História Apenas o Começo - Capítulo 16


Escrita por: ~

Postado
Categorias Cúmplices de um Resgate, Giovanna Chaves, João Guilherme Ávila, Larissa Manoela
Personagens Felipe Vaz, Fiorina Cavichioli, Isabela Junqueira, Joaquim Vaz, Julia Vaz, Manuela Agnes, Omar Ferraz, Otávio Neto, Priscila Meneses, Rebeca Agnes, Safira Meneses
Tags Jundré, Majo, Primar, Teobela
Visualizações 82
Palavras 1.341
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 10 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Escolar, Famí­lia, Festa, Poesias, Romance e Novela

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Hello Seres Humanos 😎
Turubom?


Nada a declarar....


Lalalalala

Capítulo 16 - Para muitos, machucam.






Estava tão cansativa a aula de Sociologia. Mas ao olhar para o lado, vejo dois babacas idiotas zoando o nerd que não estava gostando.

Me levantei imediatamente da carteira.

Professor: Pois não, quer falar alguma coisa senhorita Agnes? - Na verdade queria voar na sua cara por não fazer nada.

Manu:Na verdade, quero desabafar com os queridos alunos, posso? - Ele assentiu. Comecei a andar pela sala pensando por onde começar - Sabe o que mais me irrita nas pessoas? É as pessoas fingir ser cegas. As pessoas fingir ver. Ver o que está acontecendo nessa sala, o garoto chorando e dois babacas zoando ele. É assim que querem o futuro de vocês? Zoando as pessoas e não ver que isso machuca as pessoas? Isso se chama respeito, vocês não sabem conviver e respeitar as pessoas. Ele é um nerd, mais idai?  O que é que tem em ser um Nerd? - Apontei para o garoto que chorava quieto em sua carteira. - Essa garota é tem uma pele totalmente diferente que a minha,- Apontei a uma menina que abaixou a cabeça- Mas não é por isso que vou zoar,  mas não é por isso não vou ajuda lá, mas não é por isso que vou deixar de ser amiga,  a mesma coisa que o garoto. Você- Apontei a um dos babacas que estava jogando bolinha de papel no garoto - O que você quer ser quando crescer?

Xxx: A, é fácil pô, jogador de basquete - Ele falou como se fosse a coisa mas fácil do mundo.

Manu: E você acha que vai conseguir ser um jogador de basquete assim? Apenas jogando? Ou apenas zoando o menino? Não você não vai conseguir ser se continuar com essa atitude ridícula, pois você não consegue tratar bem um ser humano que tem a inteligência maior que a sua, você não sabe respeitar. Você pelo menos sabe do que o professor estava falando? Não porque você estava zoando o menino. Zuar, as pessoas acham que é só uma brincadeira, mas para muitos, machucam. Alguns entendem, tipo eu, mas sei o que passa dos limites. E se você não entende, problema seu, mas respeita. Pois ele no futuros, pode ser o que ele quiser, pois ele estuda, ele batalha. Não estou dizendo que ele é melhor que você, só tô falando que a sua atitude junto com seu amiguinho está prejudicado você no futuro. Agora imagine, o treinador  não te querer na equipe por você não saber respeitar, é possível. Olhe para o menino- O menino levantou a cabeça e todos olharam para ele- Ele está chorando por sua culpa, porque você fez isso com ele? Vocês dois tem que começar a ver as pessoas de outra forma, pelo caráter e não porque ele é nerd. - Todos aplaudiram e o menino se levantou e me abraçou.

Menino: Obrigado - Fungou e eu retribui o abraço, depois ele desfez e se sentou.

Sabrina: Só porque é brasileira se acha - Sussurrou para a amiga mais eu ouvi e revirei os olhos sentando novamente.

Manu: Desculpa atrapalhar sua aula professor - Ele apenas sorriu e voltou a explicar o conteúdo.


[...]

Xxx: Eai Manu, arrasou em - Um menino que eu nem conheço, fez um toque na minha mão e saiu.

Estava no intervalo e eu estava encostada numa árvore conversando com o Joaquim que estava na minha frente. Observava os meninos andar de skate.

Joaquim: Quem é ele? - Franziu a testa.

Manu: E eu vou saber, deve ser da minha sala de sociologia, gatinho né - Ele fez uma careta enquanto eu mordia o lábio olhando para o menino. Eu olhei para ele e ri. - Não vai treinar não?

Joaquim: Gostei da forma de me expulsar, Tchau - Ele piscou e deu meia volta saindo de lá.

Olhei para o lado e vi Isabela aos beijos com um dos drogados. Desencostei da árvore vê aproximei deles.

Manu: Isabela- Cruzei os braços e os dois imediatamente pararam o beijo.

