História Amor inesperado - Capítulo 12


Escrita por: ~ e ~Nevespinosa

Postado
Categorias Chaz Somers, Christian Beadles, Demi Lovato, Justin Bieber, Miley Cyrus, Selena Gomez
Personagens Chaz Somers, Christian Beadles, Dallas Lovato, Demi Lovato, Jaxon Bieber, Jazmyn Bieber, Jeremy Bieber, Justin Bieber, Miley Cyrus, Pattie Mallette, Selena Gomez
Tags Desejo, Justemi, Sentimentos Escondidos
Visualizações 99
Palavras 1.015
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Escolar, Musical (Songfic), Romance e Novela
Avisos: Bissexualidade, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olhaaaaaaaaa a exxxxplosão
Quando ela bate com a bunda no chão
Quando ela mexe com a bunda no chão
Quando ela joga com a bunda no chão
Quando ela sarra e o bumbum no chão chão chão chão chão

Adivinha quem não demorou a voltar? Eu mesma, Renata Aparecida! Estou orgulhosa de mim mesma sz

OBRIGADO(A) A TODOS OS FAVORITOS

Capítulo 12 - A great mental confusion


Joguei-me no sofá e fiquei por ali tentando escolher mentalmente algum filme para que iniciássemos a nossa seção de cinema caseira.

 

— Um passarinho marronzinho veio me contar que você rejeitou um beijo daquele bonitinho... Como é o nome mesmo? — Debbie disse assim que me viu e interrompeu meus pensamentos.

— Um passarinho marronzinho? Sério? Não tinha um apelido melhor não? Você tem sorte por ser minha irmã Dallas. — eu disse a última parte um pouco mais alto para que a mesma escutasse, seja lá onde estivesse. — Mas como é o nome dele mesmo? — Debbie se jogou no sofá, caindo em cima de mim.

— Sai daqui cópia barata de Demetria — eu disse e empurrei-a para longe, a mesma logo foi de encontro ao tapete central da sala.

— E quem disse que eu sou sua cópia? Você pode ser minha cópia! — Debbie protestou ainda no chão e arremessou uma almofada em mim — e para de mudar o assunto!

— Eu nasci um minuto e vinte e seis segundos antes de você! E não estou mudando o assunto... O nome dele é Justin! E eu não recusei um beijo dele, quer dizer, na primeira vez sim... Mas depois tudo que falávamos remetia aquele maldito beijo não dado, ai eu fui e dei um beijinho nele!

— Uau, então quer dizer que eu não sei de quase nada — Debbie disse e se sentou novamente no sofá.

— Nem eu sei o que está acontecendo, quem dirá você.

— E você já se apaixonou? Rápida...

— Na verdade não... Acho que isso tudo não passou de um erro.

— Agora beijar uma obra de artes daquela é um erro? Você não pode ter o mesmo sangue que eu... Nunca mesmo.

— Eu disse a mesma coisa — Dallas disse após surgir do nada e se intrometer na nossa conversa.

— Nós nos tornamos amigos a pouco tempo....acho que no final acabamos confundindo as coisas — parei por um tempo e logo uma ideia brilhante me veio em mente — quer beijar ele?

— O que? Isso é no mínimo ideia de louco, Demetria! -  Dallas disse e eu a ignorei completamente.

— Beijar? — Debbie se ajeitou no sofá.

—É, beijar! Boca com boca... Sabe como é né? — disse risonha

— Isso é sério? Não perderia uma chance dessas por nada — Debbie sorriu para mim.

— Hoje eles vão vir aqui, a gente troca de personalidade e você aproveita disso para beijar ele! — eu disse e comemorei mentalmente por ter tido uma mente tão brilhante.

— Deixo claro que não estou de acordo com essa loucura — Dallas disse e saiu da sala.

— Quieta Dallas! — arremessei uma almofada na mesma.

— Nunca imaginei que ter uma gêmea teria tantas vantagens assim! — Debbie se levantou.

