História Bela Vingança - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Hinata Hyuuga, Ino Yamanaka, Itachi Uchiha, Juugo, Kakashi Hatake, Karin, Kizashi Haruno, Konan, Naruto Uzumaki, Neji Hyuuga, Sai, Sakura Haruno, Sasori, Sasuke Uchiha, Suigetsu Hozuki, TenTen Mitsashi, Tsunade Senju
Tags Colégio, Drama, Gaaino, Naruhina, Naruto, Nejiten, Romance, Saino, Sasusaku, Vingança
Visualizações 49
Palavras 1.361
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Esporte, Famí­lia, Festa, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Suicídio, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oie meus amores... Demorei? A faculdade consume muito de mim kkk... A "Troca do Destino" chegou ao fim, e agora vou me dedicar a essa... Espero que gostem do capítulo... Bjsinhos...

"Amar não é olhar um para o outro, é olhar juntos na mesma direção."

Capítulo 2 - Cap.1


Fanfic / Fanfiction Bela Vingança - Capítulo 2 - Cap.1

Tudo parecia bom, minha vida estava na medida do possível estável, ou era assim que eu pensava. Mas o pior ainda estava para chegar em minha vida.

Quando eu era pequena sonhava com o dia em me apaixonaria, mas nunca pensei que seria justamente da maneira que nunca pensei e com um garoto totalmente diferente de mim.

 

Segunda-feira - 23/03/2015

 

Os dias foram passando e eu sinceramente só queria que o ano acabasse de uma vez. Mais ainda estávamos no início do ano, o que significava que eu teria que aturar muita coisa. Hoje era meu aniversário e as meninas estavam enchendo o saco para eu ir a uma festa com elas. O que tinha de tão especial? Era apenas mais um ano na minha vida, nada para se comemorar. Tudo que eu queria era ficar deitada a noite toda.

Estava saindo da sala quando foi parada por uma mão… Olhei para cima para puder ver quem estava à minha frente… Era Sasuke com seu típico sorriso sedutor do rosto… abaixei minha cabeça e comecei andar em direção a saída.

 

-Ei. - ele falou me puxando pelo braço. - estava pensando aqui quando vamos marcar para fazer o trabalho?

 

-Er… eu… - me soltei dele e fitei o chão. - eu… posso… fazer sozinha… - porque eu tenho que ser tão besta?

 

-Sozinha? - ele perguntou sarcástico. - que isso vou te ajudar.

 

-Não precisa. - olhei para ele, que franziu o cenho.

 

-Hum. - ele colocou a mão no bolso e se virou. - passo na sua casa hoje a noite.

 

O que? Mais porque? Ele nem deixou eu perguntar, quando eu compreendi o que estava acontecendo Sasuke já havia ido embora. Porque ele não aceitou eu fazer o trabalho sozinha? Eu poderia muito bem fazer tudo e colocar o nome dele no trabalho, eu sempre fazia isso com os outros alunos. Só não queria ele na minha casa.

 

(...)

 

Já se passava das 19hrs da noite e eu estava deitada em minha cama, eu usava um conjunto de moletom maior que eu, meus cabelos estavam presos em um rabo de cavalo bagunçado… Hoje deveria ser um dia importante para mim, mas não... É só mais um dia  comum, meu pai está ocupado demais com as coisas do escritório, minha irmã Konan está muito longe para se lembrar de mim, e minha mãe, essa eu nem sei por onde anda. Ouvi batidas na porta e mesmo com muita preguiça me arrastei até ela para ver o que queriam.

 

-Querida. - Miko a empregada da casa falou docemente me olhando, ela segurava uma caixa na mão. - a um rapaz te procurando lá embaixo. - ela sorriu sugestivamente e eu franzi o cenho.

 

-O que? - perguntei assustada. Rapaz? Não podia ser ou podia? Sasuke havia vindo mesmo? Por um momento achei que era só brincadeira dele.

 

-Então querida? - Miko me encarou.

 

-Pode deixar que vou ver o que ele quer. - ela sorriu me mostrando a caixa em suas mãos. - coloca em cima da cama que depois eu vejo Miko.

Eu comecei a descer as escadas, pensando numa bela desculpa para mandar ele embora, ainda na escada eu avistei Sasuke, ele calçava All Stars de cano curto gastos. Calças justas e uma camisa de botão vermelha cobriam seus músculos, ele estava em pé e analisava as fotos que estavam penduradas na parede da sala. Antes que eu pudesse falar alguma coisa ele se virou e me encarou.

 

-Então vamos começar o trabalho? - ele sorriu em minha direção. Abri minha boca para falar, mas ele levantou a mão para eu me calar. - não adianta falar que “eu ia fazer sozinha” porque isso não rola comigo.

