História A Thousand years - Capítulo 16


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fairy Tail
Tags Lágrimas, Nalu, Sorrisos, Verdade
Visualizações 162
Palavras 1.487
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Esporte, Famí­lia, Festa, Hentai, Musical (Songfic), Poesias, Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


oi amores obrigado pelos comentários, pelas pessoas que vem comentando, pelas pessoas que leem a fic, favoritam ou me seguem obrigado mesmo

Capítulo 16 - Passeio


Fanfic / Fanfiction A Thousand years - Capítulo 16 - Passeio

     NUMCA CHORE DIANTE  DAS PESSOAS , QUE NÃO ENTENDEM O SIGNIFICADO DE SUAS LÁGRIMAS  PORQUE AMAR E UMA ARTE , MAS NEM TODO MUNDO É ARTISTA. 

                                   RENATO RUSSO                        

LUCY POV 

Bom a conversa com a Levy, foi sobre ela me ajudar com algum biquíni já que eu não queria sair me mostrando então ela me ajudou e eu ajudei ela , ela disse que não dava para esconder as marcas que o Natsu fez em min ela falou que depois somen e são "chupões " então ela passou o pente de leve por cima e as marcas ficaram mas claras  ( autora : de verdade funciona mesmo) então fomos para praia algumas pessoas nos olharam da escola e outras da praia mesmo então eu vi o Natsu com o resto da turma , tinha várias garotas olhando ele e isso me deixou chateado mas eu não liguei. 

Natsu - tá gostosa 

Lucy - Natsu _ esse  Natsu fica falando essas coisas. 

juvia - bom  tenho algo a dizer 

gajell- o que ?

Levy - fala 

erza - anda cassete 

jellal -fala porra 

gray - se vocês deixassem agente falar 

juvia - estamos namorando 

Todos demos parabéns para o novo casal , eles ficam lindos juntos já que estávamos na praia meus cabelos estavam soltos .

Levy - seu cabelo e lindo Lucy, cacheado 

Lucy  - obrigado 

Natsu - lucy não vai passar protetor ?

Levy - vou falar com gajell já volto!

Ela saiu correndo ficando assim só eu eo Natsu, bom o que eu Fasso não quero que ele veja 

Lucy  - já passei 

Natsu - por que tá mentido para mim?

Lucy - não tô não 

Natsu - tá sim , sei quando mente. 

Lucy - não sabe nada _ virei o rosto irritada e com um bico 

Natsu - lucy você disse que eu sou seu porto seguro e não confia em min

Lucy - e que se você  não gostar do que vê?

Natsu - lucy!

Lucy - tá 

Tirei a saída de praia e virei meu braços para ele vê, ele olhou com os olhos arregalados, tinha algumas marcas de queimaduras, cortes e até mesmo de chicotadas mais estavam cicatrizadas só que não gostava que as  pessoas me olhassem com pena então escondia, meu passado não foi fácil e nem divertido 

Natsu - lucy que fez isso?_ ele passou a mão por cima

Lucy - não posso contar 

Natsu - mas Lucy...

Lucy - por favor Natsu! _ ele me abraçou. 

Natsu - quem fez isso com você não vai fazer mais eu prometo pequena ninguém mais vai te machucar 

Lucy - obrigado 

Levy pov 

Estava procurando o Gajell, eu olhei para trás e vi o Jellal na água com a Erza, virei o rotos e continuei andando e vi o Gray correndo atrás da juvia , eles riam enquanto corriam meus olhos estavam enchendo de água já, parei de andar e vi o Natsu sentado ea Lucy entre a suas pernas ele passava protetor nas costas dela e davam risadas juntos, poxa até o Natsu que é um vagabundo tá sendo sensível com a lucy , me senti sozinha então sai correndo e me bati em alguém. 

Levy - descupa 

Gajell - foi mal

Levy - há e você gajell 

Gajell - que dar uma volta 

Levy - sim

Começamos a caminhar pela praia, até ele começar a falar sobre o casamento então eu falei que sabia, mas ele perguntou porque não falei com ele , falei que estava com vergonha de falar 

Gajell - sabe baixinha acho que te amo

Levy - também acho 

Ele sorriu, sorri de volta abraçei ele e nos beijamos agora estava tudo certo todos felizes 

Autora 

Estáva na hora do almoço então os alunos tinham que voltar, para o hotel para comer então todos voltaram e começaram a comer e conversa, mas tinha alguém que estava irritado com Lucy, loke estava ficando possesso com tudo aquilo 

Natsu - então gajell e levy em sabia!

juvia - támbem 

Levy - nos somos os melhores 

Gajell - mas e claro 

gray - bem menos 

erza - menos 

jellal - quase nada 

Lucy - agora tem nalu , gale, gruvia e jerza

Natsu - quem mas quem?

