História Amantes e Rivais - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bleach, Naruto
Personagens Ichigo Kurosaki, Itachi Uchiha, Naruto Uzumaki, Orihime Inoue, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha, Shuuhei Hisagi
Tags Basquete, Bleach, Humor, Narusasu, Naruto, Romance, Sasuke, Sasunaru, Yaoi
Visualizações 141
Palavras 4.280
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Esporte, Famí­lia, Festa, Fluffy, Josei, Romance e Novela, Shonen-Ai, Universo Alternativo, Violência, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Boa Leitura ! Atenção nas notas finais ...

Capítulo 3 - Má Reputação .


Fanfic / Fanfiction Amantes e Rivais - Capítulo 3 - Má Reputação .

 

 

*~ Amantes & Rivais _ By Nyuu Haruno ~*

Capítulo Três Má Reputação .

 

 

 

 

-Você acha que me intimida só por que está com seus amiguinhos.

 

Sasuke disse num tom firme sem demonstrar nervosismo pela situação.

 

Naruto o olhava com irritação.

 

-Mano a Mano como eu disse antes quem fizer dez cestas primeiro ganha.

 

Sasuke riu em deboche.

 

-Não precisava da armadilha para me trazer até aqui, eu não tenho medo de você Naruto.

 

 

-Você realmente não sabe o seu lugar, não é mesmo?.

 

 

-Quer que a gente resolva isso Naruto?

 

 

Kiba perguntou de maneira arrogante.

 

 

-Deixa que eu cuido disso, não vou demorar.

 

 

 

O loiro se gabou recebendo um olhar mortal do Uchiha.

 

 

Ah ! Se aqueles ônix pudessem matar….

 

Uzumaki já estaria num caixão.

 

 

O moreno tirou o casaco e amarrou na cintura.

 

Shikamaru anunciou o início da competição.

 

 

Lançou a bola para cima e Naruto levou vantagem na disputa.

 

O Uchiha bloqueou o loiro impedindo que ele avançasse até a cesta.

 

 

Uzumaki inclinou o corpo para frente e tentou fazer a cesta mas Sasuke lhe deu um rebote, recuperando a bola após um arremesso não convertido.

 

 

Naruto mesmo concentrado em derrotar o outro se incomodava com o ar de superioridade dele.

 

 

Ele tinha que reconhecer que os reflexos do moreno eram bons e que ele também era muito ágil.

 

 

Enquanto Sasuke tinha domínio da bola seus olhares se cruzaram.

 

 

E foi esse o deslize de Naruto se perder no ser belo a sua frente.

 

 

É claro que ele sentia inevitavelmente atraído pelo outro do contrário jamais teria passado a noite com ele.

 

 

Um arrepio passou por todo o seu corpo quando seu braço encostou no dele, pele na pele.

 

 

Foi como se um fio desencapado tivesse tocado nele deixando o local em brasas.

 

 

Sasuke deu um jump enquanto Naruto se perdia em seus pensamentos, arremessando a bola saltando, fazendo o primeiro ponto.

 

 

Seus amigos de time vaiaram e Uzumaki pareceu despertar do estado de transe que Sasuke Uchiha causava nele.

 

 

O moreno estava com posse de bola e o loiro estava o bloqueando.

 

 

O Uchiha até tentou passar pelo outro mas dessa vez não conseguiu.

 

 

Naruto tomou a bola dele e se preparou para fazer a cesta.

 

 

 

Ponto para Uzumaki.

 

1x1.

 

 

 

-O que foi Sasuke já estava contando vitória ?.

 

 

Ele o provocou tentando destabiliza lo.

 

 

 

 

Se fosse outra pessoa naquela situação talvez se deixasse abalar.

 

 

O time não queria outro capitão.

 

 

Todos ali eram amigos de Naruto e torciam por ele.

 

 

Sasuke que era o estranho no ninho.

 

 

Mas ele estava disposto a provar seu valor e mesmo que Naruto tenha sido maravilhoso numa noite e um cretino depois.

