História Believer - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Shingeki no Kyojin (Attack on Titan)
Personagens Armin Arlert, Bertolt Hoover, Eren Jaeger, Erwin Smith, Farlan Church, Grisha Yeager, Isabel Magnolia, Kenny Ackerman, Levi Ackerman "Rivaille", Marco Bott, Mikasa Ackerman, Personagens Originais, Reiner Braun
Tags Eren Jaeger, Ereri Romance, Levi Ackerman, Lutador Eren
Visualizações 101
Palavras 2.728
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Esporte, Fluffy, Lemon, Luta, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shounen, Universo Alternativo, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Cross-dresser, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Autora está postando muitos capítulos, né? Desculpas❤❤❤ Mas é que meu celular vai pro concerto e estou com medo de ele apagar tudo. Então, no caso de eu parar de postar.. Me procurem aqui: https://my.w.tt/UiNb/ogCoIUQN1H

Boa leitura❤ não se esqueçam de comentar❤❤

Capítulo 4 - Treino


                Pov Eren

Queda. Foi a única coisa que percebi, quando lutei contra a Kuchel. Se eu achava o Levi ágio, é porque eu não vi a Kuchel lutando.

"Levi está certo. Você têm que melhorar sua elasticidade. Seus chutes não vão tão longe. " fala enquanto eu me levantava

"Você está bem?" Levi pergunta, enquanto me olhava com preocupação.

"Sim, eu estou. " falo ficando em pé, como é que estou perdendo para eles? Isso é incrível!

"Eren, me mostre tudo que aprendeu com o seu pai. " Kenny fala enquanto retirava sua blusa, indo em direção ao ringue.

Sigo o mesmo, e entro no ringue. Ele me encara com uma sobrancelha levantada. " Não vai tirar a blusa?" pergunta e eu engulo em seco, os ferimentos.. " Claro. " falo retirando a blusa, vários hematomas ficam amostra.

"Você tem certeza que quer treinar nesse estado? Podemos esperar." fala Kuchel

" Eu vou te ensinar o Kung fu... Mas antes disso, eu preciso que você pare de pensar aqui.." fala tocando na minha cabeça " E sinta, aqui. " fala colocando a mão no meu peito na direção do coração.

" Isso vai contra tudo o que eu já aprendi.. É completamente sem lógica. " falo sinceramente e ele me encara.

"Seu pai, sempre foi assim... Imagino que ele tenha ensinado a você, para usar a raiva. Não foi?" pergunta

"Sim.. Se for pra vencer, sejam cruéis e impiedosos. Era o que ele dizia.. " falo e o mesmo suspira.

"Entenda, Eren.. Quando a raiva toma seu corpo, não vemos o que enfrentamos. Então tenha em mente, Melhor luta é a que evitamos. " fala sabiamente e eu aceno

"Sim, senhor.. " falo fazendo uma reverência, sempre fazemos isso com o nosso treinador

"Pois então, preste atenção, ouça bem a lição: Kung fu não é só marcial. É corpo, mente e coração. Cada ato que você faz, tem sua causa e consequência. " fala "Você têm que aprender a ser igual uma serpente, e hipnotizar sua presa.. " fala

"Como?" pergunto e ele aponta para uma cadeira.

"Finja que vai fazer marinheiro e coloque seus pés em cima da cadeira. " fala e faço.

Droga, aquilo incomodava. Estava tão inclinado.. "Acompanhe essa madeira, e fique mais perto do chão." ordena.

Me aproximo ainda mais do chão, e na direção que ele fazia com o pedaço de madeira, eu seguia. " Isso faz com que você concentre toda a sua força no seu corpo. " fala " Não pare. Continue."

"Claro.. " falo com um pouco de dificuldade. Meus braços não aguentam a força que eu colocava, e eu acabo caindo com tudo no chão.  " Tsk. Droga." falo irritado.

"Não se irrite, é sua primeira vez. " fala Kuchel enquanto observava a cena.

"Vamos. Fique de pé. " ordena e eu faço. "Me ataque. "

Tento dar um murro, mas ele pega o punho. Tento com o outro, e acaba no mesmo. "Igual o seu pai.. Sempre com a obsessão de vencer. Mas entenda: em uma luta você pode perder ou vencer. "

Não, eu não vou perder. "Oh, vejo que alguém está irritado.. Diga, Eren.. Como é sentir esse ódio?" pergunta provocando.

Tento dar um chute em sua barriga, mas o mesmo segura na minha perna e blusa, me jogando para o outro lado do ringue.

"Qual parte de " Quando a raiva toma seu corpo, não vemos o que enfrentamos." Você não entendeu?" pergunta se aproximando de mim novamente "De novo. " me levanto com um pouco de dificuldade e fico de frente para o mesmo.

