História Amor Meu - Capítulo 6


Escrita por: ~ e ~Izzy_Scamander

Postado
Categorias Saga Crepúsculo, The Vampire Diaries
Tags Romance
Visualizações 91
Palavras 785
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Científica, Lemon, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Policial, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Gente, amei os comentários do capitulo anterior.
Espero que gostem e boa leitura!

Capítulo 6 - Capítulo 6. (O Sonho).


Fanfic / Fanfiction Amor Meu - Capítulo 6 - Capítulo 6. (O Sonho).

POV. RENESMEE

Era uma tarde agradável! Um vestido longo e branco me vestia. Meu pai me acompanhava. Caminhávamos vagarosamente. Tinha flores em todos os lugares... Haviam bancos no qual tinha muitas pessoas sentadas, todos olhavam para mim sorrindo. 

Minha avó Esme me fitava com um sorriso longo, parecia estar emocionada, mas mesmo que quisesse, ela não podia chorar. Bem lá na frente, tinha uma pessoa a me esperar, era um rapaz... Não consegui identificar quem era, pois uma névoa branca embaçava minha visão, me despertando mais curiosidade em saber quem estava lá na frente. Meu coração batia muito rápido... A cada passo que nós dávamos continuávamos andando bem devagar. Meu pai parecia muito calmo, mas eu estava confusa! Chegamos na frente... A névoa que alguns segundos atrás embaçava minha visão, desaparecia pouco a pouco e o rapaz que estava a minha frente, aos poucos ficava visível de se ver, como se não passesse de uma mísera charada! Foi então que eu pude vê-lo... Ele estava vestindo um terno preto, olhando para mim com um sorriso enorme em seu rosto! O mesmo se aproximava de mim, aproximava-se tanto que sua boca já estava perto a minha. Por fim, o rapaz entrelaçou nossos lábios, me dando um beijo calmo, mas ao mesmo tempo quente! Sua respiração estava ofegante, pude ouvir seu coração bater tão rápido quanto o meu. Depois que sua boca se afastou da minha, pude conhecer o seu rosto. Sim... É ele... Jacob! Continuava a me beijar.

Acordei confusa com uma pitada de desespero! Coloquei a mão sobre a cabeça e fiquei pensando naquele sonho. "Por que esse sonho agora? Por que o Jacob?". Essas perguntas tomavam conta da minha mente e me deixava mais perdida do que já estava. Mas não demorou muito para minha mãe tirar-me a atenção dele.

- Renesmee, querida! - Ela tenta me acordar. - Acorde meu bem... Vamos tomar seu café da manhã?

- Não estou mais dormindo, mãe! - Falo em um tom alto de voz.

- Você dormiu bem? - Pergunta. 

- Dormi, sim, mãe! - Falei.

Não disse nada sobre o que tinha sonhado, estava com vergonha de falar aquele sonho. Mas havia uma pessoa na qual eu jamais poderia esconder... Meu pai.  

- Tá bom, querida. Vou te esperar lá embaixo. 

- OK! Daqui a pouquinho chego lá - Dei um beijo em minha mãe e ela desceu para me esperar. 

Enquanto isso, tomei banho, escovei os dentes,  escolhi uma roupa e  escovei meu cabelo. Depois disso, desci as escadas para tomar café. Todos estavam reunidos me esperando. Meu pai, minha mãe, tia Alice tio Jasper, tio Emmett, tia Rose, minha avó, Esme e meu avô Carlisle. 

- Bom dia, meu anjo! - Cumprimentou-me meu pai.

- Bom dia, pai! - Respondi.

- Acordou, monstrinho. Depois vamos jogar video-game. - Tio Emmett sorriu irônico ao falar.

Eu estava tentando não pensar naquele sonho, mas estava difícil! Sem perceber, deixei escapar umas imagens na minha cabeça. Meu pai já estava me olhando desconfiado. Com certeza ele leu meus pensamentos! A pior coisa do mundo é ter um pai que ler mentes... Pode crê!

- Dormiu bem Renesme ? - Meu pai me olhou com aquele olhar desconfiado dele. 

- Sim, papai e você ? - Fiz uma piada para tentar esquecer o que estava me perturbando.

- Engraçadinha! Voce não tem nada para me contar?

- Claro que não, pai! Você podia parar de ouvir meus pensamentos? - Eu não queria falar de um sonho em que supostamente eu estava me casando com Jacob. Seria constrangedor, na verdade! E além do mais, eu também precisava de um pouco de privacidade!

- Jacob virá te visitar hoje, querida. Precisa passar mais tempo com seu velho amigo. - Mamãe disse colocando uma mecha do meu cabelo para trás.

Que legal! Vamos compensar todo tempo em que ficamos afastados.

 Depois de tomar café, subi para meu quarto e peguei um livro de romance para ler. Antes que eu pudesse começar a leitura, meu telefone tocou. 

*Tele. ON*

- Alô? 

- Oi, Nessie. Sou eu. Jacob!

- Oi, Jacob. Você tá legal? 

- Estou sim e você? 

-Tô legal também. Minha mãe falou que viria hoje nos visitar... Você vem?

- Vou, sim. Hoje a tarde estou aí!

- Que ótimo! Pode vir, estarei te esperando. 

- Claro, Nessie. Agora preciso desligar, vou resolver algumas coisas da matilha. 

- Tá certo. Tchau, Jacob! 

 *Tele. Of*

Desliguei o telefone. E o livro que eu estava prestes a ler, euajá havia esquecido.oSó conseguia pensar no momento em que Jacob iria chegar. 

Não consigo evitar em pensar nele. Desde que voltei da viagem, agora  tudo esta diferente! Não consigo mais entender o que sinto por ele.


Notas Finais


Gostaram? Deixem nos comentários o que acharam!!!
Como eu falei, críticas também são bem-vindas, pois me incentivem a escrever mais e bem melhor! Obrigada!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...