 

 

Isso não apagava o que tinha acontecido.

 

 

Mesmo que Uzumaki quisesse passar uma borracha em tudo ambos sabiam a verdade.

 

 

Sasuke não contaria o segredo deles mesmo que o outro merecesse por que ele jamais faria algo para prejudicar alguém.

 

 

Ou será que Uzumaki passará de todos os limites fazendo com que o Uchiha mude de ideia ?.

 

 

 

 

-O que foi Uchiha o gato comeu a sua língua?.

 

Naruto continuou vendo que o moreno não havia reagido a sua provocação.

 

 

-Você não se preocupou onde minha língua estava naquela noite.

 

 

 

 

Os olhos de Naruto ficaram arregalados, ele não acreditava que o outro tinha dito aquilo.

 

 

 

 

 

E se alguém ouvisse?.

 

 

O que Sasuke Uchiha queria?.

 

 

Acabar com a sua vida!.

 

 

 

 

Uzumaki sentiu uma raiva imensa crescer dentro de si, ele deu um air ball arremessando errado e não tocando a tabela nem o aro.

 

 

Sasuke sorriu largo só para irritar o outro.

 

 

E estava conseguindo.

 

 

 

Não foi preciso muito esforço para ele marcar uma cesta logo após a provocação ao loiro.

 

 

 

 

Ponto para Sasuke.

 

2x1.

 

 

 

 

O jogo foi passando com facilidade para Sasuke ele já marcava seu quarto ponto quando Uzumaki parecia já estar derrotado.

 

 

Mas o alvoroço de seus amigos pareceu lhe fazer despertar.

 

 

Ele não podia perder.

 

 

Naruto roubou a bola de Sasuke lhe dando uma cotovelada no estômago.

 

 

 

 

Ponto para Naruto.

 

4x2.

 

 

 

 

O que veio depois foi um festival de golpes baixos do loiro para impedir que o Uchiha marcasse, mas, ainda assim, ele conseguia pegar a bola e marcar ponto.

 

 

O que deixava Uzumaki e seus amigos ainda mais irritados.

 

 

Nada parecia detê lo.

 

 

 

 

-Você não vai me vencer !.

 

Naruto disse quando o moreno marcou a cesta de número sete.

 

 

 

Estava apenas um ponto de diferença entre eles.

 

 

Sasuke em vantagem.

 

 

 

-Eu já te venci.

 

Sasuke disse sério.

 

 

 

-O jogo ainda não acabou.

 

Naruto argumentou.

 

 

-Eu não precisei machucar ninguém para fazer uma cesta se essa é a única maneira que você tem para vencer, então você já é um perdedor.

 

 

 

 

Naruto engoliu seco ao ouvir aquelas palavras.

 

 

Ele nunca tinha precisado trapacear para vencer no basquete.

 

 

Jogar era sua vida era a única coisa que ele realmente sabia que tinha um dom.

 

 

E agora diante de Sasuke ele agiu novamente como um covarde.

 

 

Aquilo o perturbou.

 

 

Foi como um soco diretamente em sua face com o Uchiha usando apenas as palavras.

 

 

Uzumaki decidiu se redimir e jogou limpo até ambos chegarem num empate.

 

 

9x9.

 

 

A última cesta definiria o vencedor.

 

 

Sasuke estava com a bola, Naruto tentando impedi lo de fazer a cesta da vitória ele usou toda sua experiência para derrotar o outro mas não foi o suficiente.

 

O Uchiha deu um giro de 360º antes de enterrar a bola na cesta.

 

 

Vitória para o moreno.

 

 

Naruto sentiu o peso da humilhação.

 

 

Ele armou aquilo tudo para envergonhar o outro e o feitiço virou contra o feiticeiro.

 

 

Sasuke vibrou mesmo não tendo ninguém ali para comemorar com ele.

 

 

Kiba foi até Naruto espumando de raiva.

 

 

 

-Vai deixar por isso mesmo Naruto?.

 

 

-Ele ganhou, esquece isso.

