História Amor além da dor - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Tags Narusasu, Sasunaru
Visualizações 319
Palavras 1.657
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Festa, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Mutilação, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Olá pessoal!! Voltei com mais um cap.
Boa leitura :3

Capítulo 3 - Cap 3


Fanfic / Fanfiction Amor além da dor - Capítulo 3 - Cap 3

~Naruto POV~


O dia amanheceu radiante, levantei da cama num pulo, indo para o banheiro é fazendo minha higiene matinal, logo visto o uniforme da escola e saio de casa comendo apenas uma maçã e um sanduíche.

Os portões estavam abertos, vários alunos adentrando o vasto pátio, segui calmamente para minha sala pelos corredores, adentrei minha sala colocando minhas coisas em minha cadeira. Assim que sentei senti algo grudando em minha calça. Ergui o quadril vendo chiclete grudado e um desenho bem… digamos…Peculiar em minha cadeira bufei com raiva.


-Oe, novato.


Uma voz invadiu meus ouvidos, voltei minha atenção para tal pessoa, ele possuía cabelos marrons e olhos da mesma cor com marcas vermelhas nas bochechas.


-Você é? -Questionei levantando uma sobrancelha.


-Inuzuka, Kiba inuzuka. -Sorriu- Vejo que está com um problema aí.


-Sim… -Resmungo envergonhado.


-Não esquenta com isso, são os veteranos eles vivem fazendo esses tipos de brincadeira com os novatos. -Ele fala sorrindo de lado - Vai ao banheiro, a água da pia sempre é gelada e sai fácil. Quando o professor chegar eu falo o que aconteceu.


-Obrigado, Kiba!


Sai correndo da sala nem percebendo o sorriso maldoso dele nos lábios. Adentrei o banheiro, por sorte estava vazio, tirei a calça e molhei por uns minutos e o chiclete saiu, suspirei aliviado, na parede havia um secador para as mãos expus a parte molhada lá até ficar bem sequinho, me vesti novamente voltando para sala. Abri a porta e logo recebi um olhar mortal do professor Asuma, de matemática.


-Uzumaki-san, chegando atrasado JUSTO em minha aula?!


-Mas...Eu já havia chegado antes, fui apenas ao banheiro!


-Mesmo?! -Ajeita os óculos- E essa mochila aí na porta, lhe pertence?


Segui o olhar do professor, vendo minha mochila encostada na parede, fiquei pasmo, pois havia deixado -a em cima de minha mesa. Envergonhado peguei e voltei a me sentar, vi Sasuke me olhando, acenei de leve para ele que apenas Suspirou e virou-se para frente.

O resto da aula foi tranqüilo, no intervalo lanchei enquanto decidia qual clube entraria. Haviam vários e todos muito bons, meu olhar parou sobre o basquete, me lembro quando era pequeno meu pai sempre jogava comigo na praça perto de nossa antiga casa. Decidi ir até a quadra e fazer o teste de seleção.

Sai correndo da sala, indo até o pátio pedindo informações de onde fica a quadra, era bem afastada do prédio principal. Era enorme, dava para basquete, futsal e outras atividades.


-Olá, posso ajudar? -Um homem alto se aproximou de mim.


-Ah, sim, vim para o teste de seleção. -Mostrei o anúncio


-Claro, me chamo Iruka, sou o professor de basquete. E você ?


-Uzumaki Naruto.


-Bem vindo, vamos começar.


Ele me encaminhou até o centro da quadra onde havia três cestas cheia de bolas, Iruka me pediu para treinar o arremesso o qual me saí muito bem. Ele me observava atentamente em cada passo e movimento que eu exercia anotando tudo em uma prancheta. Ficamos desse jeito durante um bom tempo.


-Muito bem Naruto, pelo que pude observar você tem talento para o basquete. -Ele sorriu- Você já praticou antes?


-Sim, meu pai jogava comigo. -Sorri.


