História Amor proibido- Imagine Jimin (BTS) - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jimin
Tags Bts, Hope, Jimin, Jin, Jungkook, Namjoon, Taetae, Vampire, Yoongi
Visualizações 390
Palavras 465
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Esporte, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Hentai, Lemon, Luta, Musical (Songfic), Poesias, Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Survival, Terror e Horror, Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 7 - Capítulo sete


~ S/N on


Por volta da meia noite ainda estava acordada encarando a floresta onde vivi os piores minutos de minha vida, vi um vulto passando e logo percebo que tinha uma pessoa na floresta e os " garotos " estação atrás dele, minha vida eles pouparam mas a dele não sei se pouparão. 


Decidi ajuda-lo e foi o que fiz, peguei minha lanterna e sai a caminho da floresta, ao ir mais ao meio pude escutar seus gritos pedindo desculpas e tals.


- Por favor não me machuque! -ouvi aquela voz masculina.


- Hey amigo! Eu não te pouparei, venha aqui imediatamente! -diz um deles. 


- Será que ele vai ser a nova Baby Girl? Quer brincar de esconde esconde!? Então lá vai!-fala o tal Park


Depois de um tempo a floresta havia silenciado, fui até uma árvore e subi na mesma.


- NÃO NÃO! POR FAVOR! -o homem gritava, pude vê ele sendo arrastado até um ponto. 


- Hora do....sangue....


Ele para de falar assim que me vê.


- Baby Girl....


~ Park Jimin on


Senti aquele cheiro de sangue, olhei para cima e vi a Baby Girl. 


Assim que pronunciei a palavra rapidamente ela desceu da árvore, fui atrás dela.


- O que faz aqui?-pergunto grosso


- O que você vai fazer com ele?


- Não interessa! -falo segurando seu braço


- Me solta


- Eu te falei para não voltar! Mas a Baby quer brincar então vamos brincar! -falo. 


- O-o que?...


~ S/N on


Sinto alguém tampando meus olhos e quando me soltam os meninos haviam sumido, eatava em uma floresta desconhecida ou talvez seja o resto da mesma.


- Eu falei para não voltar!-ouço a sua voz. Fico procurando o mesmo mas estava tudo escuro - Mas miminha Baby não me escutou


Ele dava medo, só parece que não mas ele era muito estranho. 


- 1...2 o Daddy vai te pegar! 


Sinto algo atrás de mim mas quando me viro não havia ninguém.


- Onde você está? Apareça


- Não Baby Girl, não! 


Sinto alguém me segurar mas não havia ninguém, estava paralisada não conseguia me mexer.


- Por que não me ouviu?-diz ele no meu ouvido me ffazendo arrepiar. 


- Me solta....-falo em um sussurromas alto o suficiente para ele me ouvi. 


Do nada minhas pernas fraquejaram e eu cai, minha visão começou a embaçar e tudo girava. 


O que está acontecendo?


- Baby Girl...tome muito cuidado comigo, não sou homem com quem se brinca! -fala e logo uma luz o ilumina, ele estava com uma faca na mão e a mesma se encontrava cheia de sangue, mas logo ele desaparece.


- Cadê você? O que quer?


- Estou aqui Baby...-diz ele baixo


- Quem é você...?-pergunto


- Me chame de Daddy!-fala. Ouço um barulho, olho em volta e tinha 10 pessoas sorrindo de um modo estranho, todos com uma faca e algumas coisas na mão. 


- Olá Jimin ou devo chama-lo de Daddy?





Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...