História Additive and Radioactive - Capítulo 26


Escrita por: ~

Postado
Categorias Avenged Sevenfold
Personagens Johnny Christ, M. Shadows, Personagens Originais, Synyster Gates, The Rev, Zacky Vengeance
Visualizações 6
Palavras 658
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ficção, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 26 - Cap-26


P.O.V Matt

Restavam 5 minutos para os aparelhos serem desligados...

Eu iria buscar as crianças mas nao pude sair e deixar o Syn sozinho...

Estamos todos no quarto...

Syn está abraçado a mim sem querer olhar para o corpo desfalecido da esposa...

Johnny estava escorado na parede longe da cama e nao havia falado nada até agora...apenas olhava para a cama e parecia com o pensamento distante...

Zacky estava ao lado da cama sentado tambem permanecia quieto...

Jimmy estava olhando pela janela...se recusava a olhar toda hora para Mich...

-Meninos...-o medico aparece e ninguem dá moral para ele alem de mim...-Dois minutos...-ele avisa e sai...

Syn se remexe no meu abraço...

Ele queria sair e nao queria ao mesmo tempo...

-Vai, Syn...-eu sei que vc quer ir...-sussurro em seu ouvido...

Ele me olha com os olhos vermelhos e o rosto inchado...

Abaixa a cabeça e se vira para a cama...

Isso me lembra da Trina...

~Flashback on~

-Eu quero ve-la...-eu gritava desesperado no corredor do hospital...

-Vc nao pode, Matt...-Syn tentava me acalmar, segurando meus braços para que eu nao corresse...

-Eu preciso...-meu tom de voz diminui...

-Vc vai...mas nao agora...-ele fala e faz um sinal para Jimmy...

Nao entendo até o momento em que Jimmy pega meus braços e me faz sentar em uma cadeira...

Mas assim que me sento, um medico chega...

Me levanto rapidamente e Syn dá uma olhada fatal para o medico...

-Meninos, eu sinto muito...-o medico fala..-Fizemos o possivel e o impossivel...vcs tem 1 minuto...-ele fala e sai..

Nao pensei duas vezes antes de correr para o quarto onde ela estava...

Ao entrar nele, a vi toda coberta e seu rosto machucado...

Passei os dedos pelos machucados...

-Se eu pudesse prever...-sussurrei...

-Nunca podemos prever, meu amigo...-Ouço a voz de Syn na porta...

-A gente tentou, Matt...todos tentamos de tudo...a ajudamos tanto...-Jimmy falou...

-Mas nao deu...nao era pra dar...-Johnny completa...

Zacky estava tao arrasado quanto eu, entao ele nao falava nada...

-Meninos...é a hora..-o medico falou e eu sai daquele quarto...daquela ala...daquele hospital e nao tinha outro lugar para ir...

Só a praia...ela que me acalmava...

~Flashback off~

Syn estava parado ao lado do corpo da esposa sem falar nada...vira e mexe uma lagrima escorria do seu olho, igual a todos nós...

-Meninos, é a hora...-o medico entrou sozinho...

Ficamos todos unidos ao redor da cama...

-Eu sinto muito meninos...-o medico falou com pesar...

Ele se virou para o aparelho que estava do lado da cama e a desligou de uma vez...

O bip incessante no quarto mostrava a dura realidade...

-Hora de sairem..-o medico fala...

Syn começa a se desesperar...

-Nao!!-ele fala alto...

-Syn, vamos...-chamo-o

-Nao vou...-ele se desesperava a cada segundo mais e chorava compulsivamente...

Chego perto dele e pego-o pela cintura...

-Vamos, Syn...por favor...sua filha está aqui tambem...-ele pareceu nao se importar com o que eu disse e continuou chorando...

Olhei pro doutor e ele parecia preocupado...

Nao deu tempo de dizer nada antes de Zacky dar um soco em Syn o fazendo desmaiar...

Seguro seu peso e ergo-o nos braços...

-Vao para casa descansar, meninos...eu ligo pra voces...-o medico fala e assentimos antes de sairmos dali...

O caminho até em casa foi o pior caminho que eu já fiz...

Levei Syn desmaiado para minha casa...sei que ele nao iria parar de chorar ao ver a sua casa vazia...

Ele está deitado na minha cama agora...e ele nao está mais desmaiado, apenas dorme...

Estou sentado no sofá observando ele...

Sera se a Trina estava realmente certa?!

Ah! Trina...que saudades...

Meu celular toca no meu bolso e eu pego ele rapidamente, atendendo-o ao ver que se tratava de Zacky...

-Fala, Zacky...

~Matt, a Acid estava com um pouquinho de febre...mas passou e agora ela tá dormindo...de tarde eu levo os dois ai tá bem?

-Tudo bem...boa noite, Zacky...

~Boa noite, Matt...qualquer coisa pode me ligar...

-Vc tambem...

Desligo e olho as horas..5 da manha...

Nao consigo pregar os olhos...

Ao reparar que ele se mexe eu me levanto e vou devagar até a cama e me deito ao seu lado...

Ele abre os olhos e olha pra mim...

Ele parece ter esquecido por um momento e parece ter se lembrado no segundo seguinte porque volta a chorar...

-Oh! Syn...-puxo-o para o meu peito e ele chora...

Chora o que já havia chorado...

Chora o que nao tinha chorado ainda...

Suas lagrimas parecem nunca acabar...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...