História Be My Girl (Imagine GOT7 e EXO) - Capítulo 61


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink, BtoB, EXO, Girls' Generation, Got7, SHINee, Super Junior
Personagens Baekhyun, BamBam, Chanyeol, Chen, Cho Kyuhyun, Choi Siwon, D.O, Heechul, Jackson, JB, Jennie, J-hope, Jimin, Jin, Jinyoung, Jisoo, Jonghyun Kim, Jungkook, Kai, Kris Wu, Lay, Lee Donghae, Lisa, Lu Han, Mark, Rap Monster, Rosé, Sehun, Shindong, Suga, Suho, Sungjae, Sunny, Taeyeon, V, Youngjae, Yugyeom
Tags Bambam, Blackpink, Btob, Bts, Exo, Got7, Hoseok, Jackson, Jaebum, Jimin, Jin, Jinyoung, Jungkook, Mark, Namjoon, Rap Monster, Seokjin, Suga, Sungjae, Super Junior, Taehyung, Yoongi, Youngjae, Yugyeom
Visualizações 257
Palavras 1.063
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Crossover, Ecchi, Escolar, Famí­lia, Harem, Hentai, Romance e Novela, Saga, Violência, Visual Novel
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oie meus amores! Boa leitura 🙏
Chu~💋

Capítulo 61 - Eu Espero


Fanfic / Fanfiction Be My Girl (Imagine GOT7 e EXO) - Capítulo 61 - Eu Espero

Escutei pequenos barulhos de flash de fotos, ao abrir os olhos me deparei com uma senhora em pé a nossa frente com uma máquina fotográfica. 

- O querida, eu te acordei. Me desculpe! - Ela disse toda envergonhada. 

Só então me dei conta de que ainda estava na casa de Baekhyun, dormindo em seu peitoral e o mesmo estava desmaiado ao meu lado.

- Me desculpe senhora, mas que horas são? - Perguntei ajeitando meu cabelo. 

- Agora são 11:45! - Ela olhou em seu relógio. 

Puta merda! 

Meus olhos quase saltaram do rosto. Eu havia pedido a hora de ir para a escola e a essa altura já estava terminando, Baekhyun por sua vez, estava mais do que atrasado para o trabalho.

- Hey! - Cutuquei ele. 

- Hmm... - Ele murmurou e começou a bater a boca fazendo um som engraçado. 

- Acorda! Já é quase meio dia! - Chacoalhei ele. 

- O que? - Ele abriu um dos olhos. 

- OMMA! - Ele gritou ao ver a senhora.

- Por que você não me acordou?! - Baekhyun levantou as pressas pegando seus pertences pela casa. 

- Vocês dois estavam dormindo tão bonitinhos juntos que eu não quis acordá-los - Ela disse toda meiga colocando as mãos na bochecha levemente corada. 

- Aigo! Eu só não mato você porque é a única que sabe fazer o kimchi do jeito que eu gosto - Ele disse.

- A meu bem, o que tem de mais chegar um dia atrasado no trabalho? Você sempre cumpre tudo direitinho - Ela disse com um sorriso no rosto. 

- Mas isso não podia acontecer hoje! Justo hoje que a Amber e o Chanyeol não vão estar lá! - Ele olhava embaixo do sofá procurando por algo. 

- Por que o Chany não vai está lá? - A senhora perguntou. 

- Por que o filho dele nasceu hoje. Nós estávamos lá no hospital de madrugada. Por isso perdemos a hora - Respondi. 

- O bebê do Chany nasceu?! Aigo! Preciso visitá-lo! - Ela pôs as mãos na cabeça. 

- Me desculpe te assustar aquela hora. Nem me apresentei a você. Meu nome é Saeron, omma do baekzinho - Ela disse toda orgulhosa. 

- É um prazer conhecê-la! Meu nome é Angel Cooper - Me curvei diante dela. 

- Outra hora vocês tricotam. Agora temos que ir! - Baekhyun grudou em meu braço e me puxou para fora. 

- Desculpe pela minha omma. Ela é louca! - Ele disse.

- Eu achei ela muito simpática baekzinho - O provoquei. 

- Eu juro que se você contar isso para alguém eu mato você! - Ele me ameaçou. 

