História Anti-gravidade - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Boku no Hero Academia (My Hero Academia)
Personagens Bakugo Katsuki, Uraraka Ochako
Tags Bakugou Katsuki, Bakugou X Uraraka, Bakuraka, Bnha, Boku No Hero Academia, Kacchako, Katsuki, Mha, My Hero Academia, Ochako, Uraraka Ochako, Uravity
Visualizações 24
Palavras 331
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Droubble, Escolar, Fluffy, Shoujo (Romântico)
Avisos: Linguagem Imprópria, Spoilers
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 1 - Anti-gravidade


Uraraka nunca se incomodou com sua individualidade; mas não era algo que conseguia pensar sobre e sorrir orgulhosa. Ela amava fazer objetos ou pessoas flutuarem pela gravidade zero, dar a elas uma pequena sensação de liberdade lhe deixava feliz, apesar de se esgotar com isso.

Era como se o mundo estivesse algemado em seus pés e quanto mais lutava, mais o destino lhe derrubada aos seus joelhos, estabelecendo novas alturas fora do seu alcance. Uraraka acabava se odiando por sempre chorar por isso. Sua individualidade a fazia querer planar sobre aqueles que desejavam que estivesse abaixo do solo pela eternidade.

Depois de sua luta com Katsuki Bakugou, ela se permitiu desabar quanto ficou sozinha com a saída de Deku e Tenya. Acima das nuvens, da tempestade aquela energia havia a libertado para além do que se conhecia do universo e naquele momento ela se sentiu acordada, se sentia viva em meio as lagrimas que derramava para aplacar sua frustração. Ela respirou profundamente, quando o fluxo de suas lagrimas diminuíram, se apoiando na mesa enquanto limpava o rosto ao ouvir a porta se abrir.

Uraraka observou Bakugou entrar e fechar a porta atrás de si com a mesma expressão carrancuda, no qual, já estava mais familiarizada. Ela se virou para ele, limpando as poucas lágrimas que ainda teimavam em cair. Bakugou se aproximou silenciosamente dela e a abraçou gentilmente.

— Você lutou bem. — Ele murmurou baixo em meio a surpresa dela pelo abraço repentino. Uraraka apenas inspirou com força e retribuiu ao abraço.

— Não deveria estar aqui. — Aspirou.

— Eu te ouvi chorando, além de que já estava te procurando antes disso. — Bakugou deu de ombros enquanto se manteve imóvel, acariciando as suas costas.

— Por quê?

— Queria saber como você estava.

Uraraka Ochaco não soube o que dizer, apenas acabou o apertando por instinto e murmurando baixo que estava bem; para ela era como se suas algemas tivessem lhe soltado. Era a primeira vez que sentia um frio na barriga proporcionado pela sua anti-gravidade.

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...