 

-... - O que eu podia falar? Nada… - tudo bem. Vamos subir para meu quarto. - fiz sinal com a mão e comecei a subir na frente dele.

Entrei e esperei que ele entrasse também, deixei a porta aberta no caso de sei lá… Só deixei mesmo…

Caminhei até minha escrivaninha para pegar meus cadernos e livros de química, queria terminar logo para voltar a deitar.

 

-Então hoje é seu aniversário? - ouvi a voz rouca de Sasuke, me virei para ver, e ele estava mexendo na caixa que estava em cima da minha cama. Ele segurava um cartão na mão e sorria de canto.

 

-Não devia mexer nas coisas dos outros. - puxei o cartão de sua mão, ele sorriu divertido e fez sinal com as mãos de rendição.

Olhei para o cartão, era uma foto minha e de Konan na praia estávamos abraçadas de biquíni, me lembro muito bem desse dia, Konan e o namorado insistiram tanto para me levar a praia ano passado, que não tive escapatória e acabei cedendo. Atrás tinha um texto escrito a mão, era a letra de Konan, ela tinha se lembrado de mim…

 

“Oi boneca… Pensou que eu ia me esquecer de você? Estou morrendo de saudades… Te desejo tudo de bom boneca… Espero que goste do presente… Feliz aniversário!!! De sua irmã que te ama muito Konan… Yahiko está te mandando um beijo também”

 

Olhei para Sasuke que me analisava dos pés a cabeça, peguei a caixa e coloquei em cima da escrivaninha, amanhã eu vejo o que Konan me mandou, mas posso apostar que é outro kit de beleza, como todos os outros anos.

Voltei minha atenção para Sasuke, ele ainda me olhava, não quis dar muita importância e logo me sentei na cama.

 

-Vamos começar logo com isso. - falei abrindo o caderno na matéria. Vi pelo canto do olho que ele se sentou na cadeira da escrivaninha. E também abriu o caderno. Sasuke murmurou alguma coisa, mas logo começou prestar atenção no que eu falava.

 

(...)

 

Na manhã seguinte foi ver o presente que Konan havia me mandado, e como eu já imaginava era um kit de maquiagem, mas um que vai para o fundo do guarda-roupa. Coloquei um macacão folgado e uma blusa de lã maior que o corpo por cima, desci as escadas me perguntando se meu pai estaria em casa essa manhã… mas a resposta foi não, quando cheguei à cozinha a mesma estava vazia, como sempre. Pude ver que em cima da mesa tinha um envelope direcionado para mim… primeiro pensei ser do meu pai mas quando comecei a ler, quase tive um infarto…

 

“ Querida Sakura… sei que nao sou uma mãe presente em sua vida, mas não sabe como eu te amo e sinto sua falta… sei que deve estar se perguntando porque decide reaparecer depois de 9 anos… e uma longa história que prefiro contar pessoalmente para você… não sei se essa carta vai chegar em suas mãos ou se você vai ler até o final, mas quero que saiba que sempre estive rezando por você e por sua irmã Konan… o que eu mais queria era voltar a conviver com vocês duas… trazer de volta o tempo que a gente perdeu… Por isso queria muito que você viesse morar comigo aqui na Califórnia ou se pelo menos me ligasse às vezes… queria que você me desse uma segunda chance para que eu possa ser sua mãe de novo… Feliz aniversário querida espero que possa um dia me perdoa… ass. De sua mãe que sempre vai te amar…”

 

Quem ela pensa que é? Depois de 9 anos ela dá notícia de vida, e ainda quer que eu aceite isso numa boa. Não ela nunca vai voltar ser minha mãe, ela me abandonou como se eu fosse um cachorrinho, e agora ela pensa que tudo pode voltar a ser como era antes? Não. Atrás da carta havia o número e o endereço dela na Califórnia, também tinha um colar de ouro com um pingente de flor de Sakura.

Peguei a carta e o colar e coloquei no fundo da minha gaveta. Eu podia simplesmente ter jogado fora, mas não sei porque guardei. A minha vida não podia ficar pior. Se eu consegui sobreviver esses 9 anos sem a presença de uma mãe, não vai ser agora que eu vou precisar de uma… não mesmo… foi ela que me abandonou, não o contrário...


Continua...


Notas Finais


Entao meus amores.... O que acharam me contém... Sasuke está aprontando alguma para nossa Sakura? E a mãe de Sakura aparecer agora... O que será que ela quer?
Não sejam leitores fantasmas e me contem a opinião de vocês... Estou aberta para ideias também... 😘😘😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...