História Amor e fé - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias A Conquista da Honra, Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Amor, Compaixão Etc
Visualizações 1
Palavras 1.169
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Famí­lia
Avisos: Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Espero que gostem.

Capítulo 3 - Quem é ele?


Fanfic / Fanfiction Amor e fé - Capítulo 3 - Quem é ele?

Me acordo e ainda era dia quase escurecendo já  não  aguentava tanta dor, parada, deitada ou andando faz só  uma semana e meu corpo já  acostumou com os remédios ,levanto olho pela janela e resolvo sair um pouco torcendo para que meu corpo n aguentasse e eu caísse e ninguém  me levantasse para aquela dor sumisse de uma vez ,saio andando lá  fora estava tudo lindo o por do sol era maravilhoso o que me fez respirar um pouco mais forte parecia o dia perefeito para morrer, resolvo caminhar perto de uma ponte já  estava noite não  havia tantas pessoas na rua mais as luzes dos prédios, carros e da lua não me deixava sentir medo continuo meu caminho com muita dor mais já  nem fazia questão de senti-la mais a cada passo ela ficava mais forte quando percebi que meu corpo não  aguentava mais vejo um homem parado  de pé  na ponte aquilo só  siginificava que ele iria se jogar vendo tal cena, começo a correr com o resto de minhas forças e o puxo ele cai em cima de mim eu não  me machuquei mais quando abri os meus olhos ele estava sorrindo me olha e  diz :

—Para quem que morrer salvar uma vida novamente é  meio engraçado não  é  mesmo. 

Ele levanta e me levanta sentamos na calçada eu não  sabia quem era ele a penas  o nome mais aquilo era tão  estranho era como se eu o conhecia uma vida toda então eu o olho e digo:

—Eu não  vivo só  existo. 

—Vai ser difícil mudar ou tirar essa idéia de sua cabeça  muito menos essa dor em seu coração. 

—Então  me deixe em paz. 

—Isso mesmo paz é  o que eu vim oferecer, amor, carinho, bondade vamos adimitir nem Deus pode adivinhar que faria aquilo de receber uma bala em lugar de outra pessoa, ainda mais depois de um tempo, das coisas que aconteceram você  ficou  tão  fria. 

—Quando eu parei de sofrer não  tive outra escolha. 

—Sim teve ainda tem você  não  entende você  é  valiosa para Deus. 

—Sem pernas, sem me mover o que vou poder fazer, como vou poder fazer alguma coisa me diga ?

—Porque fez aquilo então? 

—Meu Deus porque eu amo aquela menina que tipo ser humano seria se eu não  tivesse feito ,você  acha que conseguiria viver sem ela  viver com tal dor não  iria aguentar. 

—Deus  escreveu sua história ele sabe o que faz não  pode virar as costas pro seu senhor. 

—Eu já  virei e não  vai existir nada nesse mundo que faça  eu mudar de idéia. 

Vejo as lágrimas descerem de seu rosto mais não  conseguia entender o porquê de tudo aquilo, aquela dor e onde estava Deus eu não  via mais nada apenas sentia e era muita dor, minha fé  já  não  podia ver nem se quer sentir então  ele se vira e diz :

—Ele não  vai desistir de você  se ele tiver que mover terra e céu  para você  ele fará até  você  enteder o grande propósito  em sua vida. 

—Deus, ele me largo você quem não  entende onde ele estava quando precisei em? Sabe quantas vezes eu durmi chorando e pedindo por mudança, até  me ajoelhar, e onde ele estava quando em nenhum momento da minha vida fui se quer amada me diz onde ele estava quando fui largada pela minha própria mãe, esse Deus não  existe em minha vida. 

—Ele estava lá todos os mementos todas as horas ele choraca junto com você  ,suas lágrimas estão todas lá esperando a hora exata para secar e nunca mais ter algum motivo para chorar só  abra seu coração  para Deus a penas fale com ele. 

—Tah claro preste atenção Deus eu não  quero mais viver não  ha motivos, para seguir essa minha vida é  isso amém. 

—A decisão é  sua tchau se cuida. 

Ele levanta e se vai eu fico alí  sentada sem saber se aquilo era um sonho ou  uma brincadeira da minha mente não  queria mais nada mais não  sabia o que fazer então deito alí  mesmo estava frio mais meu corpo não  sentia frio, nem nada fiquei olhando para cima procurando Deus tentando achar uma saída mais nada acontecia então resolve fechar os meus olhos para sempre, no mesmo instante sinto uma mão  quente em meu rosto e ele dizia:

—Meu Deus moça levanta você vai morrer. 

Ele chamou seus amigos e eles me levantaram e me colocaram em um carro ele estava segurando minha mão tão  forte que eu abri meus olhos para olhar o tal salvador  e ele parecia um anjo lindo pele branca, sorriso perfeito, cabelos brancos era jovem mais ficava tão  bem com àqueles cabelos ele olha para mim e diz:

—Não  se preocupe vai ficar tudo bem estamos levando você  até  o hospital OK. 

Só  concordei com minha cabeça logo chegamos até  o hospital  eles entram correndo para chamar ajuda o menino me olha novamente e diz:

—Tudo bem chegamos podi descer comigo agora. 

—Pede para trazer uma cadeira de rodas eu não  sinto minhas pernas OK. 

O seu olhar foi assustador ele meio que não fez nada ficou parado por uns segundos até  me pegar no colo mesmo e me levar para dentro o médico viu que era eu e veio me atender, me levou para fazer mais exames de pois fiquei deitada alí  no mesmo lugar olhando para o teto branco, mais ele chega e diz:

—Dona Alice você  quer morrer mesmo mais um pouco você  não  iria  aguentar por pouco que não perde duma vez mesmo os movimentos pelo frio que hoje está  não sei como registiu a tanto frio mais tudo bem ainda está  aqui amanhã será  liberada. 

—OK. 

Volto a olhar para o teto branco não  tinha nada para fazer mesmo até  que escuto uma batida na porta e uma voz dizendo :

—Ola posso entrar? 

—Sim. 

Ele vai se aproximando e sim era mais lindo ainda de perto e tinha um baita sorriso em seu rosto, tinha segurando uma rosa e ele deixa em cima da minha cama e se senta ao lado dela  e diz:

—Se hoje  seu plano era morrer o que  vai fazer amanhã? 

—Não  sei e porque se interessa? 

—Tava pensando em te convidar para sair. 

—Eu não  posso agora que não morri pensar em algo novo demora um pouco estou ocupada. 

—Meu nome é  Mark e o seu? 

—Mark? 

—É. 

—Alice. 

—Que prazer em conhecê-la. 

—Não  posso dizer o mesmo.

Ele sorriu e ficou com o rosto todo vermelho o que foi muito fofo então ele diz:

—Vai querer sair comigo? 

—Eu não  te conheço!! 

—Não  tem com que se preocupar a final não  deve ter o que eu roubar de você não  é  mesmo mais até  amanhã  venho lhe buscar tchau tchau. 

Ele se levanta e vai eu fico mais loka e apavorada do que nunca que garoto loko mal me conhece salva o resto de vida que eu tenho e ainda quer sair comigo,pensando em tudo isso deixo um breve sorriso sair mais o efeito dos meus remédios me fizeram dormir. 


Notas Finais


Espero que gostem


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...