História Behind the scenes (Larry e Niziam - ABO) - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias One Direction
Personagens Harry Styles, Liam Payne, Louis Tomlinson, Niall Horan, Personagens Originais, Zayn Malik
Tags Abo, Amor, Harry Alfa, Harry Tops, Infantilismo, Larry, Liam Alfa, Louis Bottom, Louis Ômega, Mpreg, Niall Ômega, Niziam, Submisso, Universo Alternativo, Zayn Alfa
Visualizações 108
Palavras 2.879
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Festa, Fluffy, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Violência, Yaoi
Avisos: Cross-dresser, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá oláaa
Bom alguns avisos rapidos.
-> Esse é o ultimo capitulo de introdução de personagens..


espero que gostem
Ps: pra quem nao gosta sugiro pular algumas parte desse capitulo pois contem smut :)
beijos s2

Capítulo 5 - Ziam


Fanfic / Fanfiction Behind the scenes (Larry e Niziam - ABO) - Capítulo 5 - Ziam

 

 

Hoje foi o ultimo dia de rut de Zayn, finalmente, estou um caco, esse mês seu rut veio forte e eu sei que isso é um problema para nós, pelo fato de sermos dois Alfas, isso nos machuca já que não podemos dar o nó, e mesmo sem controle, temos que tentar nos segurar para não acabarmos atados.
 

Zayn e eu nos conhecemos ainda no colegial, descobrimos que eramos Alfas praticamente juntos, e saber do Status de Zayn foi uma surpresa, porque ele nunca mostrou ter a personalidade de um Alfa, ele era mais na dele, não gostava de conversar muito, na verdade é assim até hoje.
 

Confesso que esperava que ele fosse pelo menos um beta, já era apaixonado por Zayn nessa época e saber que ele era Alfa, me machucou, pois seria tão difícil te-lo pra mim, na verdade impossível, já que ele iria atras de alguma omega em algum momento, passei um ano sofrendo calado, Harry já havia percebido e ficava ao meu lado sempre que Zayn passava os heats com alguém, enquanto eu me trancava no quarto com raiva, nunca fui muito de chorar, mas saber que ele estava na cama com outra pessoa me doía demais.
 

Olhei para meu moreno dormindo, seu rosto tão sereno, tão calmo, ainda não acredito que somos casados, passamos por tanta coisa juntos.
 

Me levantei devagar para não acorda-lo depois de deixar um beijo em sua testa, tomei um banho e desci para preparar nosso café da manhã.
 

Quando Zayn descobriu que eu era apaixonado por ele, ficou algumas semanas sem falar comigo, ele não queria acreditar que o melhor amigo dele o amava, hoje tendo essas lembranças tenho vontade de sorrir mais na época foi tão difícil, eu estava no meu quarto com Harry desabafando sobre tudo o que acontecia, Zayn chegou na minha casa, minha mãe atendeu e como ele era de casa o liberou subir, ele chegou devagar, estava tão entretido com nossa conversa que não senti seu cheiro, ele ouviu eu falando para Hazz que não aguentava mais ama-lo e sofrer sozinho, que estava pensando em me afastar um pouco.
 

Só vi que Zayn tinha ouvido tudo quando a porta do quarto bateu se abrindo e ele estava com os olhos marejados..
 

Flash back on ~

- E-Eu , Li-liam .. vo-você .. - Zayn tentava pronunciar algo, mais ainda estava em choque e eu sem saber o que falar, não era pra ele saber de tudo, muito menos assim..

Zayn fechou os olhos com força movimentando a cabeça em sinais de não's, levantei da cama rápido, tentei chegar perto dele, mas ele se afastou, meu coração doeu, vê-lo se afastando de mim nesse momento foi como uma facada.
 

-Za-zayn...

- não.. e-eu preciso .. preciso ficar sozinho.

-zee - sussurrei baixo tentando chegar perto dele, mas ele se afastou de novo.
 

- você é meu melhor amigo Liam, como pode ter escondido isso de mim?
 

fiquei sem saber o que falar e me calei, Harry sabia que não ia adiantar se meter, então só ficou ali esperando tudo passar para me dar apoio no fim.

Zayn saiu correndo de casa, meus joelhos fraquejaram e cai no chão chorando.

Harry correu em minha direção me levantou e me levou para cama.

chorei a noite toda em seu colo.
 

Flash back off ~
 

Demorou um tempo para ele vir falar comigo, mas quando veio, falou que também gostava de mim, que passava os heats com outros omegas porque queria tentar me esquecer, sabia que não daria certo dois alfas juntos, porem o amor falou mais alto.. 
 

Sorri em pensamentos. 
 