 

 

 

Foi a última frase de Uzumaki antes de sair a passos largos para longe daquele lugar e entrar no seu carro, saindo em alta velocidade.

 

 

Ele foi para casa com a cabeça a mil por hora.

 

 

E se Sasuke Uchiha tirasse seu posto de capitão?.

 

 

Que futuro ele teria?.

 

 

Chegando em casa ele agradeceu por seu pai trabalhar, foi direto para o banheiro onde tomou uma ducha fria.

 

 

Depois foi para sua cama.

 

 

Sasuke Uchiha não saia de seus pensamentos.

 

 

Por que com tantas pessoas no Mundo tinha que ser logo ele o seu rival?.

 

 

Ele tinha interesse no outro, Sasuke tinha a vida que ele queria ter.

 

 

Embora no colégio ainda não soubesse que o Uchiha era gay, sua família sabia e aceitava isso.

 

 

Ele não precisava levar uma vida de mentiras.

 

 

Quando se encontraram na boate, Uzumaki ficou admirado com o moreno com os olhos cor de ônix e de madeixas negras como o véu da noite.

 

 

O garoto disparado era o mais lindo de todo aquele lugar, então Sasuke notou o olhar de Naruto sobre ele e a troca de olhares começou até o loiro não aguentar mais e chamar o outro para dançar.

 

 

Eles beberam um pouco é verdade mas Naruto foi envolvido pelo jeito de Sasuke.

 

 

Já fazia tempo que ele não se sentia mexido assim por alguém.

 

 

Então ambos estavam numa sintonia tão perfeita, que escaparam dali e foram para casa do outro.

 

 

E lá eles viveram uma noite única.

 

 

Naruto pensou que nunca mais veria Sasuke embora jamais fosse esquecer a noite que teve com o garoto.

 

 

E agora tudo que Naruto Uzumaki queria era esquecer a existência do Uchiha e ter sua vida de volta.

 

 

Um Mundo onde Sasuke não o fizesse sentir um puta desejo e um merda ao mesmo tempo.

 

 

O loiro acabou pegando no sono, ele só esperava não sonhar com o moreno, pelo menos em seu sono mais profundo ele queria ter paz.

 

 

 

 

~*

 

 

 

Itachi levou Sakura para almoçar num restaurante perto do Colégio, eles comeram macarrão à carbonara e beberam suco de framboesa.

 

 

Eles conversaram sobre o teste para líder de torcida de Haruno e sobre a família Uchiha.

 

 

E o tempo foi passando e eles nem perceberam.

 

 

O celular do Uchiha tocou e era seu pai Fugaku querendo saber onde ele e seu irmão estavam.

 

 

Itachi havia esquecido completamente de avisar ao seu pai que iria sair com sua namorada mas Sasuke tinha pego o ônibus do colégio e deveria estar em casa horas atrás.

 

 

Ele ficou preocupado mas não disse nada para seu pai, mentiu não sabendo se precisava acobertar o irmão em alguma coisa ou se de fato tinha acontecido algo com ele.

 

 

Então disse apenas que seu irmão, sua namorada e ele, estavam conhecendo melhor o centro de Konoha.

 

 

Fugaku disse apenas para eles tomarem cuidado e chegaram para o jantar.

 

 

Sakura percebeu a preocupação nos olhos do namorado quando ele desligou o aparelho.

 

 

 

 

-Aconteceu alguma coisa?.

 

 

-O meu irmão não chegou em casa, eu vou ligar para o celular dele.

 

 

-Que estranho, já faz maior tempão que ele pegou o ônibus.

 

 

 

Itachi ligou três vezes mas o celular apenas chamava e ninguém atendia, ele entrou em desespero.

 

 

Sakura tentou acalma lo mas também ficou preocupada.

 

 

 

-Onde ele pode estar, ele só ia para o ponto de ônibus e ir para casa!.

 

 

-Eu não sei, vai ver ele decidiu dar uma volta.

 

 

-Ele me avisaria.