-Ótimo, bem-vindo ao time Naruto, ao final da aula compareça ao treino, irei lhe apresentar o time.


Estava muito feliz, entrei para o time, o sinal soou por todo canto anunciando o final do intervalo, voltei para sala todo suado.

O dia passou rápido e tranquilo, ao fim da aula me dirigi até a quadra, vendo Iruka -sensei administrando o time, assim que percebeu minha presença apitou chamando a atenção de todos.


-Muito bem, turma, a partir de hoje temos um integrante novo no time.


-Me chamo Uzumaki Naruto, muito prazer!


Corri meus olhos por todos, vi Sasuke e o Kiba entre eles, ambos me olhavam surpresos e logo desviava o olhar, estranho.


-Naruto tem muito talento para o esporte e poderá fortalecer o time no campeonato estadual.-Explicou o professor - Quero que todos o ajudem no necessário e se dêem bem!


Como o treino já estava quase no fim, fiquei apenas assistindo, quando terminaram, peguei minhas coisas e fui saindo.


-Hey, Naruto!


-Sasuke?


-Verdade que você entrou para o time?


-Sim, Iruka-sensei gostou do meu desempenho. -sorri orgulhoso. -E você Teme, não sabia que fazia parte.


-Sou capitão do time, Kiba é o vice. -Falou como se não fosse nada demais.


-Nossa, que legal! -Meus olhos brilharam.


Voltando a caminhar acabo tropeçando, me preparava para da de cara no chão coisa que não veio. Senti um braço rodeando minha cintura e um corpo colado ao meu, abri meus olhos dando de cara com aquele par de olhos ônix me encarando.


~Naruto OFF ~


O loiro ficou paralisado, aqueles ônix lhe encaravam a fundo, seu corpo estava colado ao do Uchiha, pousou sua mão no ombro do outro procurando equilíbrio, mas só fez eles se juntarem ainda mais. Seu coração, por algum motivo ficou disparado no peito e seu rosto adquiriu uma tonalidade rosada.


-Sasuke…


-Naruto…


Levados pelo desejo, um beijo se formou, apenas um selar de lábios que aos poucos foi evoluindo para algo mais quente. Sasuke apertou mais a cintura fina do loiro que gemeu entre o beijo, passando os braços envolta do pescoço do moreno aprofundando mais ainda o ósculo. Separaram-se por falta de ar, safiras e ônix não se desgrudaram um segundo, até Naruto voltar a realidade e se afastar do outro.


-Eu...Me desculpe.


-Não se preocupe. Foi calor do momento. -Disse Sasuke coçando a cabeça envergonhado -Vamos deixar isso de lado.


-Uhum.


Ambos retomaram seu caminho para casa, o loiro não conseguia tirar aquele maldito beijo da cabeça, vivia sonhando acordado em casa. Enquanto o Uchiha se martirizava e se perguntava porquê diabos havia feito aquilo. Se alguém da escola soubesse disso, estaria ferrado. Porém nenhum do dois sabia que alguém presenciou tudo e tirou várias fotos.

No dia seguinte, Naruto adentrou a escola sob vários olhares, estranhou o comportamento de todos, ignorou abrindo seu armário onde um envelope caiu de dentro. Curioso, abriu o mesmo empalideceu, com o conteúdo dentro.

Uma foto dele e Sasuke se beijando no dia anterior.

Olhou ao redor procurando o autor dessa brincadeira de mau gosto, quando seus olhos fixaram no moreno que vinha em sua direção com muita raiva.


-Pode me explicar que porra é essa?! -Vociferou mostrando a foto


-Eu não sei de nada Teme, cheguei agora.


-Não minta Uzumaki! -Gritou- Éramos os únicos ontem aqui, como pôde fazer isso?!


Em pouco tempo, já tinha uma roda de alunos os cercando.


-Quem diria, Naruto é gay e ainda aprontou para cima do Uchiha?! Que feio! -Comentou Kiba aparecendo do lado do moreno.