Caminhamos mais um pouco e logo chegamos ao restaurente. 

- Mestre antes que o senhor diga alguma coisa eu posso explicar! - Baekhyun se pronunciou assim que entramos no restaurante. 

O velho Ogawa estava encostado no balcão, com uma expressão indiferente. Hoje era segunda feira e portanto o movimento estava bem parado.

- Chegou da festa do pijama Angel? - LuHan perguntou analisando meu look. 

- Eu sai as pressas de casa para ir no hospital ver a Amber e esqueci de trocar de roupa - Respondi. 

- Você chegou cedo demais hoje. Por que? - O mestre perguntou. 

- Eu estava na casa do Baekhyun e acabei dormindo e perdendo a hora. Não fui para a escola - Murmurei de cabeça baixa. 

- Tem foto do bebê? - LuHan perguntou. 

- Tem sim! - Peguei meu celular e mostrei a ele a ao mestre. 

Por sorte, eu guardava meus uniformes no armário do vestiário, mas tive que trabalhar usando pantufas. 

(...)

Junho de 2018

- Pra quem está em um jantar romântico não deveria estar com essa cara - Murmurei ao ver a expressão séria de Kai.

Estávamos jantando no melhor restaurante da cidade, um jantar romântico que ele mesmo planejou; ele forçava um sorriso uma hora ou outra mas estava claro que ele se sentia desconfortável com algo. 

Kai colocou um envelope branco sobre a mesa e o empurrou até minha mão. O olhei apreensiva e peguei o envelope. 

"Senhor Kim Jongin, você foi aceito na academia Star Dance".

- Ai meu Deus! Você foi aceito na faculdade oppa! - Fiquei muito feliz e orgulhosa dele. 

- Por que continua com essa cara? Você não quer ir? - O olhei confusa. 

- Fica no Estados Unidos - Ele indagou.

Meu sorriso escancarado a minutos atrás, foi se desmanchando lentamente. 

- Eu queria ter te contado antes, mas eu não tive coragem. Era pra eu me matricular somente ano que vem mas eles anteciparam a data para mês que vem. Me perdoe Angel por contar isso para você só agora. Queria que esse ano fosse perfeito para você e que não encarasse como uma despedida - Seus olhos se encheram de lágrimas. 

Senti minhas narinas arderem e lágrimas involuntárias escorrem pelo meu rosto. 

- Eu posso desistir. Sim, eu vou desistir! - Ele exclamou.

- Você está louco?! É o seu sonho dançar. É a melhor academia que existe! Você não pode desistir! - O repreendi. 

- Nada é mais importante pra mim nesse mundo do que você! - Ele esticou sua mão sobre a mesa e apertou forte a minha. 

- Eu te espero oppa. Falta pouco tempo para eu me formar e ai eu vou te encontrar - As lágrimas desciam sem parar molhando todo o meu rosto e a toalha de mesa branca embaixo de mim também. 

- Eu sei! - Ele sorriu. 

Música: The Book Of Love - Peter Gabriel 🎶

Kai se levantou de seu lugar e se ajoelhou em minha frente. 

- Eu quero que você me espere até se formar e depois quero que se case comigo - Kai abriu uma pequena caixa na cor preta onde dentro continha um anel de brilhantes muito lindo. 

- Angel, você aceita se casar comigo? 

Engoli em seco. Meus olhos transbordaram ainda mais, meu coração batia numa velocidade alucinante. 

- Sim! - O abracei chorando. 

As pessoas do restaurante começaram a nos aplaudir. 

Kai colocou o lindo anel de noivado em meu dedo anelar. 

- Obrigado por me fazer o homem mais feliz do mundo! - Ele segurou meu rosto entre suas mãos grandes e me beijou. 

- Eu te amo oppa! - Apertei meus braços em volta da sua cintura. 

- Eu também te amo Angel. Tanto que nem conseguiria explicar - Ele beijou o topo de minha testa. 





Notas Finais


Eu sei que tem muita gente que vai querer me matar por ter feito a Angel aceitar e sei que muitos estavam esperando por algumas saliências do Baekhyun com a Angel, mas o Baek é melhor amigo do Kai e não faria isso com ele.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...