 

 

-E agora?.

 

 

-Vamos dar uma volta de carro de volta ao Colégio alguém pode ter visto ele.

 

 

-Tudo bem, me passa o número dele, eu vou continuar tentando falar com ele.

 

 

Os dois pagaram a conta entraram no carro de Itachi e voltaram para o Colégio.

 

 

Chegando lá eles conseguiram achar o motorista do transporte ouvindo rádio com outro funcionário, eles mostraram a foto de Sasuke mas ele disse não ter visto o garoto mas também falou que eram muitos alunos para ele se lembrar de todos.

 

 

Itachi sempre foi muito ligado ao seu irmão.

 

 

Mesmo sendo só um ano mais velho que o outro, ele sempre teve um instinto protetor com ele.

 

 

 

 

-Calma Itachi, nós vamos acha lo.

 

Sakura falou segurando a mão do namorado que tremia.

 

 

-Se aconteceu alguma coisa com ele, eu nem sei o que vou fazer.

 

 

-Não aconteceu nada, vamos continuar procurando pela cidade.

 

 

-Ele não conhece ninguém aqui, para onde ele poderia ter ido, eu nem sei para quem ligar!.

 

Itachi disse em desespero.

 

 

 

 

Os dois voltaram para o carro e rodaram por todos os lugares próximos mas ninguém tinha visto Sasuke.

 

 

Ele estacionaram o carro em frente a casa de Sakura, Itachi teria que contar a verdade para seu pai.

 

Fugaku ainda não tinha assumido seu cargo na polícia mas, com certeza, conseguiria muito mais coisa do que eles dois dirigindo a noite por aí.

 

 

Itachi já ia dar um beijo de despedida em sua namorada quando a garota teve uma ideia.

 

 

Ela disse para que seu namorado entrasse em sua casa, sua mãe não gostou muito de receber Itachi sem ser avisada antes.

 

 

Queria ter preparado pelo menos algo para o garoto, mas o Uchiha não ligou e fingiu estar tudo bem quando falou com a mãe de Sakura.

 

 

Ela convidou Itachi para o jantar mas ele disse que seu pai estava o esperando para jantar em casa.

 

 

Mebuki voltou para sala onde assistia ao jornal e não ligou quando sua filha foi para os fundos da casa acompanhada.

 

 

 

 

-Sakura nós estamos perdendo tempo!.

 

 

-Calma confia em mim, eu sei de alguém que pode nos ajudar sem você se meter em problemas com seu pai.

 

 

-Quem?.

 

 

-Meu amigo Naruto, ele conhece todo Mundo do Colégio, se o Sasuke estiver com alguém de lá, ele vai saber.

 

 

 

 

Sakura ligou Uzumaki duas vezes e ninguém atendeu, Itachi já estava ficando agoniado.

 

Na terceira vez o loiro atendeu com a voz rouca estava dormindo e reclamou por ser acordado.

 

 

 

 

~*

 

 

 

 

-Naruto eu preciso de um favor enorme, não é hora de brigar comigo.

 

 

-O que foi Sakura, qual é a emergência?.

 

Naruto perguntou se sentando na cama.

 

 

-Sabe o aluno novo, o Sasuke Uchiha?.

 

 

 

Naruto tragou saliva.

 

Será que o outro tinha contado do seu joguinho sujo?.

 

 

 

-Sei o que tem ele?.

 

Tentou soar o mais natural possível.

 

 

-Ele está desaparecido. Você por acaso o viu depois do Colégio, sabe se ele saiu com alguém, acha que a Hinata poderia saber?.

 

 

 

 

O loiro tentou processar as informações.

 

 

Depois do jogo era para Sasuke ter ido embora mas ele nem ao menos se deu o trabalho de esperar o outro sair dali.

 

Nem se preocupou em como ele iria embora daquele lugar.

 

 

Obviamente nenhum de seus amigos daria carona para ele.

 

 

E se tivesse acontecido algo de ruim com ele?.

 

 

Naruto nunca poderia viver com esse peso na consciência.