 

A mesma se levantou e me puxou pela mão, fomos até o quarto mais próximo e trocamos de roupa, de assessórios e até mesmo de celular, ouvimos a campainha tocar e corri para atender como se fosse ela.

 

— Oi gente! — eu disse como se fosse Debbie

— Afinal, quem é a Demi e quem é a Debbie? — Caitlin perguntou e eu me segurei para não rir da falta de percepção da minha amiga.

— Eu sou a Debbie e ela é a Demi — apontei para mim e depois para Debbie a identificando com Demi, todos entraram pouco tempo depois a campainha tocou novamente e eu fui atender.

— Demizitaaaaa — Alex gritou assim que me viu e eu tive que me segurar para não ter a mesma reação eufórica que ele. — vamos lá, quero rever o pessoal — ele foi me empurrando para dentro de casa e parou assim que chegamos à sala e ele viu Debbie — ótimo... Eu sou um gay totalmente louco!

— Ela é a Demi... Eu sou a Debbie — apontei para a Debbie e depois me identifiquei como se eu fosse ela.

— Longa história — Selena justificou ao olhar a cara de surpresa e espanto do garoto.

— Mas então, que tal jogarmos "verdade ou consequência" antes de começarmos a nossa pequena sessão de filmes hein, o que me dizem? — Miley disse totalmente empolgada.

— Já imagino que vá dar merda! — Eu disse, mas no final concordei.

 

Miley propôs e no final todos aceitaram a ideia, sentamos em uma roda no meio da sala e Chaz foi o primeiro e girar a garrafa que de cara parou em Justin.

 

— Logo eu? — ele protestou assim que a garrafa parou de rodar totalmente.

— Vamos lá meu caro amigo... — Chaz brincou, mas era possível ver um pingo de malícia em seu tom de voz. — Verdade ou consequência?

Consequência — Justin disse confiante, ou talvez estivesse apenas testando para ver até onde o amigo poderia ir.

— Você vai ter que ficar presa com a Demi na despensa por dez minutos. — Chaz disse e nessa hora a esperança de Debbie subiu.

 

Justin levantou da roda e Debbie, sem protestar também se levantou, mas Justin fez sinal para que ela se sentasse novamente e agora mais do que nunca eu sabia que tinha dado merda em nosso “plano infalível”.

 

— Eu quero a verdadeira Demi! — Justin disse e veio em minha direção.

— Qual é! Como você descobriu? — eu perguntei assim que ele parou na minha frente.

— Foi você né Dallas! — Debbie perguntou e Dallas apenas negou com a cabeça.

— Vocês trocaram de lugar? Estou mais confuso do que já estava... — Alex diz provocando risada em nós

— Espera... então a Debbie é a Demi e a Demi é a Debbie? — Miley perguntou com expressão confusa e novamente me segurei para não rir. Como meus amigos poderiam ser tão lerdos assim?

— Como você descobriu? — Debbie perguntou confusa.

— Suas coxas são menores que as da Demi! — Ele disse e eu corei na hora.

— Uau, ele sabe até o tamanho das coxas dela... Psicopata — Selena disse em tom ameaçador.

— Quer saber, foda-se quem é quem... Consequência é consequência, os dois para lá agora! — Chaz apontou para a porta da despensa.

 

Percebi que não haveria jeito de fugir disso e que infelizmente, ou felizmente, essa não seria a vez de Debbie e então deixei ser guiada por Justin até finalmente chegarmos à dispensa... eu queria muito descobrir o que aconteceria ali dentro, mas tinha medo que me deixasse ser levada nesses poucos dez minutos.


Notas Finais


Eita, e agora, o que acham que vai acontecer?
Justin reparando nos mínimos detalhes(aquela carinha safada)

Quero fazer uma capa(decente) para a fanfic então se puderem vão lá no meu twitter(@Nevespinosa) e me enviem suas fotos favoritas da Demi e do Justin sz

Espero que tenham gostado, leiam minhas outras fanfics e me chamem nas minhas redes sociais para conversarmos:
Snapchat: reh_alvesneves
Instagram: @bodyscraper
Twitter: @Nevespinosa

XOXO, REH!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...