História Ainda bem que a gente terminou - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias DAY6
Personagens Jae, Young K
Tags Jaehyung, Jaehyungparkian, Jaek, Younghyun
Visualizações 115
Palavras 400
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Comédia, Romance e Novela, Shonen-Ai, Universo Alternativo
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura!

Capítulo 3 - III. Eu não aguentava mais churrasco todo final de semana


Fanfic / Fanfiction Ainda bem que a gente terminou - Capítulo 3 - III. Eu não aguentava mais churrasco todo final de semana

Sabe, Jaehyung, todos nós – ou grande parte – temos sonhos de infâncias. Alguns têm até hoje vontade de ser astronauta, assim como outros ainda querem ser cantores ou simplesmente famosos.

Eu só queria ser vegetariano.

Só isso.

Depois de Madagascar, Os Sem-Floresta, Nem que a Vaca Tussa e todos os filmes possíveis de animação com animais, comecei a gostar demais de bichinhos e a alimentar o desejo de ser vegetariano, começando por simples substituições que meus pais, ao menos no início, não percebiam.

Mas nunca consegui alcançar 100%, minha meta, afinal. Vez ou outra me entregava as mil e uma receitas de peixe cru de Junhyeok – vulgo falso japonês e infeliz que me apresentou você – ou aquelas massas italianas satânicas com molho à bolonhesa e etc. É, ninguém disse que seria fácil. Meus pais até me ajudaram quando descobriram, mas eu não conseguia manter por tanto tempo, embora certamente tivesse diminuído consideravelmente meu consumo de carne e me sentido bem melhor assim.

Pois bem, Jaehyung, isso nunca mudou.

Até que eu comecei a namorar um cara argentino fã de filmes trash de tubarão e que tinha uma família louca.

E que, para minha total infelicidade, era viciado em churrasco, e esse vício aparentemente corre pelas veias dos parentes dele. Sangue argentino, ele alegava.

Ou melhor, você alegava.

Não foi só no dia em que conheci seus pais. Bem, nessa noite houve o começo de tudo, mas eu realmente não esperava que iria desencadear no que aconteceu em seguida.

Eu só queria ser vegetariano.

A partir de então, todo final de semana você me arrastava para sua casa e... Churrasco.

Churrasco.

Mais churrasco.

Churrasco por toda parte.

Seu pai era capaz até de enfiar um pão de queijo em um espeto e colocar churrasqueira adentro.

Todo final de semana aquela fumaça voltava a se espalhar pela vizinhança e pelo menos uma pessoa batia à porta para se certificar de que não havia começado nenhum incêndio.

Ah, a camada de ozônio...

Tão maltratada quanto minha vontade de ser vegetariano.

E eu sempre comia, Jaehyung, porque não queria fazer desfeita muito menos parecer mal educado na frente da sua família.

No terceiro final de semana, senti falta de alguém naquele quintal. Como quem não quer nada, perguntei ao seu pai onde estava o carneiro que vivia no jardim, e ele...

Apontou para a carne que eu enfiava goela abaixo.

Sinceramente, Jaehyung... Ainda bem que a gente terminou.


Notas Finais


E o Bris nem teve a oportunidade de perguntar o nome do carneiro
Era Alberto Granado

O banner do capítulo foi esquecido no pc e eu ainda não juntei coragem o suficiente pra procurar, depois coloco aqui

E pensar que amanhã vou ter que levantar às 5h30 como em dias normais
Eu só queria dormir

Chu~


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...