História A psycho love. Jikook. - Capítulo 15


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jimin, Jungkook
Tags Jikook, Kookmin, Medo, Suspense, Terror
Visualizações 75
Palavras 338
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Romance e Novela, Suspense, Terror e Horror
Avisos: Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 15 - 15


* Park jimin * 


Eu acordei e logo levei um susto ao sentir um braço em volta da minha cintura, e susto foi tão grande que eu acabei no chão com a minha bunda doendo.

- Jimin Oque você fez? - Jungkook me olhou confuso e eu o fusilei com os olhos.

- Oque você estava fazendo aí Jungkook? Graças a você minha bunda está doendo. - falei irritado e me levantei do chão.

- Haa Jimminie quando eu deixar a sua bunda doendo você irá gostar muito. - falou malicioso e eu o olhei incrédulo.

- Informação desnecessária cara. - falei enquanto me sentava ao seu lado na cama, por um momento eu havia esquecido de tudo oque ele me fez e resolvi apenas deixar isso de lado, eu não iria conseguir sair dali tão cedo mesmo.

- Mais é verdade... - ele disse brincalhão e em um movimento rápido ele ficou por cima de mim entre as minhas pernas.

- Oque você está fazendo Jeon.... - Antes que eu conseguisse terminar a minha frase ele me beijou... Eu tinha me esquecido disso, esquecido do sentimento de beija-lo.

Eu tentei me soltar mas ele me segurou mais forte, oque me restou foi retribuir enquanto levava minhas mãos a sua nuca puchando seus cabelos levemente.

Enquanto nós beijavamos Jungkook começou a fazer uma leve fricção entre as nossas partes íntimas, comecei a suspirar baixo e parei o beijo e tentei o empurrar.

- Para por favor. - tentei mandar mas saiu como uma súplica enquanto eu tentava o empurrar.

- Parar com oque? - ele perguntou na cara de pau e me deu uma investida forte interpretando uma estocada, na hora eu fechei meus olhos e gemi baixo, instantâneamente empurrei minha cintura pra baixo em busca de mais contato afim de dar um jeito na minha ereção formada por aquele idiota.

Mais antes ele levantou rápido e se virou pra mim.

- Não demore pra descer pro café da manhã amor. - ele disse cínico.

- Filho da puta, vai ter volta. - remunguei e cobri minha cabeça com o travesseiro.


Notas Finais


Oque acharam?? 😊😊😄


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...