História Anjo que vai ao céu - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 5
Palavras 547
Terminada Sim
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Famí­lia, Shoujo (Romântico)
Avisos: Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Hey galera
•One-shot original
• Deve ter erros ortográficos
Espero que gostem

Capítulo 1 - Capítulo único


Fanfic / Fanfiction Anjo que vai ao céu - Capítulo 1 - Capítulo único

Dor...

Senti isso em meu corpo inteiro.

Escuridão...

Eu só via isso.

Foi a pior sensação que eu ja tive!

Mas, depois de um tempo, abri os meus olhos. Eu conseguia enxergar de novo.

Liberdade! Finalmente! Depois de tanto tempo!

Mas, eu não estava no mesmo lugar de antes. Eu estava... Num cemitério?

Ao lado de um caixão de madeira. 

Minha familia! Ah, era tão bom vê-los!

Mas eles me pareciam tristeza, alguns chorando, estavam vestidos de preto; o que acontecia?

 Eu olhei para os lados, vi também os meus amigos, também choravam. Minha melhor amiga, não parava de soluçar, como meus pais.

Eu vi um padre, a frente do caixão, segurando um livro e dizendo palavras.

- Aqui morreu, Emily Grendi. - disse o padre.

Ao escutar o meu nome, eu travei, olhei para dentro do caixão, vi uma garota de cabelos loiros, pele branca, e de mãos dadas. Impossível... Era eu!

Mas, como?

- Em um trágico acidente de carro, ela não conseguiu sobreviver. Nós queremos que descance em paz. - dizia o padre.

Então, eu morri... Grande merda! Ai meu deus, eu tinha tanta coisa para fazer! Para viver!

Alguem apareceu atrás de mim, era um garoto loiro de olhos verdes, com asas de anjo. Não acredito! Era ele...

Ricador Cantos...

Ele tinha morrido de ataque cardíaco, ele era meu amigo, eu fiquei tão triste ao saber que ele morreu.

- Ricardo?

- Emily. - me chamou. - Você já sabe que...?

- Sim, eu sei.

- Então, venha comigo, pois nós iremos a um lugar.

- E qual seria?

- Para o céu.

- Mas, e-eu... - gaguejei, não soube reagir muito bem naquele momento.

- Talvez queira se despedir... - ele apontou a uma direção e eu segui com o olhar. 

Eu vi a minha irmã perto das árvores. Tadinha, só tinha 5 anos. Queria tanto falar com ela, mas como eu iria conseguir? Olhei para Ricardo, ele só afirmou com a cabeça. Bom, eu só fui lá...

Ela estava sentada na grama, de cabeça baixa, uma carinha triste. Eu então, a chamei.

- Britney! - ela me olhou, com algumas lagrimas nos olhos.

- Emily?

- Sou eu. - eu disse me agachando, estendia a minha mão e ela tentou tocar, porém, ultrapassou.

- Você está...?

- Não, sou eu em espírito. - eu expliquei. 

- Eu queria que você ficasse mais. - pediu entre lágrimas.

- Você sabe que não dá, eu também queria muito ficar, mas... Eu tenho que ir.

- Aonde?

- Para o céu. - olhei para cima.

- Tem mesmo?

- Sim. - eu me levantei e ela também. - Saiba que irei sempre te amar, e eu sempre estarei aqui. - apontei ao coração dela. Beija a testa dela e sorri, assim como ela.

- Eu também. - sorriu e enxugou uma lágrima. 

Eu fui caminhando entre as árvores, achei Ricardo em cima de uma rocha.

- Pronta?

- Não. - eu bora.

- Então vamos. - ele segurou a minha mão e asas de anjo surgiram em.minhas costas, saímos voando ao céu, ao meu novo lar.


- Mamãe! - chamou Britney.

- O que houve?

- Mãe, eu vi a Emily!

- É mesmo? - sorriu triste. - Ela conversou com você?

- Sim, disse que estaria no céu e em meu coração.

A pegou colo. - Ela esta certa, sempre estará conosco, mesmo espiritualmente. - elas foram em bora.


"As vezes, perdemos pessoas importantes, mas sabemos que elas estarão conosco, na memória e no coração, até o fim de nossas vidas."


Notas Finais


Espero que tenham gostado ^^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...