Depois de um tempo tentando nós tratar apenas como melhores amigos nenhum dos dois teve êxito, demos nosso primeiro beijo embaixo de uma arvore da praça perto da escola, desde então ficávamos juntos escondidos.
 

Quando criamos coragem para nos assumir já havia passado 2 anos, Harry sabia e nos ajudava a esconder.
 

chegou um momento que a tensão sexual falava mais alto e brigávamos por tudo, nós não sabíamos como lidar, como ter nossa primeira vez juntos, então adiávamos cada vez mais,até que aconteceu.
 

Flash back on ~

- Zayn, nós não podemos continuar desse jeito. - falei sentando ao seu lado, estávamos sozinhos em minha casa pelo resto do final de semana.

- eu sei Leeyum, mais o que vamos fazer, não somos feitos para essas coisas - falou com a voz embargada, Zayn sempre foi mais sensível, e vê-lo chorando doía em minha alma. 
 

- nós podemos tentar, podemos dar um jeito, só não me faça ficar longe de você, eu não suportaria Zayne..
 

- como vamos fazer isso Liam? Tudo o que eu mais quero é ser seu por inteiro, mas sabemos que isso é dolorido.

- você quer tentar?  -Olhei para Zayn e ele estava de cabeça baixa, o puxei pro meu colo levantando sua cabeça com meu indicador o forçando a me olhar.
 

- seja sincero comigo amor, você quer tentar? 
 

- Sim  - sussurrou baixo. - mas tenho medo.
 

- você confia em mim?
 

- mais do que tudo.
 

Sorri e o puxei para um beijo, segurei em sua cintura, o beijo foi ficando mais afobado. só de imaginar dando mais um passo em nosso relacionamento meu membro já acordava, foram anos esperando por esse momento, anos sofrendo para ter Zayn comigo, e finalmente o dia havia chegado, eu tinha que me controlar, ser carinhoso e cuidadoso, eu jamais me perdoaria se o machucasse.
 

Nos afastamos um pouco e me levantei com  ele em meu colo, Zayn passou as pernas em minha cintura e pôs a cabeça em meu pescoço, mordendo e chupando minha pele branca a marcando.
 

O Levei para meu quarto e tranquei a porta, nunca se sabe, melhor prevenir. 
 

Deitei seu corpo na cama e fiquei por cima de si, como eramos Alfas, nosso peso não importava, ele me aguentava então não precisei me cuidar sobre isso, voltamos a nos beijar, nosso beijo começou lento e conforme nossas mão iam passeando pelos nossos corpos o fogo foi aumentando.
 

- você tem certeza disso meu amor?
 

- tenho Lee, mas como vamos fazer nos nossos ruts? 

 

- nós vamos trocar ok? Ambos vamos ter essa experiencia, e depois resolver sobre isso sim? só aproveita baby.. 



 

- ok - ele sorriu e acariciou meu rosto.
 

Zayn é muito carinhoso pra um alfa, e mesmo eu tentando não chego nem perto dele.
 

Tirei nossas roupas com calma e cuidado, meus beijos foram mudando por todo seu corpo, ombros, peito , barriga, quadril..
 

Fui conhecendo cada parte do corpo do meu moreno enquanto ele arfava e gemia segurando meu cabelo.
 

Desci mais um pouco e segurei em seu membro, era minha primeira vez fazendo isso, então não tinha experiencia, passei a língua devagar pela cabecinha o escutando gemer, isso me deu forças para continuar, me ajeitei em suas pernas, e aos poucos fui colocando todo seu membro em minha boca. 
 

Depois de um tempo, peguei o lubrificante no criado mudo e o olhei  seu cabelo estava bagunçado sua respiração acelerada, mas ele sorriu pra mim, o suficiente para continuar, melequei  dois dedos, Zayn abriu as pernas num M, me encaixei ali deixando meu dedo brincando em sua entrada para que ele relaxasse, dei um beijo em sua testa e depois em sua boca, o distrai com meus beijos até senti-lo relaxado para entrar com um dedo aos poucos em si, demorou um tempo mais consegui faze-lo relaxar. Ele rosnava mais não me deixei abalar, eu sabia que nossos momentos assim daqui para frente seriam regados de rosnados.
 

Mais um tempo depois consegui por outro dedo, foi uma experiencia calma, eu tinha que ter cuidado, nos Alfas não fomos feitos para receber nada, mas estávamos tentando levar nosso relacionamento no melhor modo possível, e para isso eu precisava conhecer as limitações de Zayn e cuida-lo para não machuca-lo.
 

Depois de alguns minutos o preparando e com três dedos em sua entrada, Zayn estava mais calmo e relaxado, sabia que isso não era o suficiente, mais talvez nada nunca fosse suficiente. Peguei a camisinha me cobrindo e passei mais lubrificante, como não temos o lubrificante natural, tínhamos que usar esse. 
 

