História All of me - Park Chanyeol - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Chanyeol
Tags Chanyeol, Exo, Kpop, Leitora
Visualizações 65
Palavras 1.393
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, Fluffy, Hentai, Poesias, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Universo Alternativo
Avisos: Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Capítulo final da história,espero que gostem e apreciem a leitura...❤

Capítulo 3 - Fruto de um amor recíproco...


Fanfic / Fanfiction All of me - Park Chanyeol - Capítulo 3 - Fruto de um amor recíproco...

Nova York,05 de fevereiro de 2016

Após aquela noite inesquecível,nossos familiares se "conformaram" com nosso amor,mas ainda sim decidimos viajar por um tempo até a poeira abaixar…

O seu comportamento mudou após um mês desde que fizemos amor,não entendi muito bem o motivo,mas agora após quase 2 meses daquilo você decidiu me chamar para conversar…

"Amor…" você me tira de meus pensamentos…

Crio um som com garganta para você prosseguir.

"Bem…você lembra daquela noite que tivemos juntos no hotel?"

"Claro que lembro,como poderia esquecer?" digo,deixando sair por meus lábios um sorriso malicioso.

"Pois bem…desde de aquela… - Você dá uma pausa para tentar criar coragem. - desde aquela noite,minha menstruação atrasou e você não usou camisinha…"

Olhei incrédulo para você e então te perguntei…

"Você já fez o teste?",me respondeu acenando negativamente com a cabeça…

"Eu não tenho coragem de fazer,você não está bravo,ainda me ama? Não vai me fazer tira-lo?" ela diz já chorando…

Me levanto de onde estava e te puxo para meus braços…

"Shiii… - digo para ver se você se acalmava. - Por que achou isso? Hen amor? Eu jamais pararia de te amar ou então te faria tirar o que o fruto do nosso amor criou!"

Você levanta sua cabeça me dá um beijo na bochecha,corei com seu ato,é incrível que com atos inocentes você me deixa sem jeito…

"Vamos fazer o teste?" Pergunto curioso e você apenas assente andando até sua bolsa e tirando dali a caixa onde continha o teste…

Caminhando até o banheiro e você entrou,me pediu para ficar para fora enquanto você urinava no "palitinho"…

Abriu a porta do sanitário me permitindo entrar no mesmo,o teste se encontrava em cima da pia,então eu parei atrás de você lhe dando a mão e apoiando meu rosto no topo da sua cabeça…

Ficamos alguns minutos esperando o resultado,até o palitinho anunciar um "positivo"…

Ficamos sem reação alguns minutos até eu lhe apertar mais em meus braços e dizer um "Eu vou ser pai?"…

Você se virou de frente a mim e disse "nós vamos ser pais Chany oppa!"

Nova York,07 de fevereiro de 2016

Após ter feito o teste de farmácia,decidimos fazer o de laboratório,para realmente ter certeza que estávamos aguardando um filho…

E realmente estávamos!

Seul,25 de outubro de 2016

A gestação foi normal,você teve anjoou,vontades loucas de grávidas…

Enfim,foi simplesmente maravilhosa! É incrível como até um pouco acima do peso e inchada você conseguia continuar ainda mais linda…

Contamos a novidade para a família após alguns meses,eles ficaram chocados,mas logo perceberam que realmente nós nos amávamos e que eles tinham que somente "aceitar"!

O bebê estava previsto para nascer em novembro lá para o dia 7…

Compramos uma casa para morarmos juntos oficialmente e já estávamos planejando nos casar após o nascimento do pequeno Yeol…

O sexo do bebê é masculino,e decidimos dar esse nome por ser meu apelido de infância.

Seul,04 de novembro de 2016

Estava correndo com o carro em alta velocidade na avenida de Seul…

Você estava reclamando de dores e quando eu estava arrumando suas coisas para irmos ao hospital,sua bolsa d ' água estourou!

Nunca corri tanto com uma carro,como corri hoje,não me importei com multas ou coisas do tipo. Eu só queria te levar ao hospital e evita você de sentir mais dores,e óbvio ver meu filhão nascer…

Parei na fachada do hospital e chamei os enfermeiros que trouxeram uma cadeira de rodas e lhe conduziram até a ala de emergência.

Fiz sua fixa na recepção e logo em seguida foi me dado o número e andar em que você estava…

Corri até lá e encontrei seu andar e achei o quarto "9" onde você estava…

Foi possível ouvir seus gemidos de dor,enquanto o médico dizia alguma coisa sobre,"precisar ter mais profundidade",aquilo realmete não entrava na minha mente,a única coisa que passava na minha cabeça era que eu queria acabar com o sofrimento da pessoa que amo!