 

 

 

 

-Ah sim, o Uchiha. Ele não está desaparecido está comigo não posso dar detalhes mas você interrompeu algo, não se preocupe só preciso que você me ajude nessa, eu deixo ele em casa.

 

 

Sakura sentiu um peso enorme sendo tirado de suas costas.

 

 

-Obrigada Naruto!. Cuide bem dele.

 

 

-Pode deixar!.Tchau.

 

 

 

Ele desligou e deu um pulo da cama, pegou a chave do carro e seguiu para onde ele achava que Sasuke estava.

 

 

 

 

~*

 

 

-O Sasuke está bem.

 

 

-Por que você desligou, eu queria falar com ele.

 

 

-Não se preocupe, digamos que seu irmão está muito bem acompanhado.

 

 

Itachi a olhou confuso.

 

 

-Sakura pode ser mais clara?.

 

 

-Ele está com o time de basquete, eles estão se conhecendo sabe como é coisa de atleta.

 

 

 

Ela mentiu.

 

 

Mesmo sem querer, ela não podia contar um segredo que não lhe pertencia.

 

 

Se Sasuke quisesse ele que contasse a verdade para o irmão.

 

 

 

 

 

-Mas o que eu vou falar para o meu pai?.

 

 

-Diz a verdade ué, que ele está com o time de basquete e que ele tem carona garantida na volta.

 

 

-Meu pai não vai gostar nada disso, estamos no meio da semana.

 

 

-Então seja convincente diga que seu irmão precisa fazer novos amigos.

 

 

-Tem certeza que esse pessoal é confiável?.

 

 

-Claro que sim, não se preocupe o Sasuke está bem.

 

 

Sakura se aproximou de Itachi e lhe beijou, ele pareceu relaxar os músculos e corresponder ao beijo de maneira carinhosa.

 

 

Mesmo com a garota insistindo ele não quis ficar para o jantar, se despediu de Mebuki e foi para casa.

 

 

Mas algo ainda o incomodava, ele não sabia o que era.

 

 

Um sentimento estranho no peito lhe dizia que algo estava errado.

 

 

Talvez ele só precisasse deixar de ser tão protetor com seu irmão, afinal Sasuke já não era nenhuma criancinha, sempre soube se cuidar muito bem.

 

 

O Uchiha esperava que seu pai não lhe passasse um sermão e que seu irmão chegasse em casa pelo menos antes das dez.

 

 

 

 

~*

 

 

No caminho enquanto dirigia Uzumaki pegou o celular e ia passar uma mensagem no grupo do time de basquete perguntando se alguém sabia do Sasuke, ele quase bateu o carro com o que viu.

 

 

~*

 

 

Itachi estacionou e entrou em casa nervoso.

 

 

Sua mãe estava no sofá vendo a novela e seu pai na cozinha preparando o jantar.

 

 

Ele deu um beijo em sua mãe e foi pegar um copo de água na cozinha.

 

 

 

-Cade seu irmão?.

 

 

 

Ele ouviu sua mãe perguntar da sala.

 

 

Foi quando seu pai percebeu sua presença e ficou esperando a resposta.

 

 

 

-O Sasuke está com o time de basquete do colégio.

 

 

Seu pai lhe encarou de cima a baixo com desconfiança.

 

 

-Ele não estava com você e a sua namorada?.

 

 

Itachi tinha esquecido totalmente da mentira anterior.

 

 

-Sim, mas o pessoal do time apareceu e convidou o Sasuke para dar uma volta, um dos garotos vai deixa lo em casa.

 

 

-Me passa o telefone, eu vou ligar para o seu irmão, quero mandar ele chegar cedo.

 

 

Novamente Itachi sentiu o suor descer pelo seu rosto tamanho o nervosismo.

 

 

-Pai não se preocupe eu já deixei isso claro quando ele foi com eles, se você ligar ele vai passar vergonha na frente do time.

 

 

-Deixa o Sasuke, meu amor, ele é jovem tem que sair de casa, melhor do que ele trancando em casa.

