História .athazagoraphobia - Capítulo 11


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, D.O, Kai, Lu Han, Sehun
Tags Chanbaek, Hunhan, Kaisoo, Sad
Visualizações 2
Palavras 664
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Ficção, Romance e Novela, Universo Alternativo
Avisos: Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Mutilação, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 11 - .love? i hate that.


"Sehun? Você ouviu falar no amor?"

No momento, Sehun e Baekhyun estavam sentados em um parque, observando o sol que ia se pondo lentamente. Fizeram várias promessas ali, que certamente seriam eternas, ou quebradas.

Amor. O que era amor? De acordo com o dicionário, amor significava "forte afeição por outra pessoa, nascida de laços de consanguinidade ou de relações sociais". Basicamente, era uma explicação boa, mas Sehun acreditava que cada um tinha sua própria opinião sobre o amor, cada um tinha seu significado sobre ele.

No momento em que ele pensou sobre isso, notou que Baekhyun o encarava profundamente e então lembranças pousaram a mente do garoto de cabelos loiros. Baekhyun percebeu o que havia dito, e abaixou a cabeça, deixando Sehun com seu próprio momento..

Ela tinha longos cabelos pretos, e olhos castanhos claros que se ele pudesse, ficaria ali encarando por um dia inteiro. Ela tinha um rosto perfeito, ela era inteiramente perfeita. Mesmo que eles estudassem em salas diferentes, Sehun sempre arranjava um jeito de ficar observando ela com suas amigas, mostrando aquele sorriso branco que fazia o dia de Sehun se iluminar.

Ele nunca teve coragem para nada, pelo simples fato de que não era encorajado. Sua falta de encorajamento e seus problemas sociais faziam ele ter um certo medo de se confessar totalmente para a garota que ele tanto gostava. Ele podia chamar aquilo de amor? Podia apenas chegar nela e dizer um "eu te amo"?

Primeiramente, o que era amor para Oh Sehun?

Sehun tinha a concepção do que ensinaram a ele, e o significado do amor estava nos dicionários, por que ele perderia tempo se perguntando o que era o amor? Ele continuaria ali, observando aquela garota, sem nenhum tipo de reação ou algo do tipo. Quando seus olhos castanhos claros encontraram os seus, Sehun sentiu um frio na barriga. Aquilo era apenas uma paixonite, de acordo com ele. Nada forte, certo?

Errado.

Quando Sehun fez seu primeiro amigo, Baekhyun, ele resolveu contar para ele tudo que sentia quando via aquela garota. Para Baekhyun, amor era se iludir constantemente, imaginando uma vida com aquela pessoa e acabar sofrendo em troca das ilusões. Ele perguntou o que ele pensava quando estava sozinho e Sehun respondeu que imaginava como era o beijo dela.

Sehun amava ela, e ele tinha medo de admitir isso para si mesmo.

Um dia, finalmente aconteceu. Sehun ficou nervoso, e marcou um encontro com a garota. Preparando o mais simples dos presentes, ele viu ela chegar perto dele e suspirar cansada, antes de perguntar o que ele queria.

Ele prendeu a flor no cabelo dela, que não teve nenhum tipo de reação. Isso fez Sehun ficar ainda mais nervoso, mas ele, aos poucos, contou tudo para ela. E no fim, disse as três palavras que acabaram com sua vida, as três palavras que ele temia todos os dias.

"Eu te amo."

A garota riu horrores. E então o humilhou emocionalmente, mesmo eles estando totalmente sozinhos. Sehun era tão sensível (e de fato, continuava sendo, mesmo não demonstrando.) e aquelas palavras o machucaram tanto, que ele implorou para os pais mudarem ele de escola e chegou até a passar quase 2 semanas trancado no quarto, sem fazer nenhum tipo de atividade além de chorar, se culpar e dormir.

Hoje, ele está assim. Não quer mais se apegar e muito menos ter um tipo de relação de mais de um dia. Ele tem medo.

"Sim, eu já ouvi falar dele, Baekhyun. E você sabe disso." Sehun respondeu, e encarou o céu escurecendo.

"E o que ele signfica para você?"

Ele passou longos minutos em silêncio, apenas observando o céu, quando finalmente respondeu:

"O amor é a mesma coisa que se destruir, se machucar. A pior parte é que ele deixa lembranças, cicatrizes e até mesmo lágrimas por onde ele passa. Eu tenho medo dele."

"O medo do amor (ou de se apaixonar) ou fobia do amor é conhecida como filofobia."

"Baekhyun"

"Sim?"

"Me prometa que nunca vai fazer eu amar de novo."

"Eu prometo."

E quando o sol de pôs totalmente, Sehun e Baekhyun fizeram sua última promessa


Notas Finais


espero que tenham gostado <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...