"Finja dar socos em alguém na sua frente. " fala e eu aceno, o mesmo me observava.

E então.. " Deixe seu braço mais ereto e duro. " fala ajeitando o meu punho. "Não se desconcentre."

"Humm Papai? " escuto o Levi falar "Posso tentar ajudar?" pergunta

"Se conseguir. " fala e o mesmo se aproxima de mim

" Vamos ver se isso ajuda. " fala com um sorriso. " Terra, céu. Dia, noite. Som e silêncio. Treva e Luz." fala sorridente

"Andam sempre dois a dois. Para dar equilíbrio. A inverno e verão.. É a primeira lição. " fala e a Mikasa joga um bastão, o mesmo o pega no ar.

"Tem que ter.. A rigidez, da raiz da árvore. " fala desferindo alguns golpes, imito o que ele faz, e por incrível que pareça.. Dá certo. " Lutar com ardor, veloz sem temor. " fala e desfere um chute, faço os mesmos movimentos e aos poucos vou conseguindo.

"Consegui!" falo animado, ele se aproxima de mim com um sorriso e uma mão na sua cintura

"Hanran, mas ainda não encontrou o seu equilíbrio. " fala dando um empurrãozinho no meu ombro. " Está quase lá. "  fala sorrindo

"Você tem que ter, a brandura do bambu que aceita se curvar" fala fazendo alguns movimentos com os braços e pernas. "Tente agora. " fala sorrindo e eu aceno.

Faço os movimentos e socos corretamente, e para finalizar o chute. Consigo esticar a perna perfeitamente, fazendo ela tocar no sino que tinha para isso.

Vamos lá... Brandura de um bambu que aceita se curvar

Consigo desviar de golpes invisíveis, Kenny aproveita meu momento de concentração e começa a desferir alguns golpes. Mas eu apenas os redireciono para outros lados, veloz sem temor..

Ele desferi um chute na minha perna, Brandura de um bambu... Consigo me equilibrar e não cair com o golpe na minha perna. E finalmente, o golpe final. Ele tenta me socar no rosto, mas eu apenas passo seus braços para trás, os prendendo em suas costas e o derrubando. A rigidez, da raiz de uma árvore.

"Consegui?" pergunto e só entao percebo.. Eu venci.

Escuto um grito animado, antes de uma pessoa pular em cima de mim, me abraçando. "Eu consegui ensinar!" grita gargalhando

"Parabéns, Eren.. Você aprendeu rápido. Mas é apenas o começo. Temos o ano inteiro, para você aprender o verdadeiro Kung fu. Apesar que.. Você sabe o básico e com o tempo vai aprimorar. " fala Kenny se levantando do chão.

"Vamos treinar, agora é minha vez. " fala a Kuchel.

Agora, eu me encontrava em alguma parte daquele grande Centro. "Equilibre isso" fala colocando um balde cheio de água em cima da minha cabeça e me dando um bastão. "Você irá desviar das tomates podres, usando apenas esse bastão e sem derrubar o balde." fala e eu engulo em seco. Esse ano vai ser longo.

"Uma vez centrado, você vai ganhar. " fala, ela estava com um balde em sua cabeça e com o bastão na mão. Levi, Annie e Mikasa seguravam as tomates em suas mãos, Levi estava com luvas. "Agora. " fala e eles começam a jogar os tomates, ela consegue desviar os tomates facilmente e sem o balde cair. " Sua vez." fala

Quem iria jogar os tomates era Kenny, Ela e a Mikasa. Levi estava lavando sua mão loucamente, e Annie provocava ele.

Eles começaram a jogar os tomates, tento desviar deles. E isso resulta com o balde caindo, e eu me molhando todo e recebendo um banho de tomates.

"Acho melhor você tomar um banho.. Annie foi buscar um novo conjunto de roupas para você.. " fala o Levi limpando com um lencinho os meus olhos que estavam fechados.

"Certo.. Obrigado. " falo me levantando e indo na direção do banheiro.

Retiro minhas roupas e entro dentro do chuveiro. Droga.. Esses hematomas, estão piorando por causa da força que jogaram aqueles tomates. Foi um longo treino, para um só dia. Lavo o meu cabelo, para tirar o cheiro de tomate podre dele.

"Com licença. " fala o Kenny entrando e colocando as roupas em uma estante  "elas estão aqui. Terminamos o treino, amanhã começa novamente. " fala saindo

Tenho uma impressão que algo vai me esperar na casa dos Ackermans. Algo grande. Saio do banho e me enxugo, pego as roupas e coloco. Deixo um gemido dolorido quando vou colocar a blusa. Era uma calça moletom azul escuro e uma blusa regata branca.

Saio de dentro do banheiro, o pessoal já me esperava na frente da Academia. Me aproximo deles e logo saímos, em direção a casa.

