História At seventeen years old - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Pretty Little Liars
Personagens Alison DiLaurentis, Aria Montgomery, Caleb Rivers, Emily Fields, Ezra Fitzgerald, Hanna Marin, Jason Dilaurentis, Jessica DiLaurentis, Paige McCullers, Pam Fields, Spencer Hastings, Toby Cavanaugh, Wayne Fields
Tags Alison, Emily, Emison, Pll
Visualizações 90
Palavras 1.025
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


OI galerinha, turo bom? Já vi que vocês estão gostando da fic... obrigada pelos comentários, espero que gostem.

Capítulo 2 - Capitlo 02


​Povs Alison:

Flashback ​on

​    Meu corpo estava dolorido, já faz dez anos que estou nesse inferno... ele havia dormido, estava apenas com a calça deitado sobre os seus braços. A porta estava apenas encostada e por ser domingo não havia ninguém do lado de fora. Meu coração estava acelerado, será que dá tempo? se eu correr ele vai me alcançar? vou consegui correr com toda essa dor pelo meu corpo (principalmente no meu sexo)? se ele me pegar vou conseguir gritar (gritei demais hoje...)? se consegui vão me ouvir?

Não pensei em mais nada. Me levantei ignorando a dor... fui até a porta e a abri devagar...

- Aonde você pensa que vai Lauren?

Não respondi, apenas corri, corri o mais rápido que pude. Não fazia a minima ideia para onde estava indo. Apenas vi uma luz, acho que o farol de um carro. Corri em sua direção, tinha um carro, olhei para trás e vi que não daria tempo de parar pra pedir ajuda, então corri mais na esperança que a pessoa me visse: Passei em sua frente e vi um balcão, entrei pra me esconder. Não havia saída, apenas uma entrada que não dava em lugar nenhum...

- Acabou Lauren... - ele se aproximou de mim, a cada passo que ele dava em minha direção eu me afastava, quando encostei na parede ele disse:

- Tão inocente... Achou mesmo que ia escapar? mas não vai mesmo. - Ele enfiou uma faca na minha perna e logo a retirou, eu gritei, gritei como nunca antes... - assim você me excita baby... - ele me agarrou e começou a beijar o meu pescoço, não importava o quanto eu gritasse, mandasse parar, resistisse, ele me segurava com mais força. Até que ele me soltou e foi pro outro cômodo;

Ouvi pancadas, até que uma garota morena apareceu e me tirou daquele inferno...

​Flashback off

​       - Você tá com fome Ali? - Ela me pergunta enquanto colocava o sinto

       - Pra falar a verdade estou.

       - Vamos no The Brew, adoro a comida de lá.

    Fomos ouvindo música, ela era muito divertida, me contou sobre historias da sua vida, sobre as suas amigas, relacionamentos (a única parte que não me senti muito confortável). Ela me contou sobre a sua família, principalmente sobre a sua mão (que quero muito conhecer).

- Chegamos. - ela diz sorridente

Ela me ajudou a sair do carro, entramos e lá estava vazio por causa do horário.

- Oi Emily, o que faz aqui? - um homem moreno de olhos azuis disse assim que a avistou.

- Oi Ezra, vim comer  um pouco.

- E quem é essa? - ele disse se direcionando para mim, me escondi atrás da Emily...

- Alison, esse é o Ezra, Ezra essa é a Alison. - ele estendeu a sua mão para mim mas não tive coragem de apertar... - Enfim.. - a Emily continuou - vamos sentar Ali?

- Vamos.

Nos sentamos em silêncio.  Ela sentou ao lado da janela e ficou olhando para fora, até que eu soltei:

- Desculpa... - ela se virou para mim

- Pelo o que?

- Te fazer passar por isso... por você ter que me segurar no hospital, eu ter sido grossa com o seu amigo... eu quero me desculpar por existir na sua vida; - sinto uma lágrima escapar dos meus olhos;

- Não peça desculpas, não se rebaixe, você não tem culpa de sentir medo. Ninguém tem. Você tem que se sentir feliz por não estar ao lado dele... ou deles. - ele diz limpando as lágrimas do meu rosto. Olhei em seus olhos, não consegui me concentrar em mais nada a não ser em seu toque no meu rosto, em seus olhos, em sua respiração, em sua proximidade... por que não estou com medo? por que gosto dela perto de mim?

- O que vocês desejam? - uma mulher diz se aproximando. A Emily me solta e diz:

- Eu vou querer um cappuccino e você Ali? - olhei para ela com o olhar que dizia *não faço a minima ideia*  - e trás uns cookies com leite para ela. - sorri agradecendo.

Ela me abraçou, não entendi por que mais me aconcheguei em seu abraço, estava com frio e ela percebeu passou a sua mão em meu braço em um movimento para tentar me esquentar. Ficamos assim, em silêncio até a comida chegar. Acho que nunca comi algo tão bom, ela apenas sorria para mim, um sorriso aconchegante;

Povs Emily

​   Eu paguei o lanche e fomos pro meu apartamento. Assim que entramos eu disse:

- Vamos pegar uma roupa para você. - Fomos pro meu quarto, lhe entreguei um pijama de manga comprida e roupas íntimas (limpas). Ela tomou um longo banho e disse:

- Me ajuda a... pentear o cabelo- sorri e a chamei pra perto. Penteie o seu cabelo e disse:

- Pronto. - ela bocejou. - Vem. - A levei pra sala e lhe dei um cobertor e um travesseiro.

- Boa noite Em, posso te chamar assim?

- Claro, boa noite Ali.

    Subi as escadas e fui pro meu quarto. Por algum motivo não estava conseguindo dormir... já eram três e quarenta e o sono não vinha.

Fui pra cozinha e tomei um copo d´água. Ouvi um grito vindo da sala, corri em direção a Ali:

- Você tá bem? o que aconteceu?

- Me solta! não me toca! me solta maldito, me solta! - ela ainda não estava acordada.

- Ali, eu to aqui, acabou, se acalme - disse a abraçando, ela abriu os olhos e começou a chorar, chorar muito. - Ei... já acabou, você está segura. Eu estou com você, você nunca mais estará sozinha. - disse beijando a sua testa;

- Em...

- Sim?

- Promete ficar comigo? me proteger? - ela pergunta me abraçando forte;

- Sempre Ali. - disse a abraçando ainda mais forte. Passei a mão em seu cabelo e disse:

- Vamos lá pra cima, melhor você dormir comigo. - Subimos abraçadas, ela deitou e eu deitei ao seu lado. Ela dormiu rapidamente e logo depois eu acabei adormecendo...

     Continuo?


Notas Finais


Eai, o que acharam? eu estou gostando... O que vocês acham que vai acontecer com elas? quando elas vão se apaixonar? Deixem suas teorias...
Beijos
LuluP <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...