História ANGEL - Shawn Mendes - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Shawn Mendes
Personagens Personagens Originais, Shawn Mendes
Tags Adult, Amor, Cutting, Mendes, Shawn, Young
Visualizações 60
Palavras 1.012
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ficção, Romance e Novela, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Desculpem pela demora!
NÃO esqueçam de me dizer o que acharam,sim?

Enjoy it !

Capítulo 6 - Have a lunch with me?


Fanfic / Fanfiction ANGEL - Shawn Mendes - Capítulo 6 - Have a lunch with me?

    O final de semana passa depressa. Mal consigo aproveitar um tempo só para cuidar de Joe e ouvir sua extensa lista de novas palavras que aprendeu na escola. Aos meus olhos ele está crescendo rápido demais, mas a verdade é que ele está sendo praticamente obrigado a fazê-lo. Há quem diga que crianças não entendem de nada, que são inocentes e aceitam tudo, mas Joe não. Ele sente tanto a falta da mamãe quanto eu e nem ao menos chegou a conhecê-la. Sua conexão com ela, enquanto estava dentro da barriga, devia ser fodidamente forte. 

    Sento no chão enquanto Hello do Evanescence toca em meu celular e instantaneamente uma lembrança me invade.  

 

    Chego da escola e está tudo escuro.

  - Mãe? Pai? -grito andando pela casa mas não tenho resposta. Em cima do balcão da cozinha tem um papel, ao pega-lo reconheço imediatamente a caligrafia perfeita de minha mãe. Qual o problema dela em usar celular?-

    

    “ Angel, precisei ir ao hospital. Não se preocupe pois está tudo bem. Eu apenas me senti tonta e seu pai exagerado me convenceu a ir. Seu almoço está no microondas. Nós não vamos demorar. 

                                  Beijos, mamãe ” 

 

    Dou de ombros e vou esquentar meu almoço. Quando termino sento no sofá e espero ansiosa mamãe chegar. 

    Já escureceu quando escuto o motor do carro sendo desligado. Levanto do sofá e vou encontrá-los na porta. 

  Como sempre minha mãe está linda com um vestido azul longo e a mão estendida sobre a enorme barriga de sete meses. 

  - O que houve ? -pergunto impaciente. Vejo meu pai suspirar e balançar a cabeça negativamente. Meu coração dispara- Mãe? 

  - Está tudo bem,querida -ela responde enquanto caminha devagar com a ajuda do meu pai e senta no sofá- Só minha pressão que resolveu subir um pouco. Mas já está tudo bem -ela me olha e sorri- 

    Meu pai vem da cozinha com um copo de suco e entrega à ela. Examino seu semblante e percebo que ele está preocupado...Na verdade apavorado é a palavra certa. 

  - Está mesmo tudo bem com você e Joe, mãe? -pergunto me sentando ao seu lado e vejo sua mão desocupada subir até meu rosto e acariciar minha bochecha-

  - Claro que está, Angel - seus olhos azuis como os meus brilham e eu custo muito em acreditar que não são lágrimas ali- Eu e seu irmão vamos ficar bem. Eu prometo -ela sorri- 

 

    Ela mentiu. Somente Joe ficou bem. Ela nos deixou por conta de uma fodida Pré- Eclampsia. 

    Não posso aceitar... Eu simplesmente não consigo. 

 

...Has no one told you she's not breathing? 

Hello, I'm your mind giving you someone to talk to 

Hello! 

 

If I smile and don't believe 

Soon, I know I'll wake from this dream 

Don't try to fix me, I'm not broken 

Hello! I'm the lie living for you so you can hide 

Don't cry 

Suddenly, I know I'm not sleeping 

Hello! I'm still here 

All that's left of yesterday...

 

...Ninguém te falou que ela não está respirando ?

Olá, eu sou a sua mente te dando alguém para conversar

Olá!

 

Se eu sorrir e não acreditar

Em breve, eu sei, eu vou acordar deste sonho

Não tente me consertar, eu não estou quebrada

Olá! Eu sou a mentira vivendo por você, então você pode se esconder

Não chore

De repente, eu sei eu não estou dormindo

Olá! Eu ainda estou aqui!

Tudo o que sobrou de ontem...

 

    A música ainda toca enquanto choro e pressiono a lâmina em meu pulso, não ligo se estou cortando lugares que nem ao menos cicatrizaram direito...Eu só quero que essa dor sai de dentro de mim. Que me deixe em paz! 

  - Mãe...Eu sinto tanto a sua falta... -digo entre lágrimas. No chão uma poça de sangue me assusta mas não consigo parar-

 

                                      [...]

 

    Hoje é quarta-feira, e diferente dos outros dias está passando lentamente. Penny não pôde vir trabalhar hoje e eu estou sozinha aqui. Está quase na hora do meu almoço e Amy terá que me cobrir, mesmo que eu não vá realmente comer nada. Apenas trinta minutos para fumar é o que preciso. 

    Estou fazendo algumas anotações quando algo praticamente me obriga a levantar o olhar para porta. Reviro os olhos e me atrevo a sorrir. 

  - Admirável o seu gosto repentino de vir estudar na biblioteca, já que falou que não costumava vir muito -falo quando Shawn se aproxima e estende as mãos sobre o balcão- 

    Ele sorri e não consigo evitar fazer o mesmo. Pela terceira vez seguida ele está aqui. Na segunda-feira tentou puxar assunto e até me levar para almoçar. Na terça a mesma coisa, apesar de eu sempre mostrar cara feia e lhe dar respostas mal educadas. 

    Parece que não consegui resistir por muito  tempo.

  - Tenho os meus motivos -ele responde sorrindo largamente- 

    Sorrio e balanço a cabeça negativamente. 

  - Finalmente um sorriso depois de dois dias tentado! -ele comemora e eu reviro os olhos- Seria esse sorriso algum tipo de resposta para o meu convite? -franzo o cenho e ele explica- Almoça comigo? 

  - Esse seu interesse de querer alimentar minha família já está começando a me assustar -falo e sua gargalhada alta me faz rir também- Estou falando sério! 

  - Eu também! Qual é,vamos? -ele insisti- 

  - Eu nem te conheço direito. Por que sairia para almoçar com você? -pergunto com uma sobrancelha erguida- 

  - Aí está uma ótima oportunidade...-antes que ele continue Amy nos interrompe- 

  - Kathryn,eu vou precisar sair. Será que você não pode fazer seu horário de almoço um pouco mais tarde hoje? 

    Kathryn...Já disse o quanto odeio quando me chamam assim? 

    Shawn está me encarando e antes que eu responda ele o faz por mim. 

  - Não vai dar senhora...Gray -ele lê o sobrenome em seu crachá- Angel já estava de saída quando a senhora chegou. Ela vai almoçar comigo agora -seus olhos me olham intensos e significativos- 

        Eu vou? 

  - Ela vai? -questiona a mais velha de cara fechada- 

  - Sim,eu vou -respondo para ela,mas meus olhos e sorriso estão no garoto à minha frente- 

 

 

    


Notas Finais


Espero que tenham gostado desse!

Kisses! See you later!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...