"Que tal, noite de filmes? " pergunta a Kuchel.

"Seria uma boa ideia. " concorda todos e logo voltam sua atenção para mim

"O que? Estou convidado? " pergunto e eles acenam

"Você é da família. Principalmente agora que sabemos que você é o alfa do nosso filho. " fala a Kuchel

"Bem lembrado.. Precisamos conversar sobre isso. " fala Kenny seriamente

"Qual é,pai? Com Mikasa e Annie não foi assim.. " fala o pequeno emburrado

"Quem disse? " pergunta a Mikasa

"Levi, não tem problema.. " falo alisando seus cabelos e o mesmo cora.

"Tenho que admitir, vocês fazem um belo casal. " fala a Annie

"Obrigado. " falo e ela sorrir

"Imagina como os filhos serão? " fala a Kuchel

"Mãe! Não sabemos nem se o Eren quer.. Então pare de falar. " fala Levi corado.

"Bem, eu quero. " falo e o mesmo cora ainda mais

"Imagina se for parecido com o Eren, mas com os olhos do Levi?" fala a Mikasa alegremente

"E se for gêmeos?! Ou melhor.. Trigêmeos!" fala a Annie

"O que?! Você quer parar de falar bobagens Annie?! " grita irritado, mas ainda sim, corado.

O caminho de ida foi completamente uma bagunça, Levi ameaçando Annie e Mikasa de mortes. Kenny me dando um olhar mortal, e Kuchel com um sorriso enorme.

              Pov Levi

Entramos em casa rapidamente, estava nervoso. Meu coração parecia que iria sair de dentro de mim, de tão rápido que batia. Eren percebe meu nervosismo e me abraça, me aproximo mais de seu peitoral e respiro profundamente o seu cheiro.

"Eu também estou nervoso.. " fala sinceramente "Estou morrendo de medo, principalmente do seu pai. " fala e eu deixo algumas risadas junto ao mesmo.

"O casal está pronto pro juízo final? " provoca Annie

"Nem sabia que íamos pro juízo final, pensei que já estávamos no inferno com você na minha frente. " falo e a mesma se prepara para falar algo

"Venham logo, deixem de ser barraqueiros. " fala Mikasa

"Barraqueiro, que eu saiba é o Levi não eu. " fala a Annie

"Primeiramente, barraqueira aqui é você, amor. " falo, sinto os braços do Eren envolta de minha cintura, e o mesmo se inclina colocando seu queixo no meu ombro. Dando um beijo no meu pescoço

"Esquece ela.. " sussurra e eu aceno.  "Vamos acabar com isso de uma vez. " fala e saímos em direção a sala de mãos dadas

Annie e Mikasa se sentam em um sofá do lado, Kenny e Kuchel estavam sentados no sofá principal. Eu e Eren nos sentamos de frente à eles.

"Quem começa?" pergunto

"Eu." fala o papai "Nossas perguntas são bem óbvias para você Eren. Apesar que no final, vocês sempre estarão juntos. " fala suspirando "Você entende que ele é o nosso caçula.. E um omega, precisa de certos cuidados... " fala

"Olha a hora, acho melhor ficar conversando apenas com o Eren. " falo me levantando

"Se sente, mocinho. " fala a mamãe. Suspiro e me sento ao lado do Eren

"Queremos saber seus planos para o futuro com o nosso filho. " fala o papai

"Se fizer algo com ele, com ele não querendo.. Saiba que eu terei a certeza de que você não tenha descendentes. " ameaça a Mikasa

"Ele não vai. " falo a encarando.

"Bem.. Eu vou cuidar dele, amá-lo e espero um dia ter uma família com o mesmo." fala  "Eu o amo. Eu tenho certeza, e acredite em mim quando digo: Farei de tudo para que nada aconteça com ele, eu vou protegê-lo.."

"Eu não preciso de proteção. Eu sei cuidar de mim mesmo. " falo atrapalhando, mas o mesmo continua

"Mesmo ele tendo esse gênio forte. " termina

"Bem-vindo a família!" fala a mamãe " E saiba que.. Quero vários netinhos correndo pela minha casa." fala e nós dois coramos

"Mãe!" grito corado

"O que? Até o seu pai quer. Só não quer dizer. " fala

"Eu quero sim. Quantos mais netinhos, melhor. " fala o papai

"E eu pensando que alguém estaria me protegendo das loucuras da mãe.. " sussurro fazendo todos nós gargalharmos.

"Levi?" escuto o Eren me chamar

"Sim? " pergunto

"Aceita namorar comigo e futuramente fazermos o acasalamento para nos unirmos? " pergunta

Tenho certeza! Meu coração vai sair pela minha boca. Eu não acredito! Ele está propondo para mim, na frente de todos! Ai meu coração! Calma.. Calma..

