de Regina se espalha por todo o quarto, onde é abafado pelos beijos de Emma. O que Emma queria mesmo é pegar um pulg em formato de pênis e penetrar em Regina até a morena gozar. Ou simplesmente colocar um vibrador elétrico no máximo dento de Regina, e ficar olhando a morena gozar.  - Tem todos os brinquedinhos em sua bolsa,  como pulg,  cinto de couro para pênis,  mascaras de diversos modelos,  chicote com 10 tiras 40 cm vermelho,  chibata Tiazinha preta,  mordaça bola com regulamento,  algemas com tiras de para amarrar com 1 metro,  algema de metal, coleira, calcinha com corrente e argolas de metal, bolinhas Tailandesas, enfeites para seios com correntes e predarias, tapa olho em pelúcia vermelho,  Strap on penetrador com pulg vaginal e vibro ... O seu medo é de machucar seu filho, que está para vir ao mundo.  - Depois que o pequeno nascer, terá a oportunidade de realizar todos os seus desejos sexuais com Regina Mills. 

- Assim que Regina chega ao segundo orgasmo em menos de meia hora, onde está totalmente exausta deitada na enorme cama de casal. Com sua respiração ofegante ,que vai se normalizando lentamente.  - Emma se levanta e vai até  o banheiro enchendo a banheira com uma água bem morninha. Onde volta até o quarto e encontra uma Regina sonolenta na cama. Com todo o cuidado retira a camisola que reveste o corpo da morena e observa como a barriga de Regina está grande. Mesmo com a barriga enorme, parecendo que comeu uma melancia, Regina tem um lindo corpo.  - Emma ajuda a morena a se levantar da cama, seu medo é de pegar Regina no colo e derrubar a esposa grávida no chão.   – Após chegar no banheiro, Regina e Emma entram na banheira. Emma se senta primeiro e Regina se senta no meio de sua pernas, onde recebe o carinho da loira, que brinca com o corpo da morena. Seu maior divertimento é fazer movimentos circulares e puxar o clitóris de Regina, somente para ouvir os gemidos rouco da morena.  – Onde faz massagem nos  dois seios de Regina, e ouve o gemido de prazer e dor. Que Regina solta, seus seios estão doloridos pela gravidez, e Emma os aperta principalmente o biquinho os puxando. Sua vontade é de colocar, um par de prendedores de mamilos com peso. Somente para ouvir e ver a carinha de dor de Regina.  – Ficam na banheira até que Emma, começa a sentir a água fria e seus dedos enrugados. Olha para Regina que tem os olhos fechados, seu rosto está sereno. Com todo o cuidado, começa a beijar o pescoço da morena e ouve sua voz que sai mais para um sussurro.

- S-Swan ... !

- Vamos sair da água Babby? Está ficando gelada, e até agora Você não comeu nada. – Fala Emma se levantando da banheira, onde se enrola em um roupão e entrega outro para Regina. – Após tomar o café, sentadas na cama. Emma olha para Regina, que tem um brilho no olhar e um sorriso no rosto. Faz muito tempo que não vê sua morena tão feliz e sorridente. – Tenho uma surpresa para Você! – Fala Emma olhando para Regina, que arqueia suas sombrancelhas. - Calma! – Preparei uma surpresa para Você, e quero que confie em mim. O que posso dizer, é que passaremos um final de semana somente Eu e Você longe  de todo mundo e de toda a tecnologia. A única coisa que precisa levar são algumas peças de roupas, que nem serão utilizadas. – Fala Emma com um olhar safado, e mordendo os lábios.

- Eu não sei se quero ir Swan!  - Tenho medo que seja como na viajem que fizemos para o Brasil. Estamos voltando a nos conhecer, e tenho medo de brigarmos e acabar com tudo o que estamos construindo. – Estou indisposta, e tudo o que quero é ficar deitada ou dormindo. Essa barriga está grande e pesada. – Fala Regina fazendo um biquinho fofo e encantador.

- O lugar é lindo! Você vai adorar Regina.   Tem bastante árvores, é um local calmo e silencioso. Observei que Você mal sai no quintal, fica o dia todo trancada dentro desse quarto.  Eu quero que se divirta, que saia um pouco desse apartamento. Você precisa respirar, e não ficar trancada.  – Pelo nosso filho, vamos fazer um passeio. Por favor. – Fala Emma olhando para Regina, no fundo está rezando para a morena aceitar o convite.

- Eu não sei se é uma boa idéia Swan!

- Por mim Regina.  Pelo nosso filho. – Me dê uma oportunidade de lhe mostrar que mudei.  Por favor.

- Estou lhe dando mais uma oportunidade das varias que já lhe dei, espero que não me decepcione Emma.

- Eu não farei isso Regina. – Fala Emma, que em um impulso sela seus lábios com o da morena. – Podemos sair agora mesmo, para aproveitar nosso final de semana.  – Em menos de uma hora Regina e Emma, estão com tudo pronto e seguem caminho rumo ao passeio surpresa.

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...