 

 

 

Mikoto disse num tom alto ainda no sofá da sala.

 

 

-Será que não vai rolar bebida alcoólica, eu me preocupo com vocês, nós não estamos mais num lugar sossegado, estamos com pessoas diferentes no centro de Konoha.

 

 

-Pai, o Sasuke sabe se cuidar não se preocupe.

 

 

Fugaku pareceu menos tenso.

 

 

-Você tem razão, vai tomar um banho daqui a pouco o jantar será servido.

 

 

 

 

Itachi deu um abraço em seu pai e subiu para seu quarto.

 

 

 

Ele não sabia por que Sasuke não atendia o celular mas sua namorada havia lhe garantido que estava tudo bem.

 

 

Então ele não tinha por que encher sua cabeça com teorias conspiratórias.

 

 

O Uchiha decidiu tomar um banho para relaxar e aproveitar o jantar em família.

 

 

Logo seu irmão caçula estaria em casa, ele esperava que Sasuke fizesse amizade com o time de basquete e que fosse feliz assim como ele estava na sua nova vida.

 

 

 

~*

 

 

 

Naruto teve que parar o carro para se acalmar.

 

 

Ele leu as mensagens anteriores e viu as fotos.

 

 

O loiro mandou uma mensagem privada para Kiba, já que a maioria das fotos foram enviadas por ele.

 

 

 

 

-Por que vocês fizeram isso?. Onde ele está?.

 

 

-Você não gostou?.

 

 

-Eu não mandei vocês fazerem isso!.

 

 

-Qual é Naruto, você perdeu a disputa, ele precisava saber quem manda, não aja como se fosse um santo agora.

 

 

-Kiba, onde ele está?.

 

 

-Eu não sei, em casa chorando?.

 

 

-Porra!. Eu estou falando sério, onde ele está?.

 

 

-Eu não sei, depois de tudo nós deixamos ele lá na quadra.

 

 

 

 

Naruto jogou o celular no banco do carona e respirou fundo.

 

 

Ele dirigiu até a quadra de mais cedo onde havia jogado com o Uchiha, ultrapassou alguns sinais vermelhos e também a velocidade.

 

 

Quando finalmente chegou ao local, ele estacionou de qualquer jeito e não foi preciso esforço nenhum para achar onde eles tinham deixado Sasuke.

 

 

Ele estava encolhido do lado direito da quadra, Uzumaki estava perto o suficiente para ver o estrago que eles haviam feito no outro.

 

 

Seu coração deu uma leve falhada quando ele se abaixou e virou o moreno para si.

 

 

 

-Sasuke, acorda.

 

 

Ele disse vendo o sangue estampando a camisa do outro.

 

 

Seu rosto estava intacto, mas seus braços com alguns hematomas.

 

 

É claro Kiba e seus amigos não deixariam provas do que fizeram.

 

 

Só batiam onde ninguém pudesse descobrir.

 

 

Naruto se odiou, por que ele mesmo havia ensinado isso para eles.

 

 

Uzumaki não era santo mas também não era nenhum monstro, é claro que em seu histórico havia diversas brigas, algumas só por diversões outras para marcar território.

 

 

Mas ele não queria que tivessem feito mal para o Uchiha.

 

 

Ele chamou de novo pelo outro que apenas gemeu de dor abrindo os olhos devagar.

 

 

 

 

-Veio terminar o serviço?.

 

Sasuke disse com dificuldade.

 

 

-Não, vim te ajudar, consegue se levantar?.

 

 

Sasuke tentou se erguer mas sentiu seu corpo todo dolorido.

 

 

Ele sabia se defender.

 

 

E quando Kiba resolveu impedir que ele fosse embora e tentou lhe agredir, ele disse que não queria brigas.

 

 

Até teve que dar um soco em Kiba quando ele partiu para cima dele mas ele estava em clara desvantagem, então quando a maioria dos garotos ali resolveu agredi lo, ele não teve como fugir.