-Mas eu não fiz nada! -Entrou em desespero.


-Mentir é feio Naru-chan. -O inuzuka falou com desdém. -Sasuke isso é verdade?


O Uchiha se viu em um beco sem saída, sua reputação estava em jogo, amassou a tal foto.


-Ele que me agarrou, tentei sair mas ele não deixava. -Falou friamente.


Naruto ficou pasmo com as palavras proferidas pelo Uchiha, como assim o agarrou, sendo que ele correspondeu ao beijo e ainda aprofundou.

Ficou totalmente sem o que dizer, o sinal tocou, os alunos se dispersaram.


-Você tem muita coragem de fazer isso com o sasuke-kun, seu anormal. -Uma rosada se refere ao loiro -Ele nunca seria gay, fica longe dele sua aberração.


O corredor ficou vazio, Naruto ficou ali sozinho. O resto do dia foi um inferno para o loiro, estava desanimado para tudo, porém fazia de tudo para não demonstrar. No treino estava avoado, coisa que não passou despercebido por Iruka que ao final do mesmo o chamou para conversar.


-Naruto, aconteceu alguma coisa?


-Nada não Iruka-sensei. -Desviou o olhar para o chão.


-Naruto, eu sei que tem alguma coisa lhe acontecendo, não vou lhe forçar a falar, mas sempre que precisar pode contar comigo.


-Sim, obrigado, vou me vestir para ir embora.


Se dirigiu até o vestiário, notando todo o time lhe encarando com nojo. Decidiu ignorar indo até o armário. Uma dor agonizante tomou conta de seu rosto, após ser empurrado com força contra os armários e levar um chute na barriga. Olhou para seu agressor, Kiba, sorriu com escárnio.


-Sua bicha! -O socou no rosto - Não acredito que o Iruka deixou você entrar no time.


Recebeu mais chutes e pontapés do moreno, protegia a cabeça com os braços deixando o resto do corpo sem defesa. O chute no estômago foi tão forte que o fez vomitar sangue. Todos ficaram apenas olhando, nenhum impedia o mesmo de continuar, suas safiras encarava Sasuke sentado no banco, pedindo socorro. Sorriu quando viu o Uchiha se aproximar de si, estendeu a mão pedindo ajuda mas levou um chute na cara do mesmo, que sentou em seu quadril e desferiu vários socos em sua face, Naruto desistiu de se defender.

Não sabia quanto tempo ficou ali deitado, sangrando, seu rosto roxo e cheio de cortes, seus lábios inchados e saindo filetes de sangue. Levantou-se com dificuldades saindo do vestiário. Agradeceu por não ter ninguém por perto, não queria ser visto naquele estado.

Voltou para casa tateando pelos muros da rua.

Ao chegar, trancou tudo, se fechou novamente, tirou a roupa deixando espalhadas pela casa, ao chegar no quarto, foi até o banheiro, encheu a banheira e entrou. Ficou a olhar o teto branco do quarto, lágrimas tomaram conta, descendo em cascata pelo seu rosto bronzeado, agora cheio de hematomas. As lembranças do moreno contra ele atormentaram. Pegou uma lâmina que guardava debaixo da banheira e fez com que a dor de seu corpo sumisse por um tempo, a água antes branca, tornou-se vermelha.

No dia seguinte, o loiro não queria se levantar da cama, seu corpo todo ainda doía, parecia que tinha quebrado uma costela. Se fosse isso, nem se importaria, constou as horas no relógio, 7hs, estava bem atrasado, mas não ligou. As lembranças do dia anterior novamente invadiram sua mente e mais uma vez entregou-se ao choro, era sua única escapatória da dor.


-O que eu fiz para merecer isso… ?! 


Notas Finais


Tadinho do Naru :(
Então? Críticas e sugestões serão bem vindas :3
Bjos ate o próximo cap :3 😙❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...