Levy - somos gale Lucy?

Lucy - sim

juvia - somos gruvia Lucy?

Lucy - sim

erza - somos jerza Lucy?

Lucy - sim , e eu eo Natsu nalu

Tidos  - que legal

Anjel - Natsu _ todos olharam para ela tinha sentado na mesa literalmente falando - quer da um mergulho comigo 

Natsu - não, ESTOU COMENDO , e minha namorada e melhor que você para mergulhar 

Anjel - namorada quem?

Natsu - lucy!

Anjel - fala sério Natsu dragneel rico, com a bolsista, que se veste igual a uma freira que...

Natsu - e mais bela que você, se veste melhor, e mais educada, não e puta, não da em cima de ninguém , mais inteligente , mais simpática que a lista completa...

Anjel - não obrigado 

Ela saiu rebolando e todos riram  , não dela sim se Lucy que tava mais vermelha que o camarão que comia 

Natsu - que foi?

Lucy - somos namorados ?

Natsu - sim 

Lucy - mas você nem me pediu ao falou que eu era " sua garota "

juvia - lu esse eu jeito de um bad boy pedir alguém em namoro 

Lucy - eh

Tidos - sim

Natsu - viu bobinha _ mordeu a bochecha dela se leve 

Levy - devia falar com loke

erza - não levy não começa está tudo muito bom 

jellal - verdade, deixa esse assunto para lá 

erza  - vamos ao parque de diversões hoje a noite 

jellal - melhor amanhã como despedida 

Lucy - nunca fui a nenhum parque 

Natsu - sério?

Lucy - no orfanato Lund não podíamos sair 

juvia - você viveu no orfanato de crocus 

Levy - espera você é orfan?

Lucy - sim

jellal - não sabia

Natsu - nehum de nois na verdade 

Lucy - não gosto de falar sobre meu passado 

Todos entenderam e deixaram para lá esse assunto parecia ser delicado para ela. 

Natsu pov 

Talvez as feridas dela tenham haver com seu passado, vou descobri vou saber o que aconteceu com ela é vou protegela custe o que custar. 

Já era noite a Lucy tava tomado banho quando ela saiu usava um pijama que o shorts era verde claro e a blusa de alças finas cinza seu cabelo estava preso mas prefiro ele solto 

Natsu - sem mangas ?

Lucy - você já viu não tenho por que ter medo 

Natsu - vou tomar um banho 

Entrei no banheiro, estava  debaixo da água fria quando pensei na lucy de biquini , e seus pequenos gemidos !

merda!

droga!

porra!

fiquei duro caralho, não acredito tive que me aliviar fazendo meu ato com a mão, vesti uma cueca box preta , uma calça moletom branca .

voltei para o quarto da Lucy estava na cama deitada, me deitei ao seu lado. 

Lucy - Natsu o que é sexo?

Natsu  - como você não sabe ?

Lucy - não sabendo!

Natsu  - bom tem que sentir vontade 

Lucy - quando você beijou meu pescoço me senti quente 

Natsu - prazer, olha lucy que tentar algo 

Lucy - o que ?

Me levantei fechei a janela, apaguei as luzes ficando tudo escuro voltei para cama , tirei o short da Lucy deixando ela de blusa e calcinha 

Lucy - não porque eu tô asiim?

Natsu - confia em min?

Lucy - sim

Natsu - então confia

Puxei ela para meus braços e começei a beija-la, ela agora retribuia pedi passagem com a língua e ela cedeu, começei a descer a mão até sua intimidade ela se afastou do beijo 

Lucy - Natsu 

Natsu  - shhh 

voltei a beija-la, e começei a fazer movimentos circulares em seu clitóris, ela soltava gemidos baixos abafado pelo beijo, eu continue até sentir ela bem molhada, então afastei sua calcinha e penetrei um dedo nela ela começou a se mecher como se quisesse mais penetrei mais um dedo nela e ela , se afastou um pouco do beijo para tomar ar então começei a beijar seu pescoço, ela colocou as mãos em meus ombros e apertou gemendo baixo  no meu ouvido como se estivesse tentando fazer com que ninguém escutasse aumentei um pouco mais a velocidade dos meus dedos e ela gozou so não gemeu alto por que colocou a boca no meu ombro 

Natsu  - isso Lucy e dar prazer _ tirei a mao6de sua calcinha e chupei meus dedos ela ainda estava agarrado a min .

Lucy - e bom

Natsu - eu sei mais agora vamos dormir _ abraçei ela mais não saímos da aquela posição abraçados. 

Lucy - boa noite Natsu _ falou sonolenta 

Natsu - boa noite pequena 

e dormimos juntos agarradinhos como se nada pudesse nos separar 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


Notas Finais


oi cometem


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...