"Se quiser tempo para pensar.." fala tristemente, não perco tempo e o beijo.

"Eu aceito seu idiota. " falo sorrindo, nós abraçamos e nos beijamos. Foi um beijo rápido, e começamos a esfregar nossas glândulas.

"Vamos assistir um filme ou não? " pergunta Mikasa

"Eu faço a pipoca! " fala eu e a Annie juntos

"Eu falei primeiro. " fala

"Só se for. Eu que falei primeiro. " falo

"Por que não vão os dois?" pergunta a mãe e então acenamos.

"Eren, Mikasa. Vão com eles, vamos procurar um filme. " fala o Kenny
     
                 Pov 3 pessoa

Eles seguem os seus amados, ambos se sentam nas cadeiras que tinha na cozinha enquanto os omegas faziam a pipoca em "paz".

"O demente pega o milho. " fala o Levi

"Melhor fazermos com a pipoca pronta. " fala pegando a embalagem

"O gosto é ruim." fala o outro

"Você sempre comeu e nunca reclamou, o que foi agora?" pergunta

"Eu não sei.. " responde chorando, e isso chama a atenção dos alfas que observavam a cena

"Ei, Levi.. O que houve?" Eren pergunta preocupado

"Alfa.. " sussurra com lágrimas

"Será que? " pergunta a Annie

"Só saberemos amanhã.. " responde Mikasa "Eren, fique com o Levi na sala. Eu ajudarei a Annie com a pipoca. "

"Certo. " fala saindo com o pequeno abraçado.

Eren se senta em um cantinho no chão, onde já estava forrado com lençóis e vários travesseiros. Levi apenas fica entre suas pernas, o abraçando. O maior faz algumas carícias no rosto ou cabelo do menor, que apenas ronronava.

"O que houve Levi? " pergunta se aproximando de ambos, Levi apenas se contorce e se aproxima ainda mais do Eren.

"Do nada ele ficou assim. " falo

"Droga.. O cio está próximo, ele está mudando o meu humor. " fala o pequeno corado enquanto esfregava sua cabeça na blusa do seu alfa

"Eu sabia!" fala Mikasa, vindo junto a Annie com as pipocas

"Levi.. As dores estão muito forte? " pergunta Annie preocupada

"Levi, dependendo da dor poderemos saber o dia em que o cio chegará. " fala a Kuchel

"Está um pouco forte... " fala suspirando com um pouco de raiva, e tentando ficar mais perto do seu alfa.

"Você sabe o que isso significa, filho?" pergunta Kenny

"Eu vou deixar você passar pelo seu cio sozinho.. " fala o Eren

"Não mesmo! Eu quero você. " fala o pequeno ainda em seus braços

"Você têm certeza? Não é o cio falando?" pergunta e recebe um murro no estômago. "Não é o cio falando.." fala tentando voltar com sua respiração normal.

"Estou saindo. " fala saindo do abraço do Eren. "Você vai dormir comigo hoje. Não sei quando ele vai chegar, e não tô afim de ficar esperando você acordar o suficiente para perceber o meu cio. " fala subindo as escadas

"Agora, o único que entra naquele quarto é você, Eren. " fala a Annie

"Uma vez, eu entrei e quase fui morta. Literalmente, ele passou o fio do carregador em volta do meu pescoço. E eu só tinha ido para levar seu almoço. " fala Mikasa

"Nossa.. " fala o mesmo espantado pela história

"Eren.." fala Kenny seriamente "Cuide bem do meu filho. " fala e o mesmo acena

"Todos os quartos, tem um ocultador de sons. Um ponto, jovem alfa. Pode fazer o Levi gritar até ficar sem voz, sem se preocupar. " fala Kuchel com um sorriso doce

"Obrigado. " responde com um sorriso

"Por que você tinha que contar? Assim ele vai aproveitar demais do nosso filhote.. Estou de olho viu?" fala Kenny

"Ah, papai, não é como se você fosse ficar com uma arma atrás da porta, esperando o Levi gritar." fala Mikasa

"Mikasa.." sussurra Eren

"Boa ideia. Vou aderir." fala com um sorriso

"Deixe de ser bestas, vocês dois. Levi não é mais um bebê. " fala Kuchel

"É verdade, Mikasa. Não precisa ter ciúmes do seu irmãozinho. " fala  Annie

"Você vai subir ou não?!" grita um Levi irritado lá em cima "Mikasa, a guarda do Ariel é sua. Tome conta dele. " grita

"Já deixou as coisinhas dele no meu quarto?!" grita

"É claro! Não sou idiota. Eren, vem logo." fala

"Bem.. Essa é a deixa. " fala o moreno, já se levantando

"Eren.. Cuide dele.. " fala Kenny e o mesmo acena, antes de subir as escadas.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...