 

 

Por sorte não lhe atingiram na cabeça, ou poderia ter sido muito pior.

 

 

Era inacreditável que pessoas com estudo, com família, tivessem esse tipo de comportamento grotesco de homens das cavernas.

 

 

Mas eles agiram feito animais selvagens.

 

 

Este era o resultado.

 

 

Naruto vendo que o outro não ia conseguir ir muito longe, envolveu um dos braços em seu pescoço e a outra mão livre dobrando seus joelhos para que ele pudesse segura lo também nas pernas.

 

 

O loiro ouviu claramente quando o Uchiha mandou que ele lhe soltasse, mesmo falando baixo e com dificuldade mas ele ignorou indo até o carro e colocando o no banco do carona.

 

 

Sasuke não disse nada o caminho todo, e Uzumaki sentiu um mal estar que poderia lhe arrancar a alma.

 

 

Ele estacionou na garagem de casa.

 

 

Entrou pelos fundos com Sasuke em seus braços e foi direto para o seu quarto.

 

 

O deitou na cama com cuidado, e ouviu reclamações de dor do outro.

 

 

-Eu vou te dar um comprimido para dor vai ajudar.

 

 

-Não quero a sua ajuda !.

 

 

-Sasuke não foi culpa minha, eu não sabia que eles iam fazer isso.

 

Naruto tentou se justificar.

 

 

-Claro que eu acredito em você, o mesmo Naruto que me agrediu durante a disputa.

 

 

-Eu sei que eu errei mas não era para acabar assim.

 

 

 

Sasuke fechou os olhos e parou de falar.

 

 

Naruto se aproximou correndo da cama e chamou seu nome.

 

 

O moreno abriu os olhos e o olhou confuso.

 

 

 

-Como eu vou para casa assim?.

 

 

-Eu posso te emprestar umas roupas e você também pode tomar um banho.

 

 

-O meu corpo todo está moído, liga para o meu irmão e pedi para ele vir me buscar.

 

 

Naruto não queria que ninguém soubesse as consequências da sua burrada.

 

 

Isso poderia lhe custar o seu posto de capitão do time.

 

 

Sem contar seu pai que o mataria.

 

 

Ele não tinha moral nenhuma com o Uchiha e talvez o garoto o odiasse no momento mas o loiro teve que engolir todo o seu orgulho e implorar para o outro não contar nada para ninguém.

 

 

-Eu não posso fazer isso, ninguém pode saber o que houve, você não pode contar para ninguém.

 

 

-Por que eu faria isso, vocês merecem uma punição.

 

Sasuke disse encarando Naruto.

 

 

-Por favor Sasuke, eu vou falar com o time e também deixa eu me redimir com você.

 

 

Sasuke ficou pensativo, até finalmente tomar uma decisão.

 

 

-Por hora eu não vou falar nada, parece que eu tenho outro segredo seu em minhas mãos, não é mesmo Naruto Uzumaki.

 

 

-Obrigado.

 

Naruto agradeceu sem jeito.

 

 

 

 

Ele não se importava no momento se Sasuke o odiava, ele só queria cuidar dele, e vê lo bem.

 

 

Então ele foi até o banheiro do seu quarto encheu a banheira com água quente e ajudou o moreno ir até o cômodo.

 

 

Tirou suas roupas e quando Sasuke entrou na água ele sentiu seus machucados arderem com água.

 

 

Naruto lavou os machucados do peitoral e dos braços, o Uchiha levou um pouco de água até o rosto para tirar a terra que o incomodava.

 

 

O moreno não estava preocupado em estar nu na frente de Naruto, afinal não era a primeira vez que ele o via assim.

 

 

Incomodava ter que precisar da ajuda dele mas se foi o próprio que lhe causou todos esses problemas, o único a se envergonhar ali deveria ser Uzumaki.

 

 

Sasuke até estranhou a forma cuidadosa que Naruto, o ajudou a se secar, e a vestir as roupas que ele lhe emprestou.

