História Amor, Edu e Rafa - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Original, Romance, Yaoi
Visualizações 1
Palavras 1.677
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Festa, Lemon, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Oieee!!! Gente sai três capítulos hoje.pois eu to doida pra fazer especial dia de hollowen e dia 2 de novembro (atrasado!).

Capítulo 10 - Lemon e história de quem eu sou!


^Pov Rafa^

Ele só pode ter bebido pra achar que fala assim comigo! 

Ah e mesmo ele bebeu e muito. 

Rafa: Você não quer saber a história? 

Edu: Quero mais quase não aguentei na festa você se esfregando em mim foi tão... Ahhh!! 

O empurrei e corri pro banheiro e comecei a encher a banheira. 

Edu: Rafa... Abre.... A porta! 

Ele estava até falando e soluçando. 

Quando a banheira encheu abri a porta ele veio pra cima de mim e eu peguei sua cabeça e enfiei dentro da banheira,  depois de uns 30 segundos tirei e ele estava são. 

Rafa: Obrigada senhor irineu. 

Edu: O que aconteceu? 

Rafa: Você me atacou! E bebeu muito e quase que eu fico sem andar uma semana com raiva de você e sem saber a história! 

Edu: Ah! Perdão eu fico meio agressivo quando bebo muito. Mas vamos transar hoje né?! 

Ele me olhou de forma pidão e fofa. 

Rafa: Vamos depois de eu te contar sobre... Eu. 

Edu: Tinha até me esquecido. 

Rafa: Eu preparei slides pra te explicar melhor. 

Edu: Vamos pra sua casa! 

Rafa:Sim! 

Fomos pra minha casa e eu abri meu pc e conectei ao progetor e o mirei pra parede e começei a passar. 

Rafa: 2001 nasceram duas crianças com a alma e físico ligados. Aquela garota que viu é minha irmã gêmea. Somos idênticos e eu não enchendo direito pelo lado esquerdo ela pelo lado direito. Medimos a mesma altura e geralmente pensamos igual. 

Edu: Vocês não são "idênticos ".

Ele falou fazendo aspas com as mãos. 

Rafa: Como assim? 

Edu: Ela tem peito e você mais bunda. O cabelo dela é preto igual o céu a noite e o seu é platinado. 

Rafa: Ótimas observações, ela tem peito pouso é garota eu mais bunda pois sou gostoso mesmo. O cabelo e igual mais eu pinto o meu. 

Edu: Ah tendi agora. 

Rafa: Posso continuar? 

Ele fez que sim com a cabeça. 

Rafa: Essas crianças não nasceram em um família comum eles tem o sobrenome Marques da Silva que são... Duas famílias muito famosas por serem perigosos por estarem entre as 25 famílias mais famosas no mundo obscuro... 

Edu: Mundo obscuro? 

Mostrei as fotos de nos pequenos e nossos país no campo de batalha. 

Edu: Eles estão brigando? 

Rafa: Mundo da máfia,  um lugar onde... Ninguém perdoa. Desde pequenos eramos meio excluídos por sermos "perigosos".Então quando tínhamos oito anos ou nove não me lembro bem... Nos mudamos pros Estados Unidos. E lá tudo começou descobrimos a história dos nossos pais que era meio... Empolgante! 

Dois jovens de mafias inimigas que se amavam e batalhavam por forças opostas os dois do bem mais seus pais do mal. Minha mãe cabeça dura ia visitar ele uma vez no mês e era "mágico" De acordo com ela. Os seus pais descobriram e começaram uma pequena guerra de devastou 5 cidades,  pois como falei antes eles eram grandes forças na máfia. (Fui mostrando as imagens pra ele e parece que ela está gostando da história) No final nenhum dos dois ganhou pois meus pais fugiram e ameaçaram se matar se a guerra não parasse. Então a guerra sessou mais as famílias continuaram sendo inimigas de sangue. Então... Eles mandaram um contrato falando que poderiam se casar mais que as famílias dividiriam informação, armamento, soldados. Resumindo se tornariam um e como eram grandes as máfias foram e se casaram. Tendo quatro filhos. A mais velha mora nos Estados Unidos e se casou com o amor da vida dela que também é da máfia, família pequena,  mais está se tornando uma grande máfia, um de 20 e picos anos o Júlio o que ajudou no escândalo e os gêmeos Rafaela e Rafael. 

Edu: Que no caso é você e sua irmã! 

Mostrei o slide de nos dois desde recém-nascidos a crianças e uma foto do ano passado. 

Rafa: Correto! Então como disse aos oito ou nove anos fomos pros EUA e lá fomos para uma escola para famílias mafiosas,  onde conheci Gabriel e Gabriela outros gemeos. E Alice nossa prima entre putas pessoas. Podíamos escolher quase no final do curso. Fazemos curso de atuação,  luta corpo a corpo e outras artes,  tocar instrumentos,  falar línguas,  mira por exemplo atirar com armas e etc. 

Mostrei as fotos de eu atirando com uma pistola e com um arco e flecha. 

Rafa: Nos ensinam raciocínio e outras coisas nescesarias pro mundo que viveríamos. Mas aos 11 anos fui capturado com outras crianças com uma máfia da escola inimiga da nossa. Fomos vendidos,  torturados. Eu por dois anos já tem outros que até hoje em dia não foram encontrados. 

Edu: Que cruel! Você viveu... Tudo isso? 

Rafa: Tem mais. Aos 13 anos  voltei pra escola,  só confiava na Rafaela,  reforçaram o treino então em 4 anos ganhei essas sicatrizes, e conheci meus melhor amigos e nus tornamos os 5 melhores da escola,  mas um deles só apareceu no último ano e não conheceu minha irmã eu não me formei pois durante esses anos namorei Gabriel e foi muito bom pois a tentamos Deus e a terra durante esses anos... Cada aventura... 