Beijei todo rosto, pescoço e peito de Zayn tentando faze-lo relaxar novamente, ele estava nervoso e isso não daria certo se ele continuasse assim..
 

- Zayne, só relaxe pra mim baby,eu não quero o machucar, mais você tem que relaxar.
 

Ele abriu os olhos e assentiu, puxei para outro beijo enquanto ajeitei meu membro em sua entrada, quando senti que ele estava pronto, forcei a entrada ali, ele rosnou e tentou se afastar, mais o segurei no lugar, levei meu rosto para seu pescoço, marcando toda sua pele morena, uma de minhas mãos foram para seu membro o acariciando para que ele sentisse prazer, quando consegui colocar a cabecinha em sua entrada relaxei e o esperei se acostumar, seus olhos fechados com força e sua mão segurando com força em minhas costas, mostrava que ele sentia dor, continuei o masturbando e o beijando.
 

Forcei novamente meu membro para entrar mais em si, e ele se apertou mais em mim, rosnei forte, tão apertado, tão quentinho, isso estava uma delicia, tinha que me controlar, para não ser grosseiro com ele e o machucar, mas estava tão difícil.
 

-Lee - Zayn choramingou, voltei a dar atenção ao seu membro e o beijei novamente.
 

- eu te amo Zayn, te amo demais.
 

Minha voz grossa de comando denunciavam meu prazer, minha iris escura e nariz dilatado aos poucos me fazia perder o controle 
 

- pode continuar amor, só devagar por favor - Zayn falou com a voz embargada.
 

- está doendo muito Zayne? podemos deixar para depois ou nem fazer mais .
 

- não, não por favor, eu quero,  é dolorido,mas eu quero, quero ser seu .
 

Uma lagrima escorreu de seus olhos e a limpei, coloquei mais um pouco de lubrificante em meu membro, masturbei Zayn entrando mais um pouco, sua parede interna tentava se ajustar para me acomodar, ainda sim, tão apertado e quentinho..
 

Depois de um tempo nesse ritmo, consegui entrar com tudo, Zayne sofreu e eu também, por sermos alfas, nosso membro era grande e grosso, como Zayn não foi feito para receber nada ali, ficava mais difícil ainda. 
 

Quando ele se sentiu preparado comecei a me mexer, estocava devagar e lentamente, ele gemia em meu ouvido, meus caninos forçavam minha gengiva para sair, eu sabia que ia ser ainda mais difícil para me controlar, eu tinha o desejo de morde-lo, Zayn era o amor da minha vida e agora tinha ainda mais certeza, mas não poderia fazer isso com ele. 
 

Conforme seus gemidos aumentavam minhas estocadas também aumentavam.
 

Trocamos de posição e Zayn ficou por cima, sei que para um Alfa fazer esse tipo de coisa é constrangedor, seu animal interior brigava com sua vontade e isso acarretava várias sensações de uma vez só, mais meu moreno, sabia se controlar e focar apenas no prazer que eu estava dando a ele.
 

Quando senti meu estomago repuxando sabia que não iria durar muito.
 

-Zayne, s-sai. 
 

Ze entendeu e saiu de cima de mim, meu membro dolorido foi sendo masturbado por sua mão, colocou a língua pra fora e lambeu minha cabecinha, joguei a cabeça pra trás em prazer e ele aumentou o ritmo.
 

Mexi meu quadril estocando em sua boca com a ajuda de sua mão, segurei em seu cabelo o afastando de meu membro e gozei em seu rosto. Ele passou o dedo por todo o liquido que estava em seu rosto e depois colocou na boca engolindo.
 

Minha respiração pesada, falha não me impediu de puxa-lo para se deitar na cama em meu lugar e fazer todo trabalho que ele teve comigo, voltei seu membro para minha boca, coloquei dois dedos meus em sua entrada eu o estocava ao mesmo tempo que o lambia.
 

Zayn voltou a ser uma bagunça de gemidos, gritos e rosnados, quando estava perto puxou meu cabelo para longe de seu membro e gozou se apertando em meus dedos.
 

Limpei a bagunça que fizemos e me deitei puxando-o para se deitar em meu peito, depois de controlarmos nossa respiração o beijei.
 

- você está bem?
 

- sim, doeu muito lee, mais depois passou e eu só senti prazer, claro que tive que brigar com meu animal interior a todo momento, mas valeu a pena.
 