 

 

O Uchiha tomou o remédio para dor e o outro insistiu que ele descansasse antes de leva lo para casa.

 

 

Ele aceitou se deitando na cama, ainda com dor, mas, pelo menos, limpo e apresentável.

 

 

Mandou uma mensagem para Itachi dizendo que estava bem e que logo estaria em casa.

 

 

O irmão respondeu quase que automaticamente para que ele voltasse até dez horas.

 

 

Ele respondeu que tudo bem e colocou o celular na cama.

 

 

 

-Como você está?.

 

 

Naruto perguntou olhando fixamente para o outro.

 

 

-Melhor, preciso que você me deixe em casa até dez horas.

 

 

-A Sakura me ligou dizendo que você estava desaparecido então eu tive que mentir e dizer que você está comigo e pedi para ela me acobertar.

 

 

Sasuke revirou os olhos.

 

 

-Típico, você arruma confusão e depois pede para limparem suas merdas.

 

 

 

Naruto estava nervoso e nem sabia por que.

 

 

Talvez o quarto fosse pequeno demais.

 

 

Ou talvez encarar o Uchiha diretamente nos olhos fosse perturbador.

 

 

Ele nublava sua razão.

 

 

Ter que ajuda lo a se banhar, lhe causou certos calores mesmo naquela situação.

 

 

Sim.

 

 

Sasuke Uchiha lhe despertava algo novo.

 

 

Naruto gostava de ter o garoto por perto.

 

 

Mesmo que ele ficasse sem saber como agir ou o que falar.

 

 

 

 

-Posso me deitar ?. Foi um dia e tanto, quero descansar para dirigir.

 

Uzumaki perguntou.

 

 

-A cama é sua afinal.

 

 

 

Naruto se deitou ao lado de Sasuke e um silêncio se instalou no local.

 

 

Uzumaki virou de lado e o Uchiha mantinha os olhos fechados.

 

 

 

 

 

 

 

Talvez por que a presença de Naruto o incomodasse.

 

 

Talvez ele não quisesse olhar para Naruto nem pintado de ouro.

 

 

Ou talvez ele só estivesse descansando.

 

 

 

 

Então o loiro se permitiu olhar Sasuke Uchiha.

 

 

Uzumaki sentiu a imponência dele.

 

 

A respiração do Uchiha era tranquila.

 

 

Naruto observou suas roupas no corpo do outro e aquilo o agradou.

 

 

Ele se pegou sorrindo.

 

 

 

 

Como algo tão simples poderia lhe trazer um calorzinho no peito tão bom?.

 

 

 

 

O loiro esperava que sua cama ficasse com o cheiro do outro, para quando ele dormisse se lembrar da sensação de ter o Uchiha em sua cama.

 

 

Naruto fechou os olhos e dormiu talvez por alguns segundos mas o único em seu sonhos era o Uchiha.

 

 

Por que nos sonhos ele não precisava se esconder.

 

 

 

~*

 

 

 

 

-Naruto!.

 

Ele chamou mas o outro parecia num sono profundo.

 

 

-Naruto!.

 

Chamou num tom mais alto.

 

 

Ele abriu os olhos assustado e viu Sasuke de pé ao lado da cama.

 

 

-Está na hora eu preciso ir embora.

 

Ele disse fitando os olhos azuis de Uzumaki.

 

 

 

 

Naruto não pensou, apenas fez.

 

Seu coração havia gritado para que ele agisse assim depois de tudo.

 

Inclinou seu corpo na direção do Uchiha e segurou uma de suas mãos.

 

 

Sasuke olhou para o loiro com uma expressão indecifrável.

 

 

 

 

-Por favor não vá embora, fique aqui comigo.

 

 

 

 

Naruto Uzumaki não sabia qual seria a resposta do outro mas pela maneira que seu coração batia de maneira exorbitante, ele soube naquele momento que Sasuke Uchiha era tudo que ele sempre quis.

 

 

~* Continua….

 


Notas Finais


Vamos melhorar esse número de comentários !

Até.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...