História A Rosa Negra - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Dark, Original, Romance, Rosas
Visualizações 11
Palavras 1.058
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Romance e Novela
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Oi gente, espero que gostem desse capítulo. Esse na foto é como imagino o Mike. Boa leitura.

Capítulo 6 - A festa.


Fanfic / Fanfiction A Rosa Negra - Capítulo 6 - A festa.

Allisson


Alicia me acorda com uma ligação: 

- Bom dia meu coração. -Alicia fala e pelo seu tom de voz está bem animada. -Tudo bem? 

- Tirando o fato de você ter me acordado às 8:20hrs da manhã em pleno domingo, está tudo ótimo. -Respondo, ainda bem sonolenta. -Me diz que você tem um bom motivo para me ligar a essa hora. 

- O Brien vai dar uma festa na casa dele hoje. Os pais dele viajou e só voltarão semana que vem. 

- E você quer que eu vá pra essa festa?! 

- Sim! Mas não só eu, o Brien também quer você lá. -Ela para um pouco e continua. -Vamos, vai ser legal. Eu prometo. 

- Ok. -Sento na cama. -Vou pensar e depois lhe falo se vou ou não. 

- Então tá. 

Desligo o celular e continuo sentada na cama, pensando se realmente é uma boa idéia ir a essa festa. Ao mesmo tempo que uma parte de mim fala para eu ir a outra diz que isso vai da ruim. 

Naquele dia minha mãe havia saído de casa cedo para ir visitar a amiga dela, que, recentemente teve um filho. Max estava em casa mas ainda dormindo. Desci para cozinha e alguém tinha deixado um recado na geladeira: 

--- Tem torradas no armário. O creme está próximo à cafeteira. Volto amanhã pela tarde. Bjs. Mamãe. ---

Que bom que minha mãe tinha preparado as torradas, não tava muito afim de faze-las. Tomo meu café com creme, que eu particularmente amo, e vou para a sala, ligo a TV mas não estava passando nada de interesante, apenas alguns noticiários e um programa de culinária.


Mike.


Naquela noite fui dormir mais tarde, mas a minha terrível insónia não me deixou em paz. Pensei muito no convite do Brien, mas, não estava muito afim de sair, meus planos eram de ficar em casa, assistir algum filme, comer várias coisas. Se eu dissesse que não iria a festa Brien não me deixaria em paz, até que eu fosse. Minha relação com ele é como se fosse de irmão, apesar de muitas e muitas brigas que já tivemos nunca paramos de nos falar. Não sei o que eu seria sem ele. 

Vou à Praça Verde fazer minha corrida matinal do domingo, eu amo correr pela manhã, me faz pensar nas coisas que estão acontecendo, me faz relaxar. 

Volto para casa umas 11:00hrs, no caminho passo no mercado e compro algumas coisas para o almoço. Ainda no mercado encontro uma pessoa que eu achei que nunca mais iria ver em minha vida. Carla. Minha ex.


Brien


Bem que eu gostaria de ficar mais tempo na minha cama, quentinha, tão acochegante, mas eu tinha que arrumar as coisas para festa. As bebidas, comida, e algumas outras coisas. 

Não seria tão fácil comprar as bebidas, já que eu não sou de maior, precisava de alguém com 18 anos para comprá-las. Uma festa não é uma festas se não tiver bebida. 

Decido ir a distribuidora mesmo sabendo que eles não me venderiam. 

°°°°°°°°°°°°°°°°°°

- Qual é cara. Me vende. São apenas algumas. -Tento convencer o vendendor, algo que não está dando muito certo. 

- Desculpa, mas eu não posso vender bebida alcoólica para menores. 

- São só 15 caixas. 

- Desculpa, mas não posso. 

Volto para casa depois da tentativa falha. Tento lembrar de alguém que pudesse comprar as malditas bebidas: 

- Lim! -Penso comigo mesmo. 

Ligo para o grandão, pôs esse apelido nele por ele ser bem malhado e ter quase o dobro da minha altura, na verdade quase todo mundo é maior do que eu. Só tenho 1,65 de altura! 

- Eae grandão! 

- Eae. 

- Cara, preciso de um favor teu. 

- Manda. 

- Preciso que tu compre 5 caixas de uísque, 5 de cerveja e 5 de. -Lim me interrompe. 

- Pra quê isso tudo?! 

- Vou dar uma festa hoje, aqui na minha casa. Você está convidado, a festa vai ser às 20:45.

- Ok. Eu compro com meu dinheiro aqui depois voce me devolve. Tchau. 

- Tchau. 

Essa festa promete.


Allisson


Ligo para Alicia e falo que eu iria para a tal festa. Não tinha nada de bom para fazer no domingo à noite. Visto uma calça preta com uma blusa vermelha e o meu Allstar preto. Não me arrumei tanto. Chamei o Max para a festa, ele tava muito afim de ir, já até sei por quais motivos. 

°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°

Cheguei na festa e a mesma estava bem animada. Algumas pessoas estavam do lado de fora da casa, espalhadas no jardim da frente e na varanda. O resto estava dentro da casa: 

- Vocês vieram. -Brien diz ao nos ver entrando na casa. -Vejo que trouxe seu irmão, Lily. Aqui também tem alguns garotos que gostam. -Ele para um pouco. -Bem, de garotos. 

Damos risada. Brien parecia estar um pouco bêbado: 

- Querem bebida? -Ele pergunta, respondo que sim com a cabeça. -Ótimo, me acompanhem. 

Brien nos leva para uma mesa cheia de bebidas. Eu não tenho muita experiência com álcool, então apenas peguei um copo de vodka misturada com um pouco de uísque. Max misturou todas elas, sei que como irmã mais velha eu não deveria deixar ele fazer aquilo, mas, aquele dia era para se divertir. Alicia pegou apenas vodka. 

O tempo foi passando e algumas pessoa já estavam indo embora, mas ainda tinha bastante gente na casa. Mike, eu, Lim, Peter e Alicia estávamos sentados em um sofá na sala, conversando, dando várias gargalhadas e desafiando uns aos outros.

Max, conheceu um garoto na festa e os dois estavam se pegando na outra sala. Ate que fim meu irmãozinho saiu da seca. 

A festa já estava no seu fim, ficou apenas eu, Max e o seu peguete, Brien, Peter, Lim, Mike e Alicia. A casa tinha 5 quartos, então resolvi dormir em um dos quartos. Estava tudo bem até que. Até que o maldito Mike, o do sorriso perfeito, de olhos hipnotizante, me acompanha até o quarto, ele entra junto comigo e senta ao meu lado na cama: 

- Cara essa festa foi muito foda. -Ele fala rindo. 

- Pena que ela chegou ao seu fim. Por mais festas assim. 

Ele toca em minha mão. Olho para seu rosto e ele retribui da mesma forma. Ficamos ali, nos olhando. Mike começa a aproximar seu rosto do meu, devagar, fechamos nossos olhos e nossos lábios se tocaram. 


Notas Finais


Ficaram curiosos?
Sobre a frequência de postagem dos capítulos, eu ainda não tenho uma rotina certa, mas, vou fazer o possível para postar um por dia.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...