Antes dela falar alguma coisa, peguei se braço e sai de lá puxando ela.

Isa: Manuela, para, me solta - Se soltou e eu virei para ela.

Manu: Olha aqui Isabela, eu não vou deixar você se meter com esses drogados. Entendeu? - Falei com raiva.

Isa: E quem disse que o cara é usuário de droga? Ele é gente boa.E não estava fazendo nada demais.

Manu: Estava sim, lembra de quando a Julia falou que ele é um usuário? Então, não vou deixar você se meter com esses caras. Porra Isabela - Me virei

Isa: E  Julia estiver errada? - Ela vai continuar insistindo nisso? - Tá, se ela tiver certa,  nós dois estávamos nos beijando e não se metendo com droga. Me deixa- Quando me virei vi ela indo a direção do cara o beijando.

Mas eu me aproximei novamente e puxei ela pelo cabelo, fazendo ela se afastar

Manu: Vamos pra aula maninha -Mandei e sai dali puxando o cabelo dela.

Todos viam e riam da minha atitude mas tô nem aí.

Isa: Manuela me solta, esta todo mundo olhando. -  Falou com raiva se debatendo.

Manu: Tô pouco me fudendo para isso. Só vou te soltar quando chegarmos na sala de aula

Isa: Mas tá cedo para ir pra aula Manuela. - Bufou.

Manu: Legal né. - Entrei com ela numa sala e soltei ela, depois fechei a porta.

Isa: O que você quer em? - Olhou frio para mim.

Manu: Que você para de se meter com esse drogado Isabela, pare. - Dei destaque na última parte.

Isa: Você não é minha mãe...- Foi até a porta mas eu puis a mão impedindo dela abrir.

Manu: Mas sou sua irmã e estou fazendo isso pelo seu bem. Isabela se ele te apresentar alguma coisa, você vai pegar, e pronto, já era. Tenho uma irmã drogada. Não mexe com eles, nem beije. - Abri a porta- Se quiser sair, mexer com esses drogados, tudo bem, mas sua vida só vai piorar pois vou ficar na sua cola e a mamãe vai ficar sabendo. - Ela deu uma última olhada em mim e saiu com raiva.

Sentei na cadeira do professor e comecei a mexer em meu celular. Já que a próxima aula será aqui.


P.O.V Isa

Estava indo para o ar livre, aonde eu tinha encontrado o menino. Como a Manuela pensar, garoto drogado. Aliás, ela não manda em mim, eu faço o que bem entender com a minha vida. Aff.

Julia: Isabela perai- Nem olhei para trás, continuei andando. - Isabela para de andar- Mandou e eu parei porque eu quis. - Vem comigo- Pegou meu braço e puxou para o banheiro. - Pode contar.

Isa: A desgraça da Manuela não me deixa em paz - Falei com raiva e alto. - Só porque eu beijei um drogado, que raiva.

Julia: Perai, você o que? - Ela olhou para mim com se já tivesse entendido- ISABELA, sua irmã está certa, não se meta com essa gente.

Isa: Julia, foi apenas uma ficada.

Julia: Começá com uma ficada, depois com uma maconha, depois quando ver já é usuário ou traficante. Eu tô falando para você, não sua meta com essa gente que elas são perigosas.

Isa: Tá, parei. - Sai do banheiro e fui procurar outro menino para ficar.

Whatssap On

Drogado: Oi gata, partiu matamos aula?

Isa: Não, sorry.

Whatssap Off

Quando olho para a frente tem um poste, na verdade era só o Téo mesmo.

Isa: Não vai treinar não? - Falei pendurado meu celular na cintura.

Téo: Hoje não, vamos sair para tomar um sorvete?

Isa: Tenho aula daqui a pouco, mas vamos vai - Ele deu um sorriso e eu retribui.

Fomos até a porta da escola, ele me acompanhou do meu lado, abri a porta e sai, ele saiu atrás.

Isa: Então, qual é a treta? - Falei enquanto atravessava a rua, ele estava atrás.

Téo: Nenhuma.

Isa: Sério que me chamou aqui para falar nada?

Téo: Eu te chamei para tomar um sorvete comigo. - Ergueu as mãos em redenção.

Isa: Tá legal, vou faltar da aula por sua culpa.

Téo: Tá.


Notas Finais


Manuela e Isabela 😂😂
Manuela pegando a irmã pelo cabelo 😂😂😂 (acho que vou começar a fazer isso com a minha irmã) quem imaginou? Eu 🖐️

Isabela e Téo indo tomar um sorvete 😍
Isabela com um drogado, pode gente?

Eu decidi usar essa situação, pois muitas gente, se machucam com as zoações. 😀😁


Até o próximo (que talvez seja quarta) 👋👋


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...