Ri e suspirei mostrando fotos de nossas zueiras e a última era eu dando um selinho em Gabriel. 

Rafa: Eu sempre fiquei com os dois mais só sabiam de Gabriel. E quando a notícia chegou em casa junto com Rafaela minha mãe ficou puta e meu pai... Tacando um foda-se. Faltando um mês pra formatura sai pois não precisava de provas eu já tava naquele mundo por ser um dos 5 melhores. Eu falei que minha mãe ficou Puta mais ela não fez nada começei a estudar com Rafaela na escola comum e nos tornamos os mais populares e eu namorando garotas e garotos então minha mãe me viu beijando um peguete ela me deu um tapa na cara e me mandou sair de casa,  ano passado entrei nesse colégio e me tornei o mais popular e melhor de lá e venho vivendo de trabalhos que faço na máfia que incluem ajudar pessoas,  matar e etc. E vejo minha irmã as vezes e...  Er triste. 

Estava chorando ele me abraçou. 

Edu: Calma... Calma... 

Depois de meia hora ele levantou. 

Edu: Vou cozinhar algo pra nos dois. 

Rafa: Não sua mãe falou que você vai botar fogo na casa. 

Me levantei e fiz miojo pois hoje eu to com preguiça. 

Rafa: Eduuu!!! Vem comer! 

Ele desceu e comemos em silêncio. 

Edu: Obrigada pela comida!! Agora... 

Ele se levantou e me puxou da cadeira me deixando em pé na frente dele olhei em seus olhos e depois mirei sua boca. Avancei e começei um beijo selvagens e cheio de luxúria. 

Ele passava a mão pelo meu corpo e eu pelo dele. Ele pós as mãos nas minhas coxas e eu pulei em seu colo e cemeçou a ir pra trás até cair no sofá. 

Edu: Eu... Te... Amo... 

Disse entre beijos. 

Rafa: Eu... Também. 

Nos beijamos e ele sentou e eu sentei em seu colo e ele começou a dar chupões e  meus pescoço,  enquanto isso eu colocava a mão dentro de sua blusa. Gemendo e suspirando ofegante. 

Edu: Vamos pro seu quarto! 

Me levantei segurei a sua mão e começamos a subir a escada,  ele ta olhando minha bunda... 

Entramos no meu quarto e quando meu virei ele me empurrou de leve e caímos na cama ele em cima de mim,  começamos a tirar a roupa ele foi tirando sua blusa social e eu começei a tirar a saia. 

Ele começou a tirar minha blusa,  ele qubrou o beijo e jogou minha blusa no chão. Me olhando com desejo. 

O empurrei de leve e fiquei em cima dele e começei beijando seu pescoço e deixei um chupãoa, fui descendo por seu abdome espalhando chupões. Seus gemidos são música pra mim.Cheguei na barra da sua cueca e o olhei,  ele desejava aquilo mais eu ia fazer ele pedir. 

Pedir não. I. M. P. L. O. R. A. R. 

Mordi a barra de sua cueca e começei a tirá-la com a boca o olhando desafiador,  pude ver seu pénis saltando. 

Passeia língua em seu pénis. 

Rafa: Você quer?? 

Edu: Mmmm... Eu te odeio... 

Rafa: Não você me ama. 

Passei a língua desde a base até a cabeça onde deixei um beijinho. 

Edu: Rafa..? 

Rafa: Oi? 

Começei a masturba-lo devagar. 

Edu: Me... Me chu... Pa logo... 

Rafa: Com prazer! 

Engoli seu pénis e começei a ir pra baixo e pra cima bem devagar. 

Edu: Mmmm.... Mais... Mais... Rápido... 

Começei a ir mais rápido ele segurou minha nuca e a forçou a ir mais rápido e me fazer engasgar com seu pénis. 

Depois de um tempo ele gozou na minha boca. Subi em cima dele e começei a beijar a sua boca e rebolar em seu colo.  Ele se stou e começei a rebolar mais e nos gememos um na boca do outro. 

Senti algo me cutucando e sem pensar peguei seu penis e sentei com tudo. 

Rafa: hahahha!! A dor... É... Hilaria... 

Edu: Rafa mmm.... 

Começei a ir pra cima e pra baixo e ele segundo minha cintura. 

Edu: Fica... De quatro! 

Tirei ele de mim e fiquei de quatro. 

Rafa: Oque você... Ahmmmmm... 

Ele me pentrou sem aviso previo. 

Ammmm. 

Ele dentro de mim é ótimo! Ele é grande e bem abusado. 

Edu: Tava doido pra fuder essa bunda gostosa. 

Ele deu um tapa na minha bunda e outro, outro, outro e outro. Meus olhos marejados ele começou a espalhar chupões e beijinhos pela minha costa. 

Rabo lei procurando mais contato e ele continuou com as estocadas indo cada vez mais rápido e fundo acertando em cheio minha prostata. 

Rafa: Edu... Mmmm... Ammmm... Mais...rá...pido... 

Ele começou a ir mais rápido e depois de minutos eu senti seu líquido dentro de mim me preenchendo e sujei meu abdómen. 

EL caiu cançado do meu lado e eu me aninhei em seus braços. 

Rafa: Melhor... Transa... 

Edu: Olha pra mim! 

Olhei pra ele e nos aproximamos em um selar de lábios sem malícia. 

Rafa: Eu te amo... 

Continuaaaa...... 

(Próximo capítulo da Rafaela) 



Notas Finais


Vocês sabem que me adoram
Sejam sempre fofos
Perdão os erros de ortografia!! Comentem o que acharam do meu primeiro lemon


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...