- que bom meu amor, nós podemos continuar com isso, é só sabermos nos controlar para não nos atarmos. Quero que me prometa Zayn que se algum dia você sentir a necessidade de ter um omega, porque eu sei que iremos ter, é nosso instinto, você irá se abrir e conversar comigo. eu não suportaria a ideia, de vê-lo sofrendo por causa disso, podemos chegar a um acordo para resolver isso se algum dia acontecer ok ?
 

- eu prometo que irei ser sincero com você, assim como sei que irá ser comigo.
 

sorri concordando e o beijei.

- sempre vou ser sincero com você, você é minha alma gêmea Zayne, então nunca se sinta menos do que você é, pra mim sempre foi você, e sempre será apenas você!

Ele sorriu com lágrima nos olhos e me beijou

Flash back off ~ 
 

Depois desse dia aprendemos a lidar um com outro, quando assumimos nosso relacionamento para nossas famílias foi outro problema, foi difícil para eles aceitarem e mesmo assim só nos engoliram depois de um ano e quando já estávamos na faculdade.
 

Dois anos depois o pedi em casamento.
 

E hoje estamos aqui.
 

Mais um rut vencido, estou quebrado admito, mais tudo no final vale a pena.
 

Tomei um relaxante muscular, para me livrar das dores, voltei a fazer o café da manha, senti o cheiro de Zayn se aproximando da cozinha, ele chegou por trás me abraçando e beijando meu pescoço.
 

- como você esta meu amor?
 

- com dor, mas estou bem.
 

- hm, que bom, obrigado Leeyum..
 

- de nada meu amor, eu te amo Zayne - me virei dentro de seu abraço, passei meus braços em volta de seu pescoço e o beijei.
 

- vamos comer e nos arrumar sim? temos aquela sessão de fotos para fazer.
 

- tem certeza que temos que fazer hoje? meu cheiro ainda esta forte.
 

- a matéria sai amanha baby, temos que tira-la hoje, sei que vai ficar tudo bem ok?
 

Ele concordou, e me beijou, tomamos nosso cafe da manha, fomos tomar um banho juntos, mas sem malicia, ainda estava com dor. Depois fomos para o estúdio tirar as fotos.
 

- Liam você viu a matéria que a The Sun publicou com Harry e Noah? - Zayn me perguntou tirando os olhos do celular
 

- não amor, o que foi?
 

Ele e mostrou a matéria, apertei o volante e rosnei.
 

- Esses idiotas não medem o que falam, Harry deve estar furioso.
 

Ele concordou e assim que parei o carro descemos de mãos dadas.
 

Depois do ensaio.
 

Assim que saímos do estúdio, Zayn ainda estava meio estranho e logo imaginei pelo que.
 

- esta tudo bem?
 

- Não Lee, eu.. eu não sei o que é isso, mas.. - ele parou de falar e me olhou.
 

- eu sei o que foi, vamos dar um jeito ok? eu também fiquei mexido, mas pelo visto nem tanto quanto você.
 

-pode ser os hormônios do rut né? e-eu não quero te perder Lee.. - falou com a voz embargada.
 

- sim baby, vamos esperar ok? você não vai me perder amor, lembra que eu falei que se isso acontecesse iriamos tentar te-lo para nos dois? se ele gostar de ambos, podemos marca-lo juntos ok?
 

O Alfa de Zayn estava proclamando aquele omega, ele se sentiu mexido com cheiro do loirinho, e estava mexendo com os instintos de Zayn.. eu sabia que em algum momento isso iria acontecer, eu só espero ter uma solução para isso.



 

Confesso que o achei bem atraente também, mas não podíamos o atacar de uma hora para outra, precisávamos de tempo e calma para poder conquista-lo e trazer para nossas vidas.

Nosso mundo é muito estranho, porque ao mesmo tempo que Zayn é minha alma gêmea, eu não sou a dele, e mesmo que isso me faça ficar triste, confio plenamente no seu amor por mim.

O importante é só que Niall não é marcado, então podemos resolver, eu só espero que Zayn consiga se controlar para podermos ter tempo.

Muitas vezes os alfas não conseguem encontrar sua metade pelo fato delas já terem outros alfas, e isso acontece com os ômegas também, por isso muitas pessoas não dão certo com o relacionamento e acabam morrendo, são marcados pela pessoa errada e quando percebem é tarde demais.

É bom quando percebemos isso porque podemos ver que o amor de verdade é incrível, ele não se preocupa com a classe da pessoa, apenas acontece. Minha metade é outro alfa, ninguém pra mim é tão importante quanto Zayn. E saber que minha alma gêmea é uma tão especial quanto meu marido foi a coisa mais perfeita que eu já tive, o instinto não liga pra classe, ele se importa apenas em amar, se preocupa  apenas  em achar a nossa metade e não tem importância em ser outro alfa, ele apenas ama.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...