Após algum tempo o doutor disse que já era possível fazer o parto e a retiraram da sala,uma das enfermeiras me conduziram até uma sala onde eu pude me trocar para ver o nascimento do nosso filho…

Adentrei a sala de cirurgia e vi você fazendo muita força,o médico me orientou para mim dar a mão a você e assim fiz…

Você apertou tanto a minha destra,que eu jurei que poderia quebra-lá! Após tempos de tensão,foi possível escultar um choro e de repente o pequeno Yeol nas mãos do doutor…

Você apertou mais minhas mãos e eu olhei para sua face,você estava suada do tamanho esforço que havia feito e esboçava de seus lábios,mesmo após tanta dor,um sorriso incrível…

E ali naquele instante,eu tive mais certeza ainda que eu te amava e queria te ter por perto para o resto da minha vida!

Fui conduzido para fora da sala de parto,me sentei em uma das cadeiras que ficava naquele imenso corredor e comecei a pensar em tudo que aconteceu na minha vida nesses dois anos…

Olhei para o ecrã do celular e me deparei com a data e o horário,04 de novembro às 00h00…

Foi exatamente neste dia e neste horário que eu estava correndo naquele aeroporto…

Lembrei também do quarto que você estava e um flash back invadiu minha mente "A mulher não disse onde estava,mas me disse que o único vôo que ia em destino a Paris,França era o do portão "9"..."

Naquele momento eu percebi o quão abençoado eu era!

Seul,10 de fevereiro de 2017

Dia do nosso casamento…

Eu estava tão feliz e empolgado esperando você naquele altar…

Eu faria um surpresa para você no fim da cerimônia!

Finalmente a orquestra começou a tocar,e eu te vejo passar por aquele caminho de pétalas e caminhar em minha direção…

Você estava simplesmente deslumbrante,colorindo todo o trajeto até mim…

A cerimônia enfim começou para valer,o pastor nos perguntando se aceitaríamos passar o resto de nossas vidas um do lado do outro,na saúde,na doença,na alegria e na tristeza e ambos respondemos que "sim"

Após o fim de todo esse "ritual" de casamento,ele finalmente nos deu a permissão para podermos nos beijar…

O pequeno Yeol estava nos braços das avós,ele é um garoto lindo e você diz que ele tem os meus olhos e orelhas,enquanto eu digo que ele puxou seu inconfundível sorriso…

Saímos do grande salão onde foi a cerimônia e nos direcionamos até a festa...

Pedi a atenção de todos e iniciei meu breve discurso...

"Annyeong,primeiramente quero agradecer a Deus,por ter me dado essa família linda… - digo enquanto olho para você com Yeol no colo. - segundamente eu quero agradecer a minha maravilhosa esposa por ter me dado nosso filho e sempre me aturar… - falo rindo junto aos convidados. - e também gostaria de fazer uma homenagem ao amor da minha vida!"

Após isso me sento no piano presente em minha frente e início minha "apresentação",cuja a única pessoa que eu queria impressionar é você!

" (…)

Cause all of me

Loves all of you

Love your curves and all your edges

All your perfect imperfections

Give your all to me

I’ll give my all to you

You’re my end and my beginning

Even when I lose I’m winning

‘Cause I give you all of me

And you give me all of you

(…)"

Finalizo a canção e olho em sua direção,visualizando você chorar…

Caminho até você e pego nosso pequeno fruto no colo,inclinando minha cabeça em sua direção e lhe dando um selar nos lábios.

Seul,05 de novembro de 2017

Dias atuais…

-E foi assim filhão,que eu e sua mãe acabamos ficando juntos…

De repente você entra na sala e pergunta o que estávamos fazendo…

Eu me levanto do sofá e caminho até você…

-Eu estava contando para o Yeol nossa história de amor,como tivemos ele… - Você me olha incrédula. - calma amor,eu ocultei nossa noite quente,disse que os bebês vem da cegonha. - digo próximo ao seu ouvido e lhe lanço um piscar,logo em seguida rindo da sua reação anterior.

-Palhaço! - Você murmura rindo.

E foi essa,a história resumida do nosso amor! De como ele pode superar tudo e até mesmo quebrar um tabu imposto na sociedade!

Eu te amo,e sempre vou amar!

Nosso amor foi como um jogo…jogamos as cartas nas mesa,nós dois mostramos nossos corações para o mundo! Arriscamos tudo,embora tenha sido difícil…

 Mas no final,tudo valeu a pena porque eu estou do lado da pessoa que eu tanto amo!


Notas Finais


Se quiserem,dêem uma